Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL


Como muitos ja leram nossas histórias, vou contar agora mais uma, somos casados a 11anos, ela loira gostosona 36anos, começamos no menage no primeiro ano ja de casamento pois ja fantasiavamos qdo solteiros, atualmente fazemos menage e tbm a libero para sair sozinha, ela tem dois amantes fixos um que sabe que sei e outro que ela sai sozinha porque ele acha que eu não sei, portanto saem sozinhos, temos tambem outros amigos com quem saimos que são contatos antigos da net, mas como ela anda bem ocupada quase não arranja novos rsss, vou contar agora um encontro que aconteceu a um tempo atrás, como ja disse somos muito experientes, tivemos muitos encontros mas agora que estou tendo tempo de escrevelos.
Vou narrar a voces agora umas das situações mais tesudas pelo qual ja passei com minha esposa, ja contei a alguns amigos mas nunca a escrevi, é longa mas vale a pena.
Faz algum tempo, ainda não tinhamos nossa filha, somos de Porto Alegre e sempre veraniamos em Santa Catarina, naquele ano decidimos passar o carnaval na praia e se desse, aprontar algo, pois bem, na primeira noite de carnaval decidimos ir ao carnaval na praia da Ferrugem, para quem não conhece é um lugar de bastante jovens, pois é uma praia de surfistas, mas o mais interessante é o centrinho, são varios bares dos dois lados da rua, cada um com sua pista de dança, naquela época no carnaval era liberado a entrada nestes bares não havia cobrança de ingresso, então cada um disputava os clientes diferindo apenas pelo tipo de musica a ser tocada, mas ainda a maioria por ser carnaval tocava Axé, para nós não importava mesmo rsss. Bem como era muito calor mesmo a noite muitos homens vestiam somente bermuda ou até mesmo sunga como se tivessem saido da praia, as mulheres tbm seguiam este estilo, algumas poucas bem arrumadas para a noite, mas a maioria de bikini com alguma bermuda ou saida de praia, vendo isto minha esposa se preparou desta forma, claro com meu consentimento, fomos para o centro com ela vestindo seu bikini normal apenas com uma curta canga tapando seu bundão, ela não usa bikininhos muito indiscretos, é normal, mas como tem bstt seio qualquer bikini fica uma delicia com um belo decote. Era tanta gente que para conseguirmos apenas atravessar a rua que estava lotada de gente, se levava uns vinte minutos e a pegaçao era enorme, claro que eu e ela combinamos de irmos separados mas eu sempre a seguia por segurança e claro para admirar, ela no inicio estava meio timida, mas foi só tomar uns capetas e levar umas passadas de mão que as vezes ela nem via de quem que ja ficou toda animadinha. Depois de andarmos um pouco por lá e dela levar uns beijos de uns dois mulekes diferentes enquanto caminhava na multidão, decidimos escolher uma das pistas de dança, preferimos a mais lotada e claro a que parecia ser mais escura, nosso carro estava estacionado ja num lugar estratégico onde ela poderia ter intimidades com o escolhido rss. Então fomos para a boate, lá combinamos tudo, ela poderia escolher alguem para levar para o carro, eu observaria de longe para segurança dela mas o cara não saberia de mim, ela claro continuou com a aliança na mão o que deixa a mulecada mais tesuda ainda, ja nesta hora ela estava bem soltinha pela bebida que havia consumido, apesar do escuro eu a seguia a certa distancia sem a menor possibilidade de notarem nossa ligação visto o tumulto que era aquela pista de dança, vi que antes de escolher alguem a safada fez questão de dancar, rebolar provocativamente onde ja juntou alguns machos por perto, pelo que eu via todos jovens, naquela época ela tinha 28anos mas não aparentava pois todos sempre a acharam mais nova do que é. Ela nao chegou a dançar 20min até que um mais atrevido veio se esfregar nela e aproveitar o embalo da musica, vi que a noite seria grande quando ela tomou do copo dele o wisky, ou seja misturou bebidas o que a deixa mais tontinha rss. Foi só dançarem alguns instantes ja estavam se beijando e beijos ardentes de tesão, naquela confusão toda ninguem perceberia nada de mais pois era uma pegação geral, em pouco tempo ele a pegou pela mão e a carregou para um canto mais escuro ainda, la com ele escorado na parede os beijos eram ainda mais fogosos, eu me aproximei bastante pois nakela penumbra não dava nem para ver o rosto um do outro, vi que ele a apalpava toda enquanto a beijava, agarrava a bunda e por vezes metia a mão nos peitos, ela por sua vez sem vergonha nenhuma ou sem ao menos se imiportar com os outros meteu a mão na bermuda do cara segurando seu pau, ambos faziam movimentos ele apertando o bundão e ela manejando o pau do cara, eu ali ja louco imaginando que aquele seria o escolhido dela me surpreendi quando ela o largou falou algo no ouvido dele e saiu, ela não me viu, o cara pegou e saiu em outra direção, voltei a seguila, a achei em outro lado da pista novamente provocativa sua dança nao surtiu muito efeito então novamente ela voltou a se deslocar pois assim passava por mais machos que a agarravam enquanto ela passava, quem ja foi nestas baladas sabe que nao existe mta conversa, uma mulher sozinha passa os caras agarram mesmo, sem papo, e a maioria que esta lá sede, e assim ela fez, o primeiro que tentou ja consiguiu a beijar só que ao contrario de muitas ela ficou com o cara então a mesma coisa aconteceu, ela pegou o cara e foram para um canto mais calmo, logo os beijos eram fortes e as mãos corriam pelos corpos, novamente a safada agarrou o pau do cara enquanto ele a agarrava a bunda e novamente sem eu entender nada ela o soltou e saiu. Gente, depois descobri pois ela me contou, ela fazia isto escolhendo, ela queria um pauzudo, então ela deixava ser agarrada, provocava e metia a mão no cacete do cara, se não se agradasse do tamanho ela largava e procurava outro, safada rsss.
Este ciclo aconteceu por tres vezes, ela pegou um carinha levou pro canto agarrou e largou, eu ainda sem entender direito imaginava que os caras não estavam querendo ir para o carro fuder ela, mas não, no quarto cara que a agarrou eu vi que a coisa esquentou, ela logo meteu a mão no pau do cara por cima da bermuda mesmo e ficou agarrando por instantes, mas ao invés de o largar se entregava mais as beijos do safado, o cara era moreno meio mulato depois vi, mais alto que eu que tenho 1,8m e fortão bem como ela gosta, ela largou o pau dele mas ele não a largava, beijava ela agarrando a bunda com as mão ja por baixo da canga, ainda fez com que o resto do bikini dela entrasse todo no rabo fazendo um fio dental, eu que observava fixamente notava tudo isto, mas o pessoal por perto não davam a minima bola, mesmo pq naquele canto existiam mais casais em arretos semelhantes, certa hora minha esposa virou de costas para o macho e agora novamente dançava esfregando o rabão branco naquele moreno grandalhão, e o safado sem vergonha alguma beijava ela por traz e manusiava seus peitos descaradamente, por vezes agora eles conversavam então eu via que nossa fantasia se realizaria pois ela estava o convidando para ir para nosso carro, não demorou muito ela o puxou pela mao pista afora, eu os segui bem de perto até, mas como estava atras ela nem percebeu, a caminho até o carro não era longo mas demorou a passarmos a multidão na rua, o comedor ainda a agarrava a protegendo dos outros e a coxando enquanto caminhavam apertados pelo meio dos outros, assim que sairam do meio da multidão o carro estava no estacionamento que não era nada mais que um terreno baldio com bastante arvores, tbm estava lotado e ninguem alem do guarda da porteira cuidava, eu agora me mantive mais atrás para que nao fosse percebido, mesmo vendo que nem ele nem ela davam bola para isto, pois outros vinham e iam pelo caminho e mesmo assim eles se beijavam e o safado não tirava a mão do bundão dela, quando chegaram perdo de nosso carro, eu fiquei tres fileiras de carro atras, ela pegou a chave pendurada no bikini, abriu pelo alarme e antes mesmo de entrar ele ja retirou a canga dela, a deixando só de bikini com ele enfiado no rabo, como disse antes o carro estava no fundo do pátio onde não havia movimento, eles ainda se agarravam do lado de fora, eu consegui me posicionar mais perto e os via por meio duns arbustos agora, ela ja estava com os seios a mostra, ele a beijava agarrando os dos peitões e por vezes baixava e sugava com vontade os peitoes de minha esposinha, ela safada nao tirava a mão do pau do cara mas ainda por cima da bermuda, depois de um tempo eles entraram no carro, então cheguei perto o mais que pude e vi que a safada deveria estar chupando o pau dele, não demorou muito o banco do carro ja estava sendo deitado e ela tava partindo para cima dele, pelo que conheço de minha esposa ja estava louca por uma gosada depois de tanto amasso e assim foi, ela me disse depois que o cara tinha um pau de bom tamanho muito duro que foi ela sentar ja se acabou toda, mas ele continuou metendo, então logo ela estava pronta para outra, eles tentaram mudar de posição pois ele queria ela de quatro, mas como ele era muito grande não tinha como, então o safado abriu a porta do carro, na maior cara de pau deixou minha esposa de quatro com o rabão virado pra for a do carro e ele de pé na porta ficava quase da altura certa, tendo que pouco se abaixar para encaixar a pica na minha puta, assim que ele enfiou sem nem um pouco de delicadeza pela primeira vez eu ouvi os gemidos dela ele metia e batia no bundão e ela correspondia com gemidos deliciosos, assim como eles eu tbm nao percebi se alguem mais via pois a cena era deliciosa, o safado se agarrava na porta e no teto do nosso carro para fudela ainda mais forte ela por sua vez se agarrava ao banco e a direção para aguentar e ainda empurrava a bunda para trás, bem, a foda não demorou tanto, logo o cara gosava gemendo e ela pelo geito tambem gosou ali de quatro, vi os movimentos dele acabando então o cara segurou a camisinha junto com o pau e retirou, pude ver então que o pau deveria ter uns 20cm, o cara se escorou no carro enquanto ela arrumava o bikini que tinha sido apenas arrastado para o lado, ela tbm saiu do carro com os peitoes ainda de fora, o cara jogou fora a camisinha elogiou ela enquanto ela se arrumava botando ja a canga tbm, achei que eles iriam ficar no carro namorando e descançando mas não, depois que se arrumaram voltaram para a festa, agora não tão mais com aquele tesão todo mas ainda juntinhos, então achei que ela iria curtir um pouco mais o namoradinho mas não novamente ela me surpreendeu, chegando na pista, ela beijou ele e saiu de perto, então eu pensei que iria me procurar para irmos embora, fui atrás dela para que ela me visse, disse que a tinha perdido fingindo não saber o que tinha acontecido, então ela disse ' O PRIMEIRO JA FOI, MAS QUERO MAIS É CEDO AINDA TA AMOR? eu só concordei sem esperar o que ainda estava por vir, ela pegou outra bebida, agora um keep cooler e foi pra pista, fui atras e logo ja via outros homens a notala, até que novamente um a beijou ela correspondeu mas pelo que vi não gostou pois nem o levou a um canto, vi que foi ele a agarrar e beijar, ela ja levou a mão no pau do cara, novamente foi desclassificado rssss, pois ela o deixou na hora, enquanto ela caminhava a procura de outro macho me distrai e a perdi de vista, isto deve ter levado uma meia hora, ja estava ficando ancioso demais por não encontrala, procurei nos dois lugares que ela tinha agarrado os outros e nada, então decidi ir para perto da saída do bar, iria esperar um pouco e se não a visse iria ver no carro, mas isto poderia levar tempo, para minha sorte pouco fiquei na porta do bar e a localizei, na verdade ela quase me localizou, ja estava com outro cara pela mão o arrastando para nosso carro, depois perguntei a ela quantos ela havia PROVADO rss e ela disse nem lembrar mas deveria ter sido um 3 ou 4 rsss, como disse ela passou por mim sem me ver com o cara pela mao e fizeram o mesmo caminho até o carro, este parecia mais timido, era menor e não cheguei a ver o rosto, era branco tambem, ao chegarem no carro ela abriu e desta vez entraram direto, eu me posicionei e pude até chegar mais perto, o banco do carona ja tinha ficado abaixado e pude ver minha esposa xupando o pau do cara, claro q nao via detalhe nenhum só via a cabeça dela subindo e descendo, imaginava o tesão que ela deveria estar ou o estado de embriaguez rss para estar ali fazendo um boquete naquele estranho, não por ser estranho mas por não ser como ela gosta num motel, depois do cara lavar bem o pau, com aquele calor que estava e tudo mais o pau do cara não deveria estar muito cheiroso rsss, cheguei a cobrar isto dela no outro dia mas ela disse que nem percebeu, o boquete não demorou logo ela estava novamente montando em cima do cara, via ela mexendo com vontade e com dificuldade pelo aperto que era estar ali cavalgando no banco, pela intensidade das mexidas dela percebi que ela deveria estar gosando apesar de depois qdo ela tentou me contar os detalhes das fodas ela nem lembrar em que momento gosou com este segundo cara ai, mas como disse vi ela mexendo intensamente e logo caindo cansada por cima do corpo do cara, ele por sua vez dpois de dar um tempo para ela se recuperar partiu para cima dela, trocaram de posição agora ela ficando por baixo num papai e mamae, pude ver a safada escorando um dos pézinhos no parabrisa do carro enquanto o cara mexia intensamente o pau nas suas entranhas pois novamente era um cara dotado que a comia, tinhamos um estoque de camisinhas dentro do carro mas não esperava que fosse para usalas assim rsss, vi qdo o cara cessou os movimentos certamente terminando de gosar dentro dela, dpois ele caiu no banco do motorista e novamente vi a cena dum maxo jogar fora uma camisinha usada pela janela de nosso carro, era verão claro na rua era freskinho mas dentro do carro certamente nao tanto, me assustei qdo escutei nosso carro dar partida, mas logo vi que a intenção era ligar o ar condicionado pois o pouco dos vidros que eles haviam aberto agora estavam fechados, achei que logo eles sairiam mas não este comedor agora ganhava um novo bokete, minha puta agora fazia a limpeza no pau do macho que havia acabado de fudela, eu não ouvia nada ainda mais agora com o carro ligado, mas via os movimentos da cabeça dela e pelos movimentos até dava para ter uma ideia do tamanho do pau que ela chupava, vendo ela chupar achei que logo ela sentaria no colo dele mas não, a safada fez o que o amante pediu, um bokete até o fim, isto mesmo, ela chupou o safado até ele gosar na boca dela, e olha que ele havia acabado de fudela, nem sei qto tempo levou mas demorou um pouco, ela alternava xupadas no pau, com punhetas enquanto o beijava, e foi com a rapidez do movimento dela que notei que do beijo ele havia ordenado q ela que o xupasse pois estava gozando e assim foi ela rapidamente desceu a cabeça e xupava enquanto punhetava e extraia toda porra que o safado ainda tinha, ela me disse que mesmo na segunda foi uma bela gosada, saiu ainda uma boa quantidade de porra que a safada novamente me surpreendeu engolindo tudo coisa que geralmente ela não faz, até dxa gosar na boca mas geralmente joga fora. Esperei por uns minutos até que eles sairam do carro e foram na direção de onde vieram, me aproximei do carro e ainda observei a camisinha ali cheia de porra do macho que havia acabado de fuder minha esposa, vi do outro lado a outra camisinha tbm do primeiro a fudela, mas nao me demorei, fui atraz dela para irmos embora, isto deveria ser 2e30 ou 3 da manha, demorei a passar pelo pessoal que ainda lotava a rua, quando cheguei no bar a procurei no balcão e não a encontrei então fui para a pista, imaginei que ela estava namorando o ultimo comedor mas para minha nova surpresa ela estava sozinha e dançando ja com um outro cara, fiquei boquiaberto pela sua disposição e vi que novamente ela bebia e quando ela bebe se descontrola mesmo rss, novamente a vi dispensando o cara, ainda não sabia que ela fazia isto porque o cara nao era dotado ainda imaginava que ela fazia isto pq o cara havia se recusado a ir pro carro com ela, e assim foi, tbm a perdi e ja estava cansado mesmo de a seguir então fui para a saida do bar, até que ela passou novamente, mas pasmem gente, agora ela passou com dois, é verdade, este conto é real, acho q se eu lesse não acreditaria rss, mas isto mesmo ela passou com dois caras, um bem novo, deveria ter uns 18 anos no máximo, o outro um pouco mais velho pequeno, o que ela levava pela mão este novinho era um daqueles surfistas sarados, não era tão alto mas era bem musculoso mesmo, depois soube que quando ele chegou nela que se beijaram, ela partiu pra cima dele e meteu a mão no pau do muleke, disse que quando deu uma endurecida em sua mão ela se apavorou não pelo comprimento que deveria ter uns 20cm, o que ja seria ótimo, mas ela se tarou na grossura, me disse ela depois que o pau era cabeçudinho mas era imensamente grosso do meio para a base, que a base do pau não cabia em sua mão, e isto fez a buceta dela pulsar de desejo, claro que ela queria mais arreto mas achou que não iria fuder mais que iria só agarrar mais uns homens na pista, mas qdo pegou no pau daquele carinha com cara de criança e com aquela ferramenta ela decidiu que teria que dar para ele, então quando ela convidou ele para o carro, o outro amigo dele que estava junto saiu atraz, nem ela nem o garoto imaginaram que ele iria atraz deles, eles acharam que o cara tava indo embora, então eu os seguia agora meio que assustado, quando chegaram no estacionamento que o outro entrou junto com o casal, vi que eles conversavam, o garoto gesticulava bastante e o outro mais velho tambem, minha esposa parecia não se meter, até que demorou tanto que vi que ela falou algo no ouvido do muleque e então os tres foram em direção a nosso carro, vi que ela iria fuder com os dois mas ainda não acreditava na safadeza dela, na cara de pau como que ela tinha conseguido, depois ela me contou que foi sem querer, o mais velho era conhecido do mais novo mas ja havia observado ela com outros caras, e como ela ia sair com o amigo dele ele tambem queria fuder com ela, o muleque foi contra, pediu que ele os deixassem a sós, mas ela fingindo querer apasiguar os animos falou para o muleque que faria o desejo do amigo dele para que ela pudesse ficar logo a sós com o muleke e ele a atendeu. Quando chegaram no carro eu ainda nao entendia como ela faria com dois ali dentro, mas logo vi que não seria assim, não escutava o que eles falavam, ele conversaram um pouco o mais velho ja partiu pra cima dela a agarrando por traz, ela se agarrava no mais novo fortão e eu via que o muleque não estava a vontade com aquilo, eles foram para o lado do carro que ficava mais escondido para quem passava e logo vi o mais velho tirando a canga e em seguida o bikini da minha esposa que beijava ardentemente o mais novo, gente eu daria tudo para ter minha maquina fotografica para poder filmar aquela cena, o mais velho a pelou e se esfregava nela mas ela parecia nem dar bola para ele, só se interessava pelo outro que escorado no meu carro a beijava, ela claro ja agarrava o pau do muleque ainda por cima da bermuda, ela só deu atençao ao mais velho quando ele baixou a bermuda e agora a coxava meio sem geito por traz, então eu agora via ela levar a mão para traz e agarrar tambem o pau do outro, para ela aquilo deveria ser o máximo pois ela adora ter dois homens, imagina assim com dois estranhos que nem o nome deveria saber(do mais novo depois ela soube mas do outro nunca perguntou ou teve curiosidade) vi que o outro a puxava para ele, e meio que sem querer ela largou o garotão e virou para o mais vellho, não demorou ela estava se abaixando e iniciando um boquete naquele desconhecido, eu de minha posição conseguia ver o suficiente, ele não era dotado, talvez pouco maior que o meu que é pequeno, mas a puta o xupava, deveria estar sentindo o cheiro de mijo de pau sujo que ela tanto diz não gostar, pois a aquela hora da noite duvido que eles ja nao tivessem urinado mais de uma vez até, eu pensava isto e via que mulher que eu tenho e o que a bebida faz rsss, pois saibam que mesmo mamando o outro safado ela nao largava o pau do garotão mesmo ainda por cima da bermuda, até que ela pegou o mais velho e o posicionou escorado no carro ao lado do garoto, e assim continuou o boquete mas agora enquanto xupava o mais velho ela liberava o cacete ja duro do garotão, eu como estava a uma certa distancia não notei nada de anormal no pau, mas vi quando ela iniciou o boquete nele tambem que ela tinha dificuldades, que ela demorava mais no pau do garotão, claro pois no dele ela conseguia por pouco mais que a cabeça na boca, eu escutava algumas palavras e gemidos do mais velho mas não identificava o que ele dizia, a não ser as classicas CHUPA PUTA tbem via os protestos do mais velho quando ela dedicava mais tempo ao bokete no garotão e ficava só punhetando ele, notei que ela queria que o mais velho gosasse logo na punheta mas o safado não o fez, e pela primeira vez pude escutar mais claramente o que ele falou a ela e digo que eu que imaginava que meu coraçao nao pudesse mais se acelerar senti ele dar um pulo enorme quando o safado falou alto e claro para ela DEIXA EU TE FUDER ANTES QUE ELE TE RASGUE TODA então eu pude enfim perceber o porque da preferencia dela por aquele garoto que apesar de bonitão de corpo não parecia ser um grande fudedor pelo fato de estar bem timido mesmo quando ela o xupava, ela então pegou o bikini que estava no teto do carro o abriu e foi ao porta luvas pegar as camisinhas, assim que as pegou ainda sentada no banco do motorista fez mais um bokete no safado mais velho que esfregavao pau na cara dela, pude ver ele fudendo a boca dela enquanto o outro assistia agarrado no pau, ah esqueci de dizer que eu a estas horas ja estava na terceira punheta cuidando para não gosar, lembro de uma hora que um casal veio pegar um carro proximo a mim, fingi que estava urinando, o casal nem viu a cena que a poucos metros dali se passava, minha esposa agora colocava a camisinha no mais velho vi que novamente conversaram, ela ficou na posição que havia ficado para o primeiro macho da noite que foi de quatro no banco do carro enquanto o macho de pé do lado de fora a penetrava, e assim o mais velho a penetrou, ele metia desageitadamente as vezes devagar as vezes mais rápido não demorou muito apartir de um pedido dela o garoto fez a volta e entrou na porta do caroneiro se sentando no banco e feixando a porta, claro que nesta posição ela delirava pois estava sendo penetrada pelo mais velho enquanto se deliciava fazendo um bokete no garotão dela, o mais velho aproveitava a posição e comia minha esposa que deveria estar ja muito arreganhada e molhada facilitando a penetração, achei que ele iria gosar logo mas o cara era safado estava prolongando o goso, vi uma hora que ele tirou o pau e ficou acariciando o bundão de minha esposa, nesta hora depois ela me disse que ele queria meter no rabo dela, ela claro não queria, mas na ansia de fazelo gosar para poder desfrutar do pauzudão que ela xupava ela ficou quieta sem dizer não e quem cala consente, então o cara que a penetrava agora cuspia no rabo de minha esposa e enfiava um dedo em seu cu, como ela aguentou calada logo ele estava a penetrando no rabo, eu nao via claramente, mas pelos gestos e pela demora na nova penetraçao e nos movimentos mais demorados dele vi que ela estava sendo enrabada e vendo isto sabia que ela deveria estar tendo muito prazer para permitir, o cara com o tempo comia o cu dela rapido, mas novamente segurava o gozo, a posição para ele tambem nao estava das melhores pois tinha que ficar meio com as pernas dobradas, então vi ele puxando ela para fora do carro, achei que ele iria tirar a camisinha e pedir pra ela finalizar com um boquete mas me enganei, ele pegou minha esposinha puta, que estava pelada da cintura para baixo e com os peitoes para fora do bikini e a levou a frente do carro, então fez a puta se deitar no capo ficando com o rabo a sua disposição e na altura perfeita, la ela disse que ele novamente a penetrou na buceta mas por pouco tempo logo ja tava cuspindo na bunda dela e comendo seu rabo que aceitou aquele pau tranquilamente, ela agora estava toda deitada no capo com os peitoes prensados e gemia mais alto, por vezes eu escutava ela reclamando mas como ela faz quando ta gostando AI MEU CU SEU SAFADO e isto deixava o cara mais louco ainda, o mais novo continuava sentado no banco do carona assistindo minha mulher ser currada no rabo, e ela falava coisas mas sempre sem tirar os olhos do muleke la dentro, desta vez o comedor não aguentou muito logo metia forte e pude escutalo dizendo TO GOSANDO e dela tambem pude ouvir GOSA GOSA NO MEU CU e assim ele fez, as metidas dele faziam até o carro balançar até que foram cessando cessando e ele caiu com o corpo sobre o dela, não demorou desta vez ela que saiu de baixo dele, fiquei cuidando a camisinha e pude perceber que a camisinha havia ficado no rabo dela, pois ela tirou o pau dele do cu, e ao inves dele tirar a camisinha do pau vi ela levando a mão a bunda e puxando, novamente atirando quase sobre a outra, a do segundo comedor rssss. não sei o que ela falou para o cara mas ele guardou o pau, falou algo ao outro e foi embora, enquanto isto ela entrava na porta do motorista para dar atençao ao seu preferido que ainda estava ali, gente agora eu via que ela não estava naquela ancia de gosar, ela ficou beijando bastante o muleque bem carinhosa e claro punhetava o pauzão dele, demorou até que ela partisse pra cima dele, vi que a penetraçao foi dificil pois ela demorou a se acomodar sobre ele e demorou mais ainda a começar a mexer, depois ela me contou que mesmo estando molhada e ja larguinha foi dificil aguentar a grussura, ela comparou a meu pulso a parte mais grossa do caralho dele, mesmo depois de ter deitado seu corpo sobre o do cara ela não mexia freneticamente, ela mexia devagar sempre o beijando, parecendo que agora ela não fazia sexo e sim fazia amor com ele, isto me deu mais tesão pois percebi que apesar da longa noitada ela estava curtindo muito ele certamente mais que os outros, e assim foi, depois ela me contou que demorou a conseguir aguentar todo o pau principalmete a base na buceta mas que aquilo a enlouquecia, aquela grossura toda a deixava maluca, a deixava como ela gosta de ficar se sentindo toda preenchida, e alem daquele pauzão a inocencia a timidez e o corpo perfeito do cara a excitavam demais tambem, foi a foda mais demorada da noite, eu ja estava até cansado de esperar, ja estava desistindo de ficar ali e iria me retirar, iria a esperar no balcão do bar onde haviamos combinado caso nos separassemos mesmo naquela noite, então vi que ela atirou outra camisinha pela janela, agora para o outro lado rsss, se contaram como eu contei rsss, era a quarta, duas para cada lado do carro rsss, então decidi esperar mais um pouco para que eles saissem mas nada, estavam demorando demais, vi que ela mesmo depois de atirar a camisinha fora ainda estava sobre ele imaginei que ele estivesse dando outra foda nela então impaciente decidi me aproximar mais, fiz de conta que iria passar do lado do carro mas fui bem devagar, então pude ver que ela estava deitada sobre ele mas não estavam fudendo, depois ela me contou que chegou a adormecer em cima dele, o rádio estava ligado e ja deveria ser 4 da manha, observei um pouco eles e então fui para o bar, fui para o balcão se passaram mais uma meia hora e nada deles, achei q teria que voltar, cheguei até a agarrar uma gatinha la no bar, mas como nao dava para ficar com ela e cuidando qdo eles voltassem eu a larguei, e então passados uns cinquenta minutos depois que eu sai eles entraram no bar, agarradinhos como namorados, passaram por mim ela então me viu e fez sinal que ja voltava, levou o cara para outro canto, falou a ele que iria no banheiro e veio me encontrar, eu achei que finalmente iriamos embora eu ja estava cansado, imagina ela? Mas não ela me falou dele, que ficou impressionada, que ele era muito gostoso e tinha convidado ela para passar o resto da noite no quarto que ele havia alugado, nem acreditei, o convite até entendia partindo dele mas nunca imaginei que ela quisesse aceitar, mas vendo tudo como ela preparou lógico que notei que ela queria, senão ela diria não e o teria dispensado nao precisava mentir que iria ao banheiro, então ela perguntou a mim o que eu achava, eu disse que ela ja havia me respondido pela sua atitude de não dispensalo depois da foda, mas que como haviamos combinado de aprontar bastante naquela noite eu permitiria sim que ela fosse para casa dele, se não me engano aquela foi a primeira vez que ela foi ficar com um comedor assim numa noite, mesmo que noite quase ja nao fosse rsss, ela me abraçou rapidinho mas não me beijou rsss pude sentir o cheiro do suor dela misturado com o cheiro dos outros pois havia cheiro de homem nela, então ela me disse no ouvido, amanha te ligo pra ti me buscar e vou estar bem do geito que tu gosta, bem larguinha pois ele é um cavalo, mau pau subiu na hora, então ela saiu toda contente, logo ela ja voltava abraçadinha no garotão e saiam do bar, ah, claro que na hora do papo com ela ela me passou a chave do carro rss, eu ainda sai atras deles e os segui, vi quando eles entraram numa chamada pensão bem no centro da praia da ferrugem a poucos metros de onde estavamos, era uma pensão para jovens, haviam só solteiros ali, mas claro era liberado acompanhantes, depois soube que nem banheiro no quarto dele havia, mas esta é uma nova e delicosa outra historia que escreverei após publicar esta que ja esta longa demais rsss.
publico aqui fotos de minha esposa com amigos, claro que não são deste conto pois não fotografei.
DUAS FOTOS SÃO COM AMIGO NEGRO E A OUTRA DA BUCETA GOSADA É FOTO COM O AMANTE FIXO QUE ELA TEM QUE GOSA DENTRO, FOTO QUE ELE MESMO RETIROU DEPOIS DE COMELA E ME ENVIOU.
Foto Perfil Cacolabin

Ficha do Conto

Escritor:
casalsul

Nome do conto:
ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL

Codigo do conto:
14557

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
07/12/2011

Quant.de Votos:
6

Quant.de Fotos:
3

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us
Foto 1 do Conto erotico: ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL

Foto 2 do Conto erotico: ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL

Foto 3 do Conto erotico: ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL




Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: Marcelo BA em: 22/08/2013
Delicia, voces iam amar o carnaval de salvador

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
12040 Amigo Negro la em casa Traição/Corno 8
12342 Amante da esposa la em casa. Traição/Corno 9
12371 Minha esposa me fazendo surpresa(Verídico) Traição/Corno 12
12436 Esposa perdendo(realmente) o cabaço do rabinho. Traição/Corno 11
12469 INICIANDO A ESPOSA NO MENAGE(VERIDICO) Traição/Corno 12
12479 PROSTITUINDO A ESPOSA(PRIMEIRA VEZ) Traição/Corno 6
12578 PROSTITUINDO A ESPOSA (NOVOS CLIENTES) Traição/Corno 6
12645 ATUAL AMANTE O INICIO Traição/Corno 3
12666 OUTRO CLIENTE DE MINHA ESPOSA Traição/Corno 6
12709 ESPOSA TRANSANDO NA FESTA Traição/Corno 5
13013 MINHA ESPOSA COM DOIS AMIGOS Traição/Corno 6
13169 NEGRO GOSANDO NA MINHA ESPOSA(REAL) Traição/Corno 4
13171 AMIGO NEGRO LA EM CASA(EDITADO) Traição/Corno 4
13325 ESPOSA TRANSANDO COM ESTRANHO Traição/Corno 0
13603 AMANTE FIXO EM CASA A SÓS COM ELA Traição/Corno 4
13769 ESPOSA SENDO GOSADA NA FESTA Traição/Corno 4
13955 ESPOSA DANDO NO CARRO EU DIRIGINDO Traição/Corno 5
14253 ESPOSA PASSANDO FINAL DE SEMANA COM AMANTE Traição/Corno 1
14729 ESPOSA TRANSANDO COM OUTROS NO CARNAVAL PARTE2 Traição/Corno 3
14935 QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA Traição/Corno 3
14949 QUARTO MENAGE COM MINHA ESPOSA(CONTINUAÇÃO) Traição/Corno 2
15094 ESPOSA TRANSANDO GRÁVIDA DE 7MESES Traição/Corno 10
15096 PRIMEIRO AMANTE DO TRABALHO DELA Traição/Corno 2
15216 ESPOSA TRANSANDO COM EX NAMORADO(VINGANÇA DELA) Traição/Corno 2
15259 ESPOSA TRANSANDO COM UM COROA Traição/Corno 2
15968 PRIMEIRO SWING DO CASAL Traição/Corno 2
16110 PRIMEIRA VEZ DA ESPOSA SOZINHA COM AMANTE Traição/Corno 1
16607 ESPOSA SOZINHA COM DOIS AMANTES Traição/Corno 5
16627 ESPOSA CEDENDO A CHANTAGEM DO COLEGA Traição/Corno 3
16934 PRESENTE PARA O AMANTE(primeira parte) Traição/Corno 0
16966 PRESENTE PARA O AMANTE(Segunda parte) Traição/Corno 0
18111 SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO Traição/Corno 6
18115 SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE FIXO parte2 Traição/Corno 4
18295 SEGUNDA NOITE DA ESPOSA COM SEU AMANTE PARTE3 Traição/Corno 1
19314 ESPOSA FUDENDO COM AMANTE E AMIGO DELE Traição/Corno 2
19938 ESPOSA DANDO PARA COROA Traição/Corno 5
20767 ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 1 Traição/Corno 10
20768 ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 2 Traição/Corno 4
20769 ESPOSA DANDO EM PRAIA DE NUDISMO 3 Traição/Corno 3
22017 ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO Traição/Corno 7
22018 ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO3 Traição/Corno 2
22019 ESPOSA COM MACHO QUE CONHECEMOS PRAIA DE NUDISMO4 Traição/Corno 9
23307 ESPOSA SE PROSTITUINDO (VERÍDICO) Traição/Corno 7
25452 ESPOSA DANDO NO ANO NOVO. Traição/Corno 16
26816 O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA Traição/Corno 11
26852 O VERDADEIRO PRIMEIRO AMANTE DA ESPOSA 2 Traição/Corno 4
27032 NAMORADA DANDO PARA AMANTE NO WC DA FACULDADE Traição/Corno 2
27652 ESPOSA COM AMANTE NO ESTACIONAMENTO(REAL)25/03 Traição/Corno 6
28366 ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 1 Traição/Corno 11
28367 ESPOSA PASSANDO FIM DE SEMANA COM COMEDOR 2 Traição/Corno 6
29811 ESPOSA COM NOVO AMANTE Traição/Corno 7
30123 ESPOSA LEVANDO LEITE DE DOIS AMANTES 1º VEZ REAL Traição/Corno 2
31212 PRIMEIRO ANAL DA ESPOSA COM O NOVO AMANTE Traição/Corno 10
33094 ESPOSA SENDO GOZADA POR DOIS AMANTES NO MESMO DIA Traição/Corno 15
33572 DOIS MACHOS PARA MINHA ESPOSA Traição/Corno 7
33828 ESPOSA DANDO NO CLUBE Traição/Corno 10
35340 PRIMEIRO ANAL COM DOTADO(EDITADO) Traição/Corno 11
36240 Esposa com Amante e Amigo dele Traição/Corno 5
36901 ULTIMA IDA NO AMANTE PREFERIDO DELA Traição/Corno 6
37954 ESPOSA COM AMANTE COLEGA DE TRABALHO Traição/Corno 7
43296 HISTORIA CONTADA PELO COMEDOR DELA, BEM DIFERENTE. Traição/Corno 8
43645 DANDO PRO AMANTE NA ESCADARIA DE SHOPING Traição/Corno 7
46418 ESPOSA DANDO NO CARNAVAL 2014 Traição/Corno 10
49872 Primeiro anal com Dotado(a força) Traição/Corno 4
50214 ESPOSA GRITANDO NA VARA DO AMANTE EM NOSSA CASA Traição/Corno 11
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA