Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Comi Minha Irma


Meu nome eh Lauro, loiro, estatura alta, 43 anos. O fato se passou quando eu tinha 25 anos e minha irma 19, ela bonita, loira, 1,60, coxas grossas, enfim bonita e gostosa, fomos a um churrasco em um sitio de amigos, estavamos meio deslocados pois os nossos amigos mais chegados somente viriam no dia seguintee a turminha que estava la era de adolescentes, entao comecamos a beber e conversar como nunca tinhamos feito antes, falando de relacionamentos, trocando confidencias intimas e confesso que estava ficando com muito tesao, a bebida deixava ela mais a vontade para falar de suas aventuras e experiencias e senti que ela tambem estava com tesao. Ela falava com naturalidade de seus ex namorados, tamanho de seus paus, como ela gostava de fazer, me perguntava como eu fazia o que gostava, disse que adorava sexo anal e aquilo estava me deixando louco, eu tinha um certo tesao nela mas como era minha irma afastava esses pensamentos e nunca tinha pensado em algo mais profundo ate o momento. O papo se estendeu ate as 22:00h quando resolvemos ir dormir. O quarto que ficariamos com o nosso pessoal estava vazio pois nao chegariam ate o dia seguinte, ficaria somente conosco, entramos fechamos a porta, foi quando ela me olhou, nao disse nada, se aproximou e me beijou, nos agarramos e comecamos a tirar a roupa e caimos na cama, sem dizer uma palavra ela foi abocanhando meu pau e chupando com vontade, eu comecei a masturba-la e senti que ela estava ensopada, ela me empurrou para que eu deitasse na cama, veio por cima e encaixou gostoso no meu pau cavalgando gostoso, eu nao tenho o pau muito grande, tem mas eh grosso 16 x 8, ela gemia muito e deve ter gozado umas tres vezes eu estava me segurando pois tinha medo de gozar pois estava sem camisinha, foi quando ela saiu de cima e ficou de quatro me oferecendo o cuzinho e disse: Vem quero que goze no meu rabo, quero sentir, nao pensei duas vezes, fui pra cima, mas estava muito seco e nao entrava, nisso ela disse que daria um jeito, foi ate a bolsa e pegou um frasco de oleo de amendoas passou um pouco no rabo e um pouco no pau, se colocou de quatro e encostei a cabeca naquele cuzinho, eu estava com tanto tesao que quase gozei com aquela visao, ela me disse fique assim deixa que eu vou para tras aos poucos para nao doer, aquilo quase me fez gozar, ela vinha para tras aos poucos e eu vendo aquele cu se abrindo e engolindo meu pau, quando entrou tudo comecei com movimento suaves ate ela se acostumar, depois aumentei o ritmo, eu tirava e colocava, adoro isso, e via o buraco arrombado, tirei o pau coloquei mais um pouco de oleo e comecei a bombar com forca, ela gemia forte com a cara atolada no travesseiro para nao dar bandeira do que estava acontecendo la dentro, mas depois de algum tempo ela virou para mim e disse acaba logo que ta me dando dor de barriga, aumentei o ritmo e gozei como nunca tinha gozado antes, quando eu fui sair ela disse: espere um pouco, nao tire agora, to com dor de barriga vai sujar tudo, ela tirou a fronha de um travesseiro e me deu, tirei o pau devagar e coloquei a fronha ela se aliviou ali mesmo na fronha, pegou lencinhos umidecidos na bolsa e limpou meu pau, depois fomos tomar banho um por vez para nao dar bandeira e dormimos agarradinhos, de madrugada recomecamos a brincadeira, mas isso fica para o proximo conto.


Ficha do Conto

Escritor:
Laurao

Nome do conto:
Comi Minha Irma

Codigo do conto:
12422

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
05/05/2011

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: marcy em: 06/05/2011
a sua irma deve ser uma delicia mesmos

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
12423 Arrombou minha namorada Fetiches 0
12433 Comi Minha Irma II ( a madrugada) Incesto 1
12434 Minha ex mulher era uma delicia fetichista. Fetiches 0
12447 Experiência Bizarra Maravilhosa Fetiches 0
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA