Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Lua de Mel


Oi, meu nome é Karen, tenho 19 aninhos, tenho longos cabelos pretos, minha é pele clara, tenho olhos castanhos, tenho um metro e sessenta e cinco, tenho seios médios e bunda mais ou menos media (mais pra menos --')

Antes de tudo, queria dar a noticia de que me casei (EPIC WIN!) com o príncipe da minha vida, todos os meus contos foram relações amorosas que tive com ele. Pra quem nunca leu um conto meu vou descrever ele brevemente: Seu nome é Mauricio, é loiro, tem olhos azuis, é forte (mais não é exageradamente malhado igual a "muitas" pessoas desse site), tem um metro e setenta.

Nós tínhamos acabado de pegar um vôo para Califórnia (YES \O/) onde íamos passar a uma semana de lua de mel. Chegamos aqui na noite do dia 19/08, um dia após o casamento. Ele nos registrou em um hotel na suíte de luxo. Subimos pro quarto que ficava na cobertura que dava uma visão privilegiada aqui da cidade. Por algum motivo do mal estávamos muito presos, mal falávamos um com o outro. Até que ele abriu a geladeira e pegou uma garrafa de vinho. Depois de secarmos a garrafa estávamos mais soltos, falando de sacanagem. Ele colocou um cd de Guns N Roses (que já falei em um conto que é nossa banda preferida). Pra minha surpresa a primeira musica era Knockin’ On Heaven’s Door, a musica que tocava quando nos conhecemos(ai que nostalgia).

Decidi tomar minha atitude, mandei ele me esperar sentado na cadeira. Fui ao quarto e coloquei uma lingerie vermelha bem curtinha, também peguei uma fita e um pano. Mandei-o confiar em mim e com a fita o amarrei a cadeira e com o pano tampei seus olhos. Desabotoei sua camisa e a tirei por trás, depois abaixei sua calça deixando ele só de cueca. Fui ao quarto e passei um perfume que eu sei que ele adora. Voltei pra sala e cheguei perto dele, sentei na ponta das suas pernas, toquei o rosto dele e fui descendo minha mão pelo seu pescoço, lhe dei uma mordidinha na orelha que fez ele se arrepiar todo. Tirei a pouca roupa que usava e coloquei o bico do meu peito direito que estava durinho na boca dele.

Ele pediu (quase implorando) para que eu o soltasse, mais eu o deixei preso mais um pouquinho. Ele ficou um pouco agitado e bem ansioso. Tirei a sua cueca e então fingi que ia sentar sobre o seu pau, então coloquei minha buceta bem de leve em cima do seu instrumento mais tirei bem rápido, só pra deixar ele put... quero dizer, ansioso rs. Ele voltou a pedir que eu o desamarra se e eu respondi tocando na cabeça do seu pênis com minha língua bem rapidinho. Percebi-o de novo se arrepiando, então continuei a beijar a glande do seu pau. Continuei provocando ele, subindo e descendo com minha boca por toda extensão do pau dele, de vez enquanto dando umas mordidas na cabeça levando ele ao delírio.

Passei minha boca pela pele dele mordendo bem de leve deixando ele no ponto de explodir. Eu me aproveitei do momento e de uma única vez, sentei rapidamente sobre o seu pênis, encaixando-o na entrada da minha xaninha, que não ofereceu muita resistência por estar toda molhada, descendo ate o talo. Mais eu não facilitei as coisas e dei três cavalgadas nele, me levantei e o desamarrei. Ele sem hesitar me pegou no colo e me colocou na cama com todo um cuidado.

Lentamente, ele desceu com a língua por todo meu corpo, ate que chegou ao meu grelinho. Ele deliciou-se passou a língua por toda minha buceta, gozei muito dentro da boca dele, que continuou lambendo como se fosse um pirulito na boca de criança. Forcei com minha perna a cabeça dele contra minha pélvis (é esse o nome mesmo?). Comecei a ter outro orgasmo, quase desfalecida. Ele então colocou o pau na porta da minha buceta. Ele deu uma única estocada e entrou completamente, novamente lubrificado pelo meu gozo (comprei o vidrinho de KY atoa, custou caro --'), um grito meu abafado de prazer ecoou pelo quarto. Pedi-o pra ir mais fundo. Ele num rápido movimento me colocou sentada no seu colo, agora quem ditava os movimentos era eu. Os meus peitos estavam na altura da sua boca, ele começou a mamar nos meus peitos durinhos enquanto eu cavalgava e rebolava naquele pau. Ele deu uma leve mordida no meu peito, que pra mim pareceu um botão que me fez ter outro orgasmo.

Fiquei de quatro na cama e ele terminou o serviço fudendo mais ainda minha buceta, enquanto lambia minhas costas. Eu o arranhei de leve o que fez gemer de prazer. Eu tava me sentindo mal, ele me fez gozar três vezes e eu não tinha o feito ele gozar nenhuma vez. Decidi tomar uma atitude e com um movimento repentino, empurrei meus 54 kg contra o corpo dele, e comecei a cavalgar bem rápido, enquanto ao mesmo tempo rebolava naquele pau gostoso. Segurei-o pelos seus cabelos loiros e cheirosos e comecei a cavalgar mais forte. O suor tomou conta de nossos corpos, em rápidos movimentos, o pênis dele entrava e saia de mim, fazendo um barulho quando nossos corpos se encontravam que ecoava por todo o quarto. Agora eu estava decidida a o fazer ele gozar, acelerei o ritmo o maximo que eu pude. De repente ele avisou que estava gozando (finalmente), parei de cavalgar e ele simplesmente me deu um banho de poha, ele nunca tinha gozado tanto. Deitamos um ao lado do outro, nossos corações estavam ofegantes, demos um longo e bem molhado beijo.

Tomamos um banho rápido, trocamos os lençóis e colocamos roupas intimas. Sentei encostando minhas costas na cabeceira da cama, ele deitou e apoiou a cabeça no meu colo. Dei um beijo na sua cabeça e comecei a fazer um cafuné. Senti-o tremendo, peguei sua mão estava gelada, puxei um cobertor que tinha ali ao lado e cobri-o. E continuei fazendo cafuné nele, e não demorou muito para ele adormecer. E eu dormi logo em seguida.

Bem galera, espero que tenham gostado, prometo mandar outros contos falando da lua de mel. Bjinhoss

Foto Perfil Karezinhatks

Ficha do Conto

Escritor:
karen

Nome do conto:
Lua de Mel

Codigo do conto:
19332

Categoria:
Heterosexual

Data do Envio:
21/08/2012

Quant.de Votos:
17

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: rickoliveiracb em: 06/09/2013
Muito bom o conto, parabéns! Felicidades ao casal!
Comentado por: Travesso2 em: 01/02/2013
Adorei o conto, muito excitante.
Comentado por: Zé123456 em: 29/11/2012
Valeu gata, nos conta mais, bjs...
Comentado por: gatoreno em: 18/10/2012
bela lua de mel quero poder ler o restante dessa viagem bjs

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
18162 Primeira vez com o namorado Heterosexual 21
18204 Diversão em Madri Heterosexual 8
18227 Pegando ele de jeito Heterosexual 8
18262 Brincadeiras no meio da noite Masturbação 12
19134 Cheia de tesão Heterosexual 31
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA