Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





100% real mesmo


oi á todos que leem relatos ou contos aqui nesta pagina,não escrevo bem, vão descupando os erros ai!!!
bem vamos lá tenho 31 anos casado á 13,quando conheci minha esposa ela morava na casa de uma irmam mas velha e cuidava da casa e de trez garotinhas e um garoto todo pequieninos de idades variadas a mas velha com 12 e o mas novo com 7 as outras duas tinham 9 aninhos cada.
continuei namorando sem me importar com as crianças e assim acabei engravidando minha esposa ate ai era só namorada então dessidi que era hora de morarmos juntos foi quando ela teria que me contar algo que escondera de mim e revelou que uma das duas garotinhas de 9 anos era sua filha
confesso que fiquei me sentindo traido mas dessidi que não tinha nada á ver pois quando á conheci já não era mas virgem e tambem falara que nunca gostou da criança e quem á criava era a irmam mas velha .
então fomos morar juntos eu ela e nosso baby passados trez anos tivemos uma garotinha linda e á vida continuava como averia de ser,passaram-se mas 7 anos e nossa vida continuava uma vida boa apezar de eu colocar alguns galhos em minha mulher mas ela nunca ficou sabendo de nada.
foi quando chega em casa uma bela tarde de domingo á irmam mas velha de minha esposa e endaga logo de cara que não aguenta mas ficar com (natalia) a filha qua a´7 amos tinha deichado p/ ela acabar de criar ,pois estava dando um trabalho danado ,e perguntou sé poderia trazela p/ morar em nossa casa no comesso eu fui contra mas minha mulher me convenceu e ela veio ,,eu estava no trabalho e então quando cheguei a tarde já estava acomodada em um dos 8 quartos que temos .linda morena com um corpo lindo de garota que todos os homens sonham em possuir um dia e uma bundinha erredondada empinada como nunca vi em minha vida parecia ter cido feita por um dos melhores escultores do mundo.
tudo normal não tinha nem imaginado nada de demasiado com ela apenas ter uma boca a mas p/ alimenter .
foi quando minha esposa arrumou um trabalho em um super mercado e a garota teria que ficar com meus filhos durante a manham e eu ficaria com eles a tarde pois ela estudava meio periodo.
beleza assim foi ate um dia em que cheguei em casa e ela não tinha ido á escola e estava sentada ná calsada conversando com alguns garotos que eu sabia (não serem boas peças) entrei sem falar nada e mandei meu filho chamar ela para dentro e quando entrou o chorte dela era menor que eu avia pensado mostrando toda a popa da bunda .
só ai persebi que estava louco de siumes e de uma coisa que me torturava por dentro pensamentos impuros .
agora todos os dias torsia que não tivesse aula e que ela estivesse com roupas paquenas foi ai que um dia deu certo e tive á coragem de perguntar se ela ainda era virgem a resposta foi um não bem ná lata e sem vergonha com um sorriso malicioso . deste dia em diante as coisa esquentaram e sempre que podia tocava no assunto .
um serto dia fis de tudo p/ chegar mas cedo em casa e consegui então pedi que ela não fosse a escola pois queria conversar sobre como ela perdera a virgindade pois adoro estes tipos de assuntos.dechei meus meninos irem brincar ná rua coisa rara pra ela que de imediato sairam.
o assunto comessou e eu já estava tremendo e com um cacete duro que nem dava p/ disfassar pois estava com uma calsa tipo de capoeira (malha fria)ela falava e eu quase esplodia foi quando ela comessou a falar das posições e eu pedi que mostrase como ela fasia ai sim ela veio por cima de mim com uma bermudinha dims minuscola e sentou no meu colo com as pernas viradas p/ minhas costas amassando meu pau e ralando com movimentos leves mas ainda de roupas.
fingi estar com sede e sai p/ tomar agua pois estava inlouquecendo fui ao banheiro e tirei á cueca ficando só de calça paressendo uma barraca voutando á sentar ná cama ao lado dela .
como ela persebia oque estava fasendo comigo voutou ao assunto e veio mostrar outra posição desta vez mandou que eu ficasse de pé e deitou de brussos ná beirada da cama com as pernas no chão e bem abertas pediu que eu encaxasse por baicho e fosse subindo passando o pal por toda a sua xoxota que estava protegida por um pequenino fio da bermuda que já dava p/ ver que estava molhada de tanta sacanagem.
e nesta posição eu tirei meu pau p/ fora e coloquei entre o chort e a pele quando sentiu o toque e a forsa que eu colocava tentou sair mas eu estava posicionado de forma que ela não podia levantar nem sair,e tambem não dava p/ tirar o chort nem colocar p/ dentro.
ela comessou á chorar ai eu perei e á soutei mas quando olhei novamente ela estava morrendo de rir ai o sangue ferveu de tezão e raiva pois estava com dores nos testicolos peguei ela pelas pernas e ranquei o chort violentamente e á joguei ná cama ela se debatia mas não gritava e eu cada vez mas perto da xoxota dela ela tapava com uma das mãos e com a outra empurrava meu corpo p/ longe dela foi quando eu entrei no meio das pernas dela e consegui colocar a cabaça do pau ´na entrada de xereca e ela pedia pelo amor de deus que eu não colocase mais pois tinha medo de engravidar., ela mecheu de lado e o pau saiu eu peguei dinovo o pal´ná mão e quando encostei nos pentelhos dala gozei e acabei sujando ela toda de porra .
um sentimento de culpa invadiu meu ser e eu nem olhava na cara dela com vergonha e medo que ela falasse algo, mas não falou foi assi que tudo comessou tenho uma istoria imensa para contar este foi o inicio de muitas outras tentativas forsadas e sacanagens ete que um dia ela fes como uma proficional . conto tudo dá proxima pois este e o primeiro que conto.



Ficha do Conto

Escritor:
rela250612

Nome do conto:
100% real mesmo

Codigo do conto:
3946

Categoria:
Virgens

Data do Envio:
29/01/2005

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA