Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





EU MINHA MULHER E UM CASAL DE AMIGOS


Eu Leandro sou fissurado por sexo, por esse motivo tivemos algumas aventuras sexuais ao longo do nosso casamento, sempre por opção minha, isso para a nossa relação sexual não cair na rotina, eu que sempre convenço a Sueli (minha mulher) a realizar as nossas fantasias, ela está com 42 anos, ela não é mulher de transar muito, mais quando transa é pra valer, chega a gozar de 8 á 10 vezes, há 2 anos atrás fizemos uma viagem para São Luis-MA para visitar um casal de amigos que não vemos á muito tempo e que já moraram aqui em Manaus-AM, o casal como nós já tiveram algumas experiências sexuais, eu desejo a mulher dele e ele deseja a minha, vou chama-lo de Carlos e ela de Lucia, já chegamos a conversar sobre o assunto varias vezes, então combinamos de sair nós 4 e aprontarmos uma sacanagem, tomamos durante a tarde na casa deles e no inicio da noite fomos ao hotel que eu e minha mulher Sueli estávamos hospedados, lá tomamos algumas cervejas e conversamos sobre swing ménage e outras sacanagens, nossas mulheres se soltaram, e era isso que queríamos, então começamos a tocar e excitar nossas mulheres, como eu e o Carlos nós somos bem safados, tiramos o pau já duro pra fora e demos pra nossas esposas chuparem, elas ficaram meio sem jeito riram nos chamaram de loucos mais aceitaram a brincadeira, a Sueli ficou do ladinho da Lucia e pegou meu pau duro lambeu a cabeça deu uns beijinhos e começou a chupar, e Lucia ficou olhando para a Sueli com aquela gula e pegou o pau duro do Carlos e botou todo na boca, pelo menos tentou por que a Carlos tem um cassete muito longo, as duas ficaram chupando uma do lado da outra, eu olhava para o Carlos e fazia sinal para elas trocarem de parceiros, ou trocar de cassete, aí coloquei um dos seios da minha mulher pra fora e comecei a massageá-los, elas sentadas na beira da cama e eu e o Carlos de pé, disse para ele pegar no seio da Sueli, ele tirou a seio da Vera para fora e disse pra mim ficar acariciando, então nós ficamos bolinando os seios da mulher um do outro, nos aproximamos mais até ficarmos colados para que nossos cassetes ficassem quase um só, um bem ao lado do outro, para facilitar a troca de cassete por parte de nossas mulheres, a essas alturas elas estavam babando os nossos cassetes de tanto liquido que saiam deles em função da nossa excitação, fui mais ousado e peguei a mão da Sueli e fiz ela segurar no cassete duro e melado do Carlos, ele adorou e fez o mesmo, pegou a mão da Lucia e colocou no meu pau duro, quase fomos a loucura, nossas mulheres nos chupando e colocando o cassete do amigo na boca da amiga, os cassetes estavam quase colados, elas começaram a punhetar nossos cassetes e a lamber, forcei a boca da minha mulher para chupar o cassete do Carlos, ela passou a língua em toda a extensão daquele cassete todo lambuzado quase gozando, e Lucia não se fez de rogada abocanhou meu cassete também, olhei para o Carlos e fiz o sinal que eu estava adorando, ele riu e confirmou que estava delicioso, levantamos nossas esposas, Lucia estava com a boca toda melada do meu cassete e a Sueli toda lambuzada do cassete do Carlos, olhei para o Carlos e fiz um sinal pra ele de que estava na hora de trocarmos de esposas, ele concordou, pegou minha mulher empurrou ela de costas na cama, eu fiz o mesmo com a Lucia, pudemos apreciar aquelas 2 mulheres nuas na cama pronta pra serem fudidas por nós, os nossos sonhos estavam se realizando, dei um beijo na boca da Lucia chupei seios desci ate seu umbigo e me aproximei daquela buceta rosada carnuda e cai de boca naquela buceta úmida, olhei para o lado vi o Carlos se aproveitando a minha mulher, ele estava com a cara enfiado na buceta gostosa da minha mulher, e ela se retorcia e olhava ele chupando ela, e de vez em quando ela olhava pra mim chupando a buceta da Lucia que começou a gritar de tesão, aí elas começaram a se tocarem, enquanto nós choupávamos suas suculentas bucetas, acariciavam seus seios e se beijavam na boca, me excitei mais ainda vendo aquela tara das 2 gostosas, minha mulher Sueli apertou a cabeça do Carlos contra sua buceta então percebi que ela ia gozar na boca e na língua do meu amigo, e não deu outra ela começou se contorcer e gozar segurando Carlos pelos cabelos e ficou dando uns choques de prazer, aí o Carlos se afasta da buceta da Sueli e eu peço pra ela acalmar a Lucia que ela estava gritando muito, poderia nos arranjar problema no hotel, ela botou a mão na boca da Lúcia, a Sueli ficou chupando seus seios e eu acelerei as lambidas no pinguelo da Lucia e nos grandes lábios metendo o dedo de leve no cuzinho dela, ela foi a loucura o gozou aos berros com o Carlos colocando a mão sobre sua boca para os funcionários do hotel não ouvirem seus gritos.
A minha mulher foi ao banheiro, enquanto isso Carlos deita na cama e pede para Lucia fazer um boquete nele, seu cassete estava brilhando de duro, ela de 4 começou lamber aquela cabeça vermelha e eu não aguentei peguei ela por trás e enfiei meu cassete duro e melado na sua buceta de uma só vez, ela delirou de tesão, fiquei socando com toda força naquela buceta gostosa e apertada, minha mulher retorna do banheiro e ao ver eu comendo a Lucia ficou excitadíssima, Carlos puxou ela para a cama abriu suas pernas para a Lucia chupar sua buceta, enquanto isso Carlos chupava seus seios e eu fudia a Lúcia, aí o Carlos deixa seus seios e dar o cassete pra ela chupar, então eu fiquei metendo na buceta da Lúcia e ela chupando e buceta da Silvia, a Lucia safada começou a gritar novamente mas um grito abafado por estar com a boca cheia de buceta, senti que ela ia gozar não deu outra, senti sua buceta ficar encharcada, então Lucia gozou, não resiste e gozei tirando o pau e jorrando em cima da bunda daquela cachorra gostosa, Sueli começou e gemer com as lambidas da Lucia no seu grelo e gozou feito louca, e o ultimo a gozar foi o Carlos que ficamos assistindo a show de boquete que a Sueli minha mulher fazia naquele cassete que brilhava de tanto tesão, ela lambia o saco, subia ao longo do pau e terminava na glande ele não aguentou e gozou dentro da boca da minha mulher, o esperma ficou escorrendo pelo canto da sua boca de Sueli aí o telefone da Lucia tocou, era sua filha dizendo que ele tinha que ir até sua casa pra resolver alguma coisa, então tivemos que sair do hotel para irmos até sua casa, mas eu queria que o Carlos comesse minha mulher Sueli, que eu tinha comido a Lucia mulher dele não era justo ele ficar sem comer a minha.
No dia seguinte a tarde Carlos passou no hotel para nos pegar para sairmos os 4 novamente, chamei ele para tomarmos alguma bebida antes de sairmos que ainda era cedo, a Lucia tinha ficado em casa, passaríamos por lá quando saíssemos, então começamos a beber e conversar sobre o ocorrido na noite anterior, minha mulher ficou vermelha, falei que queria realizar uma fantasia nós 3, queria ver Sueli trepando com o Carlos já que eu tinha fudido a Lucia ficaria olhando e filmando depois eu participaria da transa ela quis recusar mas insistir juntamente com o Carlos e ela aceitou, pedi para o Carlos dar o cassete pra ela pegar, tirei a roupa e fiquei logo pelado e de pau duro, falei para o Carlos tirar a roupa também, ele tirou a roupa e ficou a mostra aquele cassetão todo pra Sueli saborear ela pegou na ferramenta deliciosa, deu uns beijinhos na cabeça, ela estava sentada em uma cadeira e ela na beira da cama e eu de pé filmando tudo, o Carlos meteu a mão dentro da blusa de Sueli e colocou um seio dela pra fora, começou a passar a cabeça do pau no biquinho do peito que já estava durinho de excitado, Sueli punhetou um pouquinho deu uma lambida na cabeça do caralho e eu pedi pra ele tirar a roupa dela, assim o fez, tirou peça por peça deu um beijo bem gostoso nela chupou seus seios, eu estava louco pra ver ela gozando naquele caralho duro, fiquei batendo punheta e filmando aquela cena maravilhosa, ele a deitou na cama e começo a chupar sua buceta que já estava alagada de tesão, ele metia a língua com muita vontade eu via a língua percorrer toda a área da buceta e enfiava como se fosse fuder ela com a língua, ela não aguentou mais e virou pra fazer um 69, ele ficou por cima e ela por baixo, fui filmar ela chupar aquele caralho duro, ela enfiava na boca tudo que aguentava, mais não entrava todo o cassete por ser muito comprido, se chuparam alguns minutos e foram para os finalmentes, ele colocou ela na posição frango assado, eu fui pra bem perto pra poder ver o pau entra na buceta gostosa minha mulher, e poder ver no semblante dele o que ele iria sentir de prazer ao fuder ela, pra ele sentir o quanto e gostosa aquela buceta, ele pegou o cassete pelo meu e direcionou a cabeça do caralho na entrada da minha buceta e foi enfiando eu filmava com a meu pau latejando de tesão, ele enfiou o pau dura ate encostar o saco e foi tirando bem devagar para eu poder filma tudo, a Sueli levantou a cabeça para assistir tudo junto comigo, e não me contive comecei a falar um monte de sacanagem, como, fode minha mulher bem gostoso caralho, vai meu amor goza nesse cassetão pra mim ver, e cada sacanagem que eu falava eles se excitavam mais, então a Sueli falou pra ele, você quer me comer de 4, ele respondeu sim quero, corri pra perto pra filmar essa outra posição, queria ver ele devorar minha mulher com aquele rabo empinado, não deu outra, ele direcionou o cassete novamente para enterrar todo na buceta gostosa da minha mulher, ele comia a Sueli e alisava o cuzinho dela com a ponta do dedo e dia pra eu filmar, que ele queria meter no rabinho dela, isso era demais pra mim, não aguentava mais de tesão, fui então pra frente da minha mulher e coloquei o meu cassete na boca dela que ela devorou com maestria, isso era uma fantasia que a gente sempre fazia ela chupar meu pau enquanto era fudida por outro, o Carlos fudendo ela de 4 caia por cima dela e ficava com o rosto bem perto do rosto dela e ela chupava minha pica, portanto ele estava com a boca perto de chupar também, tive uma ideia, já que estávamos na putaria porque não dar o meu pau duro para o Carlos chupar também, então eu disse pra ela vai chupa gostoso meu cassete meu amor e dar um pouquinho para o nosso amigo chupar também para ele ver como é gostoso o meu cassete, ela puxou a cabeça dele em direção ao meu cassete e ele lambeu a cabeça do meu pau e começou a engolir todo o cassete e cada vez ele acelerava mais as estocadas na Sueli eu percebi que ele se excitou mais depois que começou chupar meu pau, a Sueli chupava e lambia o meu pau de um lado e ele lambia do outro, eu bem de frente para a bunda dele vendo ele enterrando cada vez mais acelerado na minha mulher, ele disse que ia gozar, então disse pra ele chupa meu pau bem gostoso, enfia ele todo na boca e goza dentro da buceta da minha mulher seu fadado tarado, ele apertou meu cassete com a boca e gozou dentro da minha mulher, a sorte e que ele estava de camisinha, ele se refez tirou meu cassete ainda duro da boca, tirou o pau de dentro da buceta da minha mulher, e mostrou o preservativo cheio de porra ela caiu para um lado e minha mulher pra outro, eu olhei para a buceta da minha mulher todo meladinha e disse pra ela que queria comer a sua buceta com gosto do cassete do Carlos, ela abriu as pernas a falou disse pra mim enfiar meu cassete dura que ele era toda minha, que eu ficasse a vontade, dei um bela chupada no grelo dela com gosto de cassete, e enfiei meu cassete com todo a vontade enquanto o Carlos chupava seus seios e dizia pra mim comer aquela buceta gostosa que ele acabara de fuder, e que ele queria comer novamente, ela mandava eu comer esse priquitão tarado e ela rebolava e diz pra mim gozar dentro, eu chamava ela de minha puta safada e gostosa, ela não aguentou e disse que ia gozar no meu pau e disse para o Carlos chupar seus seios que ela ia gozar e gozou feito louca chegava a dar choque, não resistir mais e gozei dentro da minha buceta bem meladinha pelo cassete do meu amigo Carlos. Fomos tomar banho e depois saímos para pegar a nossa amiga Lucia e darmos uma volta.
Foto Perfil jopico1

Ficha do Conto

Escritor:
jopico1

Nome do conto:
EU MINHA MULHER E UM CASAL DE AMIGOS

Codigo do conto:
29401

Categoria:
Grupal e Orgias

Data do Envio:
17/05/2013

Quant.de Votos:
7

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: bianor em: 20/05/2013
Um belo do conto votei e quero ler mais com vc ela ele e ela bjus na piriquitá das duas

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
29400 TRANSA COM UM CASAL INICIANTE Fantasias 3
29402 MINHA NAMORADA E SUA AMIGA SAFADINHA Fantasias 1
29403 EU MINHA MULHER E NOSSA AMIGA GOSTOSA Fantasias 1
29596 COMI MINHA ESPOSA E NOSSA AMIGA Fantasias 8
29605 FINAL DE SEMANA NA CASA DO AMIGO Grupal e Orgias 7
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA