Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Escravo de Casal.


Escravo de Casal

Tenho 34 anos, o que relato aqui é minha experiência de submissão a um casal que conheci a dois anos. Sou casado e ninguém em meu círculo social e profissional pode sequer imaginar o meu desejo e fetiche, sou heterossexual e tenho uma imagem pública de ser macho e rígido, minha vida profissional depende disso. A posição de comandar me é prazerosa mas estressante, a todo momento sou testado e cada prova tenho que mostrar estar a altura das expectativas.
Já fui dominado por um casal anteriormente mas não deu certo, meus mestres atuais se encaixaram em tudo o que quero e me satisfazem totalmente. Começamos como tudo atualmente, pela internet. Contei minha experiência com o outro casal e sobre minha necessidade de confidencialidade. Contei que usava as roupas da minha antiga senhora e que adorava me vestir com suas calcinhas e vestidos, ser a putinha deles e receber ordens, limpar a casa e ser objeto sexual.
Marcamos um encontro, fui ao apartamento deles, nada que pudesse chamar a atenção, fui recepcionado pela Sra.Mell, uma mulher lindíssima e inteligente, logo conheci Sr.HYPNOS dono da Sra.Mell e começamos a conversar. A Sra.Mell começou a tomar conta da conversa via-se que ela era a principal interessada. Ela dominava a conversa e depois de alguns minutos estávamos todos excitados. Ela convidou-me a provar algumas peças. Sou homem forte, tenho corpo definido e acho que fico bem com roupas femininas. Tirei a roupa ela pegou uma calcinha de renda e pediu que colocasse, estava nú a não ser pela calcinha, pela primeira vez senti o toque de minha dona, ela passou a mão em minha bunda maliciosamente e me elogiou, fiquei de pau duro ela passou a mão nele também, pediu que usasse uma saia que logo coloquei e uma blusa que ela achou que combinaria comigo. Fiquei extasiado ela me elogiava e dizia que agora eu era uma putinha e que a serviria com todo meu desejo. Senti as palavras dela entrarem em meu coração, fomos para a sala para ser apresentado ao Sr. HYPNOS. A Sra disse que eu estava linda e que a partir de agora seria chamada de Vanessa. A Sra. Disse que eu nunca mais usaria meu nome de batismo quando em sua disposição.
O Sr. HYPNOS dai em diante passou a ter mais interesse em mim, pediu para me ajoelhar e passou a me dar ordens, beijei os pés de meu mestre e minha senhora, meu senhor mandou que ficasse de quatro no sofá e levantasse a saia para mostrar a minha bumba com a calcinha enfiada, passou a bater nela me chamando de vadia e eu adorando minha senhora ausentou-se por alguns minutos enquanto era adestrado pelo mestre e apareceu linda usando mini saia e um top de couro. Abaixo da saia havia um volume e fiquei extasiado ao ver quer era um pauzão de látex preto e que ela pretendia me usar para seu prazer.
Ainda de quatro no sofá ela passou lubrificante em meu cuzinho e começou a enfiar, meu mestre só olhava enquanto minha dona sem perdão me tornava uma verdadeira putinha, ela arregaçou meu cu e me xingava enquanto isso, eu me mordia de prazer. Meu mestre chegou perto e me deu seu caralho duro para chupar, nunca tinha chupado um pau e aquilo foi muito gostoso, me senti realmente puta. Minha senhora não me deixou gozar, me levou ao banheiro e me fez lamber a privada enquanto me enrabava, quando estava satisfeita e totalmente má me deixou gozar lambendo a privada e dizendo que seria a empregadinha dela. Meu mestre gozou em um prato e mandou que eu lambesse, o que fiz prontamente, minha boca estava cheia de porra de meu mestre e da minha que minha dona mandou eu comer. Como ela é má e como eu a adoro!
Continuamos a nos satisfazer até hoje, no próximo conto contarei minhas aventuras como empregada da Sra. Mell e do lindo presente que recebi: uma linda roupa de empregada.
Agora sou totalmente feliz, com minha família e com meus donos. Escrevo em homenagem a Sra.Mell, minha dona, que me faz ser a putinha mais feliz do mundo.

Foto Perfil ksal BDSM

Ficha do Conto

Escritor:
ksal.bdsm

Nome do conto:
Escravo de Casal.

Codigo do conto:
38387

Categoria:
Fetiches

Data do Envio:
17/11/2013

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Ultimos Comentários
Comentado por: andreferraz em: 20/11/2013
adorei o conto... continue

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
38381 Quero Dor, Não amor!! Sadomasoquismo 2
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA