Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Amizade Colorida


O que aqui relatarei é verídico, e até os dias de hoje mantenho uma amizade colorida com minha amiga a qual chamarei de Marcia. Sou branco tenho 1,72 de altura, peso em torno de 80 kilos, não tenho um tipo atlético mais tenho um corpo desejável alem de ser hiper alegre comunicativo e muito simpático e claro bem tarado, na penúltima empresa a qual trabalhei vinha de um grupo, o qual com o passar do tempo acabou integrando todas as áreas com isso passamos todos a trabalhar em um único escritório, e foi ai onde tudo começou. Com o passar do tempo depois de alguns happy hour´s, acabei conhecendo novas pessoas que inclusive me relataram eu ter uma admiradora secreta, admiradora esta que nunca havia me dado bola, o tempo foi se passando e a situação financeira da empresa não ia nada bem até que recebi uma nova proposta de trabalho e acabei por aceitar e mudar de emprego, no meu ultimo dia resolvi dar uma investida, já que apenas olhares e a falta de oportunidade não me deixou ir adiante, ao me despedir de todos fui ao encontro da Marcia que não esboçou reação, então dei a ultima investida, ao passar um e-mail a todos os colegas de trabalho e fornecedor para propagar sobre minha saída e com isso colocou Marcia em cópia desse e-mail que de bate pronto me respondeu e trocamos telefones e e-mail´s. Com o passar do tempo após a troca de e-mail´s, Marcia de descreveu uma mulher carente cheia de desejos e de um fogo indescritível, onde sempre reclamava de seu marido no quesito sexo e conversa vai conversa vem ela reclamando do marido que só fazia o feijão com arroz acabamos marcando de darmos uma escapada após o expediente de trabalho. Aquele dia pareceu longo e interminável, as horas pareciam demorar a passar até chegou a hora tão esperada, marcamos de nos encontrar em uma rua próxima a sua faculdade, pois, nesse dia a aula dela seria outra e não a contabilidade, ao nos encontrar nossos quase não conversamos nossos corpos gritavam um pelo outro e nossas bocas clamavam por beijo e logo nos atracamos dentro do carro, eu a beijava de forma tão desejada que parecia um adolescente, a beijava com tanto gosto e ela me relatou que estava morrendo de tesão e que fazia anos que não era beijada e tocada daquela forma, e partimos para o motel. Ao chegarmos estacionei o carro e baixei a porta da garagem, ela logo me revelou como estava vestida, que a princípio estava com um vestido comprido que ao ser meio erguido estava vestida com uma cinta liga, calcinha transparente e uma xaninha toda molhadinha de tanto tesão, chegava a formar partículas de seu mel que descrevia o grau de excitação daquela deliciosa xana, começamos a nos beijar loucamente, percorri centímetro a centímetro daquele corpo, aqueles seios deliciosos que estavam com os bicos enrijecidos pelo tesão, aquela barriguinha deliciosa, até que cheguei com o rosto naquela xaninha que chegava a escorrer seu mel de tanto tesão e comei a chupa-la, hummmm que delicia, suguei todo o mel que dali emanava, que delicia e ela se contorcia toda com uma perna em meu ombro as costas encostadas no carro eu a chupava deliciosamente e ela se contorcia toda e gemia, chupa meu cachorro, chupa sua cadela, e eu a sugava e dizia, que bucetinha deliciosa minha putinha hummm cadela, que delicia, cadela também gosta de ter o rabinho lambido e meti a língua naquele cuzinho delicioso, ela gemia alto e começou a dizer coisas que não dava pra entender direito, e logo começou a se estremecer toda apertando minha cabeça contra sua xana dizendo não para vou gozaaaaarrrrrr que delicia hummmmm, não para que boca gostosa hummmmm, e logo recebi seu mel em minha boca e não perdi nem desperdicei nada, a peguei no colo e a carreguei até o quarto que logo ao chegar comecei tudo de novo, comecei a percorrer aquele corpo delicioso, sugando sua xaninha cheirosinha clamando por minha boca e ai fiquei por um bom tempo, e ela se cotorcia dizendo coisas sem sentido, ora gemendo ahahahahahahah, não para que boca gostosa chupa sua puta chupa, e eu sugava sua xaninha, depois passei a revezar com seu cuzinho gostoso ela começou a se contorcer dizendo, me fode, vai me fode gostoso e com força.....me fode seu putoooooo, começou me implorar, e me pediu fode meu cuzinhoooo...fode começou a gritar como uma louca eu de bate pronto a coloquei de quatro, como ela já estava toda molhadinha, passei a dedar aquele cuzinho, primeiro com um dedo, enquanto eu chupava sua xannha dedava seu cuzinho, depois depois dois dedos, depois que já estava bem relachadinha, a coloquei de quatro e fui colocando centímetro a centímetro naquele cuzinho delicioso e apertado, meu pau já estava parecendo ferro de tão duro, enterrei ele todinho hummmm que delicia e ela começou a rebolar....e gritava vai, me fode, que delicia, fodeeeeeeee, que gostoso me arromba caralho....e passei a dar tapas naquela bunda gostosa e a bombar alternado, hora com força, hora devagar colocava tudo e tirava, colocava com força e tirava devagar, toma cachorra vou te arrombar toda hoje..e ela gritava, hummm vai me fode....me fode vou gozar caralho, ouvindo isso também anunciei que ia gozar ela de bate pronto me pediu para gozar na cara dela...como uma cadelinha a abriu a boca para receber todo o leitinho que não era pouco enchi a boquinha dela com meu leite grosso, e ela não desperdiçou nadinha...e me disse que queria realizar todas suas fantasias comigo, esse conto não termina aqui haverá continuação....
Foto Perfil fernandessidnei

Ficha do Conto

Escritor:
fernandessidnei

Nome do conto:
Amizade Colorida

Codigo do conto:
25811

Categoria:
Heterosexual

Data do Envio:
11/02/2013

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: neygostosa em: 16/07/2013
uauuuuu....gozei tb..kkkk...votado e por favor continue a escrever seus contos...bjim
Comentado por: Rcdfs em: 16/07/2013
Delicia!

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
25113 Fudendo com o casal BI Fetiches 12
32179 Dei gostoso para um travesti Travesti 12
36964 Fazendo a alegria de um corno Grupal e Orgias 5
41678 Loucuras na Casa de Swing Fantasias 7
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA