Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Dei o cu pro meu cunhado!!


DINAMITE PURO!!
Meu cunhado é um cara muito simpático e atraente, sempre me tratou com muito carinho e nunca "avançou o sinal". Eu que sempre fui assediada pelos meus amigos achava todo aquele respeito pertubador e estava convencida que ele fazia forças prá resistir (cá entre nós, sou muito mais gostosa que a minha irmã). Um dia saí do banho e fui pro meu quarto me trocar. Notei pelo espelho do armario que alguem me observava pelo buraco da fechadura. Eu estava de costas para a porta e peladinha. Só podia ser o meu cunhado que estava prá chegar em casa há qq momento. Liguei o som e comecei a passar creme no corpo inteiro. Afastei as pernas e expus o meu cuzinho e xaninha bem na direção da porta. Virei de frente prá porta e comecei a dançar da forma mais sensual possível, morrendo de tesão por estar sendo observada "secretamente" pelo meu cunhadinho gostoso. A minha buceta estava completamente encharcada de tanto tesão.

Encostei no armário e comecei a tocar uma siririca de frente para a porta, tomando o cuidado de não olhar diretamente para o buraco da fechadura. Percebia que o meu voyeur continuava ali. Quando estava quase gozando decidi olhar fixamente pro buraco da fechadura e aí notei que a sombra desapareceu rapidamente. Imaginei que o meu cunhado estava morrendo de tesão e imaginando se eu sabia que ele estava ali. Troquei de roupa e fui prá sala, onde encontrei-o assistindo tv quase ofegante.

Perguntei como havia sido o dia dele e comentei que havia tomado um banho delicioso. Ele comentou que a minha irmã chegaria tarde e que éramos só os dois prá jantar e sugeriu que pedíssemos algo por telefone. Eu sugeri que ele fosse tomar um banho primeiro. Assim que ele entrou no banheiro, despi-me por inteiro e pensei "e hoje ou nunca". Entrei no banheiro e abri a porta do box. Meu cunhadinho arregalou os olhos e pediu prá eu sair. Eu disse que percebi que ele me olhava pelo buraco da fechadura e sabia que ele estava morrendo de tesão. Ele estendeu a mão e me puxou prá dentro. Fiquei de joelhos e imediatamente botei aquele cacete duríssimo na boca. Mamei até ele gozar na minha boquinha, o que deve ter demorado uns 60 segundos, tamanho o tesão do meu cunhado durante a sessão preliminar. Ele então ficou de joelhos, coloquei uma das minhas pernas sobre o ombro dele e ele chupou a minha xaninha durante uns 10 minutos. Foi a melhor chupetinha da mi nha vida, tinha a impressão que ele estava me comendo com a língua.

Saímos do chuveiro e fomos pra minha cama onde continuamos um 69 até ele ficar de pau duro novamente. Ele disse que queria começar pelo meu cuzinho e depois de lubrificar o seu pau com a minha vaselina, enterrou a sua pica no meu rabinho, de vagarinho, com muita classe, ele enfiou o pau inteiro.
Eu até perdi a voz e só pedia prá ele não parar. Gozei feito uma louca. Ele me virou de frente prá ele e veio por cima, dessa vez botou na minha xoxotinha melada, e meteu sem parar até gozar pela segunda vez.

Eu gozei inúmeras vezes, como nunca havia gozado antes.

Acabamos adormecendo e fomos acordados pela campainha, era a delivery do nosso jantar. Minha irmã chegou em seguida e foi a nossa sorte o entregador ter chegado um pouco antes. Depois desse dia repetimos a dose várias vezes. Como a minha irmã sai cedo para o trabalho, diversas vezes fui acordada pelo meu cunhado chupando a minha buceta. Passei a dormir pelada prá facilitar a surpresa. Uma outra noite fui até o quarto deles e enquanto a minha irmã dormia fiz um boquete no meu cunhado até ele gozar.
Ele não se conforma com a minha audácia, mas quando o assunto é sexo eu gosto mesmo do que é proibido.
Hoje moramos a milhares de quilômetros de distância e ainda sonho com aquela trepada com o meu cunhado.

Eu estou casada mas o meu marido nunca me comeu como o meu cunhado e espero logo poder repetir a dose.


Ficha do Conto

Escritor:
jotajota_ll

Nome do conto:
Dei o cu pro meu cunhado!!

Codigo do conto:
3278

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
30/10/2004

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
2930 Barba ,cabelo e bigode Interrraciais 0
2931 Um pau reto no cú Interrraciais 1
2935 Meu papai me enraba todo dia! Incesto 3
3047 Enrabei minha cunhada Incesto 1
3277 No hospital Fetiches 0
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA