Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Um anal inesquecível por Dayane


Meu nome é Dayane, tenho 29 anos, moro em Londrina-Pr, sou casada há 9 anos, meu marido chama-se Carlos, 31 anos, um tesão de homem, sinto-me segura e sexualmente saciada.
A maioria das mulheres mesmo sendo felizes em seu casamento, tem suas fantasias, eu tenho a minha.
Comecei minha vida sexual cedo, sempre fui muito assanhadinha no colégio, aos 13 anos, ficava com um menino de 14 anos, ele queria minha bucetinha e para satisfazê-lo o deixei colocar em meu cuzinho, meu primeiro anal, depois disso, fiquei com vários meninos e dava meu rabinho gostoso.
Aos 17 anos liberei minha bucetinha para o homem que hoje sou casada, mas minha fantasia era ser preenchida de verdade, jamais encontrei um de grosso calibre, queria ser devorada por um macho com um dote avantajado.
Viajava em meus sonhos e jamais percebi que em pouco tempo poderia tornar-se realidade, exemplares humanos com essas características são difíceis de serem encontrados, mas nada nesta vida é impossível, e aconteceu.
Em nossas férias de 2.004 fomos até a casa de um tio de meu marido que mora em Alagoas.
Chegando fomos recepcionados, seu tio, Mário, um coroa de uns 50 anos, simpático, alto, forte, bronzeado pelo sol, e o principal financeiramente bem sucedido, moram em uma big-mansão com piscina, ficara viúvo há 2 anos e casara-se recentemente com uma mulher 20 anos mais nova que ele, seu nome era Priscila, uma morena sorridente, com um corpo perfeito, no exato instante que a vi, passou-me pela cabeça se Mário conseguia dar conta do recado, era parecia ser muito fogosa e assanhadinha, percebi seus olhares para meu marido.
Alojamo-nos e no dia seguinte, fui com Priscila tomar um bronzeado na piscina da mansão, precisava pegar uma cor para poder ir à praia, estava muito branquela.
Conversávamos descontraidamente quando sentindo-me mais á vontade lhe fiz uma pergunta de como era ser casada com um homem bem mais velho, ela prontamente respondeu-me que ele lhe dava tudo o que precisava, roupas, jóias, todo o luxo que precisasse, somente não estava se acostumando com a virilidade de Mário referindo-se a seu órgão sexual, era muito grande e às vezes a machucava.
Na hora veio-me a cabeça minha fantasia, será que havia chegado o momento de provar de um grandão, admito que fiquei deslumbrada com que havia ouvido.
Priscila mudando de assunto começou a falar de Carlos, que eu deveria ser feliz por ter um gato daquele como marido, percebi que aquela safadinha estava com segundas intenções com meu marido, logo cheguei à conclusão que estávamos mutuamente querendo trepar com o marido da outra.
Carlos veio até á piscina e disse-me que iria até o banco, pois precisa fazer algumas transações no caixa eletrônico, Priscila adiantou-se dizendo para esperá-la, ela iria tomar uma ducha e iria com ele fazer algumas compras, fiquei puta da cara, aquela cadela iria seduzir Carlos, mas quando lembrei que ficaria a sós com Mário, fiquei na minha, seria chumbo trocado.
Logo saíram os dois, Mário foi vestir uma sunga e fazer-me companhia, antes que ele chegasse, puxei meu biquíni para cima, deixando-o atolado em minha bucetinha depiladinha e atochado em minha bunda.
Deitei-me de bunda para cima e fiquei na espera de meu garanhão, quando ele chegou percebi seu olhar de cobiça para minha bunda, desci meus olhos para sua mala e fiquei espantada, arrepiei-me de tesão, aquele homem forte, tórax cabeludo com alguns pêlos grisalhos que lhe davam mais charme.
Entrei na água para refrescar meu tesão e logo sai, percebi que ele estava sentado á sombra em uma cadeira destas de piscina e logo que me viu colocou a revista que lia sobre seu pênis, deveria estar excitado, teria que ser rápida, aquele homem não tomava a atitude que eu queria, se precisasse agiria como uma putinha safada, mas precisava sentir aquele colosso em mim.
Aproximei-me dele, dei-lhe um sorriso malicioso, sentei-me em uma de suas pernas e tirei a revista de seu colo, seu pau parecia querer furar a sunga, olhando para seus olhos comecei a alisar seu pênis sobre o tecido de sua sunga, senti-o desconfortável preso, ajoelhei-me e fui vagarosamente despindo-o, seus olhos brilhavam de tesão, talvez não acreditando no que acontecia.
Voltei meus olhos para a parte principal, e fui presenteada com uma visão maravilhosa, seu pênis pulou para fora, era descomunal, gigantesco, algo de outro mundo, tinha 2 palmos de comprimento, mais ou menos do tamanho de meu antebraço e da grossura de meu pulso, meus olhos não acreditavam no que viam, Priscila tinha razão, era uma ferramenta anormal.
Ele começou a alisar meus cabelos com sua mão grande e forte, encaminhando meu rosto em direção de seu enorme cacete, beijei a cabeça daquele pauzão, lambi toda sua extensão até seu saco escrotal, arregacei minha boca ao máximo e abocanhei-o, dei algumas mamadas e comecei a subir e descer com a boca, estava duro como uma rocha, encostava-o em minha garganta e retornava mamando-o, ele gemia desesperadamente, a cada mamada seu pau pulsava mais forte e inchava em minha boca, as veias grossas que recobriam todo seu pênis pareciam querer explodir irrigadas por sua corrente sanguínea, a qualquer momento o vulcão entraria em erupção, acelerei, seus gemidos aumentaram e ouvi um forte urro, minha língua recebeu um jato grosso e quente, apertei forte meus lábios, conduzindo-o próximo a minha garganta e comecei a mamar sugando os dois orifícios da cabeça de seu pau, foi maravilhoso, jatos fortes explodiam em minha garganta, suas pernas tremiam, massageei seus testículos com a mão liberando mais esperma para minha boca, sem tirar minha boca fui engolindo aquele leite grosso, quente e espesso, enroscando em minhas amígdalas e aos poucos sendo sorvido pelo canal do esôfago a caminho de meu estômago.
Tirei-o de minha boca e comecei a beijá-lo carinhosamente, ele saciado, abriu seus olhos, beijou minha boca com aroma de seu esperma, enroscou sua língua na minha, chegou minha tão esperada fantasia.
Com seus braços fortes pegou-me e levou-me para dentro de sua mansão, subiu as escadas e chegamos até seu quarto, uma cama enorme, caberia ali uns 4 casais de tão grande, arrancou meu biquíni colocando á mostra meus delicados seios e minha bucetinha depiladinha, beijou meu pescoço, meus seios, mamando-os, desceu sua língua por minha barriga lambendo meu umbigo, abriu minhas pernas e começou a chupar minha ensopadíssima bucetinha, descia até meu cuzinho, lambia e beijava-o, estava quase gozando, peguei-o pelos cabelos e puxei-o para cima de mim, seu pau estava duro como estaca, peguei-o e encaminhei-o até a portinha de minha xaninha, a sapequinha estava tão molhada que engoliu aquele monstruosa cabeça, sentia-me virgem com aquele caralhão invadindo-me, ele soltou seu peso sobre mim e colou seus lábios aos meus, senti meu útero sendo cutucado, começou um entra e sai gostoso, gemia de tesão e um pouco de dor, pois estava agasalhando uma tora dentro de mim, abri o máximo minhas pernas ficando arreganhada, enlacei seu quadril e começamos a fuder desesperadamente, seu pau entrava e saia de minha vagina numa velocidade incalculável raspando em meu clitóris e aumentando ainda mais meu tesão.
Minha respiração estava irregular, meu coração disparou, a pele de meu rosto queimava de calor, minha rachinha começou a gozar como nunca havia gozado, senti acelerar suas estocadas e fiz aquele homem maravilhoso gozar, esguichos fortes explodiam em meu aparelho reprodutor, lavando e inundando com seu leite fervendo e apagando meu fogo.
Ficamos grudados e beijando por uns 10 minutos, estava apaixonada por aquele cinquentão gostoso.
Estávamos suados e fomos à ducha, aquela água refrescante caia sobre nossos corpos refazendo nossas energias perdidas, voltamos á cama e retornamos as nossas caricias, envolvi novamente sua cobra gigante com os lábios fazendo-a ficar super ereta, fiquei de 4 na cama arrebitando minha bunda insinuando que queria ser enrabada, sua língua percorria meu rego, meu cuzinho começou a piscar assanhado pelos beijos e lambidas que levava daquela boca carnuda.
Ele ajoelhou-se atrás de mim, pois suas mãos em meu quadril e penetrou minha buceta deixando seu pau lambuzado pelo meu líquido vaginal, sacou de minha buceta e apontou para meu cuzinho, mirou na portinha e foi forçando, rebolava e jogava de leve minha bunda de encontro aquela vara gigantesca e grossa, a cada cm. que a cabeça de sua rola entrava, minha ansiedade aumentava, o momento tão esperado chegou afinal, meu cu engoliu seu pau liberando sua portinha, arrombou meu cu arrebentando minhas últimas pregas, aos poucos meu esfíncter foi dilatando-se e recebendo aquela carne grossa, respirava forte e fazia força para abrir mais meu cu e completar minha fantasia, a dor que sentia era imensa, mas era recompensada pelo fato de poder aguentar aquele jumento dentro de mim, passando pelo meu esfíncter senti seu pau deslizar gostoso, meu cu estava melado, sentia-o aos poucos seguindo seu caminho esfolando as paredes de meu canal anal, afinal senti-me totalmente preenchida, meu tesão era tão grande que quando senti seus pentelhos roçarem minha bunda e seus enormes testículos baterem em minha vagina, comecei a chorar de tanta emoção e excitação, a partir deste momento comecei a gozar pelo cu, alucinada pela sensação que sentia, aos prantos exigi que ele metesse forte, rasgasse-me se necessário.
Meu cu dilatou-se por completo e abocanhou de vez aquela pica grossa, movimentos de vai e vem ficaram acelerados, meu esfíncter tentava sem êxito morder aquela enorme vara, o sentia bater no fundinho de meu cu, na porta de meu intestino, meus pêlos arrepiaram, meu corpo começou a tremer, meu cu coçava com os inúmeros espasmos em suas paredes nervosas, cheguei ao clímax de meu orgasmo quando aos berros comecei a sentir enchentes ardentes de seu liquido seminal inundarem meu cu, sentia os esguichos baterem fundo em meu ânus, enfim consegui satisfazer minha curiosidade, aquela experiência foi sensacional, quando ele saiu de mim senti-me oca por dentro, ele deixou-me dilatada, mas feliz, novamente lavamo-nos e voltamos á piscina.
Logo percebemos a chegada de meu marido com Priscila, estavam com uma cara de quem fez coisa errada, ele deve ter fodido sua bucetinha e cuzinho, pois ela estava com uma cara de satisfeita e feliz, ficamos ali por mais duas semanas, mas só transei com meu marido.
Voltando á nossa casa no Paraná, quando comemorávamos nosso aniversário de casamento, Carlos confidenciou-me que havia comido o cuzinho e a bucetinha de Priscila que ainda bebeu de sua porra, fiz minha parte também, contei-lhe que seu tio havia arrombado-me, ficamos tão excitados com os detalhes contados de nossas traições que transamos á noite toda.
Continuei minhas transas ardentes com Carlos, mas convenci-o a comprarmos uns vibradores diferentes, entramos em uma loja on-line e comprei 3 vibradores grossos, um de 25 cm, outro de 28 e o que mais gosto e uso, um colossal de 35 por 17 cm de diâmetro.
Carlos penetra-me a buceta e introduz o gigante em meu ânus, chegando ao fundo, fazendo-me lembrar de meu garanhão, liga o vibrador na potência máxima fazendo-me gozar alucinadamente relembrando aquele anal inesquecível.
Foto Perfil rela210223

Ficha do Conto

Escritor:
ni.

Nome do conto:
Um anal inesquecível por Dayane

Codigo do conto:
11682

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
01/03/2011

Quant.de Votos:
8

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: Ingha em: 12/03/2011
Putana gostosa. To gozando pra caraio.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
5886 Banquete de lagostas Heterosexual 2
11157 A ex do bi e seus pezinhos, suas coxinhas, perninh Fetiches 4
11158 O tiozinho me pegou de jeito Heterosexual 4
11159 Bunda e boca pro cunhado. Heterosexual 6
11160 Cu de mulher de bêbado não tem dono. Traição/Corno 5
11161 Um Banquete Requintado Fetiches 4
11163 Solidão nunca mais. Heterosexual 4
11164 Zonzinha Heterosexual 4
11166 A Calipígia' Fetiches 3
11170 Crentinha Virgem Virgens 5
11178 Reencontrando o titio que ja tinha me enrabado. Heterosexual 5
11185 A coisa e o último cabaço. Fetiches 4
11192 Preto na branca por Jasmina Heterosexual 5
11206 Um caso de amor em Miami Heterosexual 5
11217 A Salvação. Heterosexual 4
11220 Pro meu corninho por Elaine Heterosexual 5
11222 Desempregado Heterosexual 4
11240 O pai do namorado por Morena Heterosexual 5
11253 Os Pintores por Elaine Grupal e Orgias 6
11257 Minha primeira trepada Heterosexual 3
11262 Promovida por Izabelle Traição/Corno 5
11273 Dá pra mim? Fetiches 6
11289 Profundo Heterosexual 3
11291 Tiro pela Culatra. Escrito por Sílvia Traição/Corno 8
11303 Tia Nina. Minha primeira vez. Traição/Corno 5
11304 Enrabada e Feliz Traição/Corno 9
11307 Por trás é melhor Fetiches 5
11308 Na Bunda da Priminha Inocente Fetiches 9
11309 Namoro Anal Atrás do Sofá Fetiches 5
11319 Um ex-namorado por Elaine Traição/Corno 4
11322 Lembranças... Fetiches 4
11324 Traindo meu noivo Traição/Corno 4
11348 Fantasma por Mel Heterosexual 4
11351 Chamou Até Pela Santa Heterosexual 3
11360 Uma vizinha reprimida Traição/Corno 4
11370 Alvo Errado Heterosexual 3
11379 Momento de Loucura - Paula Traição/Corno 4
11385 Por trás, dói? Heterosexual 4
11387 Jovem Casada Traição/Corno 7
11395 Um Cunhado Maduro Traição/Corno 5
11402 Rosca sem fim por Teresa Silva Heterosexual 5
11404 Enrabada pelo cunhado Traição/Corno 5
11406 Dê e seu respeitável bumbunzinho. Traição/Corno 6
11409 Dominador de fêmea Heterosexual 4
11421 Negócios por Lana - Porto Alegre RS Heterosexual 3
11423 Desvirginado pela vizinha Traição/Corno 4
11431 "Judeiei" Heterosexual 4
11439 Madura seduzindo e sendo seduzida por um garoto Fetiches 4
11446 A bunda de Carla Traição/Corno 3
11448 Dani mulher do meu melhor amigo Traição/Corno 4
11460 O Rabinho da Crente. Heterosexual 4
11461 Meu tio começou pelo rabinho... por Sara Heterosexual 4
11465 Tara por aquilo preto - escrito por Solange Interrraciais 4
11473 A Pintadinha Heterosexual 4
11489 Seduzindo um coroa por SexyGirl Coroas 4
11491 A primeira namorada Heterosexual 3
11504 Prazer e remorso por Ângela Traição/Corno 6
11518 Titia tesuda por Helena Traição/Corno 4
11523 Motel Sobre Rodas por Praiana Fetiches 3
11540 Samira Heterosexual 2
11548 Priminho Selvagem - Dandara Heterosexual 4
11553 Não dou... Não dou... Virgens 7
11568 Paixão "bundal" Heterosexual 6
11578 Minha irmã não deu, eu dei... por Rebecca Heterosexual 4
11581 Corneando o namorado doentinho com um homem mais v Traição/Corno 3
11582 Viciei no anal Heterosexual 3
11593 Amizade Antiga Fetiches 4
11594 Preferência Nacional Heterosexual 5
11600 A Noivinha Heterosexual 5
11603 Vida de Casada. Escrito por Joana Traição/Corno 5
11607 A colegial que levou pau Fetiches 5
11614 Curso de Férias por Tatiana Virgens 4
11618 Dando o troco e lucrando... Por Apaixonada Heterosexual 3
11624 Adorável Ruth Heterosexual 3
11632 A Negra Traição/Corno 4
11635 O Ponto C Heterosexual 5
11650 Bom te ver.. "São as águas de março..." Heterosexual 5
11661 A mulher do juiz Traição/Corno 4
11679 Férias do Namorado Traição/Corno 3
11702 Só fez o que quis por Mazinho Traição/Corno 5
11704 Livre para voar por Mulher Ardente. Heterosexual 5
11729 Só na frenta não por Mary Lindinha Traição/Corno 4
11735 João Jumento Fetiches 4
11760 Só atrás Heterosexual 4
11764 A magrelinha segurou o tranco Heterosexual 3
11771 Caricatura por Gerson Traição/Corno 3
11778 Casamento em crise por Elaine Traição/Corno 6
11783 A massagem erótica por Paula Virgens 4
11794 Arrombamento e tanto por Márcia Traição/Corno 5
11808 Rosquinha, leite e chocolate por Fabi Heterosexual 5
11811 Os olhos vagos de Maria Rita Fetiches 4
11820 Dívidas de uma vizinha safada Traição/Corno 4
11826 O Dominador Sadomasoquismo 3
11850 O salvador da pátria por Márcia Traição/Corno 4
11881 A aposta de Cidinha Grupal e Orgias 5
11893 A Menina do Banheiro do Colégio Heterosexual 4
11926 Comida na fazenda por Mariana Frejat Sadomasoquismo 4
11943 Familiar Fetiches 4
11956 Fazendo o que ele quer por Veridiana Traição/Corno 4
11981 Iniciando a prima Heterosexual 5
11992 Corneando namorado doentinho com um cara mais velh Traição/Corno 4
12012 Tapas. beijos e muito mais... Fetiches 4
12015 Arrebitada Traição/Corno 4
12027 Tesão no rabinho de Alice. Heterosexual 3
12032 Santa por fora, diaba por dentro por Rosana Heterosexual 4
12037 O valor da experiência Coroas 4
12043 O Exame por Clemari Traição/Corno 4
12060 Um traseirinho gostoso Heterosexual 3
12079 Papai e mamãe... E cunhada! Heterosexual 3
12080 O pai do namorado Traição/Corno 5
12092 Titio por Clarice Traição/Corno 3
12093 Massagens... por Paula Grupal e Orgias 5
12103 Telma e seu maravilhoso rabo. Heterosexual 5
12107 Escravos do prazer por João Heterosexual 5
12118 Começou no ônibus por Quel Pastor Heterosexual 4
12135 Traí meu marido sem querer querendo... por Rita Traição/Corno 7
12139 Fetichismo em alto estilo Fetiches 4
12146 O lobo rural por Leninha Heterosexual 3
12162 Minhas Férias na Praia por Mariana Fetiches 5
12168 Primeira enrabada por Carol Coroas 3
12172 Mulher do meu amigo Traição/Corno 4
12174 Intimado a virar Ricardão Traição/Corno 3
12175 O velho que satisfaz por Darlene Traição/Corno 3
12181 Anal com Christina por Rogério Heterosexual 3
12190 O negão me rasgou por Flor Heterosexual 4
12193 Enrabada pelo inspetor Heterosexual 2
12196 Garoto mamado - Gil Heterosexual 2
12210 A Empregada Crente Heterosexual 4
12212 Gostosa por Maria M. Traição/Corno 4
12262 Lúcia, minha amante. Sadomasoquismo 3
12268 Aventuras de uma balzaquiana Heterosexual 4
12288 Macho negro por Verinha Loura Interrraciais 1
12291 A garotada do prédio por Joyce Heterosexual 2
12293 Viagem de sexo e prazer por Inês Traição/Corno 3
12304 Reencontro Heterosexual 2
12316 Reencontrando a mulher do amigo. Traição/Corno 2
12333 Chifre a domicílio por Ruiva Traição/Corno 2
12382 Literaturas Virgens 3
12487 Um rasgo de audácia Fetiches 1
12490 Uma vizinha. Uma bundinha... Heterosexual 5
12498 Seu eu deixo? Deixo sim... por Bundinha Gostosa Virgens 3
12513 Questão de tempo... Cuspinho! Heterosexual 4
12541 Bundas - O começo do vício Heterosexual 2
12551 Amante Gostosão por Aninha de São Paulo Traição/Corno 3
12605 Brindadeira de casamento por D., Pirassununga - SP Traição/Corno 5
12612 Mudança radical por Norma Traição/Corno 4
12651 Férias Maravilhosas por Irene Grupal e Orgias 4
12659 Verão Proibido Heterosexual 4
12680 Enquanto dormia o maridão Traição/Corno 7
12846 Meu sogrão por Gilda Traição/Corno 5
13010 Grupo de estudos sexuais por Louraça Grupal e Orgias 4
13326 Noivinha sacana do meu amigo Traição/Corno 5
13358 Sexo anal é muito bom por Rosa Traição/Corno 4
13359 Cur virgem no puteiro Heterosexual 4
13368 Ao mestre o rabinho Grupal e Orgias 4
13400 Faculdades anais por Melissa Heterosexual 2
13564 A Lolita da Van Virgens 5
13574 Tesão na dança de salão por Cláudia Traição/Corno 3
13971 Sob o domínio do anal. Quebrando promessa! Heterosexual 3
13996 Transa no clube por Morena Gostosa Heterosexual 1
13997 Dei a bundinha e adorei, mas o cara... por Julie Heterosexual 1
13998 Finalmente... por Marcela Virgens 2
14107 Sem controle por Júlia X Traição/Corno 2
14121 A baixinha Traição/Corno 0
14172 Se minha cozinha falasse Heterosexual 0
15842 Sustos Heterosexual 1
16580 Putinha Heterosexual 0
16778 O primeiro de uma série. Heterosexual 1
23558 Adoro garotos por Maria Heterosexual 1
38735 O cozinheiro cuzinheiro. Heterosexual 1
38736 A mandona. Fetiches 0
43530 A bundinha mais bonita da minha vida. Por Biel Traição/Corno 3
49669 O "rabinho" Interrraciais 2
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA