Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





No quarto do hotel com o irmão do amigo


Meu amigo tinha marcado seu casamento em Ipatinga, onde mora e a família de sua noiva, então marcamos de irmos todos os amigos, a maioria namorava e eu tb porém, faltando uns 15 dias pro casamento, terminei com minha namorada e iria sozinho, conversando com meus amigos, um deles disse que seu irmão estava afim de ir mas não tinha onde ficar que o hotel estava lotado e tals, então combinamos que ele ficaria no mesmo quarto que eu. Como o hotel estava lotado, não teria como trocar de quarto e teríamos que dormir em uma cama de casal, achei a ideia ótima já que ele é super gostoso! Tem uns 1,95, forte não era super definido mas corpo perfeito, todo sem pelos, loiro com pés e mãos grandes, pau tb mas só descobri depois, 19 anos. Ipatinga é longe de BH então fomos na sexta e o casamento era no sábado. Chegamos quase todos juntos e combinamos de a noite sair pra jantar, tomar uma etc..
Já no apartamento, colocamos nossas coisas separadas e ficamos conversando.
-Fernando, se vc quiser tomar banho primeiro, pode ir.
-Blz. E nós, vamos com os caras só jantar? Animo alguma farra maior, alguma boate, sei lá!
-Pô animo tb, vamos com a galera e conversamos com o Kadu pra saber de alguma balada aqui hoje.
-Demorou.
Ele saiu do banho só de toalha, como é mto grande, a toalha não tampava mto de seu corpo e pra melhorar, estava enrolada abaixo da cintura e já mostrava uns pentelhos que me deixaram num tesão fudido... Esperei ele terminar de se secar pra poder espiar mais, seu corpo é mto gostoso, todo firme, pernas fortes tb sem pelos, uma bundinha dura lisinha, costas grandes, largas seus braços um tesão, e quando se virou pude ver seu pau que mole já era grande, com um saco menor, mas fui pro banheiro logo pra não dar na cara. Enquanto tomava banho, a porta do banheiro ficou encostada mas não trancada e do nada o Fernando entrou, tomei um susto pq estava me preparando pra bater uma punheta pensando nele. Entrou falando que precisava se barbear rapidinho, estranhei o fato dele ainda estar pelado mas pelo tesão achei ótimo. Enquanto ele estava no banheiro fomos conversando mais! Sobre o termino do meu namoro e tals...
Fomos sair com os meus amigos, todos casais e o casal de noivos, ficamos bebendo e tals, daí eles falaram que tinha uma balada no dia, que ia ser super legal mas que não iriam pra descansar e os casais também preferiram não ir mas o Fernando topou e depois de bebermos com a galera, partimos pra tal boate. A festa estava lotada, entramos e ficamos bebendo até que vimos 2 minas, fomos até elas e pegamos elas... Eu, pra falar a verdade, ficava mais excitado com ele se esfregando da mina que na que eu pegava... Estávamos bem tontos já e as 2 não toparam ir embora conosco, fomos embora então só nós. Desde o caminho ele já foi se queixando que estava no maior tesão. Entramos no quarto e:
-Puts Renato, aquela mulher me deixou com mto tesão, fiquei me esfregando nela. Fiquei puto que elas não toparam dar, nem sei como vou dormir com esse tesão! Vou tomar uma ducha pra ver se melhora!
-Nessa tontura sua vc nem ia aguentar vei! Kkkkkkkk... Vai é cair no chão do banheiro!
-Aqui vei, tem jeito não... (ele havia tirado sua roupa e se virou pra mim, seu pau estava mais em pé que a estátua da liberdade, até me assustei com o comprimento)!
Ele entrou no banheiro e aquela imagem não saiu da minha cabeça, resolvi inventar alguma desculpa e ir no banheiro pra ver novamente e pra minha surpresa, quando entro no banheiro o chuveiro esta ligado mas ele não está no Box, está sentado no vazo batendo punheta!
-Porra Renato, que susto!
-Porra digo eu vei, batendo punheta aqui vei?! Devia ter trancando a porta... Porra anda logo que tb quero tomar banho!
-Ahh vei, agora vc já me viu batendo aqui, entra ai...
Achei estranho mas topei, tirei minha roupa e fui passando por ele, tb estava de pau duro, mas por causa do tesão dele!
-Ai vei, vc tb ta de pau duro, bate uma ai tb... kkkkkkk!
Me virei de costas pra passar por ele...
-Porra, sua bundinha da um caldo tb viu! Kkkkkkkk... No tesão que to, te como fácil!
Senti um frio na barriga mas fiz de difícil pra ter certeza!
-Ahhh ta bom viu, mesmo se fosse, nessa cachaça sua vc não ia aguentar nada. Aposto!
-Ohhh que eu aposto é que seu rabo não aguenta meu pau! Olha o tamanho do bicho!?
Eu já estava no chuveiro, e ai eu disse!
-Se bem que é mesmo, até topava mas esse seu pau é grande de mais... Falei isso olhando realmente olhando pro pau dele, que continuava sendo massageado pelas suas mãos. Daí ele deu uma balançada no caralho e ofereceu:
-Ué então vem k dar uma chupada, se não vou ai no chuveiro te pegar!
-Então vem... Não é que o maluco veio!
Entrou no Box e eu já me virei, ele já colou seu corpo no meu me abraçando e beijando meu pescoço, senti o calor do seu corpo no meu, seu pau no meu rabo... Me virei e demos um beijo! Fui beijando seu corpo e me agachando na sua frente até chegar em sua piroca gigante e deliciosa, era quente, mto comprida, um pouco mais escura que seu corpo com a cabeça um pouco roxa, sua virilha com os cabelos cortados baixinho, mto delicioso. Quando abocanhei seu pau e pus todo na boca ele soltou um gemido mto gostoso! Engoli seu saco, uma bola de cada vez enquanto punhetava, lambia suas coxas, passava a língua pela virilha, até quase no seu rabinho, passava minhas mãos pelo seu corpo molhado, suando e quente enquanto ele gemia e passava as mãos pela minha cabeça.
-Isso Renato, ahhhhh! Vai, engole tudo... uhhhh! Passa a língua na cabeça vai, isso até embaixo. Que tesão, vc mama de mais... suga vai vadia!
Ele me olhava chupar seu pau e ficávamos trocando olhares safados, eu com seu pau na mão, na boca e ele me falando o que queria e mordendo a boca, passando a mão pelo corpo! Me pegou pelo braço, me levantou e foi até o vaso, se sentou e me mandou mamar mais, engolia tudo, babava no seu pau todo, mordia de leve sua barriguinha chupava seus mamilos duros de tesão, me levantei e ele me virou e foi chupar meu cú! Abria com as mão minha bunda e enfiava a língua na porta, eu piscava o cuzinho e ele ficava ainda com mais tesão, eu dava umas reboladinhas com a cara dele afundada no meu rabo! Depois de babar bastante no meu cú, ele pediu pra eu sentar no seu colo. Me posicionei, segurei seu pau na mira e fui tentando descer... Seu pau não era mto grosso mas era enorme, fui sentando enquanto ele gemia mais:
-Senta viado, desce no meu caralho vai! To louco de tesão já, agora vc vai aguentar o que aquela vagabunda não quis!
-Calma Fernando, vou devagar se não me arrebento! Mas vou te deixar acabado...
Ia descendo aos poucos e voltava pra não machucar mas a cada vez que descia mais, sentia seu pau fundo em mim. Estava doendo mas era mto tesão. Acabei conseguindo engulir seu caralho todo, fiquei um pouco parado pra me acostumar, enquanto isso me esfregava em seu corpo. Comecei um movimento rebolando no seu pau mas aquela posição estava ruim, me levantei e fomos para o quarto. Me deitei na cama e ele veio, levantou minhas pernas e segurando pelos calcanhares foi enfiando seu caralho em mim, ficamos assim um pouco até que ele se deitou sobre meu corpo, ele é bem maior e seu corpo pesava no meu, seu calor passava para o meu, ele falava sacanagem no meu ouvido me deixando com mais tesão.
-Vou te arrombar todo, cuzinho apertadinho gostoso! Quer minha pica quer? Ta gostando?
-To, ta bom de mais... Vc ta me destruindo! Seu pau e gostoso de mais, vc mete muito! Ta acabando comigo meu macho! Meu homem...
Ele se levantou e me virou de 4!
-Pede pra eu te comer putinha! Pede meu pau no seu cú! Pede pro seu macho te arrebentar!
-Vai, come sua putinha vai! Me come que eu quero vc todo em mim... quero seu pau!
Ele enfiou com vontade, doeu muito mas não tinha pra onde ir, deu um grito e tomei um tapa gostoso na bunda! Pedi mais e ganhei mais uns tapas na bunda, eu rebolava enquanto tomava uns tapas com o caralho socado no meu rabo... Ele se levantou e montou em mim e foi metendo cada vez mais rápido, segurava meu ombro e metia forte e fundo. Sentia seu saco batendo em mim forte, eu gemia mto e seu pau ia tão fundo em mim que acho que cutucava alguma coisa dentro que comecei a gozar sem ter batido punheta.
- Vai Fernando, mete que eu vou gozar! Ai que tesão... Mete fundo vai!
Enquanto eu gozava, meu corpo contraia e relaxava, meu cú piscava e ele foi ficando mais doido ainda... Dei mais prazer ainda pra ele!
-Safada, ta gozando igual mulher pra mim né?! Que tesão, pisca esse cú pra mim vai fêmea safada! Vai que vou te encher de porra quente e grossa! Rebola e pisca minha putinha gulosa.
Eu não consegui firmar meus joelhos e acabei me deitando na cama suja de porra, ele por cima de mim suando sobre meu corpo e enfiando o pau todo dentro até que ele começa a gemer e se contorcer sobre mim.
-Ahhhhhh, toma porra toma! Ahhhhh to gozando... rabo guloso!
-Vai, me da leitinho safado!
Ele ficou um pouco por cima ainda, depois desce de mim e se deitou com os braços abertos... Já era quase de manha, me virei e dei um beijo nele. Fiquei deitado de lado olhando para ele com cara de satisfação, passei minha mão pelo seu corpo e me virei pra dormir, passei a mão no meu rabo e parecia pegar fogo! No outro dia mal consegui me sentar, fomos almoçar e o irmão dele comentou que eu estava andando meio estranho e eu disse que tinha virado o joelho de tonto no dia anterior... kkkkkk!
O cara era tão safado que antes de irmos pro casamento ele ainda quis mais uma mas meu cú estava acabando:
- Não Fernando, não aguento não vei! OS caras já me amolaram que nem to andando direito e vc quer me foder mais? Ai não consigo ir...
-Quem decide sou eu vei, vou gozar antes de ir e depois! Se não der agora, vai me dar depois! Vem me chupar cadelinha então, vem chupar seu macho!
Fiquei ajoelhado no chão e ele sentado na cama! Ele forçava meu rosto contra seu pau mas eu não conseguia engolir, ia fundo na minha garganta!
-Calma vei, é muito grande! Deixa que eu vou fazer vc gozar...
Ele tirava seu pau da minha boca e batia no meu rosto, me melando todo... Me deu uma surra de vara e pra finalizar, gozou na minha cara e me mandou limpa-lo todinho. Fiz como ele me mandou.
Acabei me tornando puta desse meninão tarado!


Ficha do Conto

Escritor:
bh85

Nome do conto:
No quarto do hotel com o irmão do amigo

Codigo do conto:
31112

Categoria:
Gays

Data do Envio:
23/06/2013

Quant.de Votos:
23

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: jorge brito em: 17/10/2014
Ótimo conto.
Comentado por: potencia em: 26/06/2013
legal cara, curti
Comentado por: salexnogueira em: 24/06/2013
Que inveja branca que estou de voce...rsrsrsrsrs....Ótima estória...Parabéns!
Comentado por: cavalcanti em: 24/06/2013
ótimo conto, muito gostosos vcs.
Comentado por: isaque.reviver em: 24/06/2013
Delícia de conto cara, me deixou super excitado, eu que queria ter uma amigo destes!
Comentado por: ronald43 em: 24/06/2013
Renato, que tesão esse conto! Já morei nessa região, Caratinga, Ipatinga... E em BH tb... Pena não ter encontrado vc nessa época...

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
27293 Colega do voley Gays 5
27297 Porteiro do meu prédio Gays 14
27329 Filho do caseiro Gays 7
27464 O garçon safado do bar Gays 9
27981 Não me segurei e liguei pro garoto de programa Gays 7
28043 Carona gostosa! Gays 8
28262 Reencontrando o amigo que agora é motoboy Gays 5
28505 Na primeira vez, era só ver mas não resisti Gays 15
28556 O nativo de Morro de São Paulo Gays 7
28698 Encontrei o Luis(motoboy) por acaso novamente Gays 4
28705 Ainda jovem na fazenda Gays 7
28893 Na fazendo dei pro amigo do meu primo 21 anos Gays 25
29936 Consegui o gostoso namorado da irma de uma amiga! Gays 11
29996 Era pra ser carona mas dei a bunda pro gostoso Gays 14
31420 No drive-in com o chaveiro Gays 11
38287 Moleque do juijitsu Gays 10
41682 Transando com o Personal substituto Gays 13
45090 Primeira vez no mato Gays 6
50953 O jogador de basquete Gays 7
52008 Perdi a aposta e tive que pagar, alias dar! Gays 15
56572 O mecânico da fábrica! Gays 9


© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA