Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Minha mulher e DOIS negros super dotados


Olá, aquí é o Carlos novamente, como contei no relato anterior “Minha mulher e o negro super dotado”, conhecemos um rapaz da raça negra chamado Mauro, que comeu minha mulher Patícia, uma loira de 32 anos que passa a perna em muitas garotas de 18.


Depois da primeira transa, que conto num relato anterior, Mauro veio a nossa casa mais umas duas vezes, e meteu a vara em Patrícia como ninguém. Eu adorava ver minha mulher oferecendo sua bocetinha rosada e raspada para aquele negro alto, musculoso e super bem dotado.


Patrícia adora chupar a vara dele até ele gozar vários jatos de esperma dentro da boca e na cara dela, depois ela urra de prazer sentindo um pau de 22 centímetros rasgando as entranhas dela. É super excitante, e gozamos no mínimo umas 4 vezes cada um durante nossas orgias interraciais.


Na última vez que Mauro veio sozinho, nos contou que havia ditto ao seu primo, Everaldo, o que fazia conosco. Mauro disse que seu primo ficou super interessado e mandou ele perguntar se Patrícia poderia transar com dois caras negros na minha frente. Entendemos a deixa, eu olhei para minha mulher e notei o sinal de OK, então disse a Mauro para trazer seu primo na próxima vez.


O que vou narrar recém aconteceu este fim de semana, Sábado, 12 de abril. Mauro como sempre pontual, chegou ao nosso apartamento às 7 da noite, acompanhado de Everaldo, que se parecia muito com ele. Era alto também, um corpo malhado, e muito educado.


Assim que entraram, já notei que Everaldo quase comeu Patrícia com os olhos, e devia estar se imaginando enfiando a vara naquela fêmea gostosa e fogosa. Ele não podia esperar a hora da ação que seu primo Mauro havia narrado.


Como sempre, tomamos umas cervejas para relaxar, e eu disse que queria deixá-los à vontade. Fui para o quarto por uns minutos, e depois Patrícia me contou que asim que eu saí da sala, os dois não perderam tempo. Começaram a sarrar ela, um na frente e outro atrás. Everaldo tirou a blusa dela, enquanto Mauro abaixava sua mini saia.


Everaldo chupava um peitinho de Patrícia enquanto Mauro chupava o outro e enfiava um dedo na bucetinha dela. Everaldo então passou a enfiar um dedo no cuzinho virgem de minha mulher.


Quando eu cheguei na sala, Patrícia estava ajoelhada no chão, alternando entre as duas varas gigantes, hora chupava Mauro, hora chupava Everaldo. Os dois pareciam estar no céu, sabendo que logo logo estariam arrombando aquela bucetinha branca.


Depois de alguns minutos, como de costume, Mauro anunciou que iria gozar, e começou a derramar seu esperma abundante, que sujou a cara de Patrícia e caiu até no chão, de tanta porra que ele ejaculava.


Everaldo segurou o gozo, e pediu Para Patrícia deitar no sofá. Ele se aproximou e caiu de boca na buceta dela, lambendo e chupando o clitoris dela enquanto enfiava um dedo em seu cuzinho apertado.


Patrícia gemia e delirava de prazer, não podendo conter um orgasmo múltiplo, que deve ter derramado seu caldo de gozo todo na boca de Everaldo, que chupou até a última gota.


Depois dela gozar, se pôs na famosa posição de cachorrinho, onde ela fica irresistível com aquela bucetinha rosada convidando você para entrar e se saciar. Everaldo não perdeu tempo e meteu o pau nela por trás, enquanto Mauro enfiou a caralho meio mole ainda na boca dela.


Everaldo era tão potente como Mauro, porquê aguentou uns 12 ou 15 minutos, num vai e vem rápido e agressivo, arrombando as entranhas de Patrícia, que às vezes parava de chupar a pica de Mauro para dar seus gemidos de fêmea no cio, anunciando mais um orgasmo gostoso.


Eu estava sentado numa cadeira no canto sa sala, observando aquela orgia excitante e me masturbando, quando eu sentí que ia dar uma gozada, me aproximei de Patrícia e enfiei o pau na sua boca, substituindo o de mário. Gozei gostoso demais na boquinha quente dela, e Everaldo não resistiu e também gozou dentro dela, na posição de cachorrinho.


Mauro já estava pronto pra outra, com seu caralho tão grosso que se via as veias pulsando. Ele empurrou Everaldo e meteu na buceta de Patrícia em uma só estocada. Ela deu um gritinho, misturando dor e prazer, e abaixou mais ainda seu corpinho, deixando aquela bunda maravilhosa bem empinada para saciar Mauro.


Ele passou vários minutos dando suas estocadas rápidas, e gozou com um urro de alívio e prazer, tirando o pau pra fora e melando as nádegas da minha mulher com seu leite.


Depois de uns 20 minutos de descanso e uma rodada de cerveja, Patrícia tomou a iniciativa e pediu para Everaldo deitar no chão, ela veio por cima, sentou-se nele, e começou a cavalgar em cima de seu pau. Ela rebolava e mexia como uma puta profissional, sua intenção era dar prazer àqueles dois machos bem dotados, deixá-los loucos de tesão, e ela era boa pra isso.


Nesse momento, Mauro perguntou se ela gostaria de uma penetração dupla, o que ela negou, pois nunca tinha gostado de dar o cuzinho, pela dor forte que sentia. Mauro insistiu, e ela disse que ele podia só enfiar a cabecinha do pau no cuzinho virgem dela, o que me excitou e fez meu pau crescer novamente.


Contente, Mauro se ajoelhou, ela deitou em cima de Everaldo, que tinha seu pau enfiado na bucetinha dela, e mostrou aquele cuzinho, fechadinho e convidativo.


Mauro enfiou um dedo no cuzinho dela, lubrificou seu pau com saliva, e empurrou a cabeçona grossa, ela deu um gritinho e disse para ele parar por alí. Mauro estava satisfeito em enfiar só a ponta do pau, e, segurando o resto do caralho, ficou num vai e vem lento, saboreando a entrada do cú de Patrícia, enquanto Everaldo metia forte por baixo.


Aquela cena me fez gozar numa punheta gostosa, e logo depois Everaldo gozou dentro dela. Mauro estava com o pau latejando, com vontade de enfiar tudo, mas sabia que não podia e respeitava a vontade de Patrícia.


Depois de alguns minutos, Mauro deu um gemido e gozou dentro do cuzinho dela, ele parecia em transe, e ela gemia, não sei se de dor ou prazer.


Vendo aquele cuzinho aberto e jorrando esperma, eu e Everaldo nos recuperamos rápido, então, primeiro ele, depois eu, enfiamos a cabecinha no cú de Patrícia e gozamos dentro mais uma vez.


Quando ela se levantou, o esperma dos três escorria pelas suas coxinhas grossas, e para nossa surpresa, Everaldo se ajoelhou e lambeu tudo.


A noite terminou com cada um de nós comendo Patrícia mais uma vez na posição de papai e mamãe, na cama do nosso quarto. E, depois que eles foram embora, eu comí o cuzinho dela mais uma vez, porquê não é todo dia que ela permite algo assim.


Tivemos uma noite maravilhosa, e Everaldo realizou seu sonho de ter comido uma loira pela primeira vez.


Abraços.



Ficha do Conto

Escritor:
rela341063

Nome do conto:
Minha mulher e DOIS negros super dotados

Codigo do conto:
1109

Categoria:
Grupal e Orgias

Data do Envio:
14/04/2003

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
954 Traição Gostosa Traição/Corno 1
1036 Minha mulher e o negro super dotado Grupal e Orgias 1
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA