Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





MINHA IRMÃ ESTAVA BÊBADA


Meu nome é marck, tenho 19 anos, moreno, olhos castanhos, tenho uma irmã que se chama Valdete, que tem vinte anos, morena, 1.60 de altura, 60 quilos.
Desde quando eu tinha quinze anos, eu sou apaixonado por ela, meu tesão só aumenta a cada dia que passa. Quando ela completou dezoito anos, eu dei minha primeira investida, ao cumprimenta-lá pelo seu aniversario, dei-lhe um beijo na boca, para minha surpresa ela retribuiu o beijo e acariciou meu rosto, apesar dos meus vinte anos, fiquei constrangido com a situação que provoquei, Valdete, ficou tranquila me olhou e deu uma rizadinha discreta, a partir desta data começamos a trocar carinhos sempre que tínhamos oportunidade, era só carinho inocente sem sacanagem, troca de presentes entre nós era comum e constante, quando ela completou dezenove anos, escondido dos meus pais, eu dei a ela um conjunto de calcinha e sutiã vermelho e repeti o beijo na boca e novamente tive retribuição, quando ela viu o presente, ela me disse que era sua cor preferida, na mesma hora ela ficou nua na minha frente e vestiu as duas peças e me perguntou se estava bom, fiquei olhando pra ela e disse que estava ótimo, ela me abraçou e falou agora você tira, mas minha mãe chamou para irmos jantar, trocamos mais um beijo, e eu disse a ela fica pra depois, sai do quarto dela rapidinho antes que minha mãe entrasse. Naquele final de semana, meus pais foram viajar para casa de parentes, eu e minha irmã ficamos em casa, anoite Valdete saiu com umas amigas para comemorar seu aniversario, eu não estava afim de sair e fiquei assistindo filme na TV., por volta da meia noite, as amigas de Valdete, chegaram com Valdete completamente bêbada, ela mau podia andar estava desmaiada, deixarão no sofá e foram embora, tentei reanima-lá mas não tinha reação, resolvi dar-lhe um banho gelado para passar a bebedeira, tirei toda sua roupa e levei-a ao banheiro seite-a em uma cadeira embaixo do chuveiro, enquanto a aguá caia em seu corpo eu fiquei admirando, aquele corpo lindo e maravilhoso, depois levei-a para a cama, sequei todo seu corpinho e fiquei beijando-o e alisando-o, não conseguia dar-lhe um beijo de língua porque os dentes estavam travados, sua boca não abria, meu cacete estava duro como uma barra de ferro, minha vontade era penetra-lá com toda a força, mas na hora pensei, eu não teria o direito de tirar sua virgindade sem a sua permissão, sem o seu consentimento, então resolvi comer sua bundinha, ela tinha uma linda bunda, parecia que era aveludada era uma beleza, coloquei dois travesseiros embaixo da sua barriga, deixando a bundinha arrebitada, depois de dar uma boa lambida naquela bunda gostosa, coloquei o cacete na portinha do cuzinho e fui empurrando meu cacete foi sumindo pra dentro daquela bunda gostosa. Valdete, não tinha reação soquei minha vara inteirinha dentro da sua bundinha, depois que gozei fiquei ali deitado e dormi juntinho dela, no outro dia quando ela acordou e viu que estava nua junto comigo, ficou sem vos sem jeito me perguntou, porque estava nua na minha cama, eu disse que ela chegou bêbada e eu dei-lhe um banho gelado, ela saiu do meu quarto e ficou o dia inteiro sem falar comigo, no fim da tarde ela entrou no meu quarto parou na minha frente e falou, você me falou que ontem eu cheguei desmaiada aqui em casa, eu disse sim falei, então me responde com sinceridade, enquanto eu estava desmaiada você comeu meu cu?, eu fiquei um momento paralisado depois respondi, maninha eu ti amo tanto que a muito tempo eu te desejava, meu tesão era tão grande que não resisti em ver sua bunda pelada na minha frente eu comi seu cuzinho sim foi ótimo, ela saiu do meu quarto sem dizer nada, fiquei com medo que ela contasse pra minha mãe, ficamos a semana inteira sem se falar, no final de semana meus pais viajarão de novo para aproveitar suas ferias, a noite Valdete saiu com suas amigas, era umas dês horas quando trouxeram a Valdete bêbada de novo, me chamaram para que eu pegasse ela dentro do carro, eu fiquei puto da vida e falei, de novo bêbada o que esta acontecendo com essa menina, uma de suas amigas disse, ela esta gostando de um cara ai e o cara não lhe da bola, levei-a pra dentro para dar-lhe outro banho gelado, quando tirei sua roupa notei que ela estava com o rosto vermelho, seu corpo estava quente ao contrario da outra vez que estava gelado, para tirar minha duvida, dei-lhe um beijo na boca a qual se abriu deixando minha língua entrar sem problema, percebi que ela estava acordada, então levei-a para a cama e comecei a beija-lá e a morde-lá acariciar aquele corpinho tesudo e gostoso, ela não resistiu me agarrou e disse, hoje eu não estou desmaiada e nem bêbada, vamos aproveitar a noite, estou a anos esperando por este momento, a muito tempo eu queria trepar com você, ficava pelada na sua frente todo dia e você nunca me deu uma cantada nem me deu uma passada de mão, eu sou louca por você maninho, aquilo me deu um fogo por dentro meu tesão subiu eu fiquei louco, soquei a cara no meio da suas pernas e chupei sua boceta, enfiei o dedo no seu cuzinho, ela começou a chupar meu cacete como uma louca, gozou varias vezes em minha boca, depois ela ficou de quatro e falou, hoje eu não estou desmaiada, agora vem meu gostoso soca seu cacete no meu cu, não perdi tempo lambuzei aquele cuzinho rosado e soquei o cacete com vontade ela gemia gritava e pedia para por mais fundo quanto mais eu socava mais ela queria quando eu vi que ia gozar parei e tirei o cacete do cu dela e coloquei na boceta que já estava toda babada comecei a socar a vara na boceta e o dedo no cu ela rebolava gemia gritava me chamava de cachorro de puto de gostoso pedia para bater na sua bunda ate que gozou gostoso no meu cacete eu aumentei meu movimento e quando eu ia goza eu tirei o cacete da boceta e coloquei no cuzinho gostoso que ela tem e gozei, gozei muito enchi seu cuzinho de porra do jeito que eu imaginava do jeito que eu sonhava gozar com ela, satisfeitos exaustos deitamos e dormimos como dois anjos felizes da vida.
Foto Perfil marck

Ficha do Conto

Escritor:
marck

Nome do conto:
MINHA IRMÃ ESTAVA BÊBADA

Codigo do conto:
16272

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
12/03/2012

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: gatoreno em: 14/03/2012
q mninha gostosa vc é um cara de sorte conto muito bom valeu

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
14034 Trepei com minha prima Incesto 2
14035 trepando com minha prima Incesto 1
14591 transado com minha prima virgem!!!!!!!!!!! Incesto 0
14982 comendo a prima gostosa Incesto 0
14983 Comi minha Prima e uma Amiga – rsskkkkkkkkkkk Incesto 1
15169 Flagrando a irmãzinha Incesto 2
15397 comendo irma gostosa Incesto 1
15398 irmazinha gostosinha d++++ Incesto 0
16179 UMA MULHER CASADA, UM CORNO COM QUALIDADE DE VIDA Incesto 2
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA