Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Prostituta por engano


Este não é um conto,mas um relato real que aconteceu em minha vida!
-hoje tenho 34 anos na epoca do acontecido tinha 30 anos.
Sou uma mulher normal,me casei com 26 anos,sou esposa,dona de casa e agora mãe,nunca relatei este fato a ninguem pois bem.....
certa vez meu marido era(ainda é)caminhoneiro,no inicio do meu casamento eu sempre viajava junto,mas depois acabei ficando e tomando conta da casa e esperando meu amado devolta sempre que ele viajava,era comum eu ficar sozinha em casa 1 semana ou 2,um dia uma amiga me ligou perguntando se eu poderia levar ela na academia,pois estava chovendo não daria pra ela ir de moto como de costume,então eu fui peguei ela em casa as 20:00hs e fomos a academia,resolvi espera-la pois não tinha nada pra fazer mesmo e enquanto todos malhavam eu só observava.
Saimos da academia por volta das 21:30 para ir pra casa,quando a carla me pedio pra parar o carro que ela precisava ir no banheiro,então parei no centro de minha cidade a uns 300mts tinha um posto de gasolina,a carla foi até o posto pra usar o banheiro e eu esperei no carro,era uma noite de novembro,estava quente e não chovia mais,peguei um cigarro e sai do carro fiquei logo atras do meu carro em pé fumando,quando assim do nada parou um carro na minha frente,baixa o vidro e um homem me pergunta"quanto é o programa"nossa aquilo me deixou meia ,louca,exitada,enverganhada,sei lá mas foi uma sensação maravilhosa me senti uma puta por alguns instante.perguntei a ele:depende do que vai querer?uma chupada gostosa e depois quero comer esta buceta,quanto?disse ele! nisso a carla estava voltando então respondi hoje não vai dar chegou a pessoa que eu esperava tchau.e o cara vou embora,a carla chegou me perguntou o que era e eu respondi um cara perdido queria saber onde sai pra BR 101,e fomos embora mas aquela cena com a sensação que tive eu não esqueci me masturbei naquela noite pensando naquele fato e imaginando como teria sido foi inscrivel o tesão que senti me sentindo uma puta a cada minuto eu so pensava naquilo e a cada pensamento ficava mais e mais exitada,chegou a sexta-feira e meu marido voltou e eu com um tesão incontrolavel logo depois do banho fomos pra cama e eu pensei é hora de eu praticar de tudo pra não me atrapalhar depois(pois ja tinha um plano)então começamos e eu loucamente exitada e ele percebeu meu tesão fui logo chupando aquele pau e pela 1° vez chupei até ele gozar na minha boca ele me disse nossa ta sedenta hen?pois nunca me deixou fazer isso e eu ainda com o canto da boca escorrendo aquele leitinho disse se você pudesse fazer qualquer coisa comigo como se eu fosse uma puta o que faria?comeria seu cuzinho ele respondeu!então vem come bem gostoso o cuzinho da sua putinha vem,ele enlouqueceu fiquei D4 abri bem as pernas e ele meteu todo aquele pau no meu cú doeu um pouco mas o tesão era tanto que a dor ficou pequena perto do meu tesão e gosei muito.na 2° bem cedo ele viaja e ainda cada vez que eu lembrava da cena do programa me dava tesão me segurei na 2°,na 3° mas na 4° feira não aguentei pensei em ir até aquela mesma rua e ficar um tempo lá e se aparecer alguma coisa aproveitar não pelo dinheiro pois tenho uma vida razoavel mas pelo tesão que sentia em me imaginar sendo uma puta então planejei tudo e começei a agir vesti uma bota preta,uma calcinha fio dental,mini saia e uma blusinha alguns preservativos na bolsa,peguei meu carro e sai,fui para naquela mesma rua do centro,estacionei o carro,desci e fiquei ali parada ainda tremula e me perguntando o que eu estava fazendo ali mas, pelo fato de estar ali como uma puta mesmo isso me deixava muito exitada eu acho que nem queria realmente que viessa alguem só queria ficar ali quase nua com uma calcinha bem enfiada,maquiada segurando minha bolsa mas em alguns minutos parou um carro era um casal bem jovens tipo tanto ele como ela tinham no maximo uns 23 anos e eu nunca tinha imaginado ter que encarar uma menina bem!!eles pararam,baixou o vidro e ele perguntou "faz com casal?"disse que sim ele me falou que queria realizar a fantasia dela que era de penetrar com vibrador uma mulher e chupar e ser chupada por outra mulher e ele iria participar se eu topava e por quanto?não tinha ideia se eu queria aquilo nem tão pouco do preço mas disse que sim por 150,00 e ele perguntou o que acha amor quer?e ela acenou com a cabeça que sim entrei no carro e fomos pro motel,no quarto a menina calada se soltou e logo veio pra cima de mim me agarrando e enfiando a mão dentro da minha calcinha e ele só olhava,ela logo tirou minha saia e calcinha e começou me chupar nunca tinha sido chupada com tanta qualidade assim como ela feztirou minha blusa me deixando totalmente nua e me disse fica de 4 eu fiquei e ela me chupou ainda mais minha buceta e lambeu maravilhosamente meu cuzinho enquanto isso olho pro espelho da minha frente e vejo o rapaz tirando a roupa e ficando nu e então ele começou a tirar a roupa dela,ela parou de me chupar e disse dá um carinho em mim e se deitou fui pra cima dela mesmo sem saber muito bem como fazer isso com uma menina mas fui com vontade beijei aquele corpinho todo e pela 1° vez chupei uma buceta e adorei chupei ela por varios minutos até que ela se levantou abriu a bolsa e pegou um vibrador acoplado a um cinto de couro e fiquei de 4 e ela meteu em mim o vibrador não era muito grande tinha uns 13cm ou 15 no maximo mas vibrava e ela controlava bem e eu ali de 4 com um vibrador enfiado na buceta e com os olhos fechados quando sinto algo tocar meu rosto era o rapaz com o pau quase na minha boca então abocanhei e chupei ela parou de meter e tirou o cinto e disse mete em mim e eu fiz eu comentei que era dificil de controlar o pau entrando e saindo na medida certa mas ela era muito boa nisso e ela me disse "tenho pratica nisso nos fizemos inversão quase sempre e ele adora dar o cuzinho pra mim"isso me deu uma sensação estranha pois não sabia o que pensar gente como assim o rapaz bonito ,casado com uma bela moça e gosta de dar o cú mas enfim...ele ficou em pé e nos duas o chupamos ele ficou de 4 e ela lambia com muito tesão o cuzinho dele enquanto eu chupava o pau grande ,duro e quente ela veste o cinto denovo e mete nele enquanto eu o chupava gosamos muito nos 3 e duas horas depois saimos do motel satisfeitos eles queriam meu fone pra marcar outra em outro dia mas deixei apenas e-mail e peguei o e-mail deles me deixaram devolta extamente onde eu estava e rapaz me entregou 150,00 que eu deixei em cima do banco do carro dele se dispediram e foram embora e eu rapidamente entrei no meu carro e fui pra casa que loucura eu pensava já em casa tomeu um banho me deitei nua e dormi no dia seguinte tinha um e-mail deles pra mim dizendo "bom dia esquecidinha gostosa,ontem você deixou cair o dinheiro em cima do banco do carro vem pegar ele e amanhã a noite e se estiver livre passa a noite em nossa casa"eu respondi e disse que deixei de proposito e que não era prostituta que eu era casada e estava ali por acaso e simplesmente aproveitei a situação mas pelo tesão e não pelo dinheiro,trocamos varios e-mails e saimos mais umas 5 ou 6 vezes depois eles mudaram de cidade e ninguem nunca soube que um dia eu fiz isso.

Foto Perfil mirianliz

Ficha do Conto

Escritor:
miriandeliz

Nome do conto:
Prostituta por engano

Codigo do conto:
32527

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
21/07/2013

Quant.de Votos:
26

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: jpereira em: 27/07/2013
Amei seu conto eu amo coisas diferentes principalmente a respeito ao sexo.
Comentado por: dinho1234 em: 26/07/2013
Parabéns seu conto é maravilhoso quase gosei so de ler vc escreve muitom bém eu ja vpotei no seu conto continue escrevendo beijinho
Comentado por: kakau30 em: 24/07/2013
amei seu conto,espero ler mais queria muito te conhecer
Comentado por: mprcosta em: 23/07/2013
Pra casada voce e bem safadinha e bem gostosa
Comentado por: vagner2009 em: 23/07/2013
adorei, tomara que seja somente a primeira
Comentado por: linsar em: 23/07/2013
Muito lindo exitante e muito bom de ler votado e Parabéns.
Comentado por: Anjo Discreto em: 22/07/2013
ótimo relato. Beijos e adoraria saber mais histórias suas.
Comentado por: antoniolobo em: 22/07/2013
Corajosa! Parabens pela ousadia em realizar sua fantasia. bjs
Comentado por: ROSA FLOR em: 22/07/2013
nOSSA QUE DELICIA ADORO ISSO BJS..PARABÉNS..
Comentado por: Saulo_ES em: 22/07/2013
Seu conto foi maravilhoso, fiquei num tesao extraordinario imaginando a cena. Parabens!
Comentado por: terranova em: 22/07/2013
Super sensual, bem escrito e gostoso de ler. Parabéns!

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
32609 Buceta de bêbada não tem dono!! Coroas 23
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA