Com o cachorro da minha tia



O que vou contar aconteceu quando eu tinha uns 13 ou 14 anos, agora eu tenho 40 e sou casado. Minha tia tinha do viajar e eu fiquei de passar a noite na casa dela, para não parecer que estava sozinha e chamar a atenção de ladrões. Cheguei cedo peguei a janta do cachorro, era um dálmata, na geladeira, aqueci e dei pra ele, depois ele ficou por lá andando atrás de mim. Naquela época eu sempre estava me punhetando, era só estar sozinho que tocava uma bronha, fui no quarto da minha prima e mexi nas gavetas dela procurando uma calcinha, eu também tinha uma tara por calcinhas, eu gostava de vestir e bater uma punheta, me deitei na cama e comecei a descascar uma bronha com uma calcinha branquinha que tinha achado, e o cachorro na minha volta me olhando, foi aí que tive a idéia, quando ele era menor e começou a virar homezinho, ele se agarrava na perna da gente e ficava metendo, depois ele deu uma transada e parou com isso, acho que todo cachorro faz isso. Eu sempre gostei de mexer no cú enquanto me masturbava, não sei de onde peguei isso, mas era gostoso, usava caneta, cabo de escova de cabelo, cabo de vassoura, aí pensei em deixar ele enfiar em mim. Fui até a cozinha e peguei uma colher de manteiga, eu não era bobo, sabia que as vezes precisava de um pouco de lubrificação para entrar atrás, que a seco doía, e passei no meu cú. Peguei no pau dele e comecei a punhetar, logo ficou duro, tirei meu calção, fiquei de quatro e puxei ele para cima de mim, ele ficou metendo mas sem acertar, tive que me ajeitar um pouco para ajudar até que ele conseguiu acertar, só que não entrou logo de primeira, na terceira ou quarta metida, entrou, e com a manteiga deslizou fácil dentro de mim. Nem consigo contar a sensação, mas foi muito bom, até então só havia colocado objetos, mas com um pau de verdade, mesmo que de cachorro, era muito melhor, era quente, macio e duro ao mesmo tempo. Ele ficou estocando para dentro de mim, e eu só precisava ficar parado, ele enterrou na minha bunda e ficou estocando sem parar e muito rápido, fui nas nuvens, até que senti uma coisa quente despejando dentro de mim, foi aí que senti outra coisa, uma bola crescendo e o pau dele ficou preso, ele se virou e tentou sair e senti uma dor, fiquei igual aquelas cadelinhas de rua, ficamos assim uns 15 minutos mais ou menos, até que o pau dele desinchou e saiu. Escorreu um monte de porra da minha bunda, ele veio e ficou lambendo o meu cuzinho, e já estava ficando com vontade de dar de novo, mas tava meio dolorido, ia ter de esperar. No outro dia eu fui de novo cuidar da casa e de novo dei o meu cuzinho, e foi assim a semana toda, já tinha me acostumado com a bola do pau dele, e já estava achando fácil ser enrrabado. Aí minha tia chegou e acabou com a festa, ia ser difícil eu ficar sozinho com o cachorro de novo. Ás vezes ia até lá, mas sempre tinha alguém, nunca mais deu oportunidade, o máximo que dava tempo era bater uma punhetinha nele, ele também tava com saudades de me comer. Não quis me arriscar e ser pego, ia ser a maior vergonha. Na rua quando via um cachorro comendo uma cadela ficava louco de vontade, mas tinha medo de pegar uma doença daqueles cachorros de rua pulguentos.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook


Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


5784 - Me masturbando enfiando no cu - Categoria: Masturbação - Votos: 5
8162 - Dei gostoso para outro homem - Categoria: Gays - Votos: 1
8164 - Transa amiga - Categoria: Gays - Votos: 3
8165 - Fui na casa do colega e dei - Categoria: Gays - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico nodesbr

Nome do conto:
Com o cachorro da minha tia

Codigo do conto:
8163

Categoria:
Zoofilia

Data da Publicação:
05/06/2006

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0