Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Entrar em contato   Bate Papo
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Acampamento interessante


Um amigo que é instrutor de acampamento me chamou para acompanhar um acampamento que ele iria fazer para uma curso de Inglês. Achei que o programa seria bem enjoadinho, ledo engano.
Logo que cheguei no ônibus, percebi uma gata morena, olhos castanhos (mel), cabelos nos ombros, corpo enguio, linda mesmo.
Olhei para ela, mas ela desviou o olhar, logo percebi um rapaz ao lado dela, prestei atenão nos dedos e vi uma aliança. Que merda, novinha e já noiva. Entrei no ônibus e procurei um lugar bem lá atraz para sentar. Pouco antes do ônibus sair, a menina chega perto de mim e me pergunta se pode se sentar ao meu lado, eu respondo que sim, mas e o o seu noivo ? Ela me responde que el não vai, que teria vestibular no fim de semana, deu um sorrizo que deixava claro que ela tinha adorado a impossibilidade dele.
Ela levantou os bracos para colocar a mochila e pude reparar mais no seu copro. Seios durinhos, cinturinha fina, pernas grossas. Ela estav com uma blusinha branca de alcinha e uma saia preta na altura dos joelhos. Se sentou e ficamos conversanso sobre o acampamento, era o primeiro dela e eu já tinha ido a alguns na adolescência, mas agora com 26 anos, já não estava mais acostumado com isto. Já na estrada, subindo a serra, o tempo esfriou, eu nãohavia trazido edredon, mas ela precavida, trouxe, pegou o dela se cobriu, olhou para mim, com frio e oferecue para dividir o edredon. Aceitei por causa do frio, mas também pela "cobertura" que aquele edredon iria proporcionar. Enquanto estávamos ageitando o edredon, minhas mãos pousaram sobre seu joelho, sua pele estava fria, eu comentei isso com ela e ela retrucou que minha mãos estava quente. Subi um pouco a mão trazendo sua saia um pouco para cima e coloquei as mãos sobre sua coxa, olhei nos seus olhos, ela se levantou e foi ´lá na frente, pensei que a tinha assustado, mas logo ela voltou, sentou e falou que estava tudo bem, que a cunhada estava la frente mas já estava dormindo. Se cobriu com o edredon e começamos a nos beijar. Sua boca era uma delícia, eu percorria toda sua extensão com minha língua. Ela parou de me beijar e disse que nunca tinha beijado daquela forma, comecei a beijar o cantinho da boca dela e escorregar para seu pescoço, sentindo sua respiração ficar mais forte. A mão dela sobre minha perna estava tremendo. Eu havia me esquecido de perguntar a idade dela, mas devia ter uma 20 anos. Minhas mãos percorriam seu corpo sentindo sua pela macia, ela estava ficando muito excitada, levantei sua blusa, e comecei a acariciala o seio um de cada vez, eram durinhos realmente. Coloquei a cabeça centro do edredon...e comecei a chupa-los bem devagar. Enquanto chupava, desci minha mão até sua saia, levantei mais e coloquei a mão em sua bocetinha e senti toda úmida. Cheguei a saia um pouco para o lado e comecei a acariciar o clitoriss com o dedo. Ela gemia no meu ouvido, pedindo para parar que ela estava ficando louca e ali não poderiamos fazer nada alem disto, que alguem poderia ver. Voltei a sua boca e tornei a beija-la novamente, por mais tesão que eu estivesse, não iria querer causar um problema e perder um fim de semana de ótimas transas com aquela ninfeta. Já estávamos mais calmos conversando quando uma amiga dela veio e sentou-se no braço da cadeira dela, e cochichou no ouvido dela e ficaram rindo. Perguntei o que era e ela me disse que a a miga havia visto a cunhadinha dela batendo uma para o instrutor de inglês (que por sinal era o meu amigo). Pensei um pouco e me levantei sem falar nada com ela, fui até lá na frente e falei no ouvido do meu amigo para ele manter a menina ocupada que eu iria comer a cunhada dela lá atraz e ela não poderia ver. Ele riu e acenou com a cabeça, eles estava cobertos com um edredon também e deu para perceber que a sacanagem já estava a mil pelo cheiro que exalavam. VOltei lá para traz e a amiga da ninfeta estava sentada no banco com a ninfeta no meu lugar, fiquei frustado. Pedi a ninfeta para me sentar, ela levantou e pediu para eu sentar que ela se sentaria no meu colo. Eu falei e esta menina, vai ver que vc está comigo. Ela disse que tudo bem, que esta era amiga. Me sentie e ela sentou no meu colo. Meu pau ainda esta duro e ficou mais ainda com aquela bundinha gostoso sobre ele. Nos cobrimos e ficamos conversando. Ageitei minha mãos por baixo dela e comecei a caricia-la a ocetinha enquanto conversava com sua amiga como se nada tivesse acontecendo. Ela estava toda molhada mas disfarçava bem. Eu estav louco para levanta-a e colocar meu pau dentro dela mas não tinha como fazer isto sem a amiga perceber. Tive outra idéia, comentei que estava com o walkman e estava querendo ouvir alguma música, as duas tinham trazidos cd´s, mas eu propositalmente falei que queria um do renato russo que a miga falou que tinha trazido, logo que ela se levantou para ir ao lugar pegar, coloquei minha ninfeta de ladinho, retirei sua calcinha, coloquei a camisinha e a penetrei bem devagar, nos recompomos embaixo do edredon e nos abraçamos gostoso, ficava metendo bem devagar e discretamente nela, quando a amiga voltou parei de me mecher pois iria dar muito na pinta. Ela começou a massagear meu pau com a boceta, já tinha lido sobre isto (pompoarismo) mas não tinha encontrado uma mulher que soubesse isto, ainda mas uma menina daquelas, de quealquer forma, de que importa ? O importante é que estava ótimo, ficamos assim até eu gozar dentro dela, meu apu ainda ficou duro e gozei duas vezes dentro dela só com a massagem. Chegamos noacampamento ep o que já prometia ser muito bom, ficou melhro ainda mais isso fica para o próximo conto.
Mulheres que queiram trocar email´s sobre suas fantasias ou marcar encontro no Rio de Janeiro.


Ficha do Conto

Escritor:
rela998036

Nome do conto:
Acampamento interessante

Codigo do conto:
1762

Categoria:
Heterosexual

Data do Envio:
25/12/2003

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA