Sexo no busão



Estava na Bahia e recebi uma ligação de meus filhos perguntando se eu iria passar o fim de semana com eles respondi que sim e fui arrumar as malas liguei pra minha chefe que me liberou ficar uma semana em casa, chamei Paula pra ir a rodoviária pra comprar a passagem e consegui na quinta à noite e peguei consegui com muito custo e a cadeira lá trás do busão perto do banheiro imaginei que catinga que eu iria ter que suportar, mas vamos lá.
Sai de Salvador por voltas das 20 horas da quinta o busão tava lotado, liguei o cel e arrumei um jeito de me acomodar r nisso Paula me liga dizendo que estava com saudades e começamos a falar besteiras no ato meu pau ergueu ela me dizendo que estava indo tomar banho e quando estava tirando a calcinha começou a se tocar imaginando minha língua em tuas pernas a cada palavras dela eu dei um jeitinho de colocar a mão no pau e massageá-lo, no entanto ainda estava sozinho na cadeira.
Paula é minha namorada e é um mulherão, com 1,80 de pele loira, cabelos lisos até a bunda e com marquinha de biquíni uma bunda totalmente redonda uma cintura de tirar o fôlego, barriguinha safadinha, uma boca que encaixa meu mastro inteiro, olhos verdes á ta bom.
Eu sou loiro, 1,72, magro e olhos verdes. Voltando ao busão ela me dizendo como estava e eu respondendo e observando ao lado pra ninguém ouvir ou ver o que eu estava fazendo batendo uma punhetinha, ela me deixou louco, depois de uns minutos a ligação caiu, saiu de cobertura e não conseguimos acabar com os comentários.
Fui ao banheiro e acabei com a punheta me limpei e voltei pra cadeira todo sarrabiado com medo de alguém ter notado.
Ao sentar na cadeira um cara sentou do lado e disse se tinha alguém por ali, disse que não e começamos a conversar nisso estávamos chegando a Cruz das Almas, e o busão parou em uma rodoviária e embarcou mais gente e foi enchendo e uma senhora de mais ou menos uns 45 anos chegou e pediu o rapaz pra sair porque ela que tinha comprado a passagem e o lugar era aquele, ele saiu e ela sentou, falei um boa noite sem resposta e virei pro outro lado só imaginando eu saciando a Paula, me cobri com uma colcha que Paula me deu e comecei a poetar de novo.
Meus pensamentos fluíram e meu pau cresceu de novo, mas consegui contornar a situação e adormeci, acordei com o ônibus fazendo uma manobra brusca que teve passageiro que caiu no chão, levamos um enorme susto, o outro motorista veio ao corredor e explicou o que aconteceu e continuamos a viagem, nisso a mulher que estava ao meu lado falou comigo e começamos a conversar, ela disse o nome Augusta que estava indo pra Linhares na casa dos pais pra passar o fim de semana, papo vai e vem e adormecemos e chegamos a Itabuna o busão parou e fomos tomar café e bainheiro...
Comecei a imaginar aquela mulher chupando meu pau que delicia que iria ser voltamos pro busão e começamos a aprofundar as coisas fui logo querendo saber se ela queria mesmo nisso Paula me liga fui bem carinhoso e ela tb perguntei o que aconteceu depois da gente se falar e ela me respondeu que se deliciou com um vibrador e dormiu eu não medir palavras fui perguntando só pra ver se a Augusta depois perguntaria e nisso meu pau subiu de novo, desliguei e olhei pro lado ela estava mordendo os lábios e foi logo falando vc e sua esposa fala assim tudo na cara um do outro e respondi que sim.
Começamos a falar de coisas sobre sexo que quando ela se casou era virgem que ela só deu pra um homem só que ele só fazia a posição papai e mamãe e coisa e tal. Augusta começou a perguntar sobre o que eu e Paula fazíamos e se eu já tinha ido a um motel e fui respondendo e eu notava que ela passava a mão por cima do vestido nem medi esforçou tasquei um beijo e ela revidou nos beijamos muito passei as mãos no corpo dele inteiro por cima do vestido peguei minha colcha e nos cobrimos e ficamos nos tocando nisso consegui tirar a calcinha que estava toda meladinha comecei a dedilha-la bem de leve ela gemia bem baixinho e enfiava bem lá no fundo eu percebia que era uma coisa que ela nunca recebeu, ficamos assim muito minutos, e só paramos porque o busão parou ela vestiu a calcinha e eu o short, nos arrumamos e ficamos abraçados esperando o motorista aparecer e explicar o que aconteceu, nos beijamos muito, o Senhor Carlos o motorista apareceu e explicou que tinha ocorrido um acidente na rodovia e por isso que estava tudo parado se alguém quisesse sair um pouco do busão poderia sair e ficar por perto.
Fomos pra fora e ficamos ao lado do busão Augusta sentou no meio fio e eu na frente dela nisso ela foi me falando muitas besteira e nisso todos saíram do busão ai passou uma coisa na cabeça falei pra gente entrar tirar uma ela respondeu no ato que sim.
Fomos pra cadeira e começamos coloquei o vestidinho dela pra cima e chupei os peitinhos bem pequenos e operados chupei bem gostoso desci e fui até a barriga lambuzei bem e desci até a bucetinha toda lisinha abro com os dedos os lábios e lambi lá dentro em segundo ela estava toda lambuzada, pedindo mais e mordendo os lábios pra não gritar depois ela pediu pau na xoxota, e fui posicionei o mastro e coloquei bem devagar ela gemia e fui assim bem devagar com medo de alguém perceber no balançar do ônibus ficamos vários minutos um entra e sai bem gostoso que delicia meu pau pulsava naquela bucetinha deliciosa quando ela iria gozar ela me puxava e prendia a buceta que delicia ficamos mais uns minutos e disse que iria gozar ela então pediu pra continuar que ela queria mais e eu com medo de gozar lá dentro continuei enchi ela de porra que delicia ela veio até meu ouvido e falou que nunca tinha metido assim tão gostoso e que o resto da viagem ela queria mais ela pegou a roupa e foi pro banheiro tentar se limpar e eu me limpei um pouco depois e saímos do busão como nada tivesse acontecido e ficamos ali por perto do ônibus esperando igual aos outros...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


marcia fernan Comentou em 10/05/2013

nusss que delícia, nunca fiz....




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12809 - Encontro insaciavel - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12927 - Itamaraju_BA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12939 - Macarani_BA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13116 - VIAGEM PARA TOCANTINS PARTE I - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13118 - TOCANTINS PARTE II - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13119 - TOCANTINS PARTE III - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13127 - A ultima viagem com LEILA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
13167 - Carla Agrizzi - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13250 - Posto da Mata _ BA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13254 - Cunhada Michele Nunes - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1
13299 - Meu primeiro emprego como motorista - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13327 - A advogada - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13477 - Visto na festa da empresa por Rosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13479 - Morena do chat - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13481 - Qdo eu conheci Vanessa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13860 - Festa em Monte Asterio - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13862 - Veronica - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
17551 - Expansão da Empresa - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
32138 - Camila - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
33587 - Viagem pra Minas Gerais - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
33661 - Viagem parti 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 0

Ficha Do conto

Foto Perfil casado_cg casadocg

Nome do conto:
Sexo no busão

Codigo do conto:
19103

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
14/08/2012

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0