Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





COMIDINHA DA MADRUGADA


como no outro conto, conheci Dani na net trocamos telefones e falamos quase todos os dias de uma semana,tenho um carro de carga, um furgão grande, e nesse dia meu motorista passou mal, não podendo ir fazer um serviço noturno que tinha aparecido, era um transporte de uma empresa na Barra, ma so evento só acabaria por volta da meia noite, sem ecolha por ser uma empresa que tenho contrato fui obrigado numa madrugada de sabado ir fazer esse transporte,enquanto esperava, Dani me liga e começamos a converssar, ela mãe solteira , morando com os pais em um apartamento de classe media, na vila da penha, falava que os pais e a filha tinham ido passar o fim de semana na casa de praia, e que tinha ficado para tras devido a uma reunião de trabalho,e me perguntou se quando eu acabasse o trabalho não gostaria de conhece-la pessoalmente, eu falei que dependendo da hora que saisse de lá ligava,por volta das 1 h da manhã fui liberado, e parti pela linha amarela em direção a casa dela como sabia mais ou menos onde ficava a rua, fui me dirigindo pra lá quando cheguei mais operto liguei e pedi o endereço, que logo foi me dado, parei na porta do predio de madrugada, com uma van branca enorme, não chamando nem um pouco atenção, ela desceu de vestidinho, um rosto bonito porem meio gordinha, mas como ja estava ali... nos apresentamos ew começamos a converssar, eu morrendo de fome convidei-a para comer um cachorro quente, gordinho é fogo logo aceitou, e fomos os dois de van comprar cachorro quente,pedimos para viagem e voltamos a porta de seu predio,comemos e depois fomos nos despedir, ai rolou um beijo,dei logo uma apertada naquela bunda grande e ela me confidenciou para eu não maltratar ela pois estava na seca a mais de 2 anos, a maldade passou logo na cabeça e comecei a beijar seu pescoço ela começou a ficar mole enfiei a mão por debaixo de seu vestido chegando a bucetinha que nessa hora ja estva ensopada, falei para entrarmos na van, ficamos na parete de tras nos acariciando, sem demora fiquei em pe coloquei a sentada e pus a pica para fora ela lo entendeu e começou a chupar com vontade, como se fosse a ultima pica do mundo, e que chupada logo gozei, e a gordinha não deixou uma só gota escorrer chupou tudo engolindo, deixando minha pica como nova, continuou mamando e a piroca começou a crescer denovoe ficou a ponto de bala e ela só falava me come, me come que to carente, tinha uns papelões forrados no chão a gordinha se posicionou de quatro levantou o vestidinho e falou que quiria sentir minha pica no cu, não acreditei, qie gordinha safada,peguei uma camisinha na carteira encapei o menino e comecei a brincar na entrada da buceta, ia na portinha do cu e voltava para buceta, ela quase implorando pedia para que eu enviasse a pica, achei bem engraçado e comecei a socar na bucetinha que era bem apertadinha,comecei a socar com força, peguei-a pelos cabelos comecei a puxar, socava com força sem dó nem piedade,e dava tapas naquele rabão, ela só gemia baixinho e gozava, nunca vi uma mulher gozar tanto,tirei da bucetinha e comecei a forçar na portinha do cu, quando encostei, parecia que minha pica tinha sido sugada para dentro daquele buraco, comecei a socar forte, ela contraia o cu fazendo ficar apertadinho, que delicia,socava e socava, ela dizia que eu era muito gostoso, que nunca tinha gozado tanto, e que se eu quizesse poderia ir toda madrugada para porta da casa dela, eu ia a loucura, nunca imaginei uma gordinha tão tesuda, gozei muito, ela simplesmente arrancou a camisinha e começou a chupar denovo e como por magica a piroca estava dura não acreditei, ela colocou um par de seios tamanho gg para fora colocou minha pica no meio e começou a punhetar com os peitos, dando umas lanbidas de vez enquando na cabeça, não demorou muito outra gozada, que delicia....
Foto Perfil a.luiz

Ficha do Conto

Escritor:
a.luiz

Nome do conto:
COMIDINHA DA MADRUGADA

Codigo do conto:
12642

Categoria:
Heterosexual

Data do Envio:
31/05/2011

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
12641 TUDO COMEÇOU NA NET E ACABOU NO CARRO Heterosexual 3
12693 MINHA ADORAVÉL TITIA Incesto 3
12697 COMENDO A TITIA (VERIDICO) Incesto 4
12729 A EMPREGADINHA(VERIDICO) Grupal e Orgias 3
12778 BOCA NÃO TEM SEXO Travesti 4
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA