A MÃE DO AMIGO



         
      Recebi de um amigo antigo e amei


            A MÃE DO AMIGO

A primeira vez em que a vi, fiquei sem palavras. Ela era linda, seus olhos
verdes pareciam me hipnotizar e por alguns segundos realmente parecia que
eu tinha saído de orbita, só admirando a sua beleza e tentando imaginar
como seria seu corpo nu. Na segunda, tive a impressão de que o desejo era
recíproco, mas ela era a mãe do amigo e eu estava sem jeito chegar nela.
Saímos do serviço e começamos a beber, Glauco excedeu um pouco e eu o
acompanhei ate a sua casa. Ele voltou à mora com a sua mãe depois do
divorcio. Apertei a campainha e Dª Fátima veio atender, olhou para o filho
balançando a cabeça em negativa e me pediu ajuda para levá-lo para o
quarto, sugeri um café forte e ela disse que seria melhor um banho frio.
Fomos para o chuveiro, despir o Glauco não foi uma tarefa fácil e tanto eu
como a Dª Fátima ficamos molhados. A água modelou os peitos da Dª Fátima na
blusa molhada e ela tinha peitinhos lindos para uma coroa de quase sessenta
anos. Em determinado momento ela me apanhou olhando fixamente para os seus
peitos, olhou para si mesma e perguntou o que é que eu estava vendo e meio
sem jeito eu disse que não estava vendo nada. Então ela retirou a blusa e
perguntou se agora dava para ver melhor e eu ainda sem jeito disse que sim
e que ela ainda era uma mulher muito bonita. Ela me chamou para levar o
Glauco para o quarto, o colocamos na cama, ela procurou uma roupa no
guarda-roupa dele e falou para ir com ela. Fomos na direção do quarto dela
e ela trancou a porta depois que eu passei, me deu as roupas na mão e
mandou que troca-se antes que eu pega-se um resfriado. Estava um pouco
indeciso quanto a me despir diante da mãe do amigo, mas ela novamente tomou
a iniciativa, baixou a calcinha sem tirar a saia e se curvou sobre uma
cômoda a procura de outra calcinha eu me controlava para não tentar espiar
por baixo daquela saia e ela com outra calcinha na mão me perguntava se
essa estava boa, foi difícil de acreditar que uma mulher de certa idade
ainda usa-se peças minúsculas como aquelas, mas logo em seguida ela puxou
outra perguntando se eu preferia esta. Entrando no clima respondi que seria
melhor ver no corpo do que na mão e ela concordou. Vestiu a calcinha e
depois tirou a saia, já não dava para esconder a minha excitação ao olhar
para aquela parte transparente e ver o seu triangulo de pelos, seminua, ela
desfilou como uma modelo e depois de ir e vir ela perguntou se eu só ia
ficar olhando. Instantaneamente minhas roupas caíram sobre o chão enquanto
a tomava em meus braços, nos beijamos ardentemente e depois ficamos
ofegantes nos olhando e então ela disse, eu não quero um gatinho, eu quero
um leão. A principio, vaguei mas, quando demos o segundo beijo eu logo
entendi que ela gostava de uma pegada mais forte. Ela mordeu o meu lábio e
na dor o primeiro movimento foi de repulsa mas, ela estava com os dentes
atados e eu não tive outra alternativa a não ser agredi-la também. Seus
olhos brilhavam a dor parecia lhe excitar ainda mais eu passava os dedos
nos meus lábios e podia sentir o corte dos seus dentes junto com o gosto de
sangue. Chamei-a de louca e a empurrei para cama, pretendia sair do quarto
quando ela me chamou perguntando se eu a iria deixar assim, ao me virar, vi
que ela tinha jogado a calcinha para o lado e se masturbava com dois dedos
na xaninha. Voltei e cai de língua naquele grelo, ela me asfixiava com suas
pernas e me puxando pelos cabelos de encontro a sua xaninha, só depois que
eu comecei a morder a sua xaninha foi que ela suavizou e então pude
respirar melhor enquanto a lambia, em seguida comecei a pincelar meu cacete
na sua xaninha ouvindo as suas suplicas para que eu a fode-se, ela foi
ficando desvairada, se debatia na cama, xingava e pedia para lhe bater, dei
uns tapinhas e logo ela reclamou mandando que mete-se com força e bate-se
que nem homem. Fiquei um pouco impaciente, levantei suas pernas e dei umas
estocadas vigorosas balançando toda a cama, ela parecia se deliciar, me
batia na cara e me chamava de cachorro. Aquilo era diferente de tudo o que
eu já tinha vivido, meu cacete estava avermelhado pelo atrito, pulsante mas
eu não conseguia gozar e continuava em cima dela como uma britadeira
perfurando ferozmente ate ouvir ela anunciar seu gozo e depois me agarrar
para conter minhas estocadas, curtimos um pouco aquele momento e eu ainda
continuava pulsando dentro dela quando ela falou no meu ouvido, para que eu
a pega-se por trás, a coloquei de quatro, segurei na sua cintura e
continuei empurrando sem pena enquanto ela tentava fugir de mim, encaixei
uma, duas e na terceira vez em que saiu da sua xaninha ela mandou que eu
deita-se e veio por cima, segurou meu cacete e montou, foi forçando
gradativamente ate ter ele todo enterrado no seu rabo e então começou a
cavalgar enquanto me batia na face e me perguntava se eu estava gostando do
cuzinho dela. Dessa vez não deu para segurar, gozei dentro e enquanto meu
cacete golfava no rabo dela, ela se alisava freneticamente numa siririca,
gozando logo em seguida depois deitou sobre o meu peito e ficou contraindo
o seu cuzinho ate conseguir me expulsar. Adormecemos abraçados e pela manhã
fui acordado com uma gulosa chupada que eu nem entendi direito o que estava
acontecendo mas, já estava enchendo a sua boca de leite enquanto Fátima se
deliciava. Acabei perdendo a amizade do Glauco que não quis entender o
nosso relacionamento mas, continuo esfolando o meu cacete na sua mamãe as
escondidas, que coroa gostosa!

AGRADEÇO A TODOS QUE COMENTAM E VOTAM... SER CONTISTA NÃO É FÁCIL , POIS ALEM DE CONTARMOS NOSSAS HISTÓRIAS OU ESTÓRIAS, TEMOS QUE SERMOS PRECISOS E RICOS EM DETALHES , E AGRADAR O MAIOR NUMERO DE PESSOAS QUE EM CADA CATEGORIA SE IMAGINA SENDO O PROTAGONISTA DA TRAMA QUE MUITAS VEZES SÃO EXTENSAS E NOUTRAS TÃO RESUMIDAS QUE NOS FAZ DIZERMOS SEM PERCEBER UM PALAVRÃO COM O CONTISTA(A), MAS FAZ PARTE DO PROCESSO NATURAL DO SER HUMANO , SEMPRE EXIGIR MAIS E MAIS E NUNCA ESTAR SATISFEITO .. RSRSSS.. BEIJOS EM FORMA DE LAMBIDAS EM CADA AMIGO(A) QUE POR CÁ CONQUISTEI NESTE SITE . NESTA COMUNIDADE (QUE MESMO SENDO ERÓTICA )COMO O NOME JÁ O DIZ, SABEMOS NOS RESPEITAR COMO PESSOA E IMPOR LIMITES A QUEM NÃO OS TEM .. SINTO-ME LISONGEADA EM TER SIDO HOMENAGEADA EM FORMA DE CONTO POR GRANDES CONTISTAS DAQUI E FIZ HOMENAGEM A ELES TAMBÉM.. SEJA EM FORMA DE CONTOS OU DE COMENTÁRIOS.. AMO CADA UM A SUA MANEIRA.. QUE CONTINUEMOS ESSA AMIZADE E QUE SE FORMOS ALEM DESTA TELA , QUE SEJAMOS CONCIENTES DO QUE ESTAMOS A FAZER.. LAMENTO E PEÇO DESCULPAS POR ESTAR ENTRANDO POUCO E NÃO MAIS PARTICIPANDO COMO ANTES , MAS COMO ME RECUPEREI DA "CIRURGIA" VOLTEI COM TODA FORÇA AOS MEUS PLANTÕES.. E OS HORÁRIOS ESTÃO MEIO CONFUSOS AGORA.. MAS ASSIM QUE NORMALIZAR .. VOLTAREI A LER E COMENTAR TODOS OS CONTOS QUE EU LER.. BEIJOS EM FORMA DE LAMBIDAS, MELL


                                


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


cota português Comentou em 11/10/2015

Gosto dos teus contos. Votei

Comentou em 01/01/2015

Delícia de conto excitante e bem escrito.Esse foi o primeiro que li mais prometo ler todos e comentar,estou no site há pouco tempo.Gostei muito também dos desenhos ilustrativos que até me inspirou para um próximo conto.Por onde andará essa felina mulher que se assanha e me arranha naquela noite de lua cheia que pedia e exigia saciando o cio e oferecendo o corpo para o meu louco prazer. Beijos

castro4441 Comentou em 01/05/2014

Achei seu conto preciso e muifo objetivo, foi bem explorado rico nos detalhes e sentimentos envolvidos. meus parabens, wagner.

jhosepio Comentou em 24/09/2013

belo conto assim como vc delicia....

ronald43 Comentou em 29/06/2013

Hummm! Situações inusitadas sempre levam o tesão a mil, né Mel? Delicia de conto!

pescador Comentou em 11/05/2013

Delicia de conto, parabéns, ganhou meu voto, meu amor

pauloricker Comentou em 02/05/2013

Gostei do conto, Vc sempre surpreende. Muitas saudades. Bjs Paulo

terranova Comentou em 01/05/2013

Gostei pela intencidade e prazer descrita... Um feliz inicio de semana para ti.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


22596 - Meu 1º conto ... Meus delírios - Categoria: Fantasias - Votos: 88
22765 - Meu 2º Conto . Meus Delirios > Refém do prazer . - Categoria: Fantasias - Votos: 38
22802 - MEU 3º CONTO. ACAMPAMENTO DE VERÃO - Categoria: Fantasias - Votos: 37
22884 - MEU 4º CONTO:O FAZER AMOR, MEUS DESEJOS E DELIRIOS - Categoria: Fantasias - Votos: 28
23179 - Meus Delirios > Refém do prazer ..Continuação. - Categoria: Fantasias - Votos: 27
23877 - MEU 5º CONTO>> DESEJOS E DELIRIOS REFEN DO PRAZER. - Categoria: Fetiches - Votos: 34
23925 - MEU 6º CONTO: MEUS DESEJOS E DELIRIOS E FANTASIAS - Categoria: Fantasias - Votos: 22
24869 - Meu 7º Conto (relato verídico de um amigo) - Categoria: Heterosexual - Votos: 27
25089 - Meu 8º conto (Relato veridico de um amigo) - Categoria: Heterosexual - Votos: 21
25147 - DESABAFO DE UM AMIGO CONTISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 19
25371 - MEU 9º CONTO( Minha Viagem ao Sonho) - Categoria: Fantasias - Votos: 27
25444 - Meu 10º conto(relato verídico de um amigo) - Categoria: Heterosexual - Votos: 17
25887 - 11º conto(Recebi de um amigo Lisboeta ) - Categoria: Zoofilia - Votos: 26
25955 - MEU 12º PASSEIO INESQUECÍVEL (Relato verídico) - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
26638 - MEU PESCADOR DE SONHOS (A VINGANÇA DELE) - Categoria: Fantasias - Votos: 30
27969 - É tesao .. Eu e Você - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 14
28219 - MARCINHA PIMENTA - Categoria: Fantasias - Votos: 9
28840 - SONHEI ASSIM, COM VOCÊ - Categoria: Poesias/Poemas - Votos: 19
29579 - EU TE AMO CACHORRA - Categoria: Fantasias - Votos: 19
29719 - TRANSA ANAL - Categoria: Heterosexual - Votos: 19
29720 - Minha Cunhada Especial - Categoria: Heterosexual - Votos: 19
29721 - Flagrou o Marido cantando a Cunhada e Mijou nela - Categoria: Heterosexual - Votos: 13
30731 - Sou Casada mas dei o Cuzinho para o Feirante Lindo - Categoria: Traição/Corno - Votos: 45
30750 - Uma Festa - Categoria: Coroas - Votos: 7
30751 - A Glória de ser corno - Categoria: Traição/Corno - Votos: 20
31013 - Professor e Aluna - Categoria: Heterosexual - Votos: 17
31014 - Iniciação de uma Deusa Anal - Categoria: Heterosexual - Votos: 10
31056 - Lembrancinhas da Karine ... Só vou colocar a Cabec - Categoria: Heterosexual - Votos: 8
31057 - Babazinha em Apuros - Categoria: Heterosexual - Votos: 24
31340 - Novinha de 19 perdendo a virgindade com travesti? - Categoria: Virgens - Votos: 26
31458 - A Manicure - Categoria: Fantasias - Votos: 21
31524 - Meu dono - Categoria: Gays - Votos: 10
31761 - Comeu meu Cu né ? Agora vai ter volta - Categoria: Fantasias - Votos: 43
32184 - Comendo o Casal (G)Autor Fernando - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 29
34243 - SEXO ENTRE DENTISTAS(REAL) - Categoria: Heterosexual - Votos: 18
36808 - A Guia tarada e seus espanhois Está frio e eu ten - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 19
36810 - Estimulei meu Namorado de Modo Especial no Consult - Categoria: Heterosexual - Votos: 49
37705 - AS DEPRAVAÇOES DE MELL - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 33
44352 - NA CALADA DA NOITE.. - Categoria: Interrraciais - Votos: 22
81065 - Regressando da praia de ônibus - Categoria: Fantasias - Votos: 14

Ficha Do conto

Foto Perfil LooBaMel LooBaMel

Nome do conto:
A MÃE DO AMIGO

Codigo do conto:
28690

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
01/05/2013

Quant.de Votos:
11

Quant.de Fotos:
2