Minha vizinha casada



Oi, tudo bem?Vou contar minha historia que é demais. Eu me chamo Vagner e tenho uma vizinha que é uma delicia, um tesão de mulher,se chama Márcia,ela é loira, 1,75, 60 kg, casada, seios médios, bundinha sensacional,tem uns 40 anos, ela já tem filhos e faz inveja em muita garotinha. Tenho 18 anos e sempre ficava olhando ela, na cara dura mesmo, ela me deixa com um tesão que nunca senti por mulher nenhuma nem mesmo por minha namorada. Ela sempre chega de carro e tem que abrir o portão da casa dela, nossa e sempre olho aquele monumento na minha frente, e ela tem uma cara de mulher bem seria, e me cumprimentava na boa e eu sempre pensando nos meus sonhos aquela mulher dando para mim. Certo dia, estava no passeio de casa e quem chega??Ela, aquela delicia, ela para o carro, desce e vai abrir o portão, me cumprimenta da mesma forma, coloca seu carro dentro da garagem, e quando vai fechar o portão ela me chama para ajudar ela nas compras que fez, se puderia ajudar ela a colocar as compras na casa dela porque estava sozinha, e eu claro, na maior boa vontade. Começamos a conversar e ela disse que seu marido tinha saído e seu filho estava na casa de sua irmã, fiquei louco, nossa será agora??E começamos a levar as compras para dentro da casa dela e tínhamos que descer uma escada e fomos umas 4 vezes no carro e descíamos e eu sempre atrás dela olhando aquela bunda que deixava meu pau durão, estava de short e fiz questão de ela ver meu pau duro, na ultima vez que descíamos as escadas ela me perguntou porque olhava tanto para ela, e eu fiquei gelado na hora, mas disse que ela me deixava doido, que ela era a mulher dos meus sonhos, ela deve ter assustado e disse sou casada e isso deve ser uma fase adolescente. Eu já estava empolgado e falei que não era fase nenhuma e era um enorme tesão e cheguei perto dela e pedi um abraço, ela me deu e sentiu o meu pau encostando nela, e fui chegando meu rosto para o lado e comecei a beijar a boca dela de leve e ela começou a me beijar e fiquei louquinho, estava realizando meu sonho, e começamos a nos beijar, um beijo longo e gostoso, fui passando a mão em seu corpo, ela estava de vestido bem leve e fui passando, e ela passando no meu, passou a mão no meu pau bem duro, ela parou de me beijar e disse vem cá. Subimos a escada e fomos direto para o quarto dela, tava morrendo de tesão, peguei ela e empurrei ela na cama e fui beijando ela,deitando sobre ela, e tirando seu vestido de leve, comecei a beijar seus pés, sua panturrilha, e fui levantando o vestido, suas coxas, e ela se arrepiava toda, tirei seu vestido e vi ela só de calcinha, porque não usava sutiã, e fui chupando seus seios, aiii, que tesão!! Lambi tudo, os biquinhos, dava mordidas de leve, quando chupava seus seios puxava seu cabelo de leve lambi tudinho passei a língua na sua orelha, no seu pescoço, ela tirava minha blusa, e fui descendo de novo minha língua, chupei seus seios, sua barriga, sua virilha com a calcinha ainda, tirei ela e vi aquela buceta toda depiladinha, e comecei a chupar aquele grelinho maravilhoso e ela indo a loucuras, e chupei ate ela gozar.....ela gritava como uma puta desvaraida, ela veio por cima de mim, tirou meu short, minha cueca, e começou a chupar meu pau, nossa!!nunca senti um tesão daqueles parecendo que estava a um tempão sem chupar um pau e sem dar para seu marido,e chupou até não agüentando mais falei que ia gozar ai ela continuou mais forte ainda e gozei na boca dela, ela engoliu meu gozo todo, limpando meu pau todo, quase morri ali mesmo, mas ela começou a chupar ele de novo e ele foi ficando duro como uma rocha, e ela pediu para foder ela, chupei a bucetinha dela um pouco e fiquei por cima dela, e fui enfiando meu pau na cabecinha da sua buceta e ela gritando enfia tesão, e eu comecei a enfiar, e ela gemendo e eu bombando, e ela me unhava, e gritava e eu bombando e ela e eu indo a loucura, parei e pos ela de 4, dei uma lambida na sua buceta e fui enfiando de novo, peguei seu cabelo, puxei, e enfiando nela de 4, e puxando com força seu cabelo, e batendo na sua bunda e bombando.....nossa tava um tesão.....e ela gritando bem alto....e eu bombando e ela falou enfia mais que vou gozar, empurrei tudo naquela buceta e ela gozou como uma louca e depois de 5 segundos gozei naquela buceta, ummm, nunca tinha sentido nada igual....naquela hora não preocupávamos com mais nada, se o marido dela ia chegar, so pensávamos em transar, depois de um tempo ela fez outra chupeta no meu pau, e pos ele limpinho, e pediu para foder o cuzinho dela, fiquei estático, eu???comer aquele cuzinho???era sonho só podia ser......meu pau estava duro de novo, ela me deu um gelzinho e foi ficando de 4 e rebolando na minha frente, dizendo: Fode este cuzinho!!Meu tigrão!! Pedi a ela para falar que seu marido era um corno, ela logo disse ele é um cornão, fode o cuzinho da mulher do corninho, fiquei louco, passei a língua no cuzinho dela, e o gel, passei o gel no meu pau também e fui enfiando a cabeça da minha rola, ela gritava, remechia, pedia para tomar cuidado, e fui enfiando enfiei a cabeça e ela urrava de tesão e dor, pedia para parar, mas se paro acho que ela me matava, fui enfiando....e ela rebolando, batia na sua bunda, e ela pedia:Bate na sua puta,bate! Não perdia tempo, fui enfiando o meu pau e ele gemia como uma puta, enfiei a metade do pau, e ela dizia que ia gozar, quando ela disse, empurrei tudo e ela deu um grito e gozou, e comecei a bombear mais forte, no vai e vem gostoso, e ela ia a loucuras e eu mais ainda, ela gritava que seu marido era corno, que adorava dar o cu, e eu escutando essas palavras quase gozando, ela falou bombea mais forte e eu com minha força toda ia rasgando mais ainda aquele rabo, e ela gozou de novo e gozei naquele rabo todo....Que monte de porra naquele cu, tirei meu pau todo desfalecido e ela deitou na cama quase morta de tanto dar, e minha porra descendo nas suas pernas....que dia!!O melhor da minha vida.....Tinha que ir, porque já estava ali umas 2 horas e seu marido poderia chegar a qualquer momento, ela me chamou para tomar banho com ela, tomamos um banho rápido, ela chupou de novo meu pau debaixo do chuveiro, tava morto já. Ela me levou até o portão, me deu um beijo na boca bem gostoso, e disse que queria me encontrar de novo, e eu disse que a hora que ela quisesse. Encontramos varias vezes depois, e eu me apaixonei por ela, até terminei meu namoro por ela. Mas até hoje o seu marido não desconfia,eu acho!!Até a próxima vez!Bjos!   

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


3539 - Minha vizinha - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
4256 - Minha vizinha - Categoria: Traição/Corno - Votos: 1

Ficha Do conto

vagner

Nome do conto:
Minha vizinha casada

Codigo do conto:
3568

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
10/12/2004

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0