Eu minha Esposa e o Carnaval



O que passo a contar aconteceu no carnaval de 2009, quando aproveitamos a folga e fomos passar em Santos, mais propriamente São Vicente.Depois de uma tarde de muitas paqueras e algumas sacanagens(isso eu conto em outra ocasião), eu e minha esposa resolvemos ir a um clube em guarujá para brincar o carnaval, eu nem curtia carnaval, mas só de pensar que minha esposa vestiria uma roupa super provocante, e que com certeza no baile muitos homens poderiam tirar alguma casquinha de minha esposafiquei super entusiasmado.Minha esposa colocou um topzinho que mau cobria os bicos do seio, uma bota de cano longo e salto alto, uym micro shortz branco e bem tranparente, e pra melhorar tudo isso uma calcinha fio dental, curtissima e preta, para que com a tranparencia do shortz, ficasse totalmente a vista e provocante.Chegamos ao clube e fiz questão de entrar bem abraçadinho com minha esposa, para que todos ali presentes pudessem perceber que eu era o corno daquele avião ali presente. Entramos e logo fiquei feliz, pois percebi no ato os olhares da rapaziada em minha esposa, principalmente na bunda, pois com o micro shortz, um bom pedaço ficava pra fora, além é claro do fio dental totalmente a mostra pela tranparencia do branco.Fomos para a pista e começamos a dançar, eu na verdade nem sei dançar, mas dava meus passinhos ali pra poder exibir minha amada esposa, passado alguns minutos me retirei um pouco e deixei minha esposa sozinha, sozinha modo de dizer, pois mal me retirei três rapazes chegaram e fizeram uma rodinha, deixando minha esposa no centro, pude perceber a alegria de meu amor, e pude perceber também que a rodinha já não era mais rodinha, e sim uma grande roda com quatorze homens e minha esposa no centro, como bom corno me junte a roda e pude ver tudo dwe pertinho, todos dançavam, alisavam, encoxavam minha esposa, passavam a mão, enfim faziam de tudo que podiam, pena que não podiam tudo, pois o clube não era desse que o sexo rola solto no salão, apesar de muita sacanagem, havia um limite que não podia ser ultrapassado, Quase terminando o baile, um dos tres que iniciaram a roda, nos convidou para aquele tradicional lanche de saida de festas, topamos e fomos comer o lanche na lanchonete de um amigo dele, o lanche estava uma delicia, mas o melhor estava por vir, quando a lanchonete fechou, ficamos lá dentro, minha esposa, os tres rapazes, o dono da lanchonete e dois garçons, ai nem preciso mais contar, foi uma linda suruba, todos comeram minha esposa, ela recebeu leitinho na boca de todos, fizeram o que quiseram com meu amor, já estava nascendo o sol resolvemos ir embora, ai o rapaz que começou tudo pediu a palavra e falou pra todos. _O corno foi muito legal, então devemos dar a ele um presente especial, ele terá o direito de escolher dois pra fazer uma Dp na esposa dele, e o resto fica em volta brincando e incentivando. Todos concordaram, eu fiquei meio confuso pra escolher, pedi pra minha esposaa ajudar e ela disse que não podia, pois todos tinham sidos maravilhosos, ai usei minha sabedoria de corno e disse que iria escolher o rapaz que começou tudo, pois se não fosse ele nada teria acontecido, e o garçon por ter um pau grande e grosso, do jeitinho que sei que minha esposa adora, sem perder tempo os dois se posicionartam e comeram gostoso a bucetinha e cuzinho de minha esposa, enquanto os outros se punhetava e davam o pau pro meu amor acariciar, foi mais uma chuva de porra que o amor de minha vida levou, foi lindo ver a alegria de todos no final, afinal carnaval tem que ter alegria.Lembram que no inicio disse que não curtia muito o carnaval, depois do ocorrido, passei a adorar carnaval e outras festas parecidas, estou sempre frequentando, e o melhor levando minha esposa para a rapaziada curtir, nesse carnaval, estaremos em Recife, se vc que leu esse conto nos encontrar em algum salão, pode chegar e aproveitar, pois minha esposa vai adorar fazer sacvanagens com os garanhões pernanbucanos, então como estamos em época de carnaval, minha esposa deixou para os interessados uma frase de uma música.
"PODE VIR QUENTE QUE ESTOU FERVENDO".
ABRAÇOS DO cORNO E bEIJOS DE MINHA ESPOSA, E UM ÓTIMO CARNAVAL A TODOS.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario krek

krek Comentou em 04/03/2011

Amigo corno. Poste algomas fotos da sua esposa para a gente se deliciar. Abraços




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


9257 - Minha esposa e os Pedreiros - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
9259 - Minha Esposa Prostituta. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
9262 - Cmeram minha esposa e me humilharam. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
9268 - Minha esposa e meu Chefe - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
9274 - Minha esposa num churrasco. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
9284 - Minha esposa no Estádio. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
9298 - Corno na praia - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
9318 - Fui no Bingo e Ganhei ( Mais Chifres) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
9542 - Esposa Rampeira - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
9569 - Festa com Caminhoneiros - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
9577 - Leu o Conto e se deu Bem - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
9676 - Minha esposa me pediu um pintudo, arranjei quatro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
11795 - Resposta ao Comedor - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
11827 - Pequeno Gigante - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
11889 - Pescaria Inesquecivel - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
14888 - Confraternização de amigos - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9

Ficha do conto

Foto Perfil valdir
valdir

Nome do conto:
Eu minha Esposa e o Carnaval

Codigo do conto:
11714

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
04/03/2011

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0