O pintor



Sou veronica morena clara, tenho olhos verdes, cabelos longos, 1,50 de altura 48 kg, seios médios, bunda média.
Estava em casa com meu marido transando qdo começamos a ter umas fantasias foi qdo resolvemos ligar para um pintor e ver o que ia acontecer,liguei e pedir para ele vir até aqui em casa fazer um orçamento pra mim, estava vestindo um vestido branco curtinho, super decotado e transparente, calcinha branca de renda fio dental, meu marido ficou no quarto escuro com a porta entre aberta só olhando o que poderia acontecer,qdo ele chegou abri a porta e vi que era um homem atraente, logo fui mostrar a casa pra ele e o que devia ser feito. Pedi que ele sentasse no sofá para conversarmos sobre valores, foi qdo peguei a caneta e a deixei cair abaixei para pegar minha calcinha ficou a mostra já que o vestido era curtissimo e de malha, qdo levantei ele estava com o olhar firme para mim, deduzi que havia visto minha calçinha então sentei de frente pra ele no braço do sofá com a caneta e um bloquinho de anotação, como estava muito calor eu ficava toda hora passando a mão pelo meu corpo e colocava os seios discretamente a mostra, vi que o rapaz foi começando a ficar nervoso, suas mãos tremiam e meu esposo vendo tudo o que estava acontecendo, no começo era apena um exibicionismo mas não foi bem assim. Na hora em que ele estava de saida fiz um elogio a ele e ele retribuiu com outro sentei mas perto e enqto conversávamos coloquei a mão em sua perna foi o suficiente pra ele perder a cabeça e me agarrar me puxou para seu colo e começou a chupar meus seios, levantei e ele tirou meu vestido e minha calçinha, me deitou no sofá e começou a chupar minha buceta bem gostoso, logo em seguida ele se levantou e tirou a roupa coloquei ele seantado no sofá e comecei a chupar seu pau numa posição em que meu esposo pudesse me ver naquela situação estava tão gostoso com tanto tesão que sentei em seu pau e comecei a cavalgar e a rebolar em seu cacete foi qdo senti minha buceta todinha molhada, ele havia gozado... levantei, ele foi embora e eu fui para o quarto onde se encontrava meu esposo, oferendo minha buceta pingando cheia de porra.
Foto 1 do Conto erotico: O pintor

Foto 2 do Conto erotico: O pintor


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


15784 - sexo na rua - Categoria: Traição/Corno - Votos: 9
15801 - Transando com um amigo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico veronica casada

Nome do conto:
O pintor

Codigo do conto:
15785

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
20/02/2012

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
2