Adoro dar o cu para o Ivam...Continuaçao.



Bom gente vou continuar relatando a gostosa trepada que dei com o Ivam em nosso primeiro encontro. Estavamos no sofa eu chupando o pau dele como um louco fazendo ele gemer alto,eu estava literamente devorando ele com minha boca e minha lingua faminta. Ja nao aguentando mais de tesao ele disse que queria mim foderna minha cama,peguei a mao daquele macho e o guiei ate meu quarto,assim que entramos ele me empurrou de bruços na cama,levantou a mrico saia que eu estava usando para a cintura,alisou minha bunda e deu dois tapas fortes na minha bunda me levando ao delirio! Afastou a minuscula calcinha que eu estava usando de lado e caiu de lingua no meu cu,que lingua deliciosa ele tinha mim fazendo gemer de tesaao. Eu estava completamente entregue a ele,que rapidamente colocou um travesseiro debaixo da minha barriga,fazendo eu ficar com a bunda bem arrebitada,continuou chupando meu cuzinho dizendo que ele era lindo e que iria devora-lo! Ivam se posicionou atras de mim,abriu bem minha bunda e rocou a chapeleta do pau no meu cu me causando arrepios por todo o corpo. Meu cu ja estava bem molhado,e quando eu mesmo esperava aquela cabeçorra enorme ivandiu meu cuzinho apertado me fazendo gemer de dor e prazer,ele deu mais dois tapas na minha bunda dizendo que meu cu era muito apertado,e que era seria sua putinha para sempre. Com mais uma estocada firme enterrou a metade da pica no meu cuzinho,eu soluçava de prazer nos braço daquele macho. Ele começou a enfiar a lingua na minha orelha falando palavras doce e mais uma vez estocou firme o pau no meu cu,desta vez senti as bolas encostando na minha bunda,esperou eu mim acostuma e retirou todo o pau do meu cu e enterrando tudo de uma so vez! Eu gemia alto e pedia para ele me foder,que eu era sua putinha safada. Gente esse homem passou a me foder como um animal no cio,rebolava cada vez mais em sua vara,chamando-o de gostoso,tarado,safado. Foi entao que ele tirou o pau do meu cu,me mandou ficar na posicao de frango assado,colocou o travesseiro debaixo da minha bundinha,levantando-a e deixando bem exposto meu cuzinho que piscava querendo a pica dele! O safado novamente enterrou a jeba no meu cu e me fez de sua femea,socava gostoso fazendo eu perder os sentindo. Me mandou ficar de quatro na beirada da cama,segurou firme na minha cintura e foi fodendo,eu gemendo e rebolando na vara dele e pedindo para ele me foder cada vez mais forte! De repente auele macho comecou a urrar e encheu meu cu de porra quente,grossa e farta,gozou feito um cavalo no meu cu,deixando o corpo dele cair sobre o meu, meu cu latejava! Ficamos baraçadinhos e seu pau foi amolecendo e saindo do meu cu,ele deitou ao meu lado e mim mandou limpar o pau dele que estava todo melado de porra,suguei ate a ultima gosta deixando o pau dele limpinho! Ele me pediu para tomar um banho e eu acompanhei ele para o banheiro,tomamos banho juntos,ele examinou meu cuzinho para ver o estrago que tinha feito,ele mim beijava sem parar,mamava nos meus peitinhos uma loucura. Terminado o banho voltamos para o sofa,pegamos mas um cerveja,e ficamos nos recuperando,eu deitei a cabeça no seu colo e fazia carinho em seu pau. Eu comecei a chupar seu pau semi mole e em poucos segundo estava duro como pedra,queria retribuir o prazer que ele havia mim proporcionado,sentei em seu colo e encaixei a cabeça do cacete em meu cu sentando de um so vez,entrou rasgando aquele pedaço de nervo,e eu passei a rebolar feito uma puta em seu cacete,sentava com força arrancando gemidos dele,ele me ajudava puxando as minha cintura para o colo dele. O tesao foi ficando tao descontrolado que eu acabei gozando com o pau dele enterrado em meu cu! E por incrivel que pareça quando dou o cu meu pau nao fica duro,fica semi mole,quando dei por mim estava melando as coxas dele com minha porra num delirio total. Ele me pos de quatro e bombou meu cu por uns vinte minutos,retirou o pau do meu cu e gozou na minha boca uma grande quantidade de porra que engolir tudinho feito um bezerrinho! Foi demais,adormecemos no capete da sala abracadinho. Dormimos por um tempo,e quando despertei com uma lingua no meu cu,e rapidamente ele foi me virando de bruços e cravando a pica no meu cuzinho e novamente meteu por um bom tempo ate mim encher o cu de porra novamente! Ele me disse que queria me foder todo o dia na hora do almoco,pois como a empresa que a gente trabalhava fica perto da minha casa,eu via todo dia almoçar em casa,e nesse horario nao tinha ninguem em casa! E ele foi alem me dizendo que queria que eu usasse as calcinha da minha esposa todos os dia no trabalho, e assim fiz,esperava minha esposa sair,vestia alguma calcinha dela e ia trabalhar,so para mostrar minha bundinha para ele no vestiario! Fodemos no horario de almoço por um bom tempo,ate ele sair da empresa,meses depois sair tambem,mas de vez em quando dou para ele! Voce homem ativo que gosta de comer uma bundinha entre em contato,moro proximo a BH. Beijos e abraço do triplox.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook


Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


16399 - Casado bissexual - Categoria: Gays - Votos: 9
16501 - Adoro dar o cu para o ivam! - Categoria: Gays - Votos: 2
16883 - Dando para o Luiz no meio do mato! Parte:1 - Categoria: Gays - Votos: 2
16927 - Dando para o Luiz no meio do mato! Parte: 2 - Categoria: Gays - Votos: 2
19267 - Ivam meu macho tesudo! - Categoria: Gays - Votos: 3
21882 - meu amante luiz - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
23703 - Virei a putinha do Luiz! - Categoria: Gays - Votos: 5
27075 - Chantageado e enrabado pelo vizinho pauzudo! - Categoria: Gays - Votos: 16
29999 - Trezinho de guerra em casa com a esposa viajando - Categoria: Gays - Votos: 6

Ficha do conto

Foto Perfil triplox
claudiopereira

Nome do conto:
Adoro dar o cu para o Ivam...Continuaçao.

Codigo do conto:
16518

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
28/03/2012

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0