A Virgem



Eu tinha 18 anos e estava de férias no colégio. Nessa época, tinha duas amigas inseparáveis: Vera, do tipo mignon, morena e também com 19 anos, e Andréa, de 17, loura, um mulherão. Minha aparência é um tanto frágil, tenho cabelos negros compridos, despertando a curiosidade dos homens. Mas, voltemos à história. Minhas duas amigas fizeram amizade com um casal de empresários de Petrópolis enquanto estavam de férias. Ele se chamava Paulo, tinha a pele morena, cabelos encaracolados e usava bigode. Silvia era mais alta do que ele, morena jambo, cabelos longos. Ambos tinham 37 anos. Assim que começamos a nos divertir, convidaram Vera e Andréa para passarem uma semana na mansão deles. Eu, que sempre fui muito entrona, pedi para ir junto com eles. A casa era grande e luxuosa, com uma piscina linda. Nós três ficamos acomodadas, cada uma, em um quarto. No primeiro dia, houve churrasco, vôlei e banhos descontraídos de piscina. Com toda essa atividade, resolvi dormir mais cedo, só que acabei perdendo o sono e fui para o quarto das minhas amigas. Levei um susto: elas não estavam lá. Saí da casa dos hóspedes em direção à principal, onde vi a luz acesa. Tentei entrar pela varanda, mas antes disso vi uma cena de completa orgia. Fiquei excitada e permaneci escondida vendo Paulo deitado de costas enquanto Andrea cavalgava no mastro dele. Ao mesmo tempo, Silvia estava ajoelhada diante de Vera chupando-lhe os seios e enfiando dois dedos na vagina. Depois de uma espécie de orgasmo coletivo, eles descansaram. Já refeita, Silvia engatinhou na direção de Andréa e começou a percorrer o corpo dela com a língua, no momento em que Paulo passava a enrabar Vera. Esta gritava de dor, mas não parava de rebolar. Silvia e Andréa iniciavam um sessenta-e-nove. Eu comecei a sentir medo e voltei para meu quarto. Depois, minhas amigas chegaram evitando fazer barulho para não me acordar. Comecei a me imaginar naquela orgia que nunca havia experimentado. Para reforçar minha timidez em relação ao sexo, as amigas não me contavam nada do que faziam. Na noite seguinte, fiquei novamente espionando a suruba, escondida por trás da janela. No outro dia, o casal foi convidado para um churrasco na casa de outros amigos, Carlos e Sandra. E, à noite, eles também participavam da bacanal. Agora, eram seis numa alegre trepação. Vera chupava o pau de Carlos e Sandra passava a língua no cuzinho dela. Paulo e Silvia faziam um verdadeiro sanduíche de Andréa, como se dançassem uma lambada erótica. De novo, assisti a tudo e fiquei pensando por que só eu não participava daquilo. Acho que, embora eu tenha os seios grandes e a bunda arrebitada, minha aparência é muito infantil. Para negar isso a mim mesma, resolvi entrar nessa orgia. Só na véspera de irmos embora tomei coragem e fui até a casa principal só de camisola, mas não encontrei ninguém. Comecei a procurar por eles e ouvi barulhos vindos do vestiário da piscina. Percebi que todos se preparavam para mais uma suruba, respirei fundo e senti meu coração bater forte. Antes que eu desistisse novamente, tirei a camisola e entrei nua. Eles se espantaram e ficaram me olhando em silêncio. Eu continuei parada até que Sandra se destacou do grupo e me tomou pela mão. Levou-me até o chuveiro, enquanto os outros fizeram um círculo em volta de mim. Revelei a todos que era virgem, para espanto geral. Mas logo o susto deu lugar à sacanagem. Sandra começou a acariciar meus seios e convidou os outros a me bolinarem. Passei a sentir mãos por todo meu corpo - bunda, costas, coxas, vagina, barriga. Sandra se ajoelhou e meteu a cara entre minhas pernas; Andréa sugava meus seios; Vera passava a língua em minhas costas e Silvia também deslizava a língua quente no meu cuzinho. Depois, todos se afastaram de mim. Andréa foi até um canto, voltou com um consolo preso à cintura e começou a enrabar Sandra. Nisso, Carlos me agarrou por trás e apertou meus seios com força, me mandando olhar para Sandra e Andréa, dizendo que ia fazer o mesmo comigo. Fiquei apavorada e tentei fugir, mas ele continuou me segurando com firmeza. Quando parei de me debater, Carlos pôs a cabeça de seu pau na entrada do meu cuzinho e começou a me penetrar. Senti uma dor terrível e comecei a gritar. Quando ele enterrou tudo, comecei a sentir calafrios e ele enfiou um dedo em minha vagina iniciando os movimentos de entra e sai. Pouco depois, senti o leite quente inundar minhas entranhas e tive o primeiro orgasmo da minha vida. Assim que Carlos retirou o pau lambuzado de minha bunda, foi a vez de Paulo me agarrar por trás e me enrabar também, depois de colocar a camisinha. Embora o seu membro fosse menor, ele enfiava com mais violência, causando mais dor, me fazendo chorar. Mesmo assim, eu não pedia para parar, pois naquele instante encarei tudo como um desafio e rebolei. Ele e eu gozamos aos berros. Sandra pegou o consolo com Andréa e me tomou pelo braço, nos levando para um canto do vestiário atrás dos armários, onde ninguém nos via, e começou a chupar todo o meu corpo. Depois que gozei, ela prendeu o consolo e me colocou de quatro. Logo entendi o que ela queria e, como fosse um novo desafio, deixei que ela enrabasse minha pobre bundinha. Durante uns poucos minutos achei que ia desmaiar de dor, até porque ela não fez o movimento de entra e sai, deixou o consolo direto lá dentro, só tirando quando voltei a chorar. Ela riu e me levou de volta à suruba. Quando cheguei, vi um colchonete de plástico estendido no chão. Carlos, com o membro em ponto de bala, e me mandou deitar. Assim que deitei, ele enfiou a cara entre minhas pernas ao máximo e deitou em cima. Quase tive uma síncope quando ele começou a penetrar minha vagina. O membro duríssimo foi forçando passagem e parecia que ia me rasgar. Quando Carlos iniciou os movimentos de penetração, enlacei minhas pernas nas costas dele e comecei a mexer também. Para minha felicidade, ele só gozou uns vinte minutos depois, quando eu já estava no terceiro orgasmo, quase desfalecendo. Carlos não agüentou o tranco e se jogou para o lado, adormecendo. Descansei alguns segundos e fiquei de pé, mas logo Paulo me agarrou por trás novamente. E dessa vez meteu na boceta com toda força. 'Vai mais devagar, pois quero gozar também', pedi. Ele diminuiu um pouco o ritmo e comecei a sentir prazer, ao mesmo tempo em que Sílvia e Sandra faziam um sanduíche em Andréa e Vera sugava o pau de Carlos, que continuava deitado, enfiando um dedo no cuzinho dela. Quando Paulo gozou, me sentei no chão e fiquei olhando aquela suruba digna da corte de Calígula e não transei com mais ninguém. Por minha causa, nossa estada em Petrópolis foi estendida em mais uma semana e todos, nesse período, disputavam quem mais vezes transava comigo. A garotinha que chegou virgem e assustada, voltou para casa feliz e disposta a experimentar todos os prazeres que a vida pode oferecer.
                                
Foto 1 do Conto erotico: A Virgem


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


kzdopass48es Comentou em 25/05/2016

ja vi essa mesma foto em outro conto. fico com a PICA e a XANA! Betto

kzdopass48es Comentou em 24/05/2016

Com muito prazer, chuparia essa buceta e esse cacete duro....juntos ou separados! Betto

skarlate Comentou em 03/11/2015

colossal

esquentada Comentou em 23/09/2015

Muito bom, adorei estou toda molhadinha!!!!

mayer251964 Comentou em 31/07/2015

oi, somos casal realmente casados. Já não somos jovens chegamos aos 50, maduros e muito bem resolvidos.Lemos seu conto, e , gostamos. Vc teve sorteao contrario de Jussara que foi estuprada com 15 para 16 anos. O bom da história do estupro da Jussara é que ele deixou ela viciada em sexo..... veja nossos contos, lá esta a historia deste momento..bjos

lcmarcondes Comentou em 11/07/2015

Suruba muito boa.

loironick Comentou em 14/12/2014

delicia d surruba...... meninas q quiserem realizar suas fantasias e so me add no skype: loironick69outlook

Comentou em 13/08/2014

Gostei do conto ,teve meu voto

carloseandrea Comentou em 26/04/2014

gostaria de uma pica desta na buceta de minha linda esposa

ai minha buceta Comentou em 20/03/2014

Nossa que puta safada gostosa... Que delicia deve ser o sua xana.

pika dura 06 Comentou em 17/02/2014

Buceta linda Ei bruninh Quer conversar

portifoli Comentou em 01/01/2014

tbm sou virgem, que deliciia que deve ter sido isso em ...

carollinda Comentou em 20/11/2013

Quero perder logo a minha virgindade

mgseg Comentou em 31/10/2013

Muito Bommmmm

mestre1990 Comentou em 25/10/2013

muito bom, uma putinha deliciosa.

cavalcanti Comentou em 05/07/2013

eu delicia de conto.adorei!

pintudo_180 Comentou em 14/04/2013

D mais...

Ferraco Comentou em 24/03/2013

adorei muito bom mesmo

rafaa157 Comentou em 12/02/2013

dimais meu pinto fiko molhadinho..

mak19x5 Comentou em 12/01/2013

MEUS PARABENS CONTO MARAVILHOS ESTOU DE PAU DUROOOOOO GOZEI RSRSR TEM MEU VOTO

yuren lopes Comentou em 10/12/2012

Isso que é foda gostoza..

scorpion40 Comentou em 07/11/2012

qro te fuder gostoso tbem.enteressada entre em contato.adorei seu conto

grazynha._ Comentou em 08/09/2012

Que pinto maravilhoso tbm!!!!

roludo22 Comentou em 02/09/2012

que gostosa manda mais fotos dela quero me tornar seu amigo

wiuriathan Comentou em 04/08/2012

Q delicia de bucetinha e essa sua em.... e se ti ver como vc me add ai no seu msn pra nos nus conhecermos melhor

pescador Comentou em 01/07/2012

Bom de mais

rominovin Comentou em 22/06/2012

muito bom

paraense Comentou em 22/03/2012

nossaa muitoo bom me add

tatoo Comentou em 10/01/2012

uau muito bom msm maravilhoso esse conto

nifeta_delicia Comentou em 22/12/2011

Muito bom

kotxiri Comentou em 11/12/2011

foi bom!! meu sonho pegar uma virgem assim safada!!

negãogostozão Comentou em 14/09/2011

nossa eu pegando uma virgem a sim safada e gostoza eu tranzava com ela o dia inteiro bjOs gostoza...

amor e sexo Comentou em 31/07/2011

gostei dessa conversa mais se quiser falar mais comigo entre no meu saite

gg Comentou em 26/04/2011

Que buceta linda toda sempre que olho e uma que eu bato

dapaela Comentou em 23/03/2011

me molhei só em ler

gg Comentou em 28/10/2010

nossa que delicia fiquei muito excitando.

monsterck Comentou em 08/07/2010

simplesmente demais

bacanéx Comentou em 16/06/2010

Sempre sonhei em chupar uma xoxotinha gozada de outro homem sabe........ Que conto magnifico!!!!! Bjs.

crika2010 Comentou em 26/05/2010

Nossa...que conto...e que imagem tambemmm

tarado17 Comentou em 02/04/2010

Gostaria muito de pegar uma virgem bem safada.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


2 - Depositei na poupança dela - Categoria: Traição/Corno - Votos: 44
3 - O Importante é gozar - Categoria: Travesti - Votos: 41
4 - Suruba após as compras - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 34
552 - Sexo com Policiais - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 7
553 - Amante é melhor que Marido - Parte I - Categoria: Traição/Corno - Votos: 5
554 - Amante é melhor que marido - Parte II - Categoria: Traição/Corno - Votos: 25
582 - Loucura no ônibus rio-sao paulo - Categoria: Fetiches - Votos: 6
8910 - Como comi minha sobrinha usando o Msn - Categoria: Incesto - Votos: 45
9023 - O pé - Categoria: Fetiches - Votos: 9
9063 - O Cuzinho por uma Sandália Nova - Categoria: Incesto - Votos: 26
10098 - No Ortopedista - Categoria: Coroas - Votos: 5

Ficha Do conto

Foto Perfil contosclassicos contosclassicos

Nome do conto:
A Virgem

Codigo do conto:
551

Categoria:
Virgens

Data da Publicação:
24/12/2009

Quant.de Votos:
63

Quant.de Fotos:
1