Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Buceta gozada para mim


Nunca imaginei que receberia um presente tão grande, em tão pouco tempo e de forma tão gostosa como aconteceu comigo. A pouco dias relatei aqui o que aconteceu comigo e o desejo ser corno que tenho, principalmente de chupar a buceta da minha esposa cheia de porra. Ela não sabe que escrevi o conto intulado "Uma vez corno, sempre corno", e foi com surpresa que um dia depois de publicar o conto o meu desejo se realizou. Ela me ligou a tarde e pediu para que eu a levasse ao cirugião dentista. Quando parei o carro e buzinei, tive uma surpresa ela estava mais linda que nunca, uma sai curta onde mostrava as belas pernas daquela loira gostosa que era minha mulher. Ao entrar no carro percebi que o perfume que usava era diferenete dos que tinha e era bastante excitante o seu aroma. Perguntei desde quando ela usava e me disse a partir daquele momento. Como sempre brinco com ela passando a mão no seu corpo, fique chocado ao passar a mão em suas pernas e buceta sentindo ela sem calcinha. Perguntei por que daquilo, e ela me disse você não quer ser corno? Então me leve onde quero. Me subiu uma excitação que quase goso. No caminho pedi a ela para não se limpar que eu faria isso com prazer, no que ela disse que não que era muinto nogento vir melada para casa. Deixei ela no cosultório e ela me disse. Quando eu terminar corno te ligo para você me buscar. Não consegui fazer mais nada dai em diante. Bati uma punheta imaginando ela naquele exato momento levando pica, foi demais. Duas horas depois tocou o meu cecular era ela que disse corno venha me buscar. Quando a peguei em frente ao consultório ela estava linda, um sorriso estampado no rosto como alguem que tinha recebido um belo presente. Fiz o percurso de volta sem nada dizer e ao chagar em casa procurei saber como foi. Ela comecou a contar os detalhes. Chegou comecou a falar de uma possível dor e foi levada a deitar na cadeira, como a saia era muito curta o Dr. viu logo aquela maravilha e como já tinha dado em cima dela, ele perguntou se ela queria provocá-lo. Ela disse que não só queria que ela a comesse. O dentista baixou calça e socou a vara nela. Como estava no consultório ela disse que não deu para fazer tudo, pois tinha gente para ser atendida. Com esta conversa eu já estava para esplodir de tesão. Comecei a beijá-la com um certo reijeção dela, pois ela achava que tinha que tomar banho para poder fiar comigo. Eu disse a ela que eu gostava dela suja com gosto de outro macho e terminou me beijando e chamando de corno. Ai subi em cima dela e comei a cheirar ela toda quando disse a ela que meu desejo erá chupar a sua buceta fudida por outro, ela disse então chupa seu corno, limpa tudo. Essas palavras soaram com a coisa mais gostosa que já ouvi. Bixei a boca na bucela gozada da minha mulher e chupei gostoso. Ela terminou se exitando e quando comecei a fudê-la ela comecou a me dizer que estava pensando no pau do macho dela e chamava de corno, batia na minha cara e me dizia que ia fuder gostoso mais vezes com ele e que ia trazer sua bucetinha gozada para o corno chupar. Já não aguentava mais de tanto tesão quando ela comecou a gozar e a chamar o nome do macho e me chamar de corno manso, bater na minha cara, me unhar o que eu não ressti e tive uma das gozadas mais espetaculares de todas. Como eu disse no outro conto essa sensação de ser corno é muito gostosa, imaginar sua mulher, namorada ou noiva em cima de outra pica é sensacional e recebé-la em casa melada para você chupar em quanto ela te conta tudo é indescritível. Mas é preciso ser muito macho admitir e vivenciar tudo isso. Eu adoro ser corno e chupar a buceta da minha mulher depois de gozada. Esse presente que ela me deu não tem igual, farei tudo para que ela encontre em mim o homem, o macho que ela precisa, mas também serei seu corno se assim ela desejar. Ass: Corno Macho.


Ficha do Conto

Escritor:
rela351751

Nome do conto:
Buceta gozada para mim

Codigo do conto:
2704

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
14/07/2004

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
2653 Corno uma vez, sempre corno Traição/Corno 1
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA