Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





a freira e o caseiro


Marisa era uma garota prendada desde pequena foi educada nos rigidos padroes de seus papais ela era uma garota tao linda mistura de alemaes descendencia de seu papai e india descendencia de sua mamae uma mistura de morena com cabelos loiros sempre era muito cobicada pelos garotos mas seu sonho era ser freira adorava ver as mulheres toda coberta aos 15 anos marisa fez a primeira comunhao e aos 18 anos para sua alegria uma freira superior a convidou para estudar em seu colegio de normas rigidas mas para ela seria facil pois sua vida ja era assim e se gostasse poderia se tornar freira as aulas se iniciaram ela como sempre chamando a atencao corpo alto moreninha com um cabelo bem loirinho coxas grossas apesar ue ela odiava mostra las era de longe a mais formosa e sensual da turma aquele colegio somente estudava mulheres entao seus pais ficaram mais tranquilos e ela pode iniciar o periodo de adaptacao de homem ali somente o padre superior e um caseiro ja idoso mas com aparencia jovial e atletica fruto de suas corridas na praia seu nome era fontes todos confiavam nele porque ja estava a dez anos e nunca havia nem sequer dito palavras vulgares as meninas que ali estudavam mas como sempre seu fontes fazia questao de comprimentar as alunas novatas quando ele se aproximou de marisa ele pegou nas maos dela e deu um bj como fazia de costume marisa que nunca foi beijada nem por seu papai recebeu um beijo de homem um ar de surpresa medo e raiva tomou conta dela tanto que nem prestou mais atencao na aula chegando em seu quarto ela chorou e lamentou para uma menina virgem aquilo foi um pecado mas ela se calou na manha seguinte seu fontes que tambem fazia a limpeza do colegio adentrou o quarto de marisa ela nao imaginava que alguem fosse entrar ali o quarto era individual por isso dormiu a vontade de camisilnha branca e calvinha rosa sem sutia seu fontes que sempre foi respeitador viu aquela anjinha da perfeicao nossa um ar de tesao e desejo tomaram conta daquele homem ja de idade mas muito viril pois sempre as noites descontava seu desejo nas boates com prostitutas ele simplesmente vendo aquela obra prima do ceu enlouqueceu como ela dormia ele tirou seu penis grosso com o tempo e bem longo e se masturbava ferozmente ate que gosou o maior de todos marisa dormia lindamente ele se limpou e saiu com o pensamento de possui la mas semanas se passaram e marisa se enturmava mais ate que sua superiora lhe designou a limpeza do porao ali ninguem entrava nem mesmo a madre pois era muita poeira mas designou seu fontes para ajuda la lhe dizendo esse eh um home bom te ajudara seu fontes veio novamente aquela beldade que era aquela menina em sua mente e agora estaria sozinho com ela em um lugar escuro ficou tao excitado q mal dormiu para o outro dia comecarem ja marisa tambem veio aquele bj em sua mao e ficou com uma mistura de raiva e medo de manha fontes e marisa adentravam o porao a madre viajava e as alunas em saula de aula seu fontes foi cativando marisa pois era animado e bondoso ja eram amigos o calor era insuportavel seu fontes tirou a camisa um corpo atletico marisa nao deixou de admirar ficando rosada de vergonha ela usava um vestido branquinho calcinha lilas e com o calor seu sulco vaginal escapou pois seu instinto de femea foi mais forte ela tambem pode notar em seu fontes seu membro pulsando dentro da calca e ele com um ar de conquistador por a vagina de sua deusa ter se molhado o ar ja era de desejo ele entao confessou marisa a duas semanas quando voce dormia eu entrei em seu quarto e te vi dormindo meu Deus vc eh um anjo me perdoa mas masturbei para voce ela sem reacao seu fontes sou virgem o senhor me deu um beijo na mao e me senti pecadora imagina agora eh errado entao ele se aproximou dela e falou tua vagina ta molhadinha com meu penis voce o quer ela mais vermelha ainda disse logico que nao eh o calor nessa ele a puxou contra ele lhe dando um beijo de lingua e massageando seu bumbum de menina virgem ela simplesmente sem reacao nao conseguir evitar que seu fontes a deixa se nua ele entao se desnudou tambem nossa ela via um penis enorme grosso e sua vagina pulsava intensamente seu fontes chupava teus seios como animal ate chegar em sua vagina onde chupava como se fosse come la marisa enlouquecida deixou se entregar tao educada ate entao dizia por favor come minha buceta quero seu pau meu macho me nessa buceta virgem entao seu fontes ajeitou seu penis e numa so estocada entrou tudo enlouquecido dizia vai virgem sente a tora de teu macho sou teu dono agora vc me pertence e penetrava sem piedade ate que ambos atingiram um orgasmo intenso ficaram por horas se amando dentro daquele porao com todas as posicoes menso anal pois apesar de safado ele entendia que ali nao seria a hora para aquilo eles se vestiram e nao mais se falaram marisa concluiu se curso e desistiu de ser freira conheceu seu futuro marido com quem teve dois filhos mas nunca esqueceu seu fontes seu caseiro seu primeiro macho e seu fontes depois daqulea experiencia comeu varias e varias meninas naquele colegio e tambem jamais esqueceu marisa
Foto Perfil donizetti

Ficha do Conto

Escritor:
amoreternoporumamulher

Nome do conto:
a freira e o caseiro

Codigo do conto:
36266

Categoria:
Virgens

Data do Envio:
03/10/2013

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: neygostosa em: 06/10/2013
amei seu conto, minha buceta piscava com a leitura....mto bom....votado e bjs

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
36330 a novica do rebelde Zoofilia 4
36343 simplesmente te amo Poesias/Poemas 5
36402 te amo seja minha mulher Poesias/Poemas 5
36443 amor verdadeiro sinonimo de prazer Poesias/Poemas 3
36465 a filha e seu bom papai Incesto 10
36496 o prazer e a dor Incesto 3
36527 quero te amar......... Poesias/Poemas 2
36600 eu te amo minha eterna namorada Poesias/Poemas 2
36647 a freira e seu pai bêbado Incesto 3
36767 uma rima de amor é como um intenso orgasmoooo Poesias/Poemas 3
36983 a filha do pastor Incesto 9
37018 em minhas rimas,te farei me amar! Poesias/Poemas 1
37157 fred flinstones e sua filhinha pedrita Incesto 10
37286 senhor madruga deflorou sua filha chiquinha Incesto 8
37316 ire te penetrar,hoje ou amanhã,mas irei t penetrar Poesias/Poemas 3
37409 mulher maravilha e sua linda mamãe Incesto 1
37547 teu orgasmo é meu completo prazer! Poesias/Poemas 1
37606 geovana e o desejo por seu pai Incesto 8
37624 a freira quase violada Virgens 3
37703 mulher e poema,irmãos gêmeos! Poesias/Poemas 3
37754 defloráda por seu pai,o grande Rei Arthur Incesto 7
37870 Dart vader deflorou sua filhinha, princesa Léah Incesto 5
37871 mulher obra prima do Senhor Poesias/Poemas 3
37963 Mulher, o mundo se curva a ti! Poesias/Poemas 2
38354 Querido diário 1 : confissões de vanessinha! Incesto 15
49577 a ruivinha fez um boquete para o padre Masturbação 2
55921 bruninha e seu papai, cabacinho adios Incesto 8
56649 Nathan o sueco de indeciso a boneca Gays 2
57760 feliz natal :) Poesias/Poemas 1
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA