Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Doce Priminha


Olá, este é meu primeiro conto da série que vou mandar, parabeniso esta página pelo conteúdo, o que só era possível na revista ele ela encarte fórum.

         A dois anos atrás, teve uma festa em minha casa nesta época Camila ( nome fictício ), estava com 18 anos ela é Branca, cabelos lisos, tem 1,65m de altura e uns 56Kg. Toda gostosa. Ela ficou me olhando o tempo todo, no final fomos dormir só que para minha surpresa minha tia que não larga o pé dela deixou ela dormir no meu quarto com minha sobrinha 1 ano mais nova. Durante a noite ficamos batendo papo eu, ela e minha sobrinha. Eu estava com um dor tremenda nas pernas devido a festa e pedi a minha sobrinha para fazer massagem em mim, e ela rapidamente veio ajudar. Só que não tinha maldado nada, até que ela começou a passar a mão lentamente com tesão, eu já estava com o pau estourando no short ai ela falou que o sutien estava meio apertado e incomodando, começou a retira-lo por sob a blusa, como o tecido da blusa era fino, apontaram-se duas maravilhas na minha frente, aí eu fiquei louco não parava de pensar em Comer aquela ninfeta. Foi ai que o papo se estendeu noite adentro, minha sobrinha sem desconfiar de nada foi dormir, nós também só, que eu não parava de pensar nela. Dei um tempo para minha sobrinha dormir quando tive a certeza fui para o chão e deitei ao lado de minha prima. Abracei por trás aquela ninfeta gostosa, ela estava cheirosa e comecei a por a mão por dentro de sua blusa e toquei naqueles seios gostosos durinhos e empinados, ela virou-se de lado eu parei, fiquei olhando e subi a blusa dela até descobrir aqueles peitinhos maravilhosos, olhei para o lado e minha sobrinha dormia em um sono pesado, então passei a língua nos biquinhos e comecei a chupar aquelas maravilhas, foi quando ela agarrou minha cabeça e começou a fazer carinho. Olhei em seus olhos e nos beijamos bem gostoso, então ela falou. “pensou que eu estava dormindo né !”, eu disse; “ sabia que estava acordada e pelo seu olhar vi que estava com tesão quando me fazia massagem”, então ela sorriu e nos beijamos de novo, comecei a passar a mão em todos os lugares quando meti a mão dentro de sua calcinha percebi que não era só eu que estava excitado com tudo aquilo, passei o dedo naquela bucetinha de pelos ralos, e estava melada, então comecei a masturba-la quando começou a gozar eu não aquentei comecei a chupar aquela doçura, e ela começou a gemer baixinho para não acordar ninguém, me deitei para melhor lamber aquele grelo e enfiei meu dedo indicador em sua xoxotinha, e fiquei fazendo movimentos circulares e vai e vem enquanto lambia seu grelo, então ela começou a gozar de novo só que agora era na minha boca. Parei e subi para tentar penetra-la mais ela recusou, disse que não que só havia feito aquilo uma vez e estava com receio, pois eu era comprometido e não era correto o que estáva-mos fazendo. Então pedi para chupa-la mais um pouco ela, concordou, então deitei entre suas coxas e fiquei chupando aquela maravilha de buceta, ela gozou mais algumas vezes e ficamos namorando o resto da noite, depois conversamos sobre o acontecido, disse que ela iria se arrepender de não ter transado comigo, mas quando tivesse vontade era só falar. Fomos dormir. No dia seguinte ela veio até mim e falou, primo eu já me arrependi, eu disse agora é tarde só quando tivermos outra oportunidade igual, que é uma em cem para continuarmos de onde paramos. Gostaria de receber emails para troca de contos de garotas que gostem de aventuras como eu, com idade de 14 a 20 anos pois sou fissurado em ninfetas. Sou Branco, 66Kg, cabelos castanhos e tenho 23 anos. Fico aguardando resposta.

                                



Ficha do Conto

Escritor:
bilau

Nome do conto:
Doce Priminha

Codigo do conto:
389

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
11/12/2009

Quant.de Votos:
2

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA