Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Esposa difícil finalmente libera para um negro 3


Para entender esta continuação aconselho a ler nossos contos anteriores (36710 + 36930) onde narramos como a minha querida esposinha começou a dar sua buceta para um pedreiro negro comer, sempre incentivada por mim que me descobri um perfeito corno que adorava entregar minha mulher para um macho.
Após aquela noite em nossa casa e cama, onde o negão socou seus 24 cm sem dó na bucetinha da minha mulher, fazendo-a gozar aos gritos, levamos o nosso hóspede até a edícula onde o mesmo estava hospedado, que além do quarto tem uma área com churrasqueira, onde fiz um belo churrasco para nós, regado a cerveja, onde fiz questão de pessoalmente servir aquele fabuloso macho. Após a janta nos despedimos e fomos dormir, não sem antes prometer ao nosso macho que teria uma nova sessão com a minha esposinha pela manhã.
No outro dia acordamos cedo, ainda ligados por todo o tesão sentido na noite anterior e comecei a alisar minha mulher que já estava novamente com a buceta molhadinha, gemendo aos meus toques. Decidi que estava na hora de ela levar nova surra de rola do negão e pedi-lhe que vestisse um baby-doll rosa com uma tanguinha da mesma cor que eu lhe havia comprado especialmente para esta ocasião. A cor foi uma escolha do negão que a adorava.
Pedi a ela vestir um robe sobre o baby-doll afim de escapar de possíveis olhares indiscretos dos vizinhos e nos encaminhamos à edícula.
O negão ainda estava deitado mas acordado e ao entrar no quarto e trancar a porta, retirei o robe da minha esposinha, apresentando-a linda e tesuda com a tanguinha enfiada no rabo. O negão reagiu imediatamente, levando a mão ao pau e ela, tomada pelo tesão, sentou-se na beira da cama, enfiando a mão para baixo da coberta e agarrando aquela ferramenta maravilhosa. Existia uma segunda cama de casal naquele quarto e eu a puxei para ela, convidando o negão a juntar-se a nós, sendo que acabamos os tres na cama, com ela ao meio. A minha mulher ficou de frente para mim e o negão se encaixou em seu traseiro, ficamos nos beijando sofregamente. De repente ela começou a gemer e quando lhe perguntei se estava gostando ela balbuciou que o negão já havia cravado seu majestoso caralho na sua bucetinha, passando a respirar ofegadamente e gemendo. Não acreditando na rapidez do pedreiro, levei minha mão à sua buceta, sentindo-a totalmente preenchida pelo caralho do macho que estava duríssimo, conforme constatei ao alisar sua majestosa base de 8 cm de largura. Tudo isso sem retirar sua calcinha! Fiquei com um tesão enorme e me passou pela cabeça uma vontade imensa de estar no lugar dela recepcionando aquela enorme rola na minha bunda. Mas no meu papel de corno manso, me cabia certificar-me que ela estava recebendo o máximo de prazer, fato do qual pude me certificar logo, já que ela começou a gozar loucamente e aos gritos, com aquela imensa geba enfiada na sua maravilhosa bucetinha. Depois de voltarem ao normal, tratei de fazer café para mais uma vez alimentar o nosso macho.
Depois de uma refeição demorada, durante a qual ainda assisti a minha mulher elogiando o negão como um fabuloso garanhão comedor, levamos o nosso amigo até a rodoviária para que voltasse a Praia Grande, já que afinal ele tinha nulher e filhos para cuidar.
Na rodoviária ainda pedi a minha mulher que se despedisse dele com um selinho, oferecendo-lhe seus lindos lábios para um rápido beijo.
Após nos dirigimos ao mercadinho da cidade para um choppinho e para relaxar um pouco. Pedimos bebidas e junto ao balcão observamos um belo moreno, jovem e musculoso, que logo chamou a atenção da minha putinha. Observei que eles se encaravam descaradamente e que a minha mulher já havia puxado a saia para cima para liberar a visão de suas belas coxas ao garoto. Ficamos nisso mas confesso que fiquei com vontade de entregá-la para outro macho fodedor, porque já entendi que o meu papel daqui para a frente vai ser o de arrumar bastões de carne para alimentar esta insaciável buceta que um dia já foi só minha! Numa próxima oportunidade vou arrumar o telefone da nossa próxima potencial vítima para ver se ele topa ser nosso próximo macho. Quando acontecer, eu conto, para tanto peço que comentem e votem, caso gostem.


Ficha do Conto

Escritor:
sol

Nome do conto:
Esposa difícil finalmente libera para um negro 3

Codigo do conto:
37299

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
23/10/2013

Quant.de Votos:
17

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: linguado em: 19/07/2014
EIINPORQUEVC NÃO COLOCA FOOS DESTA VADIA FODENDO VC NÃO ESTA SENDO TOTALMENTE ORNO NÃO APESENTE TEU MATERIAL CORNO FROUXO
Comentado por: cornutto em: 02/12/2013
delicia, bati uma me imaginando limpando a bucetinha galada...
Comentado por: jorgesorocaba em: 19/11/2013
Putz...delícia de conto.....me masturbei e gozei gostoso imaginando essa mulher sentada na minha rola....deliciosa....o gostaria de encontrar um casal tesudo como vcs...quem sabe um dia realizo esse sonho...votado
Comentado por: amoputaria em: 25/10/2013
Muito massa saber que vc descobriu que amar é compatilhar e sentir prazer pelo prazer da sua amada.. Amada puta mas que vc adora o jeito cachorra dela.. E ela sabe que vc adora que ela seja a vadia que vc merece!
Comentado por: rogeriopenido em: 25/10/2013
Não sou tão dotado mas adoraria ,meter fundo nessa gostosa
Comentado por: Rcdfs em: 25/10/2013
Excelente...cara de sorte...conte tudo pra nos....
Comentado por: jota stk em: 24/10/2013
Teve nosso voto eu e meu marido adoramos seu relato rendeu uma transa legal valeu
Comentado por: mak19x5 em: 24/10/2013
K DELICIA DE CONTO MARAVILHOSO SÓ FALTOU AS FOTOS DESTAS MARAVILHAS HISTORIAS

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
36710 Esposa difícil finalmente libera para um negro Traição/Corno 21
36930 Esposa difícil finalmente libera para um negro 2 Traição/Corno 12
39044 Esposa difícil finalmente libera.........4 Traição/Corno 6
39846 Esposa difícil finalmente libera...........5 Traição/Corno 4
42750 Esposa no cio por negros Traição/Corno 9
44707 Entreguei a esposa ao pedreiro negro Traição/Corno 5
45278 Entreguei a esposa ao pedreiro negro 2 Traição/Corno 8
49443 Entreguei a esposa ao porteiro mulato Traição/Corno 5
49541 Entreguei a esposa ao porteiro mulato 2 Traição/Corno 6
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA