Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Meu carnaval em 2012


Meu carnaval em 2012

Sozinha em casa, esperando a hora de ir pro baile de carnaval, fazia um puta calor, e eu fazendo a felicidade do prédio da frente, andando so de calcinha pelo apartamento, com as janelas escancaradas...rss.
Eu me deliciava so de saber que alguns homens me olhavam e vários deles se masturbavam por minha causa.
O calor estava insuportável e eu andava da sala para a varanda, para a cozinha, quarto, indo e voltando. Meu corpo todo suado. Meus braços, minhas costas, minha barriguinha, minhas coxas estão deliciosamente suadas.
Eu não consiguia parar de pensar em sexo. O tesão enxarcava a minha calcinha. Nessa hora eu fui no banheiro tomei um banho pra me acalmar e quando sai eu cheguei perto da varanda, só de calcinha
e meio distraída escovando os cabelos. Passados alguns minutos percebi que um dos pedreiros da obra estava me olhando. Senti novamente um calor pelo corpo todo. Ele ficou alisando o cacete por cima da calça, me comendo com os olhos e passando a língua nos lãbios. Sai da varanda e entrei pra não provocar mais ele e tentar me acalmar de fez. As meninas me ligaram e logo combiinamos tudo.
Minhas amigas e eu decidimos ir a um baile de carnaval no centro da cidade que sabíamos que era o mais badalado no carnaval.
Fui fantasiada de odalisca. Na parte de cima um bustiê azul claro da mesma cor e tecido da saia com bordados de lantejolas e misangas. A saia que era de cetim azul claro e transparente, com várias aberturas aberturas nas laterais das minhas pernas na frente e atrás, presa pela minha cintura com um cós de elástico. Por baixo da fantasia eu apenas vestia uma calcinha de renda azul também, bem cavada que me deixava poderosa mais um véu azul tampando a minha boca...rsss. e é claro, descalça! Bom, chamei um táxi e fui pra lá me encontrar com a galera. Quando cheguei, vi que estava bombando. Muita gente na entrada se acotovelando pra passar pela porta principal. Fui entrando e me enfiando no meio daquele povo, quando derepente um cara ficou atrás de mim e à medida que a gente andava naquele aperto, ele começou a me abraçar por trás, me apertando gostoso. Suas mãos começaram a passear pelo meu corpinho e comecei a sentir uma coisa dura se esfregando na minha bundinha. Não olhei pra trás mas percebi que era um cacete considerável. Quando eu ficava as vezes na ponta dos pés pra olhar melhor, ele aproveitava e encaixava aquela coisa dura bem embaixo das minhas polpinhas fazendo eu me esfregar mais ainda nele quando voltava os pés para o chão.
Aquilo me deu um fogo enorme no corpo, meu cuzinho piscava sem parar de tanto tesão e a minha xaninha já babava por dentro da calcinha. Pior, fui andando espremida entre as pessoas com aquele baita cacete duro encostado no meu bumbum por uns 10 minutos até conseguir entrar. O tal cara tarado se esfregou tanto que a minha calcinha entrou no reguinho me dando mais tesão ainda.
Quando me vi livre dele, arrumei a calcinha disfarçadamente e fui para o salão. Encontrei apenas tres das minhas amigas. Enquanto dançava e andava junto com elas muitos caras tentavam conversar conosco e alguns eram mais atrevidos e tentavam dar uma passada de mão na minha bundinha empinada. Todo mundo sabe que no carnaval ninguém é de ninguém, né? Por isso eu nem liguei.
Enquanto eu pulava, reparei que toda hora alguem ficava atras de mim me encoxando, não dei bola afinal estava muito lotado. Derepente essa pessoa encosta e sinto um volume grande, era o mesmo cara da entrada so que dessa vez ele encostava e sarrava mesmo, olhei pra trás e séria pra ele e virei e continuei a pular. Não demorou e ele fez de novo so que dessa vez me segurou pela cintura e me apertou pra valer ao encontro do corpo dele me fazendo sentir aquela coisa grossa e dura se encaixar bem no meu reguinho. Me afastei na hora com medo de alguem ter visto, mas todos pulavam, cantavam e tauz. Mas ele não desisitiu e quando dei por mim o braço dele ja tava todo na minha cintura e ele bem coladinho ja arriscando uns cheirinhos no meu pescoço, ia me arrepiando e gostando da brincadeira enquanto ele pulava e dançava se esfregando na minha bundinha. Depois de um tempo ele tirou o meu cabelo da minha nuca já toda suada, deu uma lambida e um beijinho me fazendo ficar toda arrepiada e falou no meu ouvido: - Tá sentindo como eu estou por sua causa? Como eu não respondi ele ainda disse que eu tava demais fantasiada de odalisca e que muitos caras gostariam de estar no lugar dele.
Naquela hora eu notei que ele estava meio bebado, mas percebeu que eu estava gostando, derepente ele falo no meu ouvido:- Vamos pra um cantinho escondido, quero te mostra uma coisa!
Eu sem me virar, respondi que não podia porque estava com umas amigas e que não era o que ele estava pensando.
Então, o filho da puta encheu a mão com a minha bundinha e falou: - Ah! É assim? Então tchau! E saiu de trás de mim, indo não sei pra onde.
Uma das minhas amigas percebeu o meu susto e perguntou: - Tudo bem aí? Eu respondi que sim meio sem graça e ela continuou: - Quem era aquele negro alto, forte e lindo que estava com você? Eu ri e respondi que nem tinha visto o cara, mas que ele tinha tirado uma casquinha de mim e depois saiu de perto. Ela falou: - Vamos beber alguma coisa? Acenei que sim com a cabeça e saimos dali em direção ao bar. No caminho tomamos , muitas encoxadas, mãos bobas e cantadas até chegarmos no bar.
O suor escorria por todo o meu corpo e o tecido da fantasia até grudada um pouco me incomodando.

(continua)

   
Bjus
Cinthia


                                

Foto Perfil cinthialamarck

Ficha do Conto

Escritor:
lamarck

Nome do conto:
Meu carnaval em 2012

Codigo do conto:
16254

Categoria:
Heterosexual

Data do Envio:
09/03/2012

Quant.de Votos:
9

Quant.de Fotos:
3

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us
Foto 1 do Conto erotico: Meu carnaval em 2012

Foto 2 do Conto erotico: Meu carnaval em 2012

Foto 3 do Conto erotico: Meu carnaval em 2012




Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
11493 Na praia...com meu meio primo Heterosexual 52
11516 Na praia...com meu meio primo (final) Heterosexual 56
11558 O Eletricista tarado - início Heterosexual 36
11559 O Eletricista tarado – final Heterosexual 29
11678 Aula de Judô Heterosexual 23
12219 COMEU MINHA MÃE E EU Heterosexual 76
12220 COMEU MINHA MÃE E EU (parte2) Heterosexual 63
12256 COMEU MINHA MÃE E EU (final) Heterosexual 96
12716 Meu Baby Doll Heterosexual 28
12717 Meu Baby Doll (Segunda parte) Heterosexual 21
12718 Meu Baby Doll (final) Heterosexual 25
12787 QUANDO FICO NO CIO! Heterosexual 24
12931 Na cachoeira Heterosexual 13
13102 Quando fico no cio...afff! Final Heterosexual 19
13215 Na cachoeira (final) Heterosexual 17
13389 Fiquei espetada no cacete dele Heterosexual 19
13411 Fiquei espetada no cacete dele 2 Heterosexual 9
13445 Fiquei espetada no cacete dele 3 Heterosexual 12
13471 Fiquei espetada no cacete dele final Heterosexual 22
13610 Minha mãe falou...eu fiz Heterosexual 22
13641 MINHA MÃE FALOU EU FIZ! 2 Heterosexual 13
13663 MINHA MÃE FALOU...EU FIZ! 3 Heterosexual 10
13725 MINHA MÃE FALOU...EU FIZ (FINAL) Heterosexual 25
13954 A piriguete do funk Heterosexual 16
14003 A piriguete do funk 2 Heterosexual 9
14044 A piriguete do funk 3 Heterosexual 12
14173 A piriguete do funk 4 Final Heterosexual 18
14525 CHOREI NO CACETE DELE Heterosexual 24
14744 CHOREI NO CACETE DELE 2 Heterosexual 25
14771 CHOREI NO CACETE DELE 3 Heterosexual 14
14862 CHOREI NO CACETE DELE 4 Heterosexual 14
14934 Chorei no cacete dele - final Heterosexual 21
15458 O tiozão de 55 anos Heterosexual 15
15586 O tiozão de 55 anos (1) Heterosexual 8
15650 O tiozão de 55 anos (2) Heterosexual 8
15680 O tiozão de 55 anos (3) Heterosexual 12
15758 O tiozão de 55 anos (final) Heterosexual 11
16428 Meu carnaval em 2012 (2) Heterosexual 5
16478 Meu carnaval em 2012 (3) Heterosexual 11
16521 Meu carnaval em 2012 (final) Heterosexual 19
16896 O amante da minha mãe Heterosexual 18
17013 O amante da minha mãe (2) Heterosexual 12
17101 O amante da minha mãe (3) Heterosexual 6
17122 O amante da minha mãe (4) Heterosexual 12
17134 O amante da minha mãe (5) Heterosexual 4
17149 O amante da minha mãe (6) Heterosexual 8
17170 O amante da minha mãe (final) Heterosexual 11
17411 O empregado do Nelson Heterosexual 4
17421 O empregado do Nelson (2) Heterosexual 9
17460 O empregado do Nelson (final) Heterosexual 12
17557 Ficar no cio, é foda! Heterosexual 28
17683 Na casa da praia Heterosexual 12
17732 Na casa da praia (1) Heterosexual 12
17767 Na casa da praia (2) Heterosexual 6
17798 Na casa da praia (3) Heterosexual 11
17830 Na casa da praia (4) Heterosexual 16
17871 Na casa da praia (final) Heterosexual 21
17872 Na casa da praia (5) Heterosexual 13
18048 MINHA AMIGA TRAVECO, ME COLOCOU NUMA FRIA Heterosexual 21
18107 MINHA AMIGA TRAVECO, ME COLOCOU NUMA FRIA (1) Heterosexual 14
18175 MINHA AMIGA TRAVECO, ME COLOCOU NUMA FRIA (2) Heterosexual 13
18209 MINHA AMIGA TRAVECO, ME COLOCOU NUMA FRIA (3) Heterosexual 21
18313 MINHA AMIGA TRAVECO, ME COLOCOU NUMA FRIA (final) Heterosexual 26
18969 Minha tia Helena Heterosexual 29
19285 Minha tia Helena(1) Heterosexual 23
19717 Minha tia Helena(2) Heterosexual 21
19858 Minha tia Helena(3) Heterosexual 29
20165 Minha tia Helena(final) Heterosexual 46
22166 Brincando de esconde-esconde Heterosexual 49
22368 Brincando de esconde-esconde 2 Heterosexual 30
22583 Brincando de esconde-esconde 3 Heterosexual 21
22722 Brincando de esconde-esconde 4 Heterosexual 21
22937 Brincando de esconde-esconde final Heterosexual 34
25242 A piscina Heterosexual 44
25414 A piscina 1 Heterosexual 26
25564 A piscina final Heterosexual 36
25980 ADORO O CARNAVAL Heterosexual 32
26657 ADORO O CARNAVAL – 2 Heterosexual 11
26658 ADORO O CARNAVAL – FINAL Heterosexual 20
29899 PASSEIO NA FAZENDA Heterosexual 27
29998 PASSEIO DA FAZENDA (1) Heterosexual 37
30370 PASSEIO NA FAZENDA (2) Heterosexual 31
30825 PASSEIO NA FAZENDA (3) Heterosexual 28
31411 PASSEIO DA FAZENDA (4) Heterosexual 27
31786 PASSEIO NA FAZENDA (5) Heterosexual 28
32454 PASSEIO NA FAZENDA (6) Heterosexual 30
33024 PASSEIO NA FAZENDA (7) Heterosexual 31
33245 PASSEIO NA FAZENDA (8) Heterosexual 40
34360 PASSEIO NA FAZENDA (FINAL) Heterosexual 43
35630 SEM NOÇÃO Heterosexual 42
36450 SEM NOÇÃO (1) Heterosexual 41
36828 SEM NOÇÃO (2) Heterosexual 46
37447 SEM NOÇÃO (3) Heterosexual 39
37734 SEM NOÇÃO (4) Heterosexual 47
37928 SEM NOÇÃO (5) Heterosexual 40
38282 SEM NOÇÃO (6) Heterosexual 37
38587 SEM NOÇÃO (7) Heterosexual 34
39529 SEM NOÇÃO (FINAL) Heterosexual 41
43958 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL Heterosexual 84
44609 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL (1) Heterosexual 71
45039 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL (2) Heterosexual 49
45190 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL (2) C/ FOTO Heterosexual 39
45400 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL (3) Heterosexual 38
45756 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL(4) Heterosexual 43
46104 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL (5) Heterosexual 39
46720 EU E A MINHA MÃE NO CARNAVAL (FINAL) Heterosexual 36
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA