Fazendo a irmã andar de pernas abertas



E ai pessoal esses conto é verdadeiros.Na época eu tinha 17 ano e minha irmã 25. Era inverno e eu estava assistindo um filme no meu quarto, foi quando minha irmã entrou no meu quarto pedindo para assistir o filme comigo. Eu aceitei na hora, tenho que dizer que minha irmã é muito gostasa,tem uma bunda redondinha,uns peitinhos durinhos e cochas grossas. Continuando a história, ela se deitou na cama comigo e ficamos debaixo dos cobertores porque aquele dia estava meuto frio. Como a cama era de solteiro e eu sou bem mais alto do que ela, ela ficou com a bunda encaixadinha no meu pau.Ai eu não aguentei, meu pau começou a endurecer e encostar mais naquela bundinha gostosa, eu não sabia o que fazer. Mas me acalmei quando percebi que ela começou a passar a mão nas minhas coxas. Então coloquei a maõ na sua cintura e comicei a baixar, até chegar na sua bucetinha toda molhadinha, eu puchei sua calcinha de lado e enfiei o dedo, fique bolinando-a por um 5min, ai eu tirei sua calcinha e enfiei a lingua ora na sua xoxotinha ora no seu cuzinho, ela se contorcia como louca, me pedindo que não parasses que ela iria gozar, e gozou mesmo, tudo na minha boca.
Ai então eu me levantei e fui tirar meu shorts,ela se sentou na cama, pegou meu pinto e começou a chupar , (ai que eu percebi que ela era louca por leitinho mas isso é outra história), começou chupando as bolas depois foi lambemdo a cabecinha, até que ingoliu tudo,e começou o vai e vem,quando percebeu que eu iria gozar, ela chupava mais forte, até que então gozei na boquinha dela e ela bebeu tudo.Daí começamos um 69 para eu me recompor, quando ela viu que eu já estava a ponto de bala, ela subiu em cima de mim e começou a cavalgar, eu chupava seu peitinhos dando mordidinhas no biquinhos,ela ficava doida de tesão.Então disse a ela que ficasse de 4, ela percebeu minha intenção, e disses que não queria dar o cuzinho,que tinha medo de doer muito , então eu disses que iria devagar, que se doesse eu pararia, ela concordou e ficou de 4.Eu comecei a enfiar alingua no seu cuzinho e a forçar com o dedo para facilitar.Coloque meu pinto na portinha e comecei a forçar quandoentrou a cabeça ela deu um grito e eu parei esperei um pouco e enfiei o resto, ela rebelava como uma cabela no ciu, comecei as estocadas acelerando gradualmente e gemia, se contorcia até que gosei. Dai fomos tamar um banho e gozei mas uma vez na sua boca. Fique mais satisfeito quando saindo a banheiro percebi que ela andava com as pernas abertas. Agora quase todos os dia ela faz uma chupeta para mim, e sempre que podemos temos uma transa completa.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico ulisses

Nome do conto:
Fazendo a irmã andar de pernas abertas

Codigo do conto:
377

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
11/12/2009

Quant.de Votos:
16

Quant.de Fotos:
0