Traindo meu marido sem querer mas adorando!





Chamo-me Lívia. Sou uma mulher muito cobiçada pelos homens, loira, alta 1,80m, cabelos compridos, corpo muito bem definido, malhado, cintura fina e um bumbum avantajado. Tenho 28 anos sou casada há 5 anos e nunca pensei em trair meu marido, pois é ele muito bom para mim. Ele é bom marido em todos os sentidos. Porém, num final de semana, meu chefe marcou uma festa de nossa empresa em seu sítio em Mairiporã, e convidaram todos os funcionários, cerca de 85 pessoas no total. Convidou apenas os funcionários, não podíamos levar parentes nem amigos nem conhecidos.

Sendo assim, a contra gosto, eu fui sozinha, deixando meu marido, lindo e gostosão em casa. Expliquei pra ele que iria com minhas amigas de trabalho e que não haveria problema nenhum. Seriam dois dias inteiros no sítio do meu patrão. Fui na sexta à noite, nem deu tempo pra dar uma metida gostosa com meu marido, e agora atual corninho, risos........hi, hi, hi..... Se ele soubesse o que eu fiz......... Nem quero pensar, pois o amo muito e minha vida seria sem sentido sem ele. Muito bem vamos aos fatos.

Na sexta a noite, estava chovendo, deixando todos muito frustrados, e nós não tínhamos o que fazer. Havia acabado a luz e todos estavam à luz de vela e lampião. Ficamos papeando e jogando cartas. As 1:40 da manhã, o pessoal estava indo dormir, pois o cansaço dum dia de trabalho, mais a viagem até o sítio, mais o trabalho pra arranjar os lampiões, deixou todos esgotados. Aqui que começa a minha constrangedora mas deliciosa história...

Eu e minha amiga Pricila não trouxemos cobertor, então resolvemos pedir dois emprestados para uns amigos nossos. A Pricila foi pedir pras nossas amigas de escritório, mas infelizmente nenhuma delas tinha sobrando. Daí fomos ao nosso patrão, e ele disse que não tinha ninguém que emprestasse. Que frustrante. Neste ínterim, um amigo nosso que trabalha com entregas no caminhão ouviu nossa conversa e se ofereceu pra ajudar. E nós duas aceitamos é claro.

Ele nos levou ao seu quarto que ficava no fim do corredor da imensa casa do nosso patrão. Era o último de todos, lá no fundo, e o acompanhamos. Chegando lá, qual não era minha surpresa..... Deparo-me com um outro negão de 1m95 de altura, muito forte e bonito, era ajudante deste nosso amigo motorista, também negão, porém com 1m80.

Ele me disse que poderíamos dormir com eles mesmo, pois estava muito frio e não tinham cobertor pra nos emprestar, apenas dividir a cama, ou melhor, os colchões deitados no chão e todos se cobrirem e deitarem juntos, como numa cama de casal. Cada par no seu par de colchões. Não gostei muito da idéia, mas minha amiga insistiu comigo que seria melhor assim do que passarmos frio. E me tranqüilizou dizendo que nada de ruim nos aconteceria.

Neste momento pensei em meu marido lá em casa, sozinho em Cotia, e eu aqui no meio de dois machos fortes e muito gostosos. Quando me deitei, me deu um sentimento de que eu estava fazendo algo de muito errado. Mas já era tarde pra se arrepender, pois fazia muito frio e não tínhamos com que nos cobrirmos. Então fiquei por ali mesmo. Minha amiga Pricila dormiu com Marcelo, o motorista, e eu com o Valdison, seu ajudante.

Ai meu Deus, o que eu estou fazendo aqui, deitada com outro homem e não com meu legítimo, amado e muito gostoso marido? Foi o que eu pensei na hora. Muito bem, após pegarmos no sono, eu senti o braço do meu garanhão deitar sobre minha cintura e me envolver....... Senti-me incomodada mas ao mesmo tempo curiosa, risos.....

Ele continuou a passar a mão sobre minha cintura, minhas costas, minhas coxas e na minha bunda. Safado! E como sabia fazer gostoso! Fui ao delírio. Estava adorando aquela bolinação toda. Nem meu marido que é tão gostoso sabia fazer daquele jeito. Ahhhhhh que delícia. Ele se aproveitou que os nossos dois amigos estavam dormindo de verdade e me beijou na nuca, foi percorrendo meu pescoço, meu rosto e alcançou a minha boca, e me deu o mais gostoso e mais maravilhoso beijo que eu já tive em toda a minha vida. Aí eu já estava entregue... E disse pra ele. Vem VAL, me come por hoje, seu safado, você é muito gostoso e eu não quero perder esta oportunidade.

Não queria trair meu marido Carlos, mas como você faz tão bem, eu quero ser toda sua hoje.... Come-me, gostosão, me come..... Ele mais do que depressa atendeu meu pedido e me deu uma verdadeira surra de rola. Ahhhhhh que delícia dar pra aquele cavalão. Um bruta montes de 1m90 de altura com 25 cm de pica e bem grossa! Ahhhhhhhhhh. Fui às nuvens. Ele me metia com vontade e eu, é claro queria que ele não parasse com aquilo porque estava maravilhosamente ótimo.

Meu marido nem sonha o que eu fui capaz de fazer..... E pra dizer a verdade, este meu novo macho é melhor que meu amado e insubstituível marido. Fazer o que né... Nós mulheres somos bicho sem vergonha mesmo, risos. Dei pra ele a noite toda, e sempre com a boca colada na do outro pra conter os gemidos e não acordar os outros dois, que dormiam feitas duas crianças.

Ahhhhh que delícia levar vara de um negão. Ele me metia com muita vontade, parecia que não transava há anos. Levei vara pela frente, com ele por cima de mim, por trás, comigo por cima dele, de todos os jeitos e posições que nos foram possíveis àquela noite. O safado conseguia segurar a ejaculação e se manteve ereto por..... acreditem..... 4 horas direto. Já imaginaram, levar rola grossa e gostosa por 4 horas sem parar?

Hummmmmmm...... No final ele me presenteou com um delicioso jato de porra quente e cheiroso. Fui ao céu...... De manhã ao acordarmos, não foi possível disfarçarmos o que tínhamos feito durante a madrugada, e tivemos que contar tudo para nossos amigos. E eles acharam excitantes, e minha colega resolveu experimentar o seu macho ali mesmo, na nossa frente. Que delícia. Meu novo comedor se empolgou e quis repetir a dose. E lá fomos nós, pra uma nova fodida.
Trepei gostoso de novo. Só que desta vez dei o meu cuzinho pra ele também. E no final engoli toda a sua deliciosa porra. Hummmmmmmm, que gostinho bom. Igualzinha a do meu marido, um pouco mais acida, apenas, mas igualmente deliciosa. Ele ejaculou muito, e eu enchi minha boca duas vezes devido ao volume. Engoli sem deixar sobrar nada.

No sábado nós disfarçamos o acontecido e ninguém soube de nada. Só nos quatro. Repetimos a experiência novamente na noite de sábado e novamente no domingo, antes de vir embora ás 16 horas à tarde. Foi delicioso trair meu marido. Ele nem sonha, mas todos os dias que dá, eu vou até o setor onde trabalha meu garanhão e dou pra ele escondido dos outros funcionários, ali mesmo, dentro da empresa. Ninguém sabe. Esta semana toda eu dei pra ele, todos os dias. Beijos a todos

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


2099 - 2 meses de casada e já trai meu marido. (Completo) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 11
2100 - VIREI PUTA DO RAPAZ DA ACADEMIA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
2108 - O inimigo de meu marido 3 (a vingança) - Categoria: Traição/Corno - Votos: 3
2377 - Subindo na vida - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
2379 - O amante de minha mãe - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
2395 - O chefe do meu marido - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7
2396 - Trai meu marido sem querer, querendo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
2397 - Meu marido dormiu e o negro me faturou no onibus - Categoria: Traição/Corno - Votos: 19
2398 - Um negão na minha vida de casada - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
2399 - O inimigo de meu marido. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
2400 - O inimigo de meu marido 2 - Categoria: Traição/Corno - Votos: 4
2401 - Traí meu maridinho sem dó !!! - Categoria: Traição/Corno - Votos: 6
2402 - Dois meses de casada e já trai meu marido. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
2403 - FUI A VADIA DE QUATRO RAPAZES - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 2
2594 - Minha mãe com os amigos. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 7

Ficha Do conto

nabucodonosor

Nome do conto:
Traindo meu marido sem querer mas adorando!

Codigo do conto:
2421

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
14/05/2004

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0