Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





MINHA ESPOSA SEMPRE FOI PUTINHA FINAL


Dando continuidade ao conto anterior quando Fernanda conta sua história de vida na sua Juventude quando foi assediada e viveu muitos momentos de abuso sexual quando frequentava a casa de seu Tio. essa historia ela me revelou e disse que ninguém nunca soube e que somente agora me sentiu coragem de revelar. Fernanda é morena cabelos compridos pernas grossas e um belo bundão. Na época do acontecido ela tinha entre 18 anos naquela época ela passou a frequenta a casa de seu tio em um bairro da periferia da capital de um estado do nordeste que não posso falar por se tratar de uma historia real e tem que ter o maior sigilo até porque ela não sabe que estou aqui revelando, Para que todos intendão melhor é só ler o conto anterior. O velho Seu Nestor ficou durante 08 meses abusando mais sem ter relações ele apenas tirava toda sua roupa chupava seus pequenos seios e passava a mão na sua parte intima a bolinando mais sem apenas introduzir o dedo, Cada vez os abusos ficavam mais frequentes e ela disse que acabou gostando e se acostumando com aquilo. A esposa do seu tio que vivia adoentada acabou piorando e indo para no hospital onde ficou internada por 3 semanas, como nesse período seu tio ficou acompanhando sua esposa no hospital ela ficava sozinha em sua casa fase em que os abusos foram maior. Um certo dia ela contou que tomou um banho e vestiu uma sainha para facilitar e quando já se preparava para ir na casa de seu Nestor com desculpa de pegar Mangas ela tomou um baita susto quando pelas fundos da casa entrou um primo seu que morava na outra rua nos fundos da casa de seu tio, ele não frequentava e nem era querido pela Família, seu tio avia proibido ele de frequentar sua casa pelo fato de ser Marginal e viver se envolvendo com drogas e roubos e já tinha até sido preso. ao entrar foi até ela e falou que sabia que ela tava sozinha e com grosseria a pegou pelo braço fanando, a putinha já ta pronta pra ir pegar mangas novamente? ela confessou que na hora pegou um baita susto e sem da tempo dela responder ele continuou; andei te observando durante um tempo e achei aquela historia de entrar na casa daquele velho safado que vive tomando gosto com as novinhas muito estranha e as frequências que ia la também, ontem quando o tio saiu para ir pro hospital logo depois imediatamente foi com um pequeno shortinho e vir você entrando na casa dele fui pelo quintal da vizinha subir no muro e olhei tudo vi ele te beijando e você pegando no cacete dele depois entraram na casa dele e ainda demoraram pra que a putinha saísse de la.É mais que ela poderia ficar tranquila que a principio ele não contaria nada a Mãe dela mais bem que ela deveria saber pois não gostava dele enquanto sua filha ere putinha de um velho e se fazia de patricinha, só que para ele não contar a partir daquele dia era seria dele também e que ele sempre sonhou em ficar com ela. Ela me confessou que aceitou tudo com medo que ele falasse pra alguém, em seguida ele a deu um demorado beijo foi quando ela sentiu um forte cheiro na boca dele de maconha ele a tirou toda sua roupa até com um pouco de arrogância, chupou ela toda na hora dele meter um dedo na sua bucetinha ela me disse que ele se surpreendeu ao perceber que ela ainda era virgem e falou que sorte a minha nunca tirei um cabaço e o velho não tirou ainda seu selo. Ela disse que ele sempre teve medo de da rolo pra ele e só a bolinava; Ela disse que ele apenas sorriu de forma bem sacana e disse que velho babaca não ter comido uma putinha como você e acabou deixando tudo pra mim. não vamos perde tempo e ele tirou a roupa dele colocando pra fora um enorme pau preto e a mandou chupar assim como fazia com o velho ele disse que não cheirava bem mais teve que fazer uma chupeta nele que a chamava de cadelinha e metida a besta e agora saberia quem é um homem de verdade, Ele disse nossa a putinha sabe chupar bem um cacete igual a mulheres da vida. ela teve medo pois o pau dele era o dobro do velho e não conseguia colocar todo na boca, com a chupada ele não demorou e encheu a sua boca de esperma sendo que naquele dia ele foi embora mais antes falou pra ela se preparar que a noite ele voltaria pra continuar o serviço e se ela contasse ele mataria ela. quando anoiteceu por volta de 07:00hs ela escuta bater na porta dos fundos então perguntou quem era? Ele falou que era o macho dela que tinha chegado pra continuar tudo, quando ela abre ele tava com uma sacola na mão que lhe entregou e mandou ela vestir e quando ela foi olhar o que era, ele atinha levado uma pequena calcinha fio dental e um shortinho menor que todos que ela tinha ele era de laicra verde e ficou super apertado, quando ela entrou para o quarto pra se vestir e depois saiu ele a disse isso sim é roupa de putinha novinha como você e ele adorava mulheres de shortinho e fio dental, Ela me disse que realmente aquela roupa tinha lhe deixado igualzinho uma puta; Ele a mandou sentar no colo dele novamente lhe beijando e passando a mão na sua bucetinha por cima do short que já estava molhadinha de tanto tesão, ele então fala pra ela pegar um copo de água e depois trazer um prato de comida pra ele que estava com bastante fome, ao se levantar do colo dele ele ainda deu um tapa na sua bunda e falou que rabão a priminha tem e vamos rápido que não vejo a hora de meter em você e te fazer de mulher. naquela noite ela fez tudo que ele a ordenou e quando terminou de jantar pegou ela pelo braço e a levou pra cama de seu tio tirou toda sua roupa e disse, hoje será minha toda minha e trata logo de me dar aquela chupada mais que quando ela começou ele ordenou que parasse pois ela chupava muito bem e ele quando gozava a primeira vez tinha um puco de dificuldade de levantar o pau de novo. ele a colocou de pernas aberas e deu um banho de linguá nela e disse agora vou meter todo meu pau nessa buceta virgem na hora ela pensou que não aguentaria aquele pau enorme mais como tava com muito tesão estava encharcada e facilitou a entrada quando ele a penetrou foi entrando com muita dificuldade e sua buceta parecia que estava sendo rasgada junto com uma dor muito grande e ele disse aguenta putinha que vou meter, e ele meteu seu pau de uma só vez saindo bastante sangue e sujando toda cocha de seu tio. Ela confessou que nunca imaginou que sentiria prazer em estar dando praticamente a força pra quele marginal de seu primo que a fudeu bastante e depois ainda gozou dentro da sua buceta a xingando de safada e puta de um velho e também dele. Depois que terminou ele acabou dormindo e só acordou pela manhã preocupado com a chegada do meu tio e antes de ir embora ainda abril o guarda roupa mexeu nas gavetas e levou um cordão de ouro do seu tio e alguns dinheiro que encontrou que ela não sabia a quantia e foi embora dizendo pra ela ficar caladinha e não contar nada. a partir de então ele ficou viciado em comer ela e sempre que podia pulava o muro e a comia. o velho depois descobriu que ela não era mais virgem e ela falou que tinha dado pra um amigo da escola que a obrigou. o velho também passou a lhe comer, a pois 6 meses seu primo faleceu por traficantes rival e o velho ainda a comeu por um tempo só que com menas frequência pois com o sumiço das joias e dinheiro seu tio achava que ela quem pegava e demorou bem mais tempo de uma ida a outra na casa dele. Abaixo uma foto de quando ela era abusada pelo primo e ele a tirou, veja como a Fernanda já erá putinha mesmo fiquei com muito tesão quando me mostrou essa foto que guardava daquela época.
                                
Foto Perfil Corno da Nanda

Ficha do Conto

Escritor:
cornodananda

Nome do conto:
MINHA ESPOSA SEMPRE FOI PUTINHA FINAL

Codigo do conto:
28758

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
02/05/2013

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
1

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us
Foto 1 do Conto erotico: MINHA ESPOSA SEMPRE FOI PUTINHA FINAL




Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: Rola doce em: 09/05/2013
Ja me deliciei com varias punhetas lendo seus contos que putinha gostosa vc tem aguardo mais publicaçao das chifradas da fernanda votei mais uma vez
Comentado por: Pescador em: 03/05/2013
18838 Comer cu bem comido
Comentado por: antoniolobo em: 03/05/2013
Meu amigo, sua mulher é muito gostosa, e muito puta também!
Comentado por: ZEUS o Gde em: 03/05/2013
Pois é, amigo, vc nunca irá mudá-la, relaxa e aproveita...

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
25469 TRAIÇÃO EM CASA DE SHOW Traição/Corno 12
26703 MINHA NOIVA ME TRAIU COM UM NEGÃO Traição/Corno 7
26997 FERNANDA ME TRAIU NA PRAIA COM DOIS SALVA VIDAS Traição/Corno 12
27761 MINHA ESPOSA SEMPRE FOI PUTINHA PARTE 01 Virgens 17
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA