Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





A sobrinha da minha mulher


Olá, depois de ler tantos contos, me excitar com vários e gozar com alguns, resolvi compartilhar meu maior troféu sexual.
Sou casado, tenho 27 anos,minha esposa é a caçula e tem irmãos bem mais velhos,tenho poucas experiencias sexuais(5 mulheres diferentes), não sou o cara mais gato do site, muito menos o mais sarado,(engordei um pouquinho após meu casamento) mas pra compensar sou muito atencioso e gosto de sexo! Enfim, tenho uma sobrinha de 18 aninhos, descreve-la é fácil, peguem "Lolita" de Valdimir Nabokov, acrescente o tempero tupiniquim, e pronto, temos minha sobrinha! Ela como qualquer jovem, adora facebook, instagram, whatsapp, enfim, qualquer rede social da moda, e tem uma característica que as vezes a complica: é carinhosa e pegajosa! exemplo, se estamos no sofá, ela joga a perna em cima das minhas, ri de tudo, um tesão!!!
Tudo começou a alguns anos, quando conheci minha mulher,na época, a Gabriela tinha debutado,(fui em sua festa de debutante e a conheci pela primeira vez la), ela tinha um namoradinho e aparentemente(depois pude constatar que sim) o garoto era meio babaca e a tratava mal. ela namorou uns 3 anos entre idas e vindas e nesses anos, fui ficando próximo e passei a conversar muito com ela. Ela me confidenciava que sentia vontade de largar de vez dele, e numa dessas brigas,estando em minha casa e minha esposa foi ao mercado.

Eu estava sentado no sofá vendo TV, ela sentou do meu lado e começou a mexer no Iphone dela, acabou deitando e jogando a perna em cima de mim ,pra variar, esse dia ela vestia um shorts jeans um pouco larguinho, uma blusinha branca de cabelo solto, seu pezinho esquerdo na minha frente com uma tornozeleira, e o direito apoiado com a sola na minha perna, pois ela estava com uma perna dobrada e outra esticada. Olhei de rabo de olho e percebi que o shorts jeans subiu e dava pra ver a popa do bumbum e um pedaço da calcinha vermelha, me ajeitei pra ficar um pouco mais de lado e pronto, estava de frente pra bunda e pra bucetinha dela.
Não consegui mais assistir TV, e começou a sessão tortura, ela ficava abrindo e fechando a perna, cantarolando e mexendo no telefone.Dado momento, apoiei a mao na coxa dela que estava esticada, ela nao esboçou nenhuma reação e comecei a mexer os dedos de leve em sua coxa, logo ela parou de mexer a perna e eu instintivamente os dedos, passaram alguns minutos e ela voltou a mexer a perna e eu os dedos, nisso ela deita de lado no sofá e encolhe as duas pernas, o shorts subiu mais e ja dava pra ver as duas popas da bunda dela, quando achei que nao tinha como piorar a tortura, ela esticou a perna de cima e apoiou no meu colo, com o tornozelo dela em cima do meu pau! coloquei minha mão em sua panturrilha e fiquei massageando, meu pau já ficando duro, ela parou de mexer no telefone e me falou:
- Muda ai de canal!
Procurei o controle e adivinha aonde o controle estava? no vão de um assento, entre as almofadas bem atras da bundinha dela! Enfiei a mão no vão e encostei na sua bundinha, ela mexeu o pé e mexeu meu pau também, gelei... ela me olhou e passaram-se longos segundos até ela voltar os olhos pra TV! Mil coisas passavam pela minha cabeça,quando ela falou:
-To cansada de ficar deitada só desse lado.E se virou e deitou com a cabeça em meu colo! PUTA QUE PARIU! agora não tinha a visão mais do bumbum dela, mas em compensação, conseguia ver pelo decote aqueles peitinhos (antes pequenos, agora com forma e grandes) e aproveitei e coloquei uma mão na cintura dela, ficamos assim alguns segundos quando não aguentei e falei:
-Gabi,olha só, isso não se faz!
-Ham??? ela se fez de desentendida.
-Isso, sabe, você é linda, tem mó corpão e eu sou homem! respondi olhando para os peitos dela enquanto ela me encarava!
Ela ficou quieta, virou para tv, riu, deitou de barriga pra cima e pegou o celular, automaticamente, minha mão que estava na cintura se ajeitou na barriguinha dela e ela com aquele sorriso sarcástico no rosto! Quando achei que a tortura ia terminar, ela para de mexer no telefone me olha e fala:
-Adoro ficar aqui com voce, esse colo é gostoso!
-Mas eu fico nervoso Gabi! respondi sorrindo
-Não fique nervoso, fique feliz por eu gostar do seu colo!
-Eu fico feliz, mas ao mesmo tempo....
Ela curiosa insistiu:
- Ao mesmo tempo o que?
-Nada, nao tem nada a ver eu falar isso. respondi sério
-Agora quero saber, seu chato
-Quer mesmo???
Ela só balançou a cabeça em sinal de afirmação me olhando por cima dos olhos.
- Eu fico excitado com você assim....
Pronto! eu tinha falado, foda-se, qualquer coisa se der merda eu falo que foi brincadeira e encerro o assunto, pensei comigo
Nisso ela simplesmente senta do meu lado e vem na minha direção e beija no canto da minha boca.....

Caro leitor, você não conseguiria imaginar minha satisfação nesse momento, uma mistura de gelo queimando(aquele frio na barriga e aquele calor no pescoço ao mesmo tempo).

Antes que ela pudesse tirar os labios do canto da minha boca, pus minha mao em seu rosto e "ajeitei" o rosto dela, minha boca finalmente a beijou! Um beijo tenro a principio que evoluiu para uma beijo mais intenso, e em poucos segundos ja estavamos nos beijando sofregamente, com gemidos, mãos na perna, bunda, coxa e PAU!

Senti sua mão sobre meu pau apertando, segurando, alisando, e não me fiz de rogado, passei a beijar seu pescoço e meti a mão firme no meio das pernas dela. Ela se encolheu e ao mesmo tempo me puxou pra ela, acabei por cima dela e ela gemendo disse:
- eu tinha certeza que você era gostoso assim!
Sem parar de beijar o pescoço subi para a orelha e disse:
-Não entendi!
Ela sussurrando e mordendo o lábio respondeu:
- Eu te quero a muito tempo...
Parei de beija-la e olhei aquela delicinha, se contorcendo na minha mão e mordendo o lábio inferior...
Meti a mão por baixo da blusa dela e fui subindo a mão até encontrar o sutiã dela( nossos olhos não piscavam) e encarando-a, minha mão escorregou por baixo do sutiã. Ao contato das minhas mãos com seu mamilo, ela olhou para cima e fechou os olhos, aproveitei essa vulnerabilidade, e ajoelhei em frente a ela, e com a outra mão subi a blusa dela e fiz a mesma coisa, dessa vez um gemido muito mais alto escapou de sua boca. Puxei ela mais pra ponta do sofá e comecei a beijar de novo, fui levantando a blusa dela junto com o sutiã até ela ficar só de shorts!
Foi então que ouvi o telefone de casa tocar...
Era minha mulher, nessa de atente, não atende, a Gabi atendeu e disse:
- oi tia... ele ta la no quarto... não quero nada do mercado não... ihh tia, acho que ele deve estar descansando.... uhum... ta bom... bejin

Como ela era safada, falando com a minha mulher, a tia dela, enquanto eu me deliciava em seus peitos, chupando, mordendo, sentindo eles eriçados na minha lingua... um tesão.
-Ela falou que ta no caixa e daqui uns 15 minutos ela chega. disse a safadinha
PQP!Eu queria uma tarde inteira com aquela gostosinha e só vou ter 15 minutos, preciso aproveitar.Parei de chupar aqueles peitos deliciosos e fui descendo para a barriga, beijando, mordendo de leve, ela todinha arrepiada, cheguei ao botão do shorts e PLUF... shorts desabotoado, comecei a descer o zíper, ela me empurra, joga a bunda pra cima e ela mesma tira o shorts, que se amontoa no pé direito dela! Ela só de calcinha vermelha, tipo cuequinha, bem confortável e ao mesmo tempo LOLITA! Fui beijando sua boca e mordi o lábio, enquanto minha mão acariciava a bucetinha quente dela por cima da calcinha, fui beijando o pescoço, descendo, descendo, descendo, e cheguei na calcinha. Por cima do pano dei uma mordiscada leve e puxei devagar a calcinha dela para o ladinho, revelando aquela bucetinha rosinha, depiladinha, com o grelho durinho saltando sobre os pequenos lábios e aquele cheiro de sexo, cheiro de bucetinha novinha, cheiro de tesão. Passei a língua naquela bucetinha bem de leve por cima, ela ergueu o quadril procurando minha boca, porém, era minha vez de torturar! afastei e ela com a mão em minha nuca me forçou a entrar de cara na buceta dela... Tive que rir da situação
-Ai gostoso, não faz isso comigo, me chupa vai, por favor....

Aproveitando, tirei a calcinha dela e ela se arreganhou na ponta do sofá, cai de boca naquela buceta molhada e chupei, passava a língua na virilha, por entre os grandes lábios, por dentro dos pequenos, enfiava a língua na buceta, chupava o clitóris, apertava as coxas dela, e escutava os gemidos....fiquei ali naquele "sacrifício" alguns minutos, e o telefone toca... ela atende de novo

Oi... ta bom tia, vou falar pra ele.....
Ela desliga o telefone e segura meu rosto entre as pernas dela e fala:- chupa forte que minha tia ta la embaixo te esperando pra ajudar a pegar as.... as..... aiiiiiiii.... hummmmmmmm... chupa gostoso..... aiiiiiiiiii..........

Ela gozou, missão cumprida, sai do meio das pernas dela todo lambuzado, suado, feliz, excitado e corri pro banheiro lavar o rosto, lavei rapidinho, me sequei e quando sai do banheiro ela ja estava vestida, sorriu e disse, vai ajudar logo...

Desci na garagem e quando retornei com as compras, estava ela sorrindo....

E NÃO ACABOU POR AI............

Foto Perfil jamessena

Ficha do Conto

Escritor:
jamessena

Nome do conto:
A sobrinha da minha mulher

Codigo do conto:
32101

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
12/07/2013

Quant.de Votos:
11

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: Carberto.cba em: 21/07/2013
cara, tenho que ler logo a continuação, muito delicioso esse seu relato, posta fotos dela..
Comentado por: JullyNovinha em: 15/07/2013
Continua o conto!!! rs

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
32388 A sobrinha da minha mulher. Final Incesto 10
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA