Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Um final de semana apanhando na praia 1


Meu apelido é Gelinha, tenho 39 anos e combinei com 3 amigas de alugar um chalé na praia de Tamandaré em Pernambuco, para passar um feriado. De última hora nenhuma delas pode ir, por motivos que não vem ao caso. Resolvi ir só, já que não tinha como cancelar. Cheguei na sexta logo cedo, descarreguei a bagagem e fui dar uma volta na praia. Nem eu nem minhas amigas nunca demonstramos nossos interesses sexuais e o passeio era pra descansar. Sai descontraída pela praia a procura de conhecer o local. Em um trecho deserto me deparo com um rapaz moreno, queimado do sol, corpo atlético, aparentando mais de 40 anos, sentado na areia. Fiquei temerosa, mas dei bom dia e ele respondeu. Na volta ele ainda estava lá e perguntei se ele sabia onde tinha um restaurante bom para almoçar. Ele logo me indicou um e o papo rolou tão agradável fomos almoçar juntos. Ele é veranista e estava também só na casa. Terminamos a tarde ele no meu chalé. Daí rolou um clima, e começamos a nos beijar. Ele foi logo tirando minha blusa e meus peitos do sutiã, que chupou com gosto. O pau dele eu já havia percebido que era grande e grosso por baixo da roupa, mas quando peguei delirei de sentir o volume. De repente ele para tudo e diz que só fode com uma mulher depois que examina ela. Perguntei como era isso e ele disse que ia me explicar e eu obedecia. Concordei. Ai começou. E sentado no sofá, mandou eu ficar em pé na frente dele, desceu minha calcinha até o chão, abriu minha bunda com aquelas mãos quentes e olhou o meu cuzinho. Depois mandou eu me baixar para minha xota ficar as vistas dele. Claro que obedeci. Já estava excitada com aquele exame. Foi quando ele me mandou ficar de frente pra ele e abrir as pernas e abriu minha xoxota com os dedos. Meu grelo pulou fora já durinho e ele começou a dar uma massagem como se fosse uma punhetinha. Eu gemia, me contorcia, as pernas tremiam. Ele sentado e o pau dele duro e levantando sozinho de tesão. Eu louca de vontade de ser penetrada, já estava sendo uma tortura aquele exame. Foi ai que ele mandou eu me ajoelhar no chão entre as pernas dele e chupar o cacete. Como não atender esse pedido. Enquanto eu chupava o pau dele, foi a vez dele gemer e se torcer de tesão. Ele me puxou pelos ombros e voltou a chupar meus seios com muito carinho e perguntou se eu queria que ele metesse aquele pau em mim. Claro que sim, respondi delirando de tesão. Ele disse que me examinou e que só podia me fuder depois que amaciasse minha bunda, minha xota e meu grelo. Perguntei como e ele mandou eu esperar. Foi na cozinha e achou uma colher de pau, de mexer comida. Quando ele voltou com a colher na mão, eu disse que não curtia sadomasoquismo, ele disse que era só pra amaciar a minha bunda. Aceitei e ele sentou no sofá, mandou eu deitar com a boca no pau dele e disse: Eu vou dar 10 lapadas na sua bunda com essa colher, você vai contar em voz alta e ficar chupando meu cacete com muito carinho se me magoar eu dobou pra 20 lapadas. Quando completar as 10 eu vou colocar meu cacete no seu cuzinho. Como dizer que não se eu estava doida pra ser enrabada. Comecei a chupar o pau dele e quando menos espero ele deu a primeira, disse 1, voltei a chupar levei outra, 2 , quando chego na sétima, minha bunda estava quente, ardendo, queimando, mas eu estava delirando de tesão. Ele levantou e me colocou de 4 no sofá, e abriu minha bunda, colocou a cabeça da pica dele bem na entrada do meu cuzinho e mandou eu mesma colocar ela pra dentro, fui empinando a bunda pra tras e ela entrando, doendo, rasgando meu buraquinho, mas com muita tesão, quando a pica entrou toda foi a vez dele se mexer, dando as entocadas, foi coisa de louco. Gozamos juntos , depois do banho ele se despediu dizendo: amanhã venho amaciar sua xota.


Ficha do Conto

Escritor:
gelinha

Nome do conto:
Um final de semana apanhando na praia 1

Codigo do conto:
41517

Categoria:
Sadomasoquismo

Data do Envio:
20/01/2014

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA