Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Entrar em contato   Bate Papo
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





NOIVO CORNO, MARIDO MANSO ll


             Caros amigos, meu nome é Paulo, sou casado há cinco anos, tenho trinta e sete anos e minha esposa trinta e quatro, branca com, um corpo maravilhoso, o que vou narrar agora é a minha historia, são fatos que fazem parte do meu dia a dia como marido e hoje já completamente transformado em um corno muito manso e submisso.
Quem leu o primeiro conto ira entender realmente que acabei por assumir a condição de corno manso, depois que Jonas e Sonia me colocaram no meu devido lugar , palavras dela, passaram a terem encontros quase que diários ou no trabalho depois do expediente ou no apartamento do Jonas e sempre Sonia fazia questão de que estivesse presente, e aos poucos ela foi desenvolvendo um lado que eu desconhecia, foi ficando cada vez mais dominadora agora deixava claro que eu era apenas um objeto em sua vida porem era tudo que queria aprendi a ser submisso a ela e quando me casei Jonas assumiu por completo a condição de macho da casa, chegava em minha casa ia direto tomar banho e completamente nu sentava na sala e ficava manuseando aquele cassete que tanto prazer dava para minha esposa conversava comigo enquanto ela se preparava para ele, quando ela descia sentava a seu lado e me chamando sempre de meu corno, ma fazia de empregado enquanto preparava uma coisa ou outra na cozinha assistia a ela se deliciar naquela vara.
Quando terminava meus afazeres sentava a seus pés e ficava admirando minha esposa que fazia questão de me humilhar bastante , certa vez ela mandou que eu a chupasse para prepará-la para ele e eu como sempre a lambia com todo cuidado ele então me colocou de joelho ao lado do sofá e passou a chupar aquela tora.
_____Olha corno que pau gostoso, você gosta de olhar não gosta, vem bem pertinho, vem senti o cheiro do pau de um verdadeiro homem sente.
Ela chupava e me beijava colocando em minha boca aquela saliva grossa, às vezes batia na minha cara e ria de minha condição, a humilhação era grande mais confesso que me dava muito prazer adorava ser usado por ela daquele jeito, mandou que eu lambesse seu cu para prepará-lo foi quando Jonas colocou o pé por baixo de seu corpo esfregando no meu rosto não resisti e chupei seu dedo melado do suco vaginal de Sonia ele gostou da coisa e eu acabei por esquecer o que estava fazendo quando ela percebeu saiu daquela posição me pegou pelos cabelos esfregando meu rosto no pé dele, ficou descontrolada me deu vários tapas e só ai percebi que cometera um erro.
_____A corno acostumou com o gosto da porra de meu macho agora esta com vontade de chupar, agora também quer ser viado, se é isto que quer vou te dar este prazer mais não pense que vou dividir ele com você, você vai ser o meu viadinho, vai tomar um banho que você deve estar rodo gozado depois volta aqui.
Tentei argumentar mas de nada adiantou fiquei quase uma hora no banheiro com medo, e quando voltei Jonas não estava mais em casa, ela estava sentada se masturbando colocava três dedos na boceta e fazia movimentos frenéticos, fazendo escorrer toda a porra que ele deixou, me mandou sentar dizendo que tínhamos muito a conversar.
_____Pedi a Jonas que fosse embora este assunto teremos que resolver entre nós, sabe corno sempre tive vontade de te ter por completo hoje tive certeza que posso fazer com você o que eu bem quiser, já te fiz um corno manso agora quero que seja meu viadinho, você nunca foi macho de verdade, e agora sabe disto.
Falava e me punhetava, retirava os dedos da boceta encharcada de porra e colocava na minha boca me fazendo sugar tudo quando percebia que eu estava preste a gozar, apertava meu saco lentamente.
_____Você sabe que o que me quando casou comigo que teria que ser assim, não amo os outros homens que me comem, amo você, o que me prende e me interessa é sua condição de corno manso, aprendi com minha irmã a ter este prazer e disto não abro mão, se você quiser pode arrumar suas coisas e ir embora, é isto que você quer.
Agora com a cara toda melada de porra e quase sufocado ela me segurava pelo cabelo e esfregava a boceta em mm como se estivesse querendo limpá-la, me sentia protegido e afagado por ela naquele momento eu estava totalmente entregue a ela, o tesão era incontrolável avisei que ia gozar ela mandou eu gozar na sua mão, gozei d ima maneira que nunca pensei ser capaz enchi sua mão de porra ela mandou que eu abrisse a boca e despejou tudo dentro me fazendo engolir.
____Isto corno bebe a tua porra, e me diga se aceita minhas condições e este disposto, a ser meu corno e meu viado de agora em diante, aos poucos te ensinarei a ter prazer dando esta bunda, será o meu viado e garanto que só de assumir esta condição vai te dar prazeres que nunca julgou possível, mas tudo isto entre quatro paredes socialmente continuara a ser o que é meu marido, e em casa fará tudo que eu quiser e desejar.
O que poderia fazer diante disto ela já havia me dominado completamente e sabia que eu a amava cada dia mais, e não poderia negar que aprendi a ser corno e estava pronto para me entregar completamente a ela, não saberia me relacionar de outra forma, mesmo que não aceitasse e fosse embora teria que procurar outra mulher que me tratasse da mesma forma e sei que não será fácil acabaria por me expor e afinal eu a amava.
______Sonia sabe que te amo ou não aceitaria ser seu corno e agora você já sabe que aceitarei tudo que quiser, mas prometa não me humilhar no trabalho ou em publico. .
_____Corno não se preocupe no trabalho só algumas pessoas sabem que é maior corno desta cidade, e todos que sabem já gozaram nesta boceta, e quanto a sua nova condição saiba que nem todo homem se presta ao papel de comer um viadinho como você, saiba que o Jonas me disse antes de sair que acha que você não merece o cassete dele no seu rabo, mas antes de você ter este prazer eu mesma te prepararei para isto aos poucos, você ainda vai me implorar para que deixe alguém te foder agora vamos a casa da Ana que quero falar com ela temos muito para conversar.
Ana era minha cunhada que havia se separado a alguns meses e vez por outra eu já havia cimentado com Sonia que não achava justo o tratamento que ela dava a seu ex marido que a todo instante tentava reatar o casamento, afinal o que elas tinham para conversar assim de uma hora para outra, fomos tomar banho juntos coisa que não acontecia a muito tempo e durante o banho ela me fez gozar mais duas vezes e saímos.
Começava ali uma nova realidade.




Ficha do Conto

Escritor:
rela736532

Nome do conto:
NOIVO CORNO, MARIDO MANSO ll

Codigo do conto:
2920

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
31/08/2004

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
2848 NOIVO CORNO MARIDO MANSO Traição/Corno 1
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA