Minha Mulher



Os contos a serem publicados estão chegando ao fim, depois deste, restam apenas mais seis escritos e a publicar, chama a atenção que embora já publicados 38 contos, continuamos recebendo dezenas de emails perguntando se os contos são reais. São sim todos eles foram escritos sobre fatos que realmente aconteceram e como curiosidade, além das fotos que temos publicado com os contos a partir de agora vou publicar alguns anúncios que colocamos em revistas especializadas no início de nossos relacionamentos, inclusive a publicação que me concedeu o título de bunda mais bonita do Brasil e que acabou me rendendo um convite para fazer filmes pornô e que não sei porque não aceitei na época, hoje nem pensaria. Mas vamos ao conto, durante todos estes anos que curtimos relacionamento liberal já saímos com centenas de amigos, homens, mulheres, casais e até travestis, participamos de surubas, ménage, etc..., mas nunca tive a oportunidade de sair apenas com uma mulher e sempre tive muito vontade de sair com uma, feminina, delicada somente eu e ela para que pudéssemos curtir o corpo uma da outra de forma suave e com muito carinha, fiquei longo tempo com este desejo e fantasia não realizada, pois não havia surgido nenhuma oportunidade de realizá-la e até porque eu nunca iria sair rua a fora cantando alguma mulher, simplesmente deixamos o tempo correr e esperava que um dia acontecesse.
Na época eu tinha uma pequena loja de decorações e recebia muitos amigos e amigas, mas uma em especial me chamava a atenção não por ser muito bonita, mas ela era extremamente simpática e muito carinhosa e delicada quando falava ou tratava comigo, ela era bastante alta, em torno de 1:75, magra, com mais ou menos de 55 kg. e muito elegante e com o passar do tempo começamos a ficar amigas e ela me contava toda sua vida e então me confidenciou ter problemas com o marido que era fazendeiro e que passava quase todo o mês viajando e a deixava sozinha e insinuou que como se sentia muito carente tinha que procurar alguma distração ou algo que suprisse a falta do companheiro.
Certo dia ela me convidou para tomar um chá em uma casa especializada e como aceitei veio me buscar em casa para irmos em apenas um carro, quando entrei no carro ela me deu um beijo no rosto que foi mais um chupão e disse que estava muito feliz por eu estar ali com ela e que eu estava muito linda. O chá transcorreu tranqüilo e ela foi extremamente agradável e simpática, depois me levou para casa e na chegada ficou longo tempo abraçada comigo e me acariciando os cabelos e a nuca e na despedida me deu um beijo quase na boca, comentei o fato com o Roberto e ele me disse que ela queria mesmo era uma briga de aranhas e eu levei o caso na brincadeira.
No dia do meu aniversário ela foi à loja e me levou um frasco do perfume que eu gostava, ficou me abraçando demoradamente me deu um selinho nos lábios e disse que adoraria sentir o cheiro em todo meu corpo, aí me toquei e vi que o Roberto tinha mesmo razão.
Ao comentar com o Roberto o que havia ocorrido e manifestar minha intenção de continuar com a brincadeira ele me respondeu que se eu quisesse realmente levar adiante que levasse, mas deveria ter cuidado para não arrumar confusão, afinal a mulher era casada e não se sabia muito da vida conjugal dela, muito menos do marido e que eu me preservasse do melhor modo possível.
A partir deste momento também comecei a tratá-la de modo diferente quando nos encontrávamos, procurava beija-la mais demoradamente e bem pertinho da boca, os selinhos ficaram mais frequentes, ficava abraçada a ela, me esfregava no corpo dela sempre que podia e contava detalhes mais íntimos de minha vida e ela cada vez mais se insinuava para mim e eu me mostrava receptiva.
Novamente ela me convidou para tomar chá em uma tarde durante a semana e eu fui pronta para o que desse e viesse, fui com um dos meus famosos mini-vestidos transparentes e completando uma mini-tanga enterrada no rabo e sem nada na parte de cima, mas creio cabe uma ressalva, pois este vestido tem um detalhe especial e foi feito apenas para situações especiais, pois é transpassado na frente e tem apenas um botão no meio e qualquer movimento que faça, me abaixe ou sente ou ainda basta que sopre um mínimo vento para que eu fique sempre com os seios ou com a boceta de fora pois não consigo esconder os dois ao mesmo tempo.
Ela novamente foi me buscar em casa e ao entrar no carro dei um jeitinho de deixar o vestido abrir até quase a cintura, mostrando a minha tanguinha vermelha transparente e mostrando quase que totalmente a minha bocetinha completamente depilada, ela não se conteve passou a mão nas minhas pernas dizendo que eram muito bonitas e que eu estava como ela sempre havia sonhado, como não reagi ela abriu o único botão do vestido e o puxou para o lado, deixando meus seios de fora e mostrando toda excitação que eu sentia, então aproveitou para espalmar a mão na minha chana e roçar os dedos no meu grelo eu fiquei toda arrepiada e ofereci a boca para que ela me beijasse e ela não se fez de rogada e me deu um tremenda chupão enfiando a língua na minha goela.
A esta altura eu já estava toda molhada e na maior tesão e ela perguntou se eu queria realmente tomar um chá ou se gostaria de conhecer o seu apartamento e tomar um aperitivo, ao que lhe respondi que o dia estava muito quente para o chá e que tinha muita curiosidade de conhecer o seu apartamento e quem sabe tomar um refrigerante ou uma cerveja.
Quando chegamos ao edifício ela me agarrou pela mão e subimos para o apartamento, já no elevador ela me agarrou e começou a se roçar em mim, me deu um longo beijo na boca e abrindo novamente meu vestido começou a chupar meus seios, enquanto enfiava a mão por dentro da minha calcinha dedilhando meu grelo e eu me entreguei totalmente aquelas carícias delicadas e sensuais, descemos do elevador e entramos direto no apartamento, onde ela colocou uma música suave e me tirou para dançar, enquanto nos beijávamos.
Aos poucos foi abrindo meu vestido e o tirou, tirou a blusa e roçou os seios nos meus e ficamos as duas somente de calcinha, foi chupando meus seios, abaixando a boca na direção de minha boceta e foi tirando minha calcinha e enfiou a língua dentro de mim e eu gozei loucamente, melando o rosto dela.
Ela tirou a calcinha e começamos a nos esfregar, deitamos no tapete da sala ficando de lado e ela começou a esfregar a chaninha dela na minha, roçando nossos grelos e me deixando alucinada, depois veio por cima de mim e esfregou a boceta na minha cara e fizemos um longo e delicioso 69, até gozarmos uma na boca da outra.
Em seguida fomos para uma banheira cheia de espuma onde ela enfiou o dedo e a língua em todos os meus buracos me deixando alucinada, ainda ensaboou todo o meu corpo me acariciando e fazendo uma massagem sensual.
Por fim fomos para o quarto onde ela derramou chocolate sobre mim me lambendo todinha, enquanto pegava um consolo duplo enfiava na boceta e enterrava vagarosamente a outra ponta em mim, por último tirou um vibrador anal da gaveta e lubrificando meu buraquinho foi enterrando aos poucos enquanto me chupava enfiando a língua no fundo de minha chana. E o gozo veio enorme, fantástico.
Depois ficou me acariciando, beijando e chupando meus seios até que dormi...
Ao acordar fui embora e saímos juntas ainda mais duas vezes, depois embora os insistentes convites dela nunca mais quis sair sozinha com ela, mas estou tentando convencê-la a sair comigo e com o Roberto e se pintar essa transa eu conto em uma próxima oportunidade.


Foto 1 do Conto erotico: Minha Mulher

Foto 2 do Conto erotico: Minha Mulher

Foto 3 do Conto erotico: Minha Mulher

Foto 4 do Conto erotico: Minha Mulher

Foto 5 do Conto erotico: Minha Mulher


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


casaldogging Comentou em 12/12/2012

Um sonho de esposa parabêns sou de curitiba bjsss

pescador Comentou em 11/12/2012

Bom de mais, parabéns Leia e comente meus contos, vote se gostar

regisuk Comentou em 11/12/2012

Delicia de conto...deve ser maravilhoso ver suas mulheres se enlacarem no mais puro prazer

incesteiro Comentou em 11/12/2012

maravilhoso conto...muito excitante...viajei neste teu vestido....parabéns...

reginha.larga Comentou em 10/12/2012

Olá! Gostei da produção em série, escrevem muito e bem. Fiz questão de ser a primeira a votar neste conto, há outros melhores, mas quis abrir a votação. Beijos da Gina.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


20963 - Cláudia e as Iniciações - Categoria: Fetiches - Votos: 54
20988 - Situações Eróticas - Categoria: Fetiches - Votos: 28
21028 - Uma Secretária Perfeita - Categoria: Fantasias - Votos: 23
21029 - Fantasias - Categoria: Exibicionismo - Votos: 24
21078 - Claudia Amarrada e Indefesa - Categoria: Fetiches - Votos: 23
21120 - Cláudia Escort Girl I - Categoria: Fetiches - Votos: 25
21184 - Cláudia e o Amante Ocasional - Categoria: Fetiches - Votos: 33
21227 - Grupo de Casais - Categoria: Fetiches - Votos: 25
21309 - Vilmo - Categoria: Fetiches - Votos: 29
21371 - No escurinho do Cinema - Categoria: Fetiches - Votos: 66
21417 - A Obra - Categoria: Exibicionismo - Votos: 59
21468 - Paulinha - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 43
21492 - Tele Entrega - Categoria: Exibicionismo - Votos: 35
21517 - Scort Girl na Agencia - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 20
21544 - Garota de Programa na Sauna - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 41
21592 - Simplesmente Maria - Categoria: Lésbicas - Votos: 26
21662 - Querida Amiga Flávia - Categoria: Virgens - Votos: 30
21693 - Sessão Erótica - Categoria: Traição/Corno - Votos: 30
21724 - Baile do Hawai - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 25
21772 - A Metamorfose de Flavinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 35
21805 - Um Dia no Parque - Categoria: Exibicionismo - Votos: 24
21874 - Colega de Faculdade - Categoria: Lésbicas - Votos: 32
21921 - Corretor de Imóveis - Categoria: Exibicionismo - Votos: 23
21996 - A Escort Girl e o Viajante - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 22
22057 - Clube de Swing - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 29
22155 - Uma Noite no Parque - Categoria: Traição/Corno - Votos: 21
22249 - O Encontro - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
22324 - La Histoire de Cláudia - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 40
22503 - O Massagista - Categoria: Traição/Corno - Votos: 25
22652 - No Drive In - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 20
22756 - No Dentista - Categoria: Traição/Corno - Votos: 23
22784 - Querida Amiga Vanessa - Categoria: Travesti - Votos: 37
22843 - Carnaval Inesquecível - Categoria: Traição/Corno - Votos: 26
22900 - Paciente Erótica - Categoria: Traição/Corno - Votos: 39
22963 - Viagem de ônibus - Categoria: Traição/Corno - Votos: 25
23024 - Estupro na Ilha - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 33
23060 - Festa Privê - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 22
23103 - Paraíso Tropical - Categoria: Traição/Corno - Votos: 31
23171 - Praia do Pinho - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 30
23213 - Suruba na Boate - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 32
23327 - Ménage na Praia de Castelhana - Categoria: Traição/Corno - Votos: 35
23357 - Casal BI - Categoria: Gays - Votos: 45
23424 - Claudia e Manoel - Categoria: Gays - Votos: 31
23483 - Feliz Aniversário - Categoria: Gays - Votos: 23

Ficha Do conto

Foto Perfil casal rc casalrc

Nome do conto:
Minha Mulher

Codigo do conto:
23139

Categoria:
Lésbicas

Data da Publicação:
10/12/2012

Quant.de Votos:
32

Quant.de Fotos:
5