Encoxando casada com marido na lotação.



Estava um caos aquele dia, dessa forma logo ante vi que seria um tesão era só encontrar alguma tesuda que gostasse de sentir um pau duro grosso esfregando na bunda durante o trajeto. Eu adoro dar uma encoxada e naquele tempo quando estava na faculdade não perdia a chance, sempre procurava um jeito de encontrar alguma tesuda que gostasse. Usava quase sempre uma calça de moleton bem folgada e cueca fácil de ser tirada do lado pra Rolona ficar solta, parecia que estava de pau de fora. Nesse dia especifico logo na plataforma vi uma moreninha baixinha mas com uma bunda tesuda, usando um vestidinho rodado bem curto de alcinha, dava pra ver que estava sem sutien e tinha ainda um decote delicioso que deixava quase todo o seio de fora. Só tinha um problema, estava de braços dados com um cara, não sei se namorado, noivo, marido, só sei que era um dificultador. Resolvi arriscar vou fazer de conta que não tenho como evitar e ver o que dá afinal essa morena é muito gostosa e parece bem fogosa. Fui me aproximando ali na plataforma mesmo e vi que o companheiro dela tinha uma carinha de bem mansinho, ele ficava ligeiramente na frente dela e ela abraçava ele pela cintura, fui colando e como estava muito cheio deixei que o pessoal fizesse o resto me empurrando devagar fiquei quase colado com os empurrões as vezes dava uma encostadinha leve, na bundinha da gostosa, fiquei bem atento pq gosto de cumplicidade, se sentir que a mulher não está afim me afasto e procuro outra que queira ficar molhadinha.
Bom chegou o metro, já super cheio a morena agarrou o cara por trás que delicia nossa, aquele bumbum tesudo..fui colando com as empurradas sentia divisão das polpas da bunda as portas abriram eu como pra não cair segurei na cintura da tesuda e fomos sendo empurrados pra dentro, minha rolona já meio dura ficou latejando..entramos ela colou nas costas do companheiro e eu colei atrás dela nem dava pra sair realmente super cheio, mas um outro tarado como eu percebeu a morena tb e ficou bem do lado empurrando meio que encoxando o lado da coxa da tesuda. Ficamos os dois super colados o metro saiu bem devagar pq tinha algum problema naquele dia nossa minha rola ficou escandalosa eu com medo dela falar pro cara, normalmente eu só encosto devagarzinho e vou deixando endurescer, mas dessa vez coma lotação e a tesuda bem na frente não deu o pau já estava latejando. Fiquei ali parado deixando latejar e observando, ela abraçou mais firme o cara e colou o rosto nas costas dele perto do ombro como se estivesse adormecida, eu ali com o pau doendo de tesão e outro cara tb do meu lado. Deixei a Mao solta e comecei a esbarrar as costas da mão nas polpas d abunda dela ali bem no finalzinho das polpas e começo das coxas. Comecei bem d leve e fui forçando, senti ela dar uma empinadinha na bunda, era tudo que eu queria nossa, enfiei a Mao dentro da calça meio disfarçadamente e puxei o pau fora da cueca deixei a cueca por baixo do saco dei uma ajeitada pra ela sentir que eu estava mexendo no pau, o cara do lado tb percebeu que tinha sinal verde e começou a alisar a coxa que ele estava esfregando o pau tb. O vestidinho rodado dela era bem curtinho desse jeito quando eu esfregava as costas da mão dava pra encostar na pele das coxas por trás e sentir ficando arrepiadinha. Ela apertava o cara abraçando por trás e não se mexia só as vezes dava uma empinadinha na bunda, fui ficando tarado com aquilo puxei a rola e deixei apontando pra frente a cabeçona forçando o meio das nadegas eu segurei por cima da calça e esfregava de um lado pro outro sentindo a cabeça passando no finalzinho das coxas de um lado indo pro meio das nadegas e para o outro lado na outra coxa eu forçava subir como se levantando as polpas da bunda coma cabeçona da rola. O cara do meu lado já alisava o bumbum dela coma a mopor baixo da barrinha do vestidinho meio que abrindo as polpas pra mim. Que tesão nossa. Comecei a punhetar o pau na bunda dela devagar mas pra ela sentir a Mao punhetando a rolona na bunda ela dava reboladinhas mas não olhava pra trás só continuava abraçadinha nas costas no parceiro dela. Aproximei bem minha boca da nuca da tesuda respirando forte pra ela sentir minha respiração acelerada e quente na nuca estava quase gozando, como estava pra chegar na estação que esvaziava aumentei o ritmo da punheta com força deixei a cabeçona forçando bem no meio das coxas empurrando pra cima e fiz com força rápido ate esporrar com gosto, o cara do lado tava punhetando tb e abrir as polpas da bunda dela bem descaradamente com a mão por cima do tecido do vestido. Não sei se ele gozou, mas tive uma gozada super tesuda, fiquei ainda colado naquela tesuda até o metro parar e o pessoal sair como ficou muito espaço vazio não deu pra continuar ali me afastei o outro cara tb e ela continuou ali agarradinha nas costas do parceiro dela dava pra ver a respiração acelerada e ela esfregando as pernas uma na outra, essa foi muito boa... Depois conto outras Safadezas.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario Sr-Fetiche

Sr-Fetiche Comentou em 05/05/2010

Parabéns pelo conto. Também curto dá umas encoxadas. Gostaria de manter contato. Um grande abraço. Sr. Fetiche

foto perfil usuario kariocaa

kariocaa Comentou em 01/03/2010

o Pior que Isso Acontece Mesmo.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


9031 - Encoxada a iniciação - Categoria: Fetiches - Votos: 13
9037 - A noiva de Meu amigo Submisso - Categoria: Fantasias - Votos: 16
9059 - Safadeza No Parque para Morena e Coroa - Categoria: Exibicionismo - Votos: 12
9124 - Marido Bebado Mulher Safada - Categoria: Fantasias - Votos: 22
9229 - Que Casada Tesuda na Praia (exibida) - Categoria: Masturbação - Votos: 18
9369 - Abusei Mesmo da Vagabunda da Esposa do Silva - Categoria: Fantasias - Votos: 8
9412 - A Aprendiz - Categoria: Sadomasoquismo - Votos: 4
9806 - Eu e Minha Irmã (dois safados) I - Categoria: Incesto - Votos: 14
9984 - Eu e Minha Irmã (dois safados) II - Categoria: Incesto - Votos: 16
10108 - Safadezas no Parque do Ibirapuera Exibicionista - Categoria: Fantasias - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil sérgio fernando
sérgio fernando

Nome do conto:
Encoxando casada com marido na lotação.

Codigo do conto:
9065

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
19/02/2010

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
0