Vizinha Carnuda



VIZINHA CARNUDA - VÁRIAS FAMÍLIAS COM O TEMPO FORAM SE MUDANDO DE MINHA RUA E ALGUMAS NOVAS VINHAM CHEGANDO, NUMA DESSAS FAMÍLIAS QUE VIERAM ACABEI CONHECENDO UMA MENINA, COMO SUA FAMÍLIA PARECIA MUITO SIMPLES E MUITO ALEGRE RAPIDAMENTE ESTAVAM FAZENDO PARTE DAS FESTAS DA RUA. NUMA DESSAS FESTAS FIQUEI SABENDO QUE A FILHA DELES, MARLENE ESTAVA COM PROBLEMAS NUMA DISCIPLINA E NECESSITAVA DE AULAS DE REFORÇO, FIQUEI NA MINHA ATÉ QUE ALGUÉM COMENTOU QUE EU ERA FORMADO NAQUELA DISCIPLINA E PODERIA AJUDAR. O PAI DE MARLENE DISSE QUE TUDO BEM E QUE CONVERSARIAMOS NUMA OUTRA HORA, SÓ QUE A MARLENE VEIO ME PERGUNTAR COMO CONSEGUI ME FORMAR LOGO NAQUELA ÁREA, RESPONDI QUE SE DEPOIS DE ALGUMAS AULAS ELA AINDA ACHASSE ISSO EU FARIA UM OUTRO CURSO, NO OUTRO DIA DE TARDE ESTAVA SOZINHO EM CASA E QUEM TOCA O INTERFONE, ERA MARLENE NUM VESTIDINHO, ATENDI E PEDI QUE ENTRASSE, ELA VEIO PERGUNTANDO QUANTO COBRARIA PARA MINISTRAR AS AULAS, DISSE QUE NÃO COBRARIA NADA, POIS DE TARDE SEMPRE FICAVA LIVRE E PREPARANDO COISAS PARA O MEU TRABALHO, ELA SORRIU E DISSE QUE SE PODERIA COMEÇAR NOUTRO DIA, FALEI QUE NÃO, ERA PARA COMEÇAR IMEDIATAMENTE, ELA SORRIU E DISSE QUE TUDO BEM FICAMOS NA VERDADE APENAS CONVERSANDO, MAS EU OLHANDO PARA AS COXAS DELA E PARA AQUELES SEIOS DURINHOS, ENTÃO DISSE QUE TINHA UM MATERIAL BOM NO MEU QUARTO E ELA VEIO COMIGO, NISSO SENTEI NO COMPUTADOR E ELA DEITOU EM MINHA CAMA, NISSO FUI ABRINDO OS ARQUIVOS, EM SEGUIDA PEDI QUE PEGASSE NA PARTE SUPERIOR DO MEU ARMÁRIO EMBUTIDO UNS DISQUETES PARA COPIAR UMAS ATIVIDADES, NISSO ELA PERGUNTA ONDE E JÁ VAI FICANDO EM PÉ NA MINHA CAMA ENQUANTO INDICO A PARTE ONDE COLOQUEI OS DISQUETES. ELA NÃO ESTAVA CONSEGUINDO ACHAR OS DISCOE E QUANDO ME VIRO PARA OLHAR DIREITO DEPARO-ME COM AQUELE PAR DE COXAS GROSSAS E UMA CALCINHA INDISCRETISSIMA, QUANDO ELA OLHA E NOTA QUE ESTAVA VIDRADO EM SEU CORPO ELA NÃO FALA NADA E AINDA VIRA MAIS A BUNDA PARA MEU LADO, ENTÃO PENSEI ESSA MENINA TÁ QUERENDO COISA, CHEGO MAIS PERTO E INDICO ONDE ELES ESTÃO, ELA PEGA UM E EU FALO QUE PODE PEGAR TODOS, NISSO ALGUNS CAEM NO CHÃO, ELA PEDE DESCULPAS, MAS DIGO QUE TUDO BEM, ELA DESCE DA CAMA E SE AJOELHA NA MINHA FRENTE VINDO ME AJUDAR COM OS DISQUETES, QUANDO LEVANTO MEU ROSTO DOU DE CARA COM ELA ME OLHANDO E DIZENDO, VOCÊ FICOU ESPANTADO COM MINHA CALCINHA, ENTÃO DIGO QUE NÃO OLHEI DIREITO E ELA SORRI, LEVANTA DO CHÃO E DEITA NOVAMENTE EM MINHA CAMA, SÓ QUE ANTES QUE EU CHEGUE NO COMPUTADOR ELA ME CHAMA E DIZ, OLHA AGORA ENTÃO. NÃO PUDE ACREDITAR, POIS ELA ESTAVA COM O VESTIDO NAS COSTAS E COM AQUELA BUNDINHA FOFA TODA PRA CIMA COM A CALCINHA ENFIADINHA DO JEITO QUE EU ADORO, NÃO ME CONTIVE. ELA DISSE PARA EU CHEGAR MAIS PERTO E NAQUELA POSIÇÃO MESMO FOI PEDINDO PARA QUE EU FALASSE ALGO, MAS ESTAVA SEM PALAVRAS, COMENTEI QUE AQUELA BRINCADEIRA ERA MUITO PERIGOSA E QUE DEVERIAMOS IR PARANDO POR ALI MESMO, SÓ QUE ELA NÃO QUERIA PARAR COM A BRINCADEIRA PEDINDO PARA SENTIR MEU PAU ENTRE SUAS PERNAS, ELA QUERIA SENTIR UM PAU QUENTE ENTRE SUAS PERNAS E NÃO SUPORTAVA MAIS FICAR BRINCANDO APENAS, ENTÃO PENSEI QUE NÃO TERIA JEITO MESMO, BAIXEI MINHA ROUPA E CHEGUEI PERTO DELA, RETIREI SUA CALCINHA E PUDE VER PELA PRIMEIRA VEZ SUA XOXOTINHA GORDINHA, ELA ABRIU BEM AS PERNAS E DISSE PARA NÃO DEMORAR MUITO, FIQUEI ESFREGANDO MEU PAU ENTRE SUAS PERNAS E ELA FOI A LOUCURA COM MEUS CARINHOS, RETIROU O RESTO DO VESTIDO E FICOU COMPLETAMENTE NUA, CHUPEI SEUS PEITOS E ELA GEMENDO QUE NEM UMA PUTINHA, NOSSA ELA APROVEITOU MUITO AQUELA TARDE, LAMBUZEI TODA A SUA COXA COM MINHAS GOZADAS, SENDO QUE NA PRIMEIRA ELA TOMOU UM SUSTO QUANDO SENTIU OS PRIMEIROS JATOS EM SUA BARRIGUINHA, ELA NÃO SE LIMPOU, DISSE QUE QUERIA TOMAR BANHO MAIS TARDE E SENTIR IR RETIRANDO MINHA PORRA COM CALMA. LEVANTEI E ME VESTI, EM SEGUIDA ELA TAMBÉM. SEPAREI UM MATERIAL PARA ELA E DISSE QUE ERA SÓ LIGAR ANTES PARA SABER SE ESTAVA EM CASA QUE PODERIAS VIR NUMA BOA, NO OUTRO DIA LÁ PELAS 13:30 HS, O INTERFONE TOCA NOVAMENTE E ERA MARLENE, DESSA VEZ COM OUTRO VESTIDINHO, FALEI PARA SUBIR E ELA DISSE QUE SEU PAI NÃO ACEITOU QUE AS AULAS FOSSEM DE GRAÇA, ENTÃO PERGUNTEI SE ELA RECEBIA MESADA E ELA INFORMOU QUE SIM, ENTÃO PENSEI DIGA AO SEU PAI QUE VOCÊ VAI PAGAR SUAS AULAS COM SUA MESADA, ASSIM ELE NÃO SABERÁ QUE ESTAMOS ESTUDANDO SEM TE COBRAR NADA, OU MELHOR, QUASE NADA, ENTÃO ELA FICOU SEM ENTENDER E NESSE MOMENTO BAIXEI A MINHA ROUPA E MOSTREI O MEU PAU JÁ EM RISTE, ELA APENAS SE AJOELHOU E ABOCANHOU ELE POR COMPLETO, NISSO QUASE GOZEI EM SUA BOCA, ELA CHUPAVA COM CERTA DIFICULDADE, MAS EM POUCO TEMPO ELA ESTAVA FAZENDO COMO SE FOSSE UMA PROFESSORA DE LONGA DATA NO OFICIO, SENTEI NO SOFÁ DA SALA E FIQUEI APROVEITANDO, ENQUANTO ERA CHUPADO NOTEI QUANDO ELA LEVANTOU O VESTIDO E FICOU SE MASTURBANDO, SOMENTE NESSE MOMENTO VI QUE TINHA VINDO SEM CALCINHA, ESTAVA APENAS DE VESTIDO E FOI CHEGANDO MEU CORPO PARA A PONTA DO SOFÁ, ENTÃO QUANDO ESTAVA BEM NA PONTA ELA SE LEVANTOU ME DEU UM BEIJO E FICOU PASSANDO MEU PAU NA SUA BOCETINHA GORDINHA, NÃO RESISTI E TENTEI METER, MAS ELA DISSE QUE ERA PARA IR COM CALMA, POIS ELA AINDA ERA VIRGEM, ENTÃO FALEI TUDO BEM, VAMOS PARA O MEU QUARTO, CHEGANDO LÁ MANDEI QUE A MESMA DEITASSE E FICASSE COM AS PERNAS BEM ABERTAS, DEI-LHE UMAS BOAS CHUPADAS E NESSE MOMENTO A MENINA QUASE PIROU DE VEZ, FICOU LOUCA E GEMIA MUITO, QUANDO SENTI QUE ELA JÁ ESTAVA BEM MELADINHA, ENCOSTEI A CABEÇA DE MEU PAU NELA E FORCEI A ENTRADA, ELA DEU UM GEMIDO PROFUNDO E PRENDEU A RESPIRAÇÃO DEPOIS FICANDO COM UMA RESPIRAÇÃO OFEGANTE E SEM CONTROLE, NOSSA FOI MUITO BOM INICIAR A VIDA SEXUAL DE MARLENE DAQUELE JEITO, ELA QUANDO VIU QUE NÃO TINHA MAIS JEITO E NÃO ESTAVA SANGRANDO TANTO QUANDO PENSOU QUE SANGRARIA, VEIO PARA CIMA QUE NEM UMA LEOA COM TODO O TESÃO DO MUNDO, FICAMOS NAQUELA TREPADA ATÉ UMAS QUATRO DA TARDE, ATÉ QUE TOCARAM O INTERFONE E ESTRAGARAM NOSSA TRANSA, POIS CORTARAM O CLIME, ESSES BENDITOS VENDEDORES AMBULANTES, SÓ QUE HOJE MARLENE VAI DIARIAMENTE LÁ EM CASA QUANDO MEUS PAIS NÃO ESTÃO E FAZEMOS DE TUDO QUE ELA PEDE, ELA É UMA FÊMEA É TANTO, SEGURA TUDO NUMA BOA, COMO SE FIZESSE AQUILO DESDE SEMPRE, UM TESÃO SÓ, UMA GORDINHA DE RESPEITO ESSA MINHA VIZINHA CARNUDA, DOIDINHA E GOSTOSA.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


1591 - A Primeira Gordinha Casada Ninguém Esquece - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1592 - Achado em Goiânia com uma Gordinha Gostosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1593 - Gordinha Carioca nas Noites Chuvosas de Jacaraípe - Categoria: Exibicionismo - Votos: 1
1594 - Aluna, Casada, Evangélica, Gordinha e Querendo - Categoria: Fantasias - Votos: 2
1595 - Angra dos Reis com uma Gordinha Gostosa - Categoria: Virgens - Votos: 2
1596 - Antecipação do Dia dos Namorados Maluco - Categoria: Fantasias - Votos: 1
1597 - Apagão na Geral, Fofa Grilada versus Lobo Tarado - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
1598 - Amaciando Gordinha Feirante - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
1810 - Gostosa do Supermercado - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
1811 - Isabel do Escritório - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
1812 - Lina Boqueteira da Turma - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
1813 - No Riacho com Ana Cláudia - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
1814 - Professora Culta e Caliente - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
1815 - Quanto Mais Gordinha Melhor - Categoria: Interrraciais - Votos: 4
1816 - Que Chuva Foi Aquela - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
1817 - Suruba Total I - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
1818 - Suruba Total II - Categoria: Interrraciais - Votos: 2
1819 - Suruba Total III - Categoria: Interrraciais - Votos: 3
1820 - Uma Índia Gordinha Tem Seu Lugar - Categoria: Interrraciais - Votos: 1
1902 - Carnaval 2002 - Mil Loucuras na Cidade Maravilhosa - Categoria: Interrraciais - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico lobo.quer.gordinha

Nome do conto:
Vizinha Carnuda

Codigo do conto:
1821

Categoria:
Interrraciais

Data da Publicação:
16/11/2003

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0