Onde ninguem me conhece posso ser menininha.



Olá,pessoal hoje vou relatar uma aventura que nunca tinha feito fui realizar um trabalho em uma cidade do interior,e ficaria uma semana fora até ai tudo bem,peguei umas roupas e é claro meu brinquedão que relatei no outro conto chegando no hotel liguei meu nootbook pra ler alguns contos por que era sexta a noite e só iria trabalhar na segunda,derepente lendo me bateu um tesão peguei meu brinquedão e enterrei tudo gozei mas não foi suficiente,saí pra dar uma volta na cidade com o rabo esfomeado de rola passei em frente uma loja e vi umas roupinhas femininas lindas,entrei comprei um calçãozinho branco de lycra,um soutien com alcinhas vermelhas uma calcinha pretinha com ziper na frente bem pequenina, um topzinho branquinho a balconista até elogiou minha escolha mal ela sabia que eu mesmo iria usar então voltei pro hotel para experimentar,coloquei a calcinha com o ziper pra traz bem atoladinha o shortinho branco era tão colado por cima da calcinha que marcou todo o desenho da minha lingirie coloquei o soutien com um enchimento improvisado e o topzinho por cima quando me olhei no espelho estava uma verdadeira cachorra me sentia muito gostosa só faltava alguem pra me saciar.Então tomei uma decisão que jamais tive coragem até aquele momento de sair na rua daquele jeito afinal nimguem me conhecia naquele lugar liguei na recepção pedi um estojo de maquiagem,baton me maquiei,passei um batonzinho coloquei um boné olhei para a porta de saida do quarto fiquei com medo de sair mas o tesão falou mais alto quando abri a porta e sai tinha dois rapazes no corredor que prontamente me comeram com os olhos as minhas pernas lizinhas,a bundinha empinadinha com aquela marquinha de calcinha bem a mostra continuei em frente rebolando no corredor todo mundo no hotel reparou em mim eu adorei.Já na rua me sentia linda aquela calcinha roçando na minha portinha era tudo de bom,varios olhares varias cantadas ninguem reparou que era um homem,logo a frente havia um barzinho com musica ao vivo entrei o garçon veio me receber e disse boa noite moça uma mesa?Eu estava adorando aquilo disse sim obrigado,hã,hã quero dizer OBRIGADA pedi um suco e fiquei por ali o garçon retornou com outro suco eu lhe disse eu não pedi mais nada ele respondeu que o rapaz de uma mesa mais ao fundo tinha me oferecido olhei pra ver, um rapaz louro mais ou menos um metro e noventa a dois de altura lindo mas achei que quando soubesse que eu era homem pularia fora,engano meu nem terminei de pensar e ele veio em direção a minha mesa.Ele disse boa noite educadamente pedi que se sentasse começamos conversar ficou tarde e na hora de irmos embora me ofereceu uma carona que aceitei na boa chegamos no hotel pedi que subisse um pouco passei na recepção pra pegar a chave a moça perguntou qual era o nome do hospede eu meio desligado pensando no que iá rolar disse MALZZONI o rapaz olhou e me perguntou se eu estava acompanhada eu fiquei sem ação na hora mas disse a verdade que eu era homem ele ficou sem entender na hora eu lhe disse que tudo bem que podia ir embora ou subir só pra gente tomar um café.Ele deu uma olhada de cima a baixo em mim e viu que eu não era de se jogar fora e subiu pedi um café ficamos coversando até que ele foi se aproximando e me beijou delicadamente coisa de rapaz de interior assim meio timido eu correspondi suas maõs começaram a rolar pelo meu corpinho enfiou a mão dentro do meu shortinho eu já estava louco pra ser furado fiquei em pé sugurando em uma mesinha de centro com a bundinha empinada pra ele que ficou apreciando a visão do shortinho com aquela marquinha da calçinha toda enfiada no meu reguinho , veio foi tirando o shortinho que revelou aquela lengirie,pedi que não tirasse a calçinha que só abrisse o ziper e me comêce com ela abriu o ziper e atacou com a boca foi beijando chegou na entradinha e passou a lingua no meu reguinho.Que caipira safadinho já tinha uma certa manha no negocio lambusou bem com saliva tirou a sua roupa olhei pra traz e vi o que me aguardava uma pica branca enorme com uma cabeçona enorme e larga mirou no buraco do ziper e foi entrando que delicia me segurou com aquelas mãos enormes na minha cinturinha ainda bem que eu já treinava com o meu brinquedão senão não seria facil aguentar aquele jegue em mim num vai e vem intenso mas com carinho,me elogiava me chamava de princesa de linda e eu adorando ao contrario dos outros que me chamavam de cadela e outros nomes do tipo a rola entrava e saia roçando na calcinha o que nos exitava mais ainda o que o levou ao gozo extremo e me encheu de leitinho.Parti para um boquete com ele já deitado na cama até que ficou duro de novo tirei o resto de minha roupa e deitei do seu lado ele levantou minha perna de ladinho e como meu cuzinho já estava laceado entrou sem cerimonia acho que por causa da posição ele roçava na minha prostata o que me levou ao orgasmo delicioso sem me tocar meu rabinho piscava mordendo seu pau o que o levou a gozar de novo ficamos nos encontrando durante todo fim de semana que estive lá saiamos na rua juntos eu de menininha ele de homemzinho.Se quiser que eu seja sua meniniha me escreva até a proxima.......

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Twitter Facebook

Comentários


foto perfil usuario eueele

eueele Comentou em 30/07/2015

ui amei que sexy eu adoro isso tipo gosto de sexo selvagem que mim bate na cara mim morde aranhe com unhas beliscões adoro mesmo ser puta vadia cachorra safada piranha amor que faça isso comigo amei seu conto e votei...

foto perfil usuario sunuasex

sunuasex Comentou em 29/07/2010

adorei seu conto, também estou pensando em me transformar numa puta vadia, num local desconhecido.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


9534 - Começando no sexo - Categoria: Gays - Votos: 4
9568 - Depois de me iniciar ele quis de novo - Categoria: Gays - Votos: 4
9584 - Para não ficar na mão comprei um brinquedo - Categoria: Gays - Votos: 2
9590 - Sofri um acidente e fui arrombado no hospital - Categoria: Gays - Votos: 2
9600 - Já tranzou com um CEGO? Eu já. - Categoria: Gays - Votos: 7
9629 - Depois de dar muito a PRIMEIRA VEZ COM UMA MULHER - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
9688 - eu quis ajudar o negão e ele comeu minha nega - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
9713 - dessa vez comeu minha mulher e eu tambem - Categoria: Grupal e Orgias - Votos: 9
9821 - o CHUPÃO na bunda me entregou - Categoria: Gays - Votos: 2
10085 - VOCE SABE PRA QUE SERVE UM MICROFONE - Categoria: Gays - Votos: 1
16663 - Na auto escola que fui o exame é PELADO... - Categoria: Gays - Votos: 2
34350 - PRA QUE SERVE A CALCINHA - Categoria: Fetiches - Votos: 2
39053 - Traido pela tecnologia - Categoria: Gays - Votos: 4
40461 - Mas que coroa gostoso... - Categoria: Incesto - Votos: 5
60770 - Continuação do conto COROA GOSTOSO - Categoria: Gays - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico malzzoni

Nome do conto:
Onde ninguem me conhece posso ser menininha.

Codigo do conto:
9640

Categoria:
Gays

Data da Publicação:
20/05/2010

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0