Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





A bunda ardeu, doeu, mas gostei muito.


Bem, eu sou a Judite e quero relatar uma das minhas aventuras. Essa é, sem dúvida, bem interessante.
A amizade entre as minhas amigas sempre forte, franca e livre.
Uma delas, a Maria Quitéria, certo dia, começou a divulgar uma pequena e restrita festinha em sua residência e ao nos entregar um simples convite, além da data, da hora e do local, uma frase dizia: Venha para a minha festa, tragam suas energias e brinquedos para uma longa noite.
Ao passar dos dias, ficamos sabendo que a festinha realmente era para poucas pessoas e que o que não faltaria era bebida e sacanagem.
Conhecendo Maria Quitéria como eu conhecia, intimamente inclusive, sabia que seria algo muito interessante e que essa tal festinha eu não poderia perder de forma algum. Ao encontrar Sheila, a qual também era convidada, combinamos para irmos juntas e claro, fizemos alguns comentários sobre a expectativa que estava sendo criada sobre o assunto.
Chegou o dia da festinha, eu tomei um delicioso banho, coloquei uma roupa perfeita para a ocasião, que mesclava saia média e justa, mini-blusa e um salto dos mais altos que eu tenho. Coloquei uma langerie nova que até então nem tinha usado, linda mesmo.
Encontrei com Sheila e fomos para a festinha.
Ao chegar, fomos recebidas por Maria Quitéria, que abriu um lindo sorriso no rosto e disse: estava mos esperando vocês.
Ao entrarmos, encontramos mais duas ou três mulheres e todas estavam bem vestidas e já tomando alguma bebida. A música embalava o início da festa e aos poucos fomos fazendo novas amizades, mas na verdade, não tínhamos nem noção do que estava por vir.
Logo, Maria Quitéria abaixou a música e disse que teríamos um sorteio e que a festa, após o sorteio, iria começar. Todas já tínhamos bebido um pouco e o embalo já era grande. Maria Quitéria foi passando com um copo com um papel para cada menina da festa. Achei estranho porque a Maria Quitéria trouxe primeiro para mim e depois que tirei o papel, ela pediu licença e rapidamente saiu da sala e voltou, dando continuidade ao sorteio.
Só poderíamos abrir depois que todas estivessem com o papel na mão.
No fim do sorteio, a minha amiga Maria Quitéria, a dona da festa, que foi a última a tirar o bilhetinho do copo, abriu o seu papel e falou em voz alta: Controle da situação e Plug Anal.
Todas se assustaram e ela complementou dizendo: Cada papel tem duas tarefas e todas poderão e deverão cumpri-las por toda a noite.
A segunda menina abriu o papel e disse: Sexo Oral e Sem Limites. A terceira abriu e falou, depois a quarta.
A quinta menina a falar fui eu, que ao abrir, disse: Anal Total e Sem Limites.
Eu fiquei surpresa, pois Anal eu adoro e apenas fiquei preocupada com a segunda parte que dizia Sem Limites.
Todas anunciaram as suas tarefas e na seqüência, Maria Quitéria veio até mim e comentou: Você tirou um bilhete de um copo onde todos diziam a mesma coisa e essa noite, você será minha novamente.
Aí, entendi porque ela deixou rapidamente a sala, depois que tirei o bilhete, pois nesse momento ela pegou bilhetes novos. Por alguns minutos, Quitéria, ou Maria Quitéria como ela gosta de ser chamada, sumiu e quando apareceu, estava vestida com uma roupa bem sacana e disse, para todas ouvirem: Vamos dar início á festa?
Todas concordaram e cada uma foi se preparar. Duas foram ao banheiro, outras duas para um quarto e eu e Sheila, fomos para uma sala, onde nos trancamos.
Nesse momento, vi que eu não tinha trazido nada e que eu tinha esquecido o que dizia no convite, para levar energia e brinquedos.
Perguntei novamente para Sheila o que tinha no papel dela e ela disse: Anal e Serviçal. Ao voltar para a sala principal, Quitéria já tinha tirado a mesa de centro, deslocado o estofado e uma grande área estava livre e a disposição, bem no centro da sala e ao nosso lado, todas as mulheres vestidas com roupas sensuais e provocantes.
A dona da casa tomou a palavra e disse: Vamos então meninas, começar a nossa festinha e desde já, começam as surpresas, por favor meninos, entrem na sala.
Todas se assustaram e nesse instante, dois homens entraram na sala, os dois estavam apenas de cueca e máscaras. As meninas ficaram assustadas e riam ao mesmo tempo, uma encorajando a outra e todas com uma dose de álcool ingerida, entraram no clima e assim, tudo estava se tornando cada vez mais maluco.
Resumidamente, estávamos em seis mulheres e dois homens. Maria, a Quitéria, com um novo copo na mão disse: Vou tirar um papel de cada vez e nele estará escrito o nome de uma de vocês ou até mesmo o meu, essa pessoa irá para o centro e adaptaremos a situação conforme seu bilhete estiver especificando.
O primeiro papel trazia o nome de Sheila, a qual ficou chocada, pois não sabia o que iria acontecer direito, pois tudo era muito maluco e um suspense muito grande estava presente no ar. A dona da festa perguntou: O que diz o seu bilhete? E ela respondeu em poucas palavras: Anal e Serviçal. Maria Quitéria, linda e safada disse: Fará anal para todas verem e desde que seja da aprovação de todas, definir se quer que seja com homens ou mulheres e inclusive, quantos gostaria de sentir. Depois que você estiver satisfeita, será a nossa Serviçal da noite, ajudando a todos que precisarem de você.
Nesse momento, a Sheila disse: Um homem e uma mulher e na hora Quitéria, na coordenação da festa, disse: Não concordo, alguém concorda? E todas disseram não. Quitéria disse: Sugiro um homem e duas mulheres e todas já se manifestaram dizendo: Assim é melhor mesmo.
Sheila concordou e assim, pode escolher as três pessoas para irem ao centro com ela. Olhou para mim e o meu olhar sacana, a deixou com medo, não me escolhendo. Escolheu Carla, uma amiga nossa e Ivete, uma mulher que eu conheci naquela noite e o primeiro dos dois homens, já que eles não eram chamados por nome.
Sheila foi ao centro e Carla foi logo beijando seu corpo e começando a tirar proveito da situação. As demais meninas e o outro homem, ficaram em volta, olhando e buscando cada detalhe. Em 2 minutos, Sheila estava com um Plug muito grande enfiado no rabo, o qual foi tirado de uma grande bolsa, cheia de brinquedos que estava á disposição do todos. Sheila olhava para mim com aquele plug no rabo e ao mesmo tempo, levava tapas na bunda de Ivete, que por sinal, era linda.
O homem até o momento não fazia parte da brincadeira e as duas meninas estavam deixando Sheila louca de tezão. Após cinco minutos com o Plug no cu, Sheila ganhou um fôlego, após Ivete tirar o plug, mas em 5 segundos, o homem deu seu cacete para ela chupar, o qual era muito grande e com mais 5 segundos, Sheila ganhou um monte de creme amarelo na bunda, o que faria em poucos minutos, ela pedir e implorar para ser fodida.
Com tapas seguidas na bunda e no rosto, chupando aquele cacete Sheila foi entrando no clima e muitos plug´s entravam no seu cu, logo o homem subia na safada e arrombou ela sem dó, ela gritava de tesão e deu muito, muito mesmo.
Sheila foi fudida por uns trinta minutos e assim que bebeu toda a porra do homem, foi deixada de lado e sentou um pouco para respirar.
Cinco minutos mais tarde um novo sorteio foi feito e a sorteada foi uma mulher chamada Vanessa, também uma nova amizade minha, feita naquela noite. O papel dela dizia Sexo Oral e Plug Vaginal. Ela chupou os dois homens e mais duas mulheres e em 20 minutos estava com a boca toda lambuzada.
O terceiro sorteio foi Maria Quitéria a premiada e o papel dela dizia Anal e Vaginal. Para ela foram os dois homens e Sheila. Sheila colocou um monte de creme amarelo na sua buceta e no cu dela também e em 3 minutos, Quitéria se agitava no meio da sala implorando para a fuderem, pedia por favor e enfiava dois, três dedos na buceta. Sheila meteu um plug, acho que era o maior que tinha na caixa, acho até que era para se vingar do que Quitéria tinha feito com ela numa festinha anterior, e meteu tudo no cu dela e chupava sua buceta ao mesmo tempo. Fodeu ela por uns 10 minutos e Maria Quitéria estava extremamente obediente, fazia tudo o que Sheila pedia, qualquer posição e aceitava qualquer Plug. Aquele creme amarela e injusto, deixa a gente fora de controle e ninguém tem dó, eu é que sei. Depois de estar com o cu arregaçado, Quitéria ganhou dois cacetes, os quais eram muito grandes e os dois homens foderam ela por uns 40 minutos ainda e ela deve ter levado uns 30 ou 40 tapas de Sheila na cara.
Estava fora de controle e gozou muito. Maria Quitéria é safada demais e por isso, era a dona da festa. Com o cu totalmente arregaçado e uma buceta arrombada, ela respirou depois de tudo o que agüentou e disse, o que acharam meninas? Recebendo elogios de todas.
Minutos mais tarde foi o quarto sorteio e adivinhem? Sim, fui eu a premiada. A dona da casa, controlando a situação disse: Pessoal, essa adora foder e só quer dar o cu, já arrombei essa safada e ela tem uma energia que vocês não vão acreditar. Ele me deixou sem jeito e todas ali já sabiam que eu era safada mesmo. Falei para elas: Quero um homem e duas mulheres e Maria Quitéria disse: Para você, dois homens e duas mulheres.
Todo mundo de acordo, entrei no centro da sala, mais ou menos uns 30 minutos depois de acabaram com a Maria Quitéria, naquele mesmo local, todas já estavam embaladas novamente e então, nesse momento começou a minha participação na festa. Não pude escolher quais as mulheres que eu desejava, e Sheila e Quitéria se escalaram, me obrigando a aceitar, como eu sabia que dali eu sairia arrombada mesmo, concordei e fui logo abrindo as pernas.
Já de início, ganhei um forte tapa de Quitéria, bem no rosto e ela disse: Essa festa foi feita para você, por você e quero mostrar para todas o quanto você é vagabunda. Isso me deu um tezão incontrolável e ao mesmo tempo, Sheila empurrava muito creme amarelo para dentro de mim, meu cu estava cheio do creme e somando tudo isso, eu sabia que seriam horas maravilhosas que estavam pela frente. Sheila puxou meu cabelo para trás e Quitéria, enfiou um Plug médio no meu rabo, o creme amarelo tomava conta do meu cu e já estava dando efeito.
Quitéria e Sheila vestiram aquelas pintos de borracha e Quitéria pegou o maior de todos, era maior inclusive que o cacete dos dois homens.
Sheila me colocou de quatro no centro da sala e disse: Bundinha bem empinada ta, porque seu cu vai ser arrombado sem dó e se você cooperar, não vai doer nadinha.
Veio Primeiro Sheila e meteu no meu cu, fodeu por uns 2 minutos e deu lugar para um homem, que me fodeu de forma controlada por mais uns 5 minutos, depois veio o outro homem, tinha um pau grande e colocou devagar, depois que estava lá dentro, metia até o talo e eu gemia feito louca. Ao mesmo tempo, o outro homem já trouxe o seu cacetão e enfiou na minha boca e eu ganhava tapas na cara de Sheila e tapas na bunda do safado e estúpido que arrombava meu rabo.
Depois de uns 5 minutos passados, Maria Quitéria se aproximou e disse no meu ouvido: Tenho aqui o maior cacete que encontrei e vou colocar ele com jeitinho no seu cu ta, não se preocupe, foi bem delicada até então e na seqüência me chamou de vagabunda novamente e anunciou a todas: vou arrombar essa safada sem dó e vou faze-la chorar no pau. A safada começou a meter no meu cu e Sheila segurava meu rosto, sentada na minha frente e dizia pra mim: força minha amiga, força.
A Quitéria meteu aquele pau em mim por muito tempo, acho que deve ter levado uma hora mais ou menos com intervalos minúsculos, meteu, meteu e meteu, sempre com muita força. Eu não sentia mais minhas pernas direito, estava de quatro a mais de uma hora e até minhas costas doíam. Quando não estava mais agüentando de quatro, implorando inutilmente para Maria Quitéria parar, comecei a chorar e implorar para parar e então, a dona da festa saiu de cima de mim, tirando o enorme cacete de borracha de dentro de mim e disse: Falei para vocês que essa puta safada tinha energia? Aí, ela complementou dizendo: Sheila apóie o corpo dela no sofá e a mantenha nessa posição e aproveite e vende os olhos dela.
Sheila como era a Serviçal da noite vendou meus olhos e me deixou de joelhos no chão mais com a barriga no sofá, mas eu continuava de quatro. Pelo que senti, estavam em fila atrás de mim, pois a cada 2 ou 3 minutos, sentia um pau diferente entrando no meu rabo que nesse momento, coitado, já estava pedindo água. Me foderam, me foderam e me foderam até que depois de mais uns 30 minutos, os dois homens, um de cada vez, gozou na minha boca e eu tive que engolir tudo.
Levei mais uns bons tapas e ouvi Maria Quitéria dizendo: Pronto, essa ta bem fodida, está ganhou o que merecia, pode tirar a venda dos olhos e olhar para nós.
Quando tirei a venda dos olhos, os dois homens estavam em pé e todas as mulheres com pintos de borracha na langerie. Sheila sentou do meu lado no sofá e disse, você deu conta de todas sabia, pois quando fechamos os seus olhos, todas entraram no jogo e você virou a maior puta da noite. Todas olhavam para mim com cara de satisfação e eu estava super feliz com a situação. Estava arrombada mesmo e o meu, safado, ganhou o que queria.
Fiquei super surpresa quando soube e me assustei, mas como já tinha passado e eu nem mesmo sabia o que estava acontecendo enquanto estava de olhos vendados, adorei tudo, aprovei tudo e fiquei super feliz.
Deitei na cama no quarto de Quitéria, toda acabada e arrombada, esperando o próximo sorteio e acordei só no outro dia. Quando acordei pensei: Será que foi um sonho?´
Mas quando me mexi e a dor no meu cu apareceu, e assim eu sabia que nada tinha sido imaginário e que aquela putaria toda tinha mesmo acontecido.
Sheila ainda estava lá e me disse: Judite, você foi á atração da noite e foi á coisa mais louca que eu já vi e fiz.
Demorou um dia ou dois para parar de sentir dores no meu rabo, o qual estava literalmente arregaçado e arrombado.
Quitéria me deu um beijo na boca e agradeceu por eu ter vindo á festa, dizendo que a festa não teria sido a mesma se eu não tivesse marcado presença.
Espero que vocês tenham gostado dessa história
Beijo a todos.

                                

Foto Perfil linsar

Ficha do Conto

Escritor:
lins1955

Nome do conto:
A bunda ardeu, doeu, mas gostei muito.

Codigo do conto:
18161

Categoria:
Grupal e Orgias

Data do Envio:
06/07/2012

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: ksadagordinhabi em: 09/01/2014
quero participar dessa festinha,tambem sou euma vadia arrombada!
Comentado por: paulinhobroxa em: 31/12/2013
Imaginei minha esposa dando o cuzão e o bucetão lendo este contos, gostei bjos
Comentado por: junalini em: 03/11/2013
nossa.. que tesão!!! caralho mesmo..
Comentado por: docecomomel em: 29/07/2013
Mais uma vez venho te agradecer.Grata
Comentado por: docecomomel em: 17/07/2013
Grata por suas gentís palavras.Sou apenas uma aprendiz.Vejo seus textos e sao de ótima qualidade
Comentado por: Bianor em: 25/06/2013
Gostei muito do conto com muitos detalhes mais vc se apresenta como homem mais este conto é de uma mulher abraço.
Comentado por: Pescador em: 16/11/2012
Gostei, porem mais detalhes (fotos) fez falta Leia vote e comente meus contos se gostar, eu votei
Comentado por: jrbianca em: 31/07/2012
Que conto louco...muito tesao...gozei muito...que delicia.....leia os meus e comente...ok....

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
18163 15 aninhos primeira vez com um homem dentro de mim Gays 39
18222 O APRENDIZ DE BARBEIRO Gays 6
18223 Um cigano me arrombou Gays 6
18251 Meu treinador me enrabou e fiquei viciado Gays 9
18252 MEU TEINADOR ME ENRABOU - FIM DE SEMANA NA CHACARA Gays 7
18303 A COLEGIAL NO PARQUINHO LEVOU SÓ NU CU. Virgens 14
18409 A descoberta do outro lado. O começo. Gays 7
18462 Novamente levando rola do nosso amigo. Traição/Corno 9
18499 Como fui violado na visita a casa de minha Avó. Gays 7
18546 Fazendo o rabinho do meu enteado e ele gostou. Gays 10
18638 De tanto insistir minha mulher deu para o VENDEDO Traição/Corno 11
18639 Encanador com cano grosso me emrabou e eu gostei m Fantasias 4
18641 Vara no rabo dói mais quando se acostuma vira puta Virgens 3
18990 FUI VIZITAR A AMIGA E GANHEI ROLA DO MARIDO. Fantasias 12
19151 Meu primo e seus amigos me estupraram. Gays 3
21722 Como fomos comidos eu e meu marido por Antonio. Traição/Corno 11
21723 O PAI DA MINHA AMIGA TRASOU MEU CUZINHO VIRGE. Virgens 11
22026 Abusando da Tia Dorminhoca Incesto 9
22244 A namorada sendo arrombada pelo amigo bem-dotado. Traição/Corno 16
22246 A reforma minha esposa. Neide e o Pedreiro Traição/Corno 24
24803 1ª vez. Que um negrinho me comeu! Gays 17
24804 A do mecânico era mais engraxada! Traição/Corno 5
24805 ABUSANDO DA MÃE FIZ ENGOLIR 22 CM DE PICA. Incesto 18
29540 Minha esposa estrupada no cafezal na minha frente. Traição/Corno 18
31163 Tornei-me corno no sex-shop. Traição/Corno 19
31166 Minha esposa sofreu na mão de um roludo e gostou e Traição/Corno 13
31168 Meu primo comeu meu cu. Incesto 23
31169 Marlene e o velho Benedito Traição/Corno 4
31923 Eu e meu amigo comendo a minha namorada japinha Grupal e Orgias 8
31924 Depositei na poupança da Loira Coroas 6
33361 O PRIMEIRO TROCA - TROCA DEPOIS DE GRANDE Gays 17
33363 Delicias de foda na borracharia Traição/Corno 6
33483 Dividindo a esposa Traição/Corno 15
33484 Tendo que dividir a esposa Grupal e Orgias 36
33489 CONVIVENDO COM O INIMIGO. Gays 8
35136 TORNEIME PUTA NO ONIBUS Traição/Corno 31
36489 Esposa abusada por um moleque Traição/Corno 19
36490 Esposa abusada por um moleque 1 Traição/Corno 21
36505 Esposa abusada por um moleque 2 Traição/Corno 10
37700 EU MINHA ESPOSA E O PASTOR. Traição/Corno 19
37701 Meu amante rasgou meu cuzinho virgem! Traição/Corno 12
37706 MAMAE TEVE QUE VIAJAR FOI ONDE TUDO COMEÇOU. Gays 21
37708 A reforma do banheiro Gays 10
37720 Eu ela e o colega na praia de nudismo Traição/Corno 12
37721 Cuidando da novinha rabuda Incesto 6
37724 Juceli e o velho preto Traição/Corno 5
38017 Arrombei a professora do meu filho Heterosexual 7
38045 MEU TIO COMEU MEU CUZINHO Incesto 16
38046 COMENDO A COLEGA GOSTOSA NA BAHIA. Heterosexual 2
38074 Fui na conversa de minha mulher e virei corno. Traição/Corno 26
38075 Minha Esposa deu Pro Meu Primo Traição/Corno 35
38115 DESCABAÇANDO O CUZINHO DO CASAL Traição/Corno 21
38117 No Ceara esposa leva Porra no cu e na buceta. Traição/Corno 22
38118 Comida à força... E gostei! Traição/Corno 48
38393 A mulher do meu cunhado. Traição/Corno 8
38396 O marido gostava de olhar a esposa sendo fodida. Traição/Corno 13
40590 Comida por um negão de rola grande Traição/Corno 14
40592 Meu irmão meteu a rola em mim Incesto 7
41072 Como minha mulher é PUTA Traição/Corno 9
42140 A pica dura do papai Incesto 9
42141 A primeira vez de uma mulher casada. Heterosexual 4
42217 Meu marido armou uma arapuca pra mim Traição/Corno 10
42336 Comi o rabo de minha sogra na marra! Incesto 13
42763 Comi o Cú de minha filia Carlinha Incesto 12
46228 A TRAIÇÃO DA MINHA ESPOSA COM O PATRÃO BEM DOTADO Traição/Corno 8
46230 Descabaçando a empregada Heterosexual 3
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA