Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





NOIVO CORNO MARIDO MANSO


NOIVO CORNO, MARIDO MANSO

             Caros amigos, meu nome é Paulo, sou casado há cinco anos, tenho trinta e sete anos e minha esposa trinta e quatro, branca com, um corpo maravilhoso, discreta na maneira de se vestir e por motivos profissionais sempre se vestiu com sobriedade porem com muita sensualidade , o que vou narrar agora é a minha historia, são fatos que fazem parte do meu dia a dia como marido e hoje já completamente transformado em um corno muito manso.
             Tudo começou quando ainda era noivo de Sonia e por uma bobagem acabei por desistir, de uma viagem que iríamos fazer juntos, ela para minha surpresa simplesmente sem o menor constrangimento foi viajar e depois de uma semana retornou como se nada tivesse acontecido, eu meio preocupado com aquilo e como tinha amigos na pousada em que ela ficou hospedada liguei e perguntei a respeito do que tinha ocorrido lá durante aqueles dias, dizendo que Sonia era uma amiga de trabalho, qual não foi minha surpresa quando este amigo me informou que ela não estava só naqueles dias e sim com um homem, e que desfilaram por lá como namorados.
             Sai do trabalho e fui direto para a casa dela resolver o caso, como ela morava sozinha assim que entrei fui direto ao assunto .
             ____Você já sabe que viajei com um ex-namorado meu não sabe?; Sabe também que foi como se fosse nossa lua de mel, e eu não sei porque este escândalo, você é corno e sabe disto, e quer dar uma de machão agora, se você não fosse manso simplesmente não me procuraria mais ?
             Calei-me e na hora soube que minha vida acabara de mudar para sempre, ou eu acabava com tudo naquele minuto ou seria dominado por ela para sempre e assim foi, não tive coragem de dizer nada então ela tomou conta da situação e a mim restou a submissão,
             ____Sempre soube que você seria um bom marido e quero casar com você, sempre desejei um corno manso como marido, te traio desde que começamos a namorar e aproveitei esta viagem para que você soubesse, sabia que o pessoal da pousada acabaria te falando do que fiz, agora quero saber se você é o homem com quem eu vou casar?
             Eu a amava demais não pensei duas vezes disse sim sou, então ela me disse que tentaria me arrumar um emprego na empresa em que ela trabalhava assim poderíamos casar mais rapidamente e assim fez depois de uns vinte dias fui chamado para fazer uma entrevista e admitido de imediato, porem notei que o gerente financeiro me olhava de modo estranho e aquilo se prolongou por mais de dois meses, quando comentei com ela a respeito ela simplesmente me disse que no dia seguinte eu saberia, durante o dia foi tudo normal a não ser por uma coisa o Jonas o gerente me pediu para ficar até mais tarde para resolver alguns problemas e depois do expediente me chamou a sua sala, me mandou sentar, e na maior cara de pau me perguntou o que eu estava achando estranho nele, fiquei desconsertado e nada respondi foi quando Sonia entrou na sala e foi direto para a mesa do gerente o abraçou e me disse.
             _____Amor ele sabe que você é um corninho manso e eu sou sua dona, afinal como acha que você conseguiu este emprego, eu sou a putinha do Jonas desde que comecei a trabalhar aqui.
             Diante de meus olhos Jonas acariciava as pernas de minha noiva e ela se retorcia de prazer, suas mãos entravam por baixo de sua saia , quando ela puxando ele pela mão ficaram em pé a poucos centímetros de meu rosto, ela se abaixou me beijou e começou a abrir a calça dele soltando um membro grande e já duro o qual começou a chupar e enterrar até a garganta, ele por sua vez me olhava fixamente enquanto ela se deliciava com o cassete, e sem querer comecei a ficar de pau duro, e sem perceber coloquei a mão no pau por cima da calça, ela então disse.
             _____Não te falei Jonas que ele é bem mansinho já esta ficando com tesão o corno, fica bonzinho que te deixo chupar minha boceta corno.
             Ele a despiu e a deitou na mesa me mandou chupar sua boceta para ele foder depois, não resisti cai de boca naquela boceta encharcada e só de encostar meu pau em seu joelho gozei como um adolescente, ai ele passou a fode-la de todas as maneiras possíveis ela ali na minha frente, ela a todo momento me olhava mos olhos me chamando de corno e perguntando se eu estava gostando, esta situação durou uns trinta minutos e quando ele a encheu de porra veio a te mim e limpo seu pau na manga de meu palito me dando três tapinhas no rosto e me disse.
             _____Corno de hoje em diante você já sabe de tudo como sua noiva e vou continuar comendo ela depois de vocês casarem então fique tranqüilo que só algumas pessoas sabem disto aqui na empresa, agora vai receber o que merece afinal se comportou exemplarmente chupe a boceta dela, cheia de porra é a primeira mais não vai ser a ultima vez você vai acabar se acostumando com meu gosto.
             E já com meu na mão me masturbando feito louco chupei a boceta de Sonia ate deixar limpinha, e até hoje esta situação permanece ela com seus amantes e eu como manso, hoje ela tem um novo amante que freqüenta nossa casa, este sim me trata como um verdadeiro corno costuma me ligar no trabalho para eu passar na casa dele para apanhá-lo e quando chego em casa ela já esta esperando por ele ficam horas no sofá se amassando na minha frente e como ele não gosta não posso me masturbar, aprendi a gozar só de ver sem me tocar quando viajamos juntos, eles fazem questão de me expor, quase sempre as pessoas acabam por saber da minha condição de marido manso, mas descobri que os caminhos do prazer são inúmeros, se gostarem deste conto mando outro contando mais detalhes desta minha vida maravilhosa            


Ficha do Conto

Escritor:
rela736532

Nome do conto:
NOIVO CORNO MARIDO MANSO

Codigo do conto:
2848

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
16/08/2004

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
2920 NOIVO CORNO, MARIDO MANSO ll Traição/Corno 1
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA