Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





MINHA PROFESSORA DE SEXO, A SENHORA X


MINHA PROFESSORA DE SEXO, A SENHORA X

Na minha primeira infância, eu tinha a saúde complicada e tive de tudo que era perigoso para uma criança: coqueluche, sarampo e bronquite asmática e, por recomendação médica, eu tinha que comer carne de rã, nadar e brincar ao ar livre.

Fui morar em uma fazenda de meus tios que pertenceu aos meus avós e bisavós que tinha lavoura de cana de açúcar, milho e feijão além de gado de leite e corte.

A sede da fazenda tinha uma casa grande e ficava em uma propriedade enorme, e na parte de trás da sede da fazenda tinha diversas casas onde moravam os empregados, quase todos descendentes de escravos.

As casas eram bem separadas umas das outras com espaço cercado para criações de porcos, e galinhas além de hortas e fruteiras para subsistência de cada família que cuidava e morava na fazenda.

Em uma dessas casas morava um casal sem filhos e um dia o marido arrumou outra mulher e desapareceu. A mulher, uma Senhora de nome Maria, passou a cuidar de mim a mando de meus pais e passai a morar na casa dela, e ela era cunhada da minha tia.

Senhora, era como eu a chamava, pois queriam que eu lhe chamasse de tia. Por não ser, eu recusava. Como eu achava o nome “Dona Maria” feio, minha mãe disse para chamar ela de Senhora, só eu a tratava assim. Chama-la de Maria era falta de respeito

Era uma mulher de seus 30 anos, quando eu tinha cinco, e era a minha babá. Ela e eu tomávamos banho no rio. Me ensinou a nadar, pescava, pegava as rãs e cozinha para nós.

Vivi até aos oito anos, com ela e toda semana minha mãe vinha me ver. Passei a morar na cidade para estudar, mas todo fim de semana estava com a Senhora X, para simplificar X.

X era muito bonita, vaidosa, se cuidava, cheirosa e desde pequeno eu me deliciava no seu colo e amava dormir encostado nos seus fartos seios.

Lembro que ela, na hora do banho, todos os dias bolinava minha piroquinha por ordem de minha mãe para evitar que no futuro eu fosse submetido a procedimento cirúrgico de retirada do prepúcio, e todos os dias minha piroquinha ficava dura e divertíamos na hora do banho, ela tocava com carinho, era quase uma punheta. Com minha mãe não era divertido tomar banho

Quando pequeno, Senhora segurava ou meus pulsos e girava o meu corpo em volta dela e dizia que era para eu crescer depressa com a força centrifuga

O mesmo fazia e dizia com a minha piroquinha quando dura no banho ela esticava para acelerar o crescimento rsrsrsrs ficou com 17 cm X 3,5 cm de diâmetro, por isso "piroquinha" rsrsrsrs

Com dez anos eu ia para fazenda sozinho de trem ou de ônibus. Ela que cuidava de mim durante os dias que eu passava na fazenda nas folgas da escola.

Tomava conta mesmo. Se eu ia para o rio tomar banho ela sempre estava junto, ou andando de cavalo no pomar atrás de frutas ou pescando brincado de pegar, sempre junto e eu tinha de ajudar a fazer a comida para que ela não me perdesse de vista. Eu gostava dela e ela de mim.

Já com 11 anos eu, além de muito curioso, atrevido e abusado, falávamos sobre qualquer assunto, e sempre me respondia às perguntas que eu não me atrevia a fazer aos meus parentes.

Quando anoitecia ia para casa dela, pois ela ficava muito sozinha já que tinha vergonha de ir na casa dos meus tios. Eu adorava, ela era muito bacana, e outra ela fumava e deixava eu dar uns traguinhos escondido da minha tia /mãe rsrsrsrsrs.

Os anos foram passando, ela já não me banhava, mas ainda de vez em quando examinava minha piroquinha que já estava mais desenvolvida, e quando ela percebeu que os pelos estavam crescendo nunca mais examinou, porém sempre dormia junto de minha Senhora X, que no inverno me aquecia, abraçado no seu corpo que o cheiro muito me agradava, sempre de pau duro encostado na sua bunda ela nem falava nada.

Conversávamos sobre tudo, deitava com a cabeça em seu braço, o rosto colado no seio geralmente sem sutiã, até o sono chegar, coisas que jamais falaria para meus pais e acho que isso me atraia cada vez mais para sua casa.

Quando vinha para minha cidade, distante 30 km da fazenda, eu ficava doido para voltar por conta de pescarias e tomar banho no rio, andar de cavalo e contar todas minhas aventuras para ela e assim ouvir as dela...


Certo dia, no meio da semana, um parente morreu numa outra cidade. A minha família foi para o enterro e eu foi para a fazenda para ficar com Senhora X, levando o dinheiro que minha mãe sempre mandava.


Selamos os cavalos e fomos ao armazém da usina de açúcar, comprar alimentos e bebidas e na volta tomamos banho no rio, sendo que Maria ficou só de calcinha e sutiã e eu de cueca e pau duro. Maria percebendo, riu, me sacaneou, se divertiu e nós vestimos e fomos para casa dela.

- Senhora, hoje podemos falar sobre tudo, né? rsrsrs....


- É mesmo, hoje estaremos tranquilos, seus tios não estão, podemos ficar bem à vontade!

Vou tomar um banho e tirar está roupa molhada, e você ponha a cerveja para gelar, tira a sela dos cavalos, solta eles, tira a sua roupa molhada e toma banho na casa de sua tia, que vou adiantar o almoço, não demora, para me ajudar.


Fiz o que ela mandou e quando cheguei, ela estava no banho eu fui até a porta do quarto dela. Vi que estava aberta e a porta do banheiro tinha uma pequena fresta, dava para ouvir o barulho do chuveiro e fui em direção da porta do banheiro para espiar ela nua (já tinha visto várias vezes) e quando cheguei infelizmente não dava pra ver direito, pois a cortina do box não era transparente e eu só conseguia ver o vulto dela passando o sabonete em seu corpo e sua calcinha em cima da cama e cheirei.


Sentei no sofá, mas como meu pau estava muito duro e eu estava de calção de futebol fiquei com medo que ela me sacaneasse outra vez, se me visse daquele jeito. Resolvi bater uma punheta ali mesmo, rsrsrsrsrs. Eu mal peguei em meu pau e já gozei. Nossa! foi incrível, quase cai do sofá, melei toda minha mão e fui correndo no tanque me limpar.


Sentado no sofá, a porta do quarto começou a se abrir e senti meu rosto esquentar, assim ela saiu com um vestido até o meio das coxas, descalça e com o cabelo ainda molhado e com um cheiro maravilhoso, então ela veio e perguntou se eu tinha comido algo e eu respondi que nunca comi ninguém. rsrsrsrs

-Safado, não pegou cerveja e nem fumou?...então o que você fez de errado?... (e sorriu)

Eu respondi que estava esperando ela e que sozinho não tinha graça. Então, ela sorriu novamente e perguntou se eu ia querer um copo de cerveja. Eu disse: “claro, e um cigarro também”, mas não podia me levantar pois meu pau ainda estava meio duro. rsrsrs.

Ela foi na cozinha, voltou com dois copos de cerveja e disse que seria só aquele e que eu não iria fumar e só dar uns traguinhos no cigarro dela, eu disse “tudo bem”. Assim ela sentou em cima de uma das pernas na outra ponta do sofá, tomamos a cerveja .

- Você entrou no meu quarto por quê?

- A porta estava aberta e entrei

- Minha calcinha estava fora do lugar e eu senti que havia alguém no quarto, pode falar o que você queria?

-Putz, está bom vai... eu entrei sim...mas é que eu passei e vi a porta aberta ai fui dar uma olhadinha e vi sua calcinha ai peguei pra ver e acabei olhando você no chuveiro.

Ela riu e disse:

-Como você é bobo. O que você viu?

-Nada...a cortina do box é escura essa porcaria... kkkk

-Ai !!!..seu sem vergonha ...kkkk...o que você queria ver?....e minha calcinha o que tem ela?

- Nunca tinha cheirado uma calcinha e a sua tem um cheiro maravilhoso e claro que eu queria é te ver pelada, mas essa porcaria de cortina...kkkkk.

- Não acredito que você cheirou minha calcinha e ainda essa que nem tem o meu cheiro. Estava limpa. Por que você não pediu a que eu usei ...kkkk

- Você nunca deixa, lava na hora que tira, então deixa eu cheirar a que está com você.

- Está doido? é só o que me faltava, você ainda nem pelinho tem no saco. rsrsrs

- Tenho sim, quer ver?

- Tem é?... Então deixa eu ver...já que você me viu e ainda por cima cheirou minha calcinha...rsrsrss

- Olha aqui ...(e abaixei minha bermuda, mostrando os pelos que ficavam em baixo de meu umbigo, mas sem mostra meu pau).

- Humm... tem mesmo,.... me conta você já transou?... você bate muita punheta? Aliás, você já bateu uma pensando em mim?

- Você quer a verdade?

- Quero, ..conta!!!!

- Ainda não transei, já passei perto, mas a menina não quis e punheta é toda hora, pensando em você já perdi as contas...rsrsrs

X sorriu e ficou com um olhar que eu nunca havia visto, um olhar diferente meio que de curiosidade e até materno e disse:

- Obrigada, é bom saber que você pensou em mim e me desejou, faz muito tempo que alguém não me contava algo assim. Na verdade, acho que nunca ninguém me disse isso ...rsrsrs

Nessa hora ela se ajeitou no sofá virando seu corpo inteiro para minha direção ajeitando a ponta do vestido entre suas pernas e ainda sentada em cima da perna e disse:

- Sabe, quando você transar a primeira vez tenta aprender o máximo possível, pois dar prazer é tão bom quanto receber sabia?

Nessa hora pude ver seus seios redondos e seus bicos estavam duros apontando para mim, também percebi que ela estava sem sutiã.

-É... o difícil é alguém querer me ensinar, as meninas também não sabem nada e é uma baita frescura... você bem que podia me ensinar alguns truques, né? .....rsrsrs

- Hummm....é que elas são novinhas... Mas, o que você quer saber?

- Tudo! Vejo revistas de sacanagem, assisto filme pornô e tento aprender e ver como os atores fazem.

-Humm...que mais?

-Ué....só isso, mas eu queria mesmo era sentir, ver, tocar...

-kkkkk...

Nessa hora, Senhora X olhou para meu pau que já não cabia no calção. Eu fiquei meio sem graça, mas já estava me sentindo muito à vontade e ela novamente riu.

- Caramba! seu amiguinho ai daqui a pouco vai sair por cima, você sem cueca..rsrsr

- Posso te pedir uma coisa, você não vai ficar brava?
- Vixiii...lá vem!!!!...o que?...fala!!!

- Me ensina vai!!...deixa eu cheirar sua calcinha...?

Ela ficou quieta com um sorriso meigo no rosto e depois de alguns segundos ela lentamente foi ficando em pé, colocou a mão na parte de trás de suas coxas e foi subindo até chegar em sua calcinha e com um leve rebolado veio abaixando a calcinha até onde suas mão alcançaram, depois disso ela deixou a calcinha cair até o chão, a pegou me oferecendo e disse:

- Isso que você quer. Pode cheirar e deve estar com o meu cheiro...rsrsrs. Logo em seguida ela voltou a se sentar.

Eu peguei a calcinha e já fui logo colocando perto de meu rosto.

- Nossa, o cheiro é maravilhoso e esta molhadinha por que?

- Claro você acha que eu sou de ferro é?...que bom que você gostou. Caramba, eu acho que eu devo estar ficando louca. rsrsrs

- Por quê?...o que tem de mais?

- Deixa pra lá....mas e ai o que mais você quer aprender?

- Você sabe o que eu quero fazer (respondi olhando para o meio das pernas dela) Sabe, sempre encosto ele na sua bunda enquanto você dorme.

- Safado, faz isso comigo dormindo? Pode tirar o cavalinho da chuva, isso já é demais. rsrsrs

Nessa hora ficamos em silencio, eu meio sem graça novamente e olhando para o chão achando que ela estaria brava quando ouvi sua voz dizendo:

-Que foi??

- Desculpa, acho que me empolguei, mas é que eu não estou aguentando, já bati uma punheta na hora que tentei te ver tomando banho e acho melhor eu ir bater outra antes que eu mele minha roupa.

- Como assim?...você bateu uma punheta aqui? Rsrsrsr

- Bati e vou ao banheiro bater outra rapidinho, ta? (respondi me levantando)

- Não senhor, encha os copos de cerveja e vamos conversar.
Tomamos a cerveja em silencio, e perdi a vergonha.

- Está mais calmo? ...rsrsrs...Se você quer fazer isso mesmo, vai fazer aqui pra eu ver, deixo até você bater com minha calcinha. rsrsrs

Fiquei com o corpo estremecido e um calor fora do comum, mas depois de alguns segundos, lentamente fui abaixando o calção ate ficar pelado pois estava sem camisa. Com a calcinha junto ao nariz, sentei e comecei lentamente a bater uma punheta,ainda um pouco envergonhado, olhando para suas coxas. Nessa hora ela me olhou de cima a baixo e disse:


-Você é doidinho mesmo e tem uma pau lindo, parabéns ...caramba já está bem grande também, com certeza a mulherada vai pirar, rsrsrs...(passando suas mão em seus seios sobre o vestido).

Sorri e continuei. Vi que ela foi abaixando sua mão até chegar ao meio das suas pernas, então ela se virou para frente, saindo de cima da sua perna e começou a passar a mão entre suas coxas e foi levando bem lentamente entrando por baixo do vestido até alcançar sua bucetinha.

Ela me olhava e passava a mão em sua buceta, o vestido havia subido e eu podia ver sua mão e parte da buceta. Eu estava doido, queria pular em cima dela, mas não tive coragem. Ela parou de se tocar e me disse:

- Nossa, você esta me deixando doida...Pera aí que eu vou te dar uma ajuda!

Ela veio bem perto de mim e colocou sua mão em cima da minha me fazendo parar e desse:

- Deixa que eu faço para você.

Ela tirou minha mão e pegou bem forte na base do meu pau e foi subindo bem devagar, até chegar na cabeça onde ela pressionou um pouco mais por alguns segundos e começou a escorregar sua mão até a base novamente.

Olhei para ela e vi que ela estava com uma carinha de safada e apesar de estar nas nuvens pude ver seu leve sorriso e seu corpo se aproximando cada vez mais do meu, nesse instante eu coloquei minha mão em sua perna e com certa pressão fui subindo, passando lentamente por toda sua coxa até chegar em sua virilha.

Assim que coloquei a mão na buceta melada, ouvi um gemidinho quando me dei por conta a sua boca sorrindo estava a um milímetro da minha, com os olhos se fechando, me aproximei mais e nos beijamos maravilhosamente.

A principio lentamente e à medida que ela pressionava meu pau e eu sua boceta, nossos corpos se aproximavam e o beijo ficava mais quente. De repente ela escorregou sua boca em direção ao meu pescoço.

Senti seu corpo erguer-se. Ela me abraçou forte pelo pescoço, abaixou sua cabeça me beijando a nuca, começou a tremer, sua buceta esguichou, molhou como se ela tivesse feito xixi.

Delicadamente, ela tirou minha mão sem me soltar do abraço e disse gaguejando e tendo leves contrações em todo seu corpo bem baixinho em minha orelha:

-Es-pe-raaa...um pou-quinho...humhumhum...que delicia!!!

Então ela foi me soltando lentamente e me dando beijinhos foi passando sua boca por meu pescoço, meu ouvido, minha bochecha, no cantinho da minha boca, chegando a um beijo maravilhoso, então ela me soltou e disse:

-Olha você esta de parabéns, soube colocar sua mão nos lugares certinhos, você me fez gozar muitooo..(com um sorriso de alivio)

Eu fiquei muito contente, e tenho certeza que com uma baita cara de pidão...rsrs...pois logo em seguida, me olhando nos olhos e delicadamente ela disse:

-Vem cá... agora é sua vez, ...(colocando a mão
em meu pau)

Ela começou a massagear minha virilha, passando em meu saco até chegar na base do meu pau e com uma pressão maravilhosa, começou a fazer movimentos de subir e descer a mão, ela percorria todo meu pau desde a cabeça até a base e com movimentos lentos ela apertava cada vez mais e aumentava a velocidade dos movimentos, sua outra mão percorria minha coxa e foi subindo, acariciava o meu peito,

Assim ela continuou por alguns minutos até que não aguentei e comecei a gozar em sua mão, nesse instante ela subiu a mão até a cabeça do meu pau e com força foi espremendo até sair todo me gozo, melando toda sua mão e minha barriga, assim ela desceu sua mão novamente a base de meu pau e subiu espremendo para tirar todo o resto que poderia sair.

Sem soltar meu pau, ela veio novamente e me beijou a boca com um beijo demorado e carinhoso e disse bem pertinho da minha boca:

-Humm...que delicia, você gozou muito na minha mão, gostou?

Minha única resposta foi balançar a cabeça dizendo que sim, então ainda sem soltar meu pau ficamos ali parados por alguns instantes nos beijando até que ela falou:

-Vem vamos nos limpar, vamos tomar um banho, quer?...rsrsrs

Novamente respondi que sim somente balançando a cabeça, pois eu estava fora do planeta terra...rsrsrs, então ela me pegou pelo pau e foi me rebocando em direção ao banheiro.

Chegando no box, assim que eu entrei, ela tirou o vestido e pude ver seus seios, que eram lindos, grandes, duros, branquinhos com os mamilos amarronzados e ainda estavam com os bicos saltados.

Me deu um abraço, me deixando sentir seu corpo nu encontrando o meu, ligou o chuveiro, pegou o sabonete e começou a passar em meu corpo e eu no corpo dela.

Totalmente ensaboado, começamos a nos esfregar, abraçar e nos beijar, escorregando nossas mãos por todos os cantinhos do corpo um do outro. Quis enfiar meus dedos em sua buceta, mas ela disse com voz manhosa:

-Assim não.... pera ai, vamos com calma, eu vou te ensinar, você não queria aprender?

Enxaguamo-nos e ela me ajudou a me secar e eu a ela. Após isso, ela me pegou pela mão e me levou até a cama, ela se deitou e me puxou para o lado dela. Que delicia! Há anos eu sentia seu calor e agora, pele com pele da Senhora X que tem a idade da minha mãe, e sussurrou em meu ouvido:

-Vou te mostrar uma coisa!

Nesse momento, ela me empurrou me deitou e assim ela se debruçou por cima de mim e começou a me beijar na boca, no queixo, no pescoço e desceu até meus mamilos, onde ela mordiscou e chupou, me fazendo quase gozar... ela continuou descendo e foi até minha virilha, segurando meu pau, ela levemente ergueu meu pau e começou a lamber meu saco, beijá-lo e sugá-lo e disse:

-Tenta não gozar...deixa eu fazer tudinho primeiro, ta? rsrsrs

Assim ela começou a passar a língua na base do meu pau e foi subindo, percorrendo todo ele de todos os lados até chegar à cabeça, onde após uns beijinhos ela começou lentamente a colocá-lo na boca e sugá-lo, descendo quase que até o fundo de sua garganta, ela sugava como se quisesse engolir tudo o que havia dentro e com meu pau na mão e dando beijinhos na cabeça disse:

-Quero que você goze na minha boca, me avisa antes, ta? vou te levar à loucura, estou doida para tomar todo seu leitinho.

Eu gemia, me contorcia sentindo sua boca sugando meu pau, sua língua escorregava para meu saco, me fazendo delirar. Ela abocanhava quase que ele todo e por vezes tentava enfiar a língua na uretra, aquilo estava me deixando maluco e de repente, veio a vontade de gozar. Então, eu disse que ia gozar. Ela rapidamente abocanhou a cabeça do meu pau e começou a sugar, massageando minhas bolas e a base de meu pau.....Hurhurhur.....

Comecei a gozar, sentindo ela sugando e engolido cada gota. Ela sugava mais e mais, não parava, me apertava o peito com uma das mãos e a outra segurava firme a base do meu pau em sua boca que ao mesmo tempo me masturbava. Ela sugou tudo e, com firmeza, foi tirando a boca e mamando a cabeça me fazendo delirar...

-Nossa que delicia...seu leite é maravilhoso, vou querer mais.

Ela veio subindo e me beijando a barriga, pressionando seu corpo e seus seios junto ao meu corpo. Nessa hora pensei: apesar de estar em êxtase, será que ela vai me beijar depois te ter engolido minha porra?

Então ela veio em direção a minha boca e me deu um selinho e disse:

-Você tem nojo?...rsrsr...não tenha. Eu engoli tudinho, olha só. (sorrindo e me mostrando a língua e aquela boca linda).

Não resisti e a beijei loucamente passando meus braços por seu corpo. Ela olhou em meus olhos e bem pertinho da minha boca e disse:

-Você gostaria de me chupar? Eu ia adorar sentir sua boca em minha xoxota..rsrsrrsrs.

Confesso que na hora não sei o como fiz ou o porque,... acho que foi instinto. Virei o meu corpo, enfiei a cara entre suas pernas, deixei escapar um suspiro e um hamhamhamham ...e ela com minha pica na boca retribuiu o hamhamhamham.

Mudei de posição, passando o meu corpo para o meio de suas coxas. Minhas mãos abriam cada lábio da buceta ou as bandas da bunda, eu lambendo e beijando lentamente sua vulva, comecei a descer meus lábios por sua racha até atingir seu rabinhos onde comecei a enfiar a língua, e mordiscar as bandas da bunda, e lamber o rego, apertando cada uma das bandas, após tirar suspiros, gritinhos e arranhões e ver o corpo dela se contorcendo, comecei a subir minha boca por sua racha até chegar em seu grelo onde me demorei sugando, e de vez em quando dava uma linguada do cu até o umbigo.

-Hamm..ai..ai..ai...uuuu...(gemia sugando o ar e se contorcendo toda).

Ela me segurava pelo cabelo com uma das mãos e a outra ela agarrava a cama empinando seus seios e tirando sua coluna da cama, ela inclinava a cabeça para trás e eu podia ver seu pescoço esticado e sua boca entreaberta com uma respiração ofegante e gemido que me faziam ir a loucura.


Comecei novamente a descer minha boca até a virilha e após alguns beijinhos em suas coxas, recomecei a passar a língua bem delicadamente na parte de fora da sua bucetinha, com pelos só na parte de cima, lambia não só a entrada de sua xana, mas as laterais e ela gemendo e se contorcendo dizia:

-Hamam.mmmm...não para, você é incrível está me deixando louca...isso lambe chupa, chupa com força minha buceta todinha meu amorrrr..

Ela escorregava na cama subindo em direção a cabeceira, parecia que ia realmente subir pelas paredes, bem lentamente comecei a lamber abrindo sua xana com minha língua, escorria um liquido que eu bebia e sugava usando meus lábios e enfiava a língua em seu cuzinho, que a fez gritar de tesão:

-Hamammmm....isso.....isssooooo....issoooo...hmmmm ( se contorcia e gemia me agarrava pelos cabelos).

Passava minha língua por seu cuzinho e subia até o final de sua xana, junto com meus dedos que lentamente escorregavam em suas entranhas molhadas ......ela URRAVA!!!!...cada vez que ela dizia:...? issoooo...aiiiii?...eu fazia mais no local, do jeito que ela pedia, lambia, chupava e massageava com meus dedos dentro e fora de sua xana.

Enfiei o indicador no anel rugoso que estava bem salivado, lentamente, enfiava e tirava, ela não reclamou e por muitos minutos o meu dedo massageou aquele cuzinho.

-Aaaaa eu não tô aguentandoooo...vou gozarrrrr...não para..não p ara...não..hmmmmmm,hummmm, aiii, aiii, eu to, shshshs,go, go,aaaaaaaAAAAAAAAA!

E em um estremecer incrível, um contorcer mágico, senti minha boca se enchendo de seu liquido e ela tendo espasmos.......me pediu para parar um pouquinho, mas eu não parei...continuei e ela gemia e dizia:

-Aiii...ai ....para um pouquinhooooo....você vai me matar assim...eu gozeeeei
muito....hmhmhmhmh...ai.aiii.ai.ai...que deliciaaaaa

Se contorcendo, mas sem soltar minha cabeça que ela pressionava cada vez mais ao encontro de sua xana:
-Aiiiii....aiiiii.....vou go... go?. go....zar de novo...ai...ai...to gozandooooo...to gozandoooo...tooooooo...UUURRRRRRRRRRRRR?

Assim ela me afastou lentamente de sua xana, segurando meus cabelos, tirei o dedo do seu rabo, ela me levou até sua boca dizendo, gemendo:

-Aaaaa....chega....vem cá...já gozei duas vezes na sua boquinha.....shshshshs.....vem cá.... vemmmm....me beija....vem....ai que tesãoooo....vem cá.

Fui beijando seu corpo novamente até chegar aos seus seios, onde fiz uma paradinha e os mordisquei e suguei...ela se contorcia e me puxou para sua boca:
-Deixa eu sentir na sua boca meu gozo....deixa.


Nós nos beijávamos e eu podia sentir meu pau que parecia uma rocha, em sua barriga....ela com os olhos fechados, desceu a mão entre nossos corpos, pegou em meu pau e o posicionou na entrada de sua xoxota, ali ela passou a cabeça do meu pau na entradinha e começou a puxar meu pau bem devagar para dentro dela....quando a cabeça do meu pau começou a entrar, ela gemeu e sugou o ar...ela tirou a mão de meu pau e a colocou em minha bunda junto com sua outra mão e começou a me puxar.......gemendo e dizendo:


-Aai...ai...ai....você esta me rasgando hmhmhmh, mete... vai... mais... hummm ..(gemia com uma carinha de felicidade e com os olhos fechados.

Aquilo me levou a loucura, sentindo aquela xana molhada e quente, apertando meu pau,... não me contive e empurrei meu quadril em um só movimento....até que enterrei meu pau inteiro dentro dela...ela não se conteve e apertou minha bunda contra ela:

Aaaaaaaaaiiiiiii...aiiiiia....aaaaaaaaa..hmhmhmhmhmh....issooooo......issooooo.....issssooo......ME FODE VAI!!!!!!!...que maravilhosa...vaaaiiiii...fode ....fode!!! ( urrava)

Senti minhas bolas baterem em seu cuzinho e comecei a fazer um vai e vem dentro dela, meu pau escorregava na saída e encontrava uma leve resistência na entrada, enquanto ela me segurando pela a bunda me puxava, controlando o ritmo do vai e vem.

-Isooo...assiiimmm...assim...assimmm... me fode com esse seu pauzão...... fode...hmhmhmhm...hummm.hummm....não para....não para..... não para.... não para....aaaaa.... eu tô go....go....gooooo...aaaaa...


Então ela me segurou totalmente dentro dela parando o vai e vem e disse:


-Aaaaa...eu gozei de novo não acredito...quero você....quero você....vem me pega de quatro pega....shshshs....( gemendo e suspirando com os olhos fechados)

Ela me afastou e virou de quatro, passou a mão por baixo entre suas pernas, pegou em meu pau e colocou dentro dela empurrando sua bunda contra mim e disse..
.
-Vai bomba...enfia tudo..enfia....bate na minha bunda, puxa meu cabelo...hoje sou sua ......aaaaaaaa...aiiii


Comecei a bombar cada vez mais forte, com uma mão enrosquei nos cabelos dela e assim que puxei ela empinou mais ainda seu rabinho me fazendo entrar totalmente, com a outra mão eu dei uns tapas de mão aberta em sua bunda, ela gemia, urrava, gritava:


-Ai caralho...que delicia...você é um tesão...isso...come....come ....come minha buceta...come gostoso....aiii...aiiii...mete que eu vou gozar.....mete....mete....mete.....meteeeeeeee....AAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!! ( gritava, urrava, agarrando a cama e tirando todo lençol ela gozou novamente)

Nesse instante ela quis abaixar o quadril em direção a cama, mas eu segurei bem firme e empurrei mais ainda o pau dentro dela e gozei.....gozei muito...tudinho dentro dela:


-Aaaaaaa...que tesão...aaaa...caralho....(eu gemia com o pau enterrado todo dentro da buceta dela)

-Aaaaa...issoo...isssooo...issooo...goza ....goza gostoso...goza tudinho dentro de mim vai...

Assim que saiu a ultima gota de dentro de mim, comecei a desmoronar em cima da Senhora X que foi abaixando, eu ainda com o pau dentro, comecei a beijar sua nuca e seu rosto e ela com um sorriso lindo me disse:

-Nossa foi maravilhoso, fica assim um pouquinho.....só me abraça e me beija tá....não tira não, fica assim.

Passado alguns minutos eu deitei ao lado dela e ela imediatamente veio e deitou em meu peito fazendo carinho e me dando beijinhos e disse:

-Caramba....não acredito que você me fez gozar tanto....foi ótimo, maravilhoso....parabéns você realmente sabe como tratar uma mulher na cama, eu achei que ia te ensinar algo mas não precisou rsrsr...você foi ótimo

Eu tentei falar e elogiar ela também, mas ela percebeu que eu estava nas alturas e sorriu me beijando. Após descansarmos, ela passando a mão em meu corpo, percebeu meu pau dando sinal de disposição disse rindo:

-Na sua idade tem muito fogo né...que delicia.

Então ela se deitou em cima de mim e começou a me beijar passando sua xaninha em cima do meu pau, comecei a perceber que ela estava ficando excitada e nesse esfrega, esfrega meu pau começou a deslizar para dentro dela novamente, começou a rebolara e cavalgar em meu pau, ela gemia e urrava... ela me puxou e esticou as pernas para atrás de mim e abraçados começamos um vai e vem maravilhoso:

-Aiiii.........aiiiii...ai.ai.ai.ai.....aiiiii

Beijava e mamava em seus seios e de repente ela começou a gozar novamente...gritando e urrando:

-Ai...vou gozar...ai to gozandoooooo....

Aos poucos ela foi parando os movimentos e assim ficamos abraçados nos beijando quando ela disse:

-Me pega de quatro que eu adoro e ai você goza dentro de mim tudinho de novo

Obedeci e a coloquei de quatro, mas ela se deitou colocando um travesseiro em baixo dela e empinou a bundinha pra mim me deixando com uma visão maravilhosa de seu cuzinho e sua xaninha:

-Vem, é sua, faz o que quiser, faz...fode ...me fode ...vai!!!!!....gostoso!!!

Assim que vi não resisti e comecei a lamber e chupar sua bucetinha e seu cuzinho, o que fazia ela rebolar e gemer cada vez mais, já com vontade de comer o cuzinho dela igual eu via nos filmes, comecei a forçar minha língua em seu cuzinho, deixando-o totalmente babado, me levantei e comecei a passar meu pau na entrada de sua buceta e no seu cuzinho para cima e para baixo, parei e deixei a ponta do meu pau na entrada do cuzinho dela e comecei a forçar bem devagar:

-Não.... ai não, isso dói, eu nunca dei...para...não faz isso...(gemendo e tentando pegar em meu pau)

-Deixa vai, vamos experimentar juntos , o que é que tem, se doer muito eu paro, só um pouquinho vai (pedi com carinho)

-Não ......ai não, vai...não faz isso comigo...( pedindo manhosamente)

-Eu to quase gozando deixa eu gozar dentro do seu cuzinho...vou por só a cabecinha vai (pedi e já comecei a empurrar bem devagar)

-Aaaa....ai...aii....aaaaa mas só bota a cabecinha, meu cuzinho não aguenta isso tudo.

Assim que entrou a cabeça eu me debrucei em cima dela deixando ela sem poder se movimentar e comecei a empurrar meu pau adentro daquele cuzinho que apertava meu pau como se fosse cortá-lo ao meio :

-Aaaaiiiii..... paaaara.... chegaaaa .. ta doendo.....tira ....tira....

Assim eu parei com meu pau dentro por alguns segundo e comecei a tirar bem lentamente, mas quando estava na metade empurrei novamente com carinho, ela só fez uma carinha de dor e de prazer e não falou mais nada, só gemia...então comecei aos poucos bombar em seu cuzinho lentamente até que ela começou a falar:

-Isso que você quer?....então vai ...vai seu puto.....fode...fode meu cú....aiiiii...ta doendo...ta doendo....shshshshs.......que tesão....que tesão....continua...agora não para...não para...aaaaaaaaaaaaaa...(gemendo e com lagrimas escorrendo de seu olhos)

Sentia meu pau apertado e sendo contraído pelo cuzinho dela....então não resisti empurrando todo para dentro dela.... gozei...enchi ela de porra e voltei a me deitar por cima dela, fechei os olhos já esperando uma grade bronca. Tirei devagar meu pau e disse:

-Você esta bem?....desculpa-me, eu não resisti.

-Nossa....uuuffaa...pera um pouquinho.

-Putz, não fica chateada comigo...é que eu...

-Não, eu não to chateada..hammmmmm...é que doeu....mas foi muuuuito bom...adorei...

-Ufá...achei que você ia ficar puta comigo...tem certeza que tá tudo bem?

-Tá sim, meu lindo, relaxa....eu adorei...to sentindo sua porra dentro do meu cuzinho....nunca senti isso, é muito bom, eu tinha medo, mas você foi ótimo....

Então ela se virou e me beijando na boca começou a rir e disse:

-Cara, não acredito....kkkkk....gozei com você comendo meu cu...pode? Caramba, não acredito que esperei tanto tempo para sentir isso...é um gozo diferente mas é tão bom quanto, ....mas ta ardendo seu cachorro....kkk...seu pau deve estar todo sujo de coco.

Comecei a sorrir:

-Não tem problema agente toma outro banho juntinho e ta novinho rsrsrs

Depois de alguns minutos:

-É... então vem deixa eu lavar isso...vem...

Fomos para o chuveiro e depois que ela lavou bem meu pau, tomamos um banho bem demorado e gostoso e ela me pediu para gozar mais uma vez em sua boca, pois ela estava com mais vontade de tomar minha porra....assim foi feito, após uma punheta com uma chupada maravilhosa gozei em sua boca e ela tomou tudinho.

Ai fomos nos deitar exaustos, dormimos abraçadinhos. À tarde, fizemos sexo com direito a cuzinho e tudo, durante o final da tarde e toda a noite...

-Olha só,... isso é um segredo nosso, a partir de hoje eu sou somente sua, você foi incrível e te quero para sempre...nunca se esqueça de mim, ta?

- Nunca vou te esquecer e também te quero para sempre
............................................
LEIA E COMENTE MEUS CONTOS, NÃO ESQUEÇA, VOTE SE GOSTAR
Pescador. Enviado em 02/03/2013

Foto Perfil pescador

Ficha do Conto

Escritor:
pescador

Nome do conto:
MINHA PROFESSORA DE SEXO, A SENHORA X

Codigo do conto:
26644

Categoria:
Coroas

Data do Envio:
02/03/2013

Quant.de Votos:
38

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: fernando59 em: 18/04/2014
porra cara vc é foda muito bom o conto eu vou votar
Comentado por: sregina em: 06/03/2014
apesar de não ser de incesto e nem de zoo que são meus preferidos prendeu muito minha atenção e é muito' gostoso de ler pelo nivel de detalhes. senti tesão do começo ao fim.foi impossível ler sem a mão debaixo da saia me acariciando por cima da calcinha. Um dos melhores contos que ja li. votado com certeza.
Comentado por: lenilost em: 18/11/2013
Me deixou sem fôlego... Nota dez!
Comentado por: enf em: 18/10/2013
Foi o melhor conto que li ate agora. Tenho alguns fatos veridicos tambem pra contar. Logo, logo estarei postando...AGUARDEM!!!!!
Foto Perfil bia 21 Comentado por: bia 21 em: 19/09/2013
Nossa maravilhoso o seu conto me fez ir ao delirio do prazer nossa viajei nele ...vc esta de parabensss!!!!!!
Foto Perfil kadudopauduro Comentado por: kadudopauduro em: 12/07/2013
nossa que historia irmao. Nao teve jeito gozei mesmo. Parabens. Tem meu voto.
Foto Perfil reginha.larga Comentado por: reginha.larga em: 29/06/2013
Fiquei arrepiada!
Foto Perfil delicia19 Comentado por: delicia19 em: 13/06/2013
Delicia de detalhes Anjo! nossa nossa até eu tive que pegar ar...votado!
Foto Perfil fernando59 Comentado por: fernando59 em: 11/06/2013
NADA COMO CU DE COROA SOU VICIADO EM UM CU DE COROA BELO CONTO VOTEI NELE
Foto Perfil malvada Comentado por: malvada em: 29/05/2013
Amigo... Seus contos são muito bons !! esta de parabéns!! Beijos Desejosos da Malvada.
Foto Perfil sombralink Comentado por: sombralink em: 24/05/2013
Cara! alguém comentou em outro conto teu que vc tinha que escrever um livro de poemas, estou acreditando nisso também. Identifiquei com uma professora do primário em 80% dessa história. Show
Foto Perfil carloszfonseca Comentado por: carloszfonseca em: 13/05/2013
Caro Pescador, este aqui merece mais do que um simples voto, merece um prêmio! Na metade do conto já tive que bater uma, no fim mais uma.... parabéns!
Foto Perfil magnus barbado Comentado por: magnus barbado em: 13/04/2013
Caro Pescador, o conto é muito bom. Perfeito nos detalhes e no todo. Prazer e bom gosto. Parabéns!
Foto Perfil wannreco Comentado por: wannreco em: 09/04/2013
no começo me fez lembrar dos namoros no escurinho e as bolinações, uma boa bolinação chega a ser melhor que uma foda, se for bem feita.
Foto Perfil madmax69 Comentado por: madmax69 em: 05/04/2013
Parabéns... cheio de erotismo...um convite a mergulhar no oceano do prazer, do tesão...seus contos são inspiradores.
Foto Perfil marcia fernan Comentado por: marcia fernan em: 02/04/2013
nussss seus contos são todos maravilhosos e carregados de erotismo, acho que li todos, mas sem dúvida votei em todos que li! Leia os meus tbm. bju bem gostoso da MArcinha!
Foto Perfil terranova Comentado por: terranova em: 15/03/2013
Humm!! Entrei num vendaval de alucinações... Votado...
Foto Perfil zeus o gde Comentado por: zeus o gde em: 06/03/2013
Aí amigo, com esse contudo, que esta ótimo, vc ganhou um "UP", virou "PESCADOR DE SEREIAS"!!!!! E veja que foi a própria "X" quem disse! Divirta-se!
Foto Perfil microtheo Comentado por: microtheo em: 06/03/2013
Delicia de conto! Parabéns! gostei e votei!
Foto Perfil coroa66 Comentado por: coroa66 em: 05/03/2013
pescador neste conto voce se superou por todos contos anteriores .teve meu .to
Foto Perfil belladomme Comentado por: belladomme em: 03/03/2013
Uauuuu adoro seus contos!Cheio de detalhes...fico sempre exitada! Bjs amei!
Foto Perfil senhora x Comentado por: senhora x em: 03/03/2013
Eu te quero sempre e nunca vou me esquecer de voce, meu Pescador de Sereias! Amei de paixão seu conto! Muito lindo, criativo, excitante, engraçado, "tudo-ao-mesmo-tempo-agora!". Adorei que voce deu o nome de "X" para a Senhora espetacular que te iniciou nas artes do amor e do prazer! Sou sua fã, já era antes do conto e agora sou mais ainda. Um beijãããããooooooooo!!!!!!!!!
Foto Perfil apeduardo Comentado por: apeduardo em: 03/03/2013
Pescador, será que vamos brigar pela mesma mulher? Será que cabem dois Galos no mesmo terreiro? brincadeira, amigo, gostei. continue assim. abraços

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
17891 EU QUERO Fantasias 56
17944 RELATO DE FERNANDINHA Fantasias 26
18037 AINDA ERAMOS VIRGEM Virgens 29
18633 MARIDO NÃO USA ,AI NÃO É TRAIÇÃO Coroas 50
18838 Comer cu bem comido Fetiches 71
19713 MASTURBAÇÃO NA PESCARIA, FODA NO MOTEL Coroas 29
19785 FOI ARRUMAR A CASA, E PERDEU O CABAÇO E AS PREGAS Virgens 50
19951 CANTEI A MUDA, E ARROMBEI O CU DE SUA AMIGA Virgens 19
20812 TIREI O CABAÇO E O SELO DO CU, MAIS LEVEI DEDADA N Virgens 73
22313 NAMORADA CONTOU COMO FICOU SEM AS PREGAS Virgens 44
22786 DUAS GATAS COM SABOR DE PECADO Interrraciais 17
23489 DE SONHOS A REAL, UM MÉNAGE COM MEL Masturbação 38
24525 NA BOQUINHA DA GARRAFA Virgens 31
27912 POEMA FEMININO Poesias/Poemas 28
33248 NÃO AVISOU, FICOU SEM AS PREGAS DO RABO Coroas 36
45823 MADRUGADA COM INSÔNIA Coroas 10
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA