Sexo Internacional (Motoristas em NY)



Obrigado meu amores por terem curtido o meu conto "Perdendo a virgindade com o Papai".
Respondendo a pergunta sobre não ter relatado sobre a minha mãe no conto e que ela e meu pai estão separado às uns 5 anos e ela está casada e reside nos EUA.
E falando sobre os EUA, eu ire relatar algo que me surpreendeu quando passei minhas ferias com minha mãe.

Bem, era final do ano de 2012 e eu tinha combinado em passar as ferias com a minha mãe que mora nos EUA. A viajem ocorreu tudo dentro dos conformes e chegando lá me deparei com um cara MUITO LINDO, LINDO MESMO, do tipo macho marrento, corpo sarado e de uniforme de motorista. Eu fiquei mais pasmos quando soube que ele era o motorista da minha mãe. Ele se aproxima e diz:

- Fernando? (Falava português com aquele sotaque Americano)
- Sim. Ele mesmo.
- Prazer, meu nome é Carl e sua mãe mandou eu vim te buscar.
- Ah sim. Thank you! (Dei um sorriso meio bobo, mais mantive minha pose de machão)

Fomos até o carro, entramos seguimos pra casa da minha velha. HAHA
Durante todo o trajeto fiquei me imaginando na cama com Carl e ele não tirava o olho do retrovisor. Até em tão eu pensava que era por causa do transito e tal. E ele começa a puxar assunto.

- Como é o Brasil?
- É lindo, maravilhoso. Você já visitou?
- Não mais tenho vontade.
- Deveria ir. Curtir as praias, as florestas e tudo que ele tem pra oferecer.
- E as mulheres também né!?
- É. E as mulheres. ( Confesso que nessa hora eu me desanimei)
- Tá com fome?
- Um pouco.
- Vou te levar pra comer.
- Pra mim comer?! (Eu caio na risada)
- O que houve? Falei alguma palavra errada? (Confuso)
- Foi nada não. (Não parava de rir.

Seguimos e paramos num restaurante logo próximo de casa.

- Chegamos.
- Você vem comigo?
- Não posso.
- Porque?
- Estou trabalhando e você é filho da minha patroa.
- Deixa de onda macho e vamos logo.

Comemos, conversamos bastante. Descobri que ele era casado, e tinha apenas 26 anos, nem parecia. Fomos pra casa chego lá comprimento minha mãe e meu padrasto, que era muito chato, mais eu homem muito atraente, e bom de cama. Mais isso é assunto pra outro conto.

OS DIAS SE PASSARAM, e eu ficava mais interessado no Carl. Num final de semana antes do natal, eu estava sozinho em casa, quer dizer, só eu e Carl, ele esperava acabar o dia de trabalho. Eu sem perder tempo fui atacar. Coloquei uma sunga branca e foi pra piscina. Logo quando passo percebo um rápido olhar de Carl pra minha bunda, que é impossível não olhar. Beleza! Entrei na piscina e chamei ele pra entrar também, mais como ele é muito profissional, recusou-se a entrar alegando que poderia ser demitido. Então disse que poderíamos sair depois do expediente dele, ele concorda. Horas depois, Carl me liga falando que estava me esperando enfrente de casa, eu me arrumo rapidão, e é claro que eu me depilei antes de sair, e vou. A noite foi passando e Carl ficando muito bêbado e eu só observando e bebendo também.
De repente ele pergunta se eu quero ir num lugar, e eu digo que sim. Fomos a um barzinho mais quieto, meio que no longe da cidade. Carl começa a me dizer que já tinha me reparado e que eu era muito gostoso e que ele queria experimentar um sexo com outro homem. Eu sem pensar dou-lhe um beijo na boca e começamos a nos amassar. Decidimos então ir pra casa dele, já que sua esposa estava viajando. Chegando lá foi aquele maior tesão. ele foi tirando a roupa e me jogando contra a parede de vidro virado pra rua... nossa aquilo me deu um tesão do caralho. Eu peguei e tirei a roupa dele e chupei ele ali mesmo. Nossa, um cara branquinho com o pau moreno era uma delicia. Deveria medir uns 20cm. Chupei ele por uns 20 minutos e ele me xingando em vários idiomas. Mais o que eu mais gostei foi quando ele falou "Agora sim é pra ti comer" ... CAAARALHO EU PIREI NO TESÃO. Ele logo gozou na minha minha boca engoli tudo e ele me deu um beijo. Nos deitamos e logo meu celular toca, era a mamis poderosa...SHUSHAU... Ela manda um ir pra casa, até porque já era 5:30 da manhã. Eu vou mais com uma raiva por não ter dado pro meu motorista sexy. Ele me leva em casa e é claro que rolou um boquete gostoso até em casa.

Nesse dia Carl não foi trabalhar pois era sua folga. No dia seguindo Carl deixa minha mãe no trabalho e depois volta pra casa. Eu nem espero ele descer do carro e já dou um beijo naquele boy magia. Elo pro meu quanto e ele com aquele uniforme me motorista me deixou tudo molhado. Eu tiro a roupa dele e ele a minha, caímos no beijo e ele me pagou um boquete, meio sem jeito, mais gostos. Eu sem querer saber de preliminares pego logo a camisinha e ponho nele e ele me põem de 4 e soca todo aquele caralho no meu cuzinho, ainda apertado. Ele grita, pira. "VAI MEU VIADINHO. #MOTHERFUCK SAFADO. DIZ QUE EU SOU TEU MACHO DIZ. AAAAAAAAAAAHH" ele me coloca de frango assado e desce-lhe a pica no meu cu, sem a menor pena. Pica vai, pica vem e já fazia 1 horas de sexo quando ele goza no meu cuzinho. Ele fica morto e eu em êxtase, se acreditar. Ele começa a me chupar e eu gozo rapidinho na boca dele. Nos beijamos ficamos um pouco deitado namorando e ele logo se arruma pra voltar ao trabalho. E eu sem acreditar naquilo tudo.
Os dias se passaram e todos os dias aquilo acontecia, e casa vez era uma prazer diferente. Ele, apesar de ser casado, era muito fofo comigo, me dava presentes e tudo, um verdadeiro amor. Mais tudo esse conto e esse êxtase acaba logo porque eu tinha que voltar pra minha cidade, Porto Velho - RO. Mais ainda esse ano eu volto lá, nem que seja pra passar uma semana, até porque fiquei sabendo que ele tá solteiro. HAHAHA


É isso aí meu leitores lindo que estão com esse caralho dura na mão todo gozado,NOOOOSSA DELICIA. Espero que tenham gostado e que não tenham achado grande demais, mais é porque isso tudo não dava pra resumir mais. Beijos essas picas linda e duras gozadas.

Foto 1 do Conto erotico: Sexo Internacional (Motoristas em NY)


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario capro

capro Comentou em 20/11/2013

Parabéns pelos seus contos. Mas são muitas conscidências que levam a crer que realmente são apenas estórias. Enfim... O importante é que eles fazem fantasiar e gozar!!!

foto perfil usuario erasmo09

erasmo09 Comentou em 30/10/2013

O inicio pela riqueza de detalhes, e pela concordância dos tempos verbais, parece verdadeiro, mas quando chega no 2º bar em diante a narrativa muda muito, se torna brusa e sem detalhes, vc parece estar falando do que gostaria de fazer, ou mesmo faz nessas cituações, mas não de algo que aconteceu realmente.

foto perfil usuario ronald43

ronald43 Comentou em 29/10/2013

Delicioso e muito puto vc, cara... Amei o conto...




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


37354 - Perdendo a virgindade com o PAPAI - Categoria: Gays - Votos: 42
37532 - Sexo com o meu professor de física - Categoria: Gays - Votos: 35
40365 - TAXISTA PARTICULAR E TESUDO - Categoria: Gays - Votos: 8
42977 - Henrique, o inicio de um relacionamento. Act I - Categoria: Gays - Votos: 11

Ficha do conto

Foto Perfil lordgaga
lordgaga

Nome do conto:
Sexo Internacional (Motoristas em NY)

Codigo do conto:
37480

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
27/10/2013

Quant.de Votos:
23

Quant.de Fotos:
1