Comendo a funcionaria



Paula me deixa sempre excitado. Ela tem um jeito moleque e faz uma carinha de safada que me deixa maluco. Um dia, estávamos na loja e ficamos até mais tardetrabalhando e eu estava no computador quando senti arespiração dela atrás da minha nuca. Fiquei quieto. Ela começou a beijar minhas costas e foi enfiando a mão na minha camisa e acariciando meu peito. Estava ofegante. Tirou minha camisa e virou-me de frente para ela. Aqueles frios olhos verdes me fitaram a acendiam meu desejo. Sem dizer uma palavra sentou-se no meu colo e começamos um longo e molhado beijo. Sentia a respiração ofegante dela enquanto eu passava minha língua pelos lábios grossos e rosados. Sentia os biquinhos dos seios dela tentando furar a blusa que ela estava usando. Abri a blusa botão por botão até expor a lingerie. Levantei o soutien até expor o biquinho rosado e duro. Dei um beliscão ao qual ela respondeu com um "ai". Comecei a soprar e lamber até que ele ficou totalmente durinho e apontando para mim. Coloquei inteirinho na boca e comecei a sugar e mordê-lo. Paula ficou ainda mais ofegante. Apertava minha cabeça contra seus seios e gemia gostoso. Voltei a subir e beijar a sua boca sedenta. Suas pálpebras tremiam. Era tesão em estado puro. Coloquei-a deitada em cima da mesa e arranquei sua calça e calcinha deixando-a preparada para uma chupada. Sua grutinha estava tão molhada que chegava a brilhar. Cai de boca naquela bucetinha gostosa e cheirosa. Comecei a enfiar um dedo bem fundo para estimulá-la ainda mais. Fiquei masturbando-a com o dedo enquanto chupava o clitóris. Os seus gemidos eram cada vez mais fortes. Ela fechava os olhos e suspirava... Comecei a enfiar mais 2 dedos preenchendo-a totalmente. Ela agora arregalava os olhinhos e ficava levantando os quadris e rebolava. Fiquei em pé com o meu pau em riste e fui enfiando tudo. Como ela estava encharcada a penetração foi rápida e prazeirosa. Comecei os movimentos de vai-e-vem com força e rapidez. Segurei-a pela cintura e fui enfiando até o saco bater naquela bunda gostosa. Ela ronronava "mete, mete, mete meu tourão". Aquela cena era boa demais e não consegui me conter. A minha porra saiu em esguichos que acertaram a barriga, seios e até no rosto. Ela pegava a porra com a mão e levava a boca para beber. "Hummm, que leitinho gostoso" Que mulher, gostaria de tê-la como amante para sempre...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


165 - Minha namorada trouxe a amiga - Categoria: Fetiches - Votos: 5
209 - Que funcionária - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
240 - Dando um trato no patrão - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
276 - Dominação - Categoria: Fetiches - Votos: 2
287 - Virei Tiozinho - Categoria: Fetiches - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico morcegão

Nome do conto:
Comendo a funcionaria

Codigo do conto:
228

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
11/12/2009

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0