Minha mulher com um casal do Guarujá



Sou casado a 8 anos, já fizemos de tudo mas tinhamos uma vontade incontrolavel de participarmos de swing, bastavamos pensarmos nisso que transavamos e gozavamos deliciosamente, foi quando em um dia sentados em frente ao computador minha esposa Pricilla, deliciosa e muito safada sugeriu que entrassemos em uma sala de bate papo, sala de casais, no momento exitei, mas acabei topando. Começamos a procura de alguem quando encontramos um casal do Guarujá e tinha muita experiencia, pois foi logo descrevendo suas experiencias com swing em mínimos detalhes, estavamos excitadissimo com o papo e logo já comecei alisar a minha esposa metendo a mão por entre suas pernas e deslisando meu dedo em sua bucetinha, que já estava totalmente molhada.A excitação era tão grande q. ela se ajoelhou no chão em minha frente tirou meu pau p/ fora q. já estava duro, e pagou um boquete maravilhoso, isso ela sabe fazer como ninguém.Gozei gostoso na boquinha dela e a minha putinha engoliu tudo sem deixar cair uma gota fora.Foi então que a minha safadinha me pediu p/ entrar em contato com o casal do guaruja por telefone, topei na hora, pedi o fone e o casal me deu em seguida liguei, falei com ela, ela me parecia muito gostosa e safada e quiz de qualquer jeito nos conhecer, marcamos e fomos até o Garuja, a onde o casal tão enesperado nos aguardava. Chegamos no Guaruja e lá estava o casal, ela morena, cabelos castanhos e com luzes, olhos claros e muito gostosa, estava com um shortinho q. ficava tudo amostra as polpas da bunda, ele já era de uma certa idade uns 55 anos, cabelos grisalhos e feio, não sei como aquela gostosa ficava com aquele cara.Minha esposa por sua vez estava muito gostosa e me parecia muito excitada com a situação, pois seus seios estavam duros e enpinados, eles são bem grandes e gostosos, estava vestida com um vestidinho preto de malha e alcinha, bem fininho e a safada estava sem calcinha,sua bunda e grande e empinada deliciosa, cabelos castanhos tb com luzes, mas um pouco mais claro do que o da nossa amiga, o safado do veio quase a comeu com os olhos, olhou p/ ela e deu aquela ajeitada no pinto. Nos comprimentamos, beijos prá lá e pra cá, então fomos para seu AP. Era um apartamento muito bacana, e ao chegar já estava de pau duro só de me imaginar metendo naquele AP. Ofereceram uma cerveja, e já era tarde umas 9 da noite, começamos a beber e conversar assuntos picantes, foi então que eles começaram a se acariciar, ele pegando nos seios dela e ela em seu pau, q. já estava duro, e os dois não tirava os olhos da gente, foi então q. sua mulher tomou a iniciativa, chegou perto de minha esposa e lascou um beijo em sua boca, de lingua e bem chupado, em seguida desceu lambendo o pescoço dela até chegar nos peitos grandes de minha esposa, q. dava gemidinhos de tesão.Enquanto isso o veio feio e safado tirou seu pau p/ fora, era enorme, dai entendi porque a mina ficava com aquele cara, media uns 26 cm grosso, ele começou a bater uma punheta olhando as duas e eu tb não exitei, comecei a bater tb. e as duas continuavam naqueles malhos, e uma despindo a outra e não demorou as duas estavam nuazinhas, foi quando a mulher do nosso amigo, veio em minha direção pegou em meu pinto e começou a chupar, foi então q. o velho pintudo grudou minha esposa e começou a sugar seus peito, ela empinou a bunda e o safado enfiou o dedo em sua buceta, ela deu um gemido q. eu quase gozei na boca da minha amiga, foi quando ele tentou enfiar aquela picona na boca dela e ela q. estava acostumada com a minha quase não conseguiu abocanhar, mas conseguiu enfiar a cabeça, e eu ganhando um boquete estrutural, aquela vadia do velho sabia chupar um pau como ninguem, enquanto isso o velho colocou minha esposa em seu colo e atolou aquela picona na buceta dela, ela gritou, excitadissima, e eu gozei na boca da mulher do velho só de ver minha esposa sendo currada com aquela picona, ela pulava e rebolava na rola daquele velho, rebolava e colocava os seios enormes na boca dele, ele chupava como um louco, ela saiu do seu colo virou-se p/ mim e começou a chupar meu pau, virou a bunda p/ o velho e pediu p/ ele enfiar aquela pica no seu cú, e disse que sempre quis dar o rabo p/ um cara pauzudo, o velho não demorou, cuspiu na mão passou no cuzinho dela e a tolou sem dó ela deu um grito e falava, "VAI MEU MACHO SAFADO FODE MEU RABO", eu quase gozei na boca dela, foi então q. a esposa do velho chegou perto de minha esposa e começou a bater no rosto dela, puxava ela pelo cabelo e batia na cara da minha esposa, xingando, de Puta, cadela, vadia que seu marido adorava arrombar o cú de biscate, e veio em minha direção, começou a me beijar e a sussurrar em meu ouvido " ToMa corno olha como ela dá o rabo, ele vai encher o cu dela de porra, e vc vai ficar ai só olhando", dito e feito o velho deu uma urrada e gozou no cu da minha esposa e eu não aguentei e gozei na boca dela e ela já parecia uma puta bebeu tudo, com o cu cheio de porra, foi quando a mulher do velho se abaixou e chupou o cuzinho dela tirando toda porra, encheu a boca e em seguida cuspiu no rosto de minha esposa e esfregou, lamecou tudo até os seios, uma cena deliciosa ver a minha mulher sendo tratada como puta e ela adorando e gozando, acabamos tomamos um delicioso banho os quatro, e saimos p/ noite a onde voltamos a transar na praia e ainda com mais um casal e desta vez a minha esposa teve uma dupla penetração, mas isso é uma outra Estória.   

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


3252 - Ela adora dar o cu e chupar minha rola. - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico rela621472

Nome do conto:
Minha mulher com um casal do Guarujá

Codigo do conto:
3207

Categoria:
Traição/Corno

Data da Publicação:
19/10/2004

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0