Sete machos e uma Fêmea.



Alguns fãs sempre me perguntam se meus contos são verídicos, no entanto, nunca se perguntaram o que é ser verídico e ser falso? Será que todas as repostas não estão naquilo que penso ou às vezes desejo. E quando você pegar para, ler possa se sentir parte do protagonista ou da mulher sexual que faz parte da minha imaginação? Ou aquele homem que tem tudo haver contigo e com seus desejos e que viaja a cada palavra escrita, tentando se colocar nas palavras escritas.
E é isso que, tento levar a vocês leitores um pouco de mim e um pouco de você também se misturando em uma aventura em cada conto lido, certo?
Então, não importa o teor de verdadeiro ou falso, mas, o que importa é que o objetivo foi atingido, uma boa leitura e espero que aprecie ok?

Uma viagem no sertão nordestino, onde Nei nasceu, foram de carro para melhor curtir a viagem a vegetação o cheirinho de mato e o caminho a estrada! Era algo fantástico!
Principalmente para Xande e Su que não conhecia o prazer de viajar de uma viagem longa numa estrada de grande dimensão.
A vigem estava as mil maravilha, ao cair da noite o carro ficou com problemas faltava água e o motor estava dando avaria, tiveram que encostar-se a um acostamento numa estrada nada movimentada.
Ninguém circulava, resolveram parar por ali mesmo e descansar e ver o que poderia fazer na manhã seguinte...
Mal começaram a descansar, parou um van que ninguém viu quando ao encostar Perguntaram se precisavam de ajuda, eles disseram que faltava água no motor...
Um dos rapazes era um homem magro de aproximadamente 1,80 de altura começou a olhar firme, para Su e outro que, veio por traz dela e sem dizer nada já foi enfiando a mão por baixo de sua saia.
E sem pedir licença já foi puxando a calcinha de lado e enfiando os dedos na sua bucetinha, então outro desceu e falou algo no ouvido do outro rapaz que estava dirigindo, que então balançou a cabeça como, se estivesse concordando com algo.
Logo eles saíram todos do veiculo e disseram:- ai, eu e meus amigos estamos a fim de comer sua amiguinha, se vocês colaborarem nada ira acontecer e dependendo dela poderemos ate ajudar.
Logo em seguida o motorista disse:- então vamos amarrar esses filhos da mãe, e vamos comer logo essa putinha!
O magro e falou: - sou o primeiro desde quando agente desceu da van estou de olho nessa putinha gostosa...
E foi logo rasgando a saia de Su e retirando sua calcinha, e abrindo a braguilha e tirando todo aquele cacete enorme e grosso! Para fora e foi logo metendo na buceta de Su, que se debatia de inicio enquanto dois seguravam em seus braços, o magro metia sua rola com vontade e muita força, enquanto o motorista já com seu cacete na mão disse vamos colocar essa puta de bruços!- Vou fuder com vontade o cú dessa puta disse o motorista.
E mau Su se deu conta já estava sendo enrabada pelo motorista então o terceiro falou coloca a vagabunda no seu colo e o Magrão fode ela pela frente, enquanto o JJ fode a boca dela, então Su estava já com três paus em seus orifícios.
E os outros dois em volta dela segurando seus cacetes esperando a vez de fude aquela mulher, os homens só pararam quando gozaram deixando Su toda melecada de porra, e saíram para dar vez aos amigos que começou logo no cu da menina enquanto o outro metia na buceta sem pena e com vontade, enquanto os outros ficavam batendo punheta.
Gozaram um de cada vez, e foram varias gozadas aqueles homens loucos de tezão, os dois últimos ainda meteram na boca de Su e fizeram com que ela engolisse toda a porra deles.
Imagine! Engolir porra de dois machos cheios de tezão!
Os homens já haviam gozado bastante, então soltaram os dois rapazes e disseram que Su era muito gostosa e foi uma boa menina.
Retirará da van um galão cheio de água colocou um pouco no motor e deixaram o restante, caso eles precisassem e partiram.
Depois do acontecido Su estava chupada, porrada, mordida, arrombada, muita porra por todo corpo...
Apesar do esforço ela estava literalmente feliz! Pois, seus amigos estavam bem!
Xande e Nei viram toda aquela cena toda. Deixaram os dois rapazes muito excitados, na mesma hora Nei começou a limpar toda porra derramada dos homens e começou a fude Su, já Xande no mesmo estado de macho que, gosta de mulher pediu a moça para deitar sobre ele deixando o cuzinho bem exposto, para que Nei pudesse meter nela. Sem censurar nem reclamar Su fez o que o rapaz pediu e novamente a mulher começou a tomar bombada dos dois amigos, levando ela a um delírio de prazer e felicidade!
Pois ela se sentia muito realizada afinal foi uma super mulher, satisfez cinco machos famintos por sexo.
Deixando estes homens em estado de muita alegria e ainda teve capacidade de satisfazer seus amigos que necessitavam de seus préstimos sexuais, sem recusar nada ela deixou que eles fudessem ela e foi muito bem fudida por todos os buracos possíveis e cabíveis.
E por nenhum estante reclamou, levando os três a orgasmos múltiplos afinal, esta é a mulher! Aquela que faz acontecer sem reclamar e ainda é feliz porque, fez sete machos realizados com seu corpo e gozou como uma cadela fogosa, cheia de porra deles e realizada, pois o sexo deles à estimulava fortalecendo seu ego de fêmea.


                                

Foto 1 do Conto erotico: Sete machos e uma Fêmea.


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook



Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


544 - Uma mulher e dois segredos. - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 33

Ficha do conto

Foto Perfil lenigostosona
lenigostosona

Nome do conto:
Sete machos e uma Fêmea.

Codigo do conto:
545

Categoria:
Grupal e Orgias

Data da Publicação:
20/12/2009

Quant.de Votos:
24

Quant.de Fotos:
1