Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Adultério da irmã safada


O marido de Érica está recuperando o fôlego. Sua bela mulher se dirige para o banheiro e ele admira a beleza das curvas amplas e o sobe e desce de cada nádega enquanto ela anda ligeirinho. Eles tinham acabado de trepar naquela manhã.
O marido nota que ela ainda tem algumas marcas arroxeadas nas partes inferiores das nádegas.
- Querida, cadê seu irmão? Eu não o tenho visto ultimamente.
- O Téo? Ele vem aqui de vez em quando desde que entrou pra faculdade. Por que?
- Lá no trabalho estão precisando de um motorista pra levar e trazer gente da diretoria. Estava pensando em indicá-lo.
- Humhum, que bom! Vou ligar pra ele se comunicar com você, queridinho!

Erica chega ao apartamento onde moram seu pai e o irmão. Ela entra sem fazer barulho, sabendo que o pai tinha ido trabalhar. Ela espreita pela porta semi-aberta e vê o irmão caçula sentado numa poltrona lendo uma apostila.

Téo se assusta quando a porta do quarto se abre de repente, para logo em seguida esboçar um sorriso ao ver sua belíssima irmã com o vestido levantado acima da cintura.
Érica roda no dedo sua calcinha ao lado do formoso rosto que estampa um belo sorriso.

Enquanto Téo joga a apostila no chão, sua irmã caminha até ele. Érica levanta uma perna e põe o pé em cima do braço da poltrona. O irmão, como que fascinado, avança um pouco pra frente e exala o doce perfume da xotinha de sua irmãzinha. Em seguida ele começa a dar beijinhos por toda a volta.
- Huuummm, a xaninha ta dodói, ta? Está um... pouquinho... avermelhada! Então você... já deu hoje pela manhã... não foi minha rampeirinha?
- Me chupa... me chupa, Téo! Me faz... me faz... gozar, faz, faz...

Téo passa as duas mãos pelas robustas nádegas da irmã e faz com que ela apóie os dois joelhos nos braços da poltrona. Desse modo ele inicia um longo beijo com os lábios vaginais de Érica.
Em alguns minutos a irmã de Téo se acaba na boca dele, suspirando forte e sentindo seu corpo amolecer do fantástico gozo que a língua do irmão fez em sua xaninha.

- Agora... agora sou eu que quero gozar! – exclama Téo com a voz embargada e gaguejando.
Érica se deixa escorregar por entre as pernas do irmão, lhe abre o zíper das calças, com o olhar ansioso e a língua passando pelos lábios. Retira então o seu objeto de desejo, a soberba rola de seu irmãozinho caçula!
A glande é encoberta totalmente pelos lábios de Érica que faz uma vigorosa sucção olhando candidamente para o rosto do irmão. Ela própria começa a se excitar novamente vendo a expressão de prazer de Téo.

Sem que o irmão espere, Érica se ajeita melhor e encaixa a coluna musculosa do caralho de seu irmãozinho entre seus bojudos seios.
- Irmãzinha...irmãzinha, gostosona! Eu... eeuu estou... estou quase... quase gozando! Não pára...não pára que... vou...vou gozar!
- Não vou parar, malandrinho! Não vou parar! Quero... quero voce gozando! Gozando muito... muito mesmo na... na minha boquinha!
- Sim, sim! Mas... mas dessa vez... eu gostaria... que voce me fizesse gozar assim...nessa “espanhola”!
- Huummm, talvez eu possa fazer dos dois jeitos!

Érica se ajeita novamente, sentando nas batatas das pernas e segurando ambos os seios com as mãos, posiciona de tal modo a vergona do irmão entre eles que a cabeçona fica a alcance de seus polpudos lábios. Bastou esta visão e uma breve sucção para que Téo ejaculasse fortemente dentro da boquinha de sua irmã adúltera e incestuosa!

Téo geme e tem pequenos espasmos enquanto sua irmã deixa escorrer a viscosa baba do gozo de dentro da boquinha por cima da glande até se acumular no saco escrotal. Com as narinas fortemente procurando por ar, Érica se levanta sem largar o imenso caralho e com o excitamento se revelando em suas palavras ela diz pro irmão.
- Nós dois sabemos que eu vim aqui pra te dar o cusinho!

Téo olha extasiado sua irmã virar-se, mostrando a estonteante bunda. Ela larga por um momento a rola dele e depois a captura por entre as coxas grossas e roliças. Antes que Érica se agache mais ainda, o irmão agarra cada nádega com as mãos , fazendo Érica ficar encurvada e em seguida , ele enfia o rosto entre elas, balançando levemente . Sua língua encontra o rosado sol do cusinho da irmã e ele tenta empurrar o mais profundo que pode a rombuda ponta.
Érica solta um longo suspiro e não consegue impedir que suas nádegas tremam e apertem o rosto de seu irmãozinho entre elas.

Com o cusinho bem salivado e rola do irmão coberto com a gosma de esperma, Érica sente a rombuda glande lhe ultrapassar o elástico anel do cusinho.
Logo, Téo está com sua irmã sentada no colo com a piroca todinha penetrada no cusinho dela.
Érica esta com os pés apoiados em cada braço da poltrona e comandando o ritmo da rolona do irmão lhe penetrando o cusinho faminto.
Cada fricção que a grossa coluna entra e sai pelo rabinho, deixa Érica completamente enlouquecida que ela, às vezes, até pára de respirar. Seus soluços de gozo ecoam livremente pelo quarto do irmão, sem se importar que alguém ouça.

Em minutos ambos gozam ruidosamente. Ao final, Érica tem a cabeça tombada de lado, recuperando o fôlego enquanto seu irmão lhe beija gentilmente o pescoço.
- O corninho quer falar com voce a respeito de um emprego – Érica lhe dá finalmente o recado.

No dia seguinte, Téo vestindo um terno azul marinho se apresenta à casa de um dos gerentes da firma que seu cunhado faz parte. Uma empregada lhe abre a porta. Téo vê uma elegante e linda loira, com os cabelos presos num coque, escrevendo alguma coisa em seu laptop. Téo a cumprimenta, mas ela parece ignorá-lo. Ele fica em pé, perto da porta durante algum tempo em completo silencio.

Foto Perfil Ingha

Ficha do Conto

Escritor:
Ingha

Nome do conto:
Adultério da irmã safada

Codigo do conto:
23853

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
28/12/2012

Quant.de Votos:
14

Quant.de Fotos:
5

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us
Foto 1 do Conto erotico: Adultério da irmã safada

Foto 2 do Conto erotico: Adultério da irmã safada

Foto 3 do Conto erotico: Adultério da irmã safada

Foto 4 do Conto erotico: Adultério da irmã safada

Foto 5 do Conto erotico: Adultério da irmã safada




Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: Ordau em: 02/01/2013
Que delícia!!! Quero mais ingha!! muito mais!!!
Comentado por: Menageman2012 em: 31/12/2012
FELIZ ANO NOVO GOSTOSA!!!!!!
Comentado por: Menageman2012 em: 31/12/2012
Ahh Ingha, como são maravilhosos os seus contos, gostaria muito de conhece-la e te parabenizar pessoalmente, bjs linda!!
Comentado por: coroa66 em: 30/12/2012
minha querida Ingha .a cada conto vc se supera .e nos deixa mais estasiados parabens. feliz 2013 a vc e a todos que lerem este comentario .um beijo em todas as bucetas e bundinhas.
Comentado por: Helge em: 29/12/2012
Aos meus fãns: VOS ADORO!! Feliz ano 2013 pleno de alegrias sexuais!! Não deixem de visitar meu blog! Beijos
Comentado por: Helga em: 29/12/2012
Muito beijos e alegrias sexuais (sem culpa) a todos meus queridos!! Beijinhos.
Comentado por: YLENA em: 29/12/2012
A todos os fãns queridos de Ingha, Helga, Ylena e Helge, que o ano de 2013 seja pleno de prazeres carnais sem culpa e sem tragedias. Sugiro uma visita ao meu blog (helgashagger.blogs.sapo.pt/), onde este e outros contos estão repleto de ilustrações. Mil beijinhos a todos.
Comentado por: geraldo paiva em: 29/12/2012
PARABÉNS EU E MEU IRMÃO FUDEMOS MUITO LENDO OS SEUS CONTOS. FELIZ 2013 E MUITA FODA!!!!!!!!!!!!!!!!!

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
13247 Corno da sogra e da esposinha Traição/Corno 22
14229 Minhas bestas, meus machos Zoofilia 30
14832 O sogro safado de Cinthia I Traição/Corno 14
14833 O sogro safada de Cinthia II Traição/Corno 9
14834 O Sogro safado de Melissa. Virgens 13
14932 Recordando a enrabação. Traição/Corno 15
14968 Recordando enrabação II Traição/Corno 9
15054 Sexo a prestações de Helga. Traição/Corno 11
15266 Descobrindo o Cafetão da mãe I Traição/Corno 8
15341 Descobrindo o Cafetão da mãe II Traição/Corno 6
15599 Sexo a prestações II Incesto 14
16366 Cafetão da mamãe Traição/Corno 11
16649 Mamãe deixa eu vê-la nua. Traição/Corno 14
16684 Meu filho gosta de me ver nua Traição/Corno 16
16792 Minha mãe, seu amante e eu. Traição/Corno 12
16838 Minha mãe, seu amante e eu III Traição/Corno 9
16839 Minha mãe, seu amante e eu.II Traição/Corno 10
17006 Minha mãe, o amante dela e eu. Incesto 16
17047 Minha mãe, o amante dela e eu. II Incesto 12
17507 Livre-arbítrio anal Traição/Corno 13
17928 Os homens da gravidez de Cintia Traição/Corno 9
19089 Tramando sodomizar a mãezinha Incesto 13
19091 Tramando a posse da mãezinha Incesto 14
19578 Os homens da gravidez de Ylena Traição/Corno 13
20059 Incontrolável desejo incestuoso. Incesto 31
20585 Incontrolável desejo incestuoso II Incesto 11
21994 Incontrolável desejo incestuoso III Incesto 19
22680 A loira do marido paraplégico. Traição/Corno 20
22780 Viuva jovem e carente. Traição/Corno 19
22818 Esposinha aprendendo fora de casa. Traição/Corno 16
22822 Helga se deixa sodomizar em péblico. Traição/Corno 13
22830 A viuvinha carente e o garanhão. Zoofilia 33
23209 A filha da Viuvinha carente. Traição/Corno 30
23425 O Adultério de Nanete Traição/Corno 11
23494 Meu Avôzinho Macho Incesto 13
23734 A filha da Viuvinha carente. (2) Traição/Corno 15
23947 Adultéra e incestuosa Incesto 18
23989 Minha noiva tem o melhor patrão do mundo! Traição/Corno 15
24084 Os homens da gravidez de Helga Incesto 17
24124 Primeira DP anal da mãezinha Incesto 16
24278 Suruba com meu filho Grupal e Orgias 22
24343 Orgia com o amigo de meu filho Traição/Corno 14
24456 Dassine incestuosa e sodomizada Incesto 13
24529 CLARICE, incestuosa e sodomizada. Incesto 17
24642 O anus elástico de Clarice Grupal e Orgias 12
24705 Primeira dilatação anal de Clarice. Incesto 15
24742 Defloração anal de Dassine. Grupal e Orgias 8
24809 ELZA, DONA DE CASA SAFADA. Traição/Corno 19
24882 Vicianda em dar o cuzinho. Traição/Corno 18
25381 Talita, a ninfeta bunduda. Virgens 15
25447 Corneado pelo pai. Traição/Corno 21
25470 Minha esposa não tem culpa. Traição/Corno 14
25645 CORNEADO PELO PAI E O AMIGO DELE. Traição/Corno 11
25981 Esposinhas e rainhas da sodomização Grupal e Orgias 14
26223 A Juiza e o filho Gay Incesto 14
26391 A juiza e o filho Gay II Incesto 11
29447 Depravando a noiva evangelica Traição/Corno 25
29991 Meu genro cafetão Grupal e Orgias 26
30084 Dando prazer anal à mãe do amigo Traição/Corno 15
34924 Corneado na Lua de Mel III Traição/Corno 14
34925 Corneado na Lua de Mel II Traição/Corno 15
34926 Corneado na Lua de Mel I Traição/Corno 15
37264 Meu pai tesudo III Incesto 8
37265 Meu pai tesudo II Traição/Corno 8
37266 Meu pai tesudo I Incesto 13
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA