Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Minha Mãe Tarada


Oi me chamo Carlos a historia que vou contar aconteceu a poucos dias.
Bem tudo aconteceu quando cheguei da escola, era uma quinta feira e como estudo a noite cheguei esausto depois de um dia inteiro de serviço pesado,cheguei e fui logo tomar um banho, assim que acabei me tranquei no quarto e botei apenas um shorts bem folgado, como moro so com minha coroa isto nao e problema la em casa. Minha mae uma coroa de 1,63m morena seios fartos e uma bundinha que apesar da idade ela não perdeu, apos me vestir fui para a cozinha ver o que tinha para jantar, mas nada etava pronto entao fui falar com minha mae que estava na sala vendo tv, quando chego lá foi ai que tomei um susto vi ela com dois dedos enterrados na buceta, na hora eu tentei disfarçar e ela tambem, mas nao deu e assim voltei para meu quarto onde fiquei pensando naquilo varias horas, em serto instante percebi que a tv da sala tinha sido desligada, fingi estar dormindo foi quando escuto a porta do meu quarto abrir bem de leve, e senti que ela veio em minha direção continuei estar dormindo, ela me chamou tres vezes para ir jantar continuei a fingir, foi quando senti suas maos macias tocarem em meu peito na hora deu um arrepiozinho, e ela nao parou por ai senti sua mao descendo pela minha barriga ate chegar no meu pau onde ficou alizando de leve mas ao mesmo tempo punhetando. No momento senti sua respiração mais ofegante e um calor intenso no meu pau, dei uma olhadinha e acredite minha mae estava me fazendo uma deliciosa boquete, meu cacete estava mais do que duro e que nao demorou muito para eu encher sua boca de porra ate escutei ela engolir meio que engasgada, ela se levantou me cobriu de novo e foi para seu quarto dormir. Passado-se alguns minutos levantei para ir ao banheiro e escutei um rangido vindo de seu quarto e fui olhar, chego-la minha coroa estava apenas de calcinha virada com aquele delicioso rabo virado para cima ( que é de dar inveja a minas de 15 aninhos) pensei eu agora e minha vez mae, cheguei bem pertinho dela e passei a mao de leve por cima de sua bunda que delicia quentinha e com uns pelinhos loiros ( que ela clariou a dias atras) cheguei mais perto e dei um suave beijo na bunda dela que nao resisti e taquei a lingua no seu cuzinho quente e cheiroso, senti ela dar uma tremidinha e resolvi avançar enfiei um dedo na sua bucetinha e fiquei forçando a entrada do cuzinho com o outro, num momento de tesao nao me controlei e enfiei dois dedos de uma so vez no seu rabo, ela deu um gritinho abafado pelo travesseiro mas tambem fingiu estar dormindo.Tirei meu pau pra fora e fiquei passando na sua boca que estava semi aberta, e com um pouquinho de jeito enfiei ele ate o saco na sua boca ela chupava descabeladamente ete esqueceu que tava fingindo estar dormindo,quando estava quase gozando tirei meu pau e o lambuzei de creme que catei na gaveta do criado-mudo coloquei bastante creme no seu cu e me preparei para colocar.
Meu pau que esta bem duro nao teve dificuldade entao fui colocando bem devagarzinho para sentir seu cuzinho apertar meu pau,ele deslizou ate nao sobrar nada, eu estava com o cacete enterrado ate o talo no cu da minha mae que delicia, ai comecei um vai e vem bem devagar e aos poucos fui aumentando o ritmo, ate que nao deu para ela tentar desfarçar estar dormindo ela me olhou e disse para eu meter tudo no seu cu e era para meter com força, e eu fiz, fiz ela gozar que nem uma cadela ela berrava, chorava, gritava de tesao e dor, quando estava preste a gozar pedi para ela deixar eu gozar na sua boca e ela deixou, tirei meu pau do seu cu bem devagarzinho e dei para ela chupar ela encheu sua boca de porra e enguliu tudinho. Depois ela se limpou e foi tomar um banho fui junto onde ela me fez outra chupeta, e depos disso fomor dormir no outro dia tudo ocorreu normal fui trabalhar e a noite para a escola quando cheguei ela veio me dizendo que eu tinha uns amigos bonito e pediu para eu trazer um dia em casa uma galera, pois ela queria conhece-los. E por aqui termina minha historia se voce gostou dela então vota!!! Mas se nao quiser votar pode ficar ai olhando batendo punheta pois isso foi verdade mesmo,rsrsrs   Galera FUIIIIIIIIIIII...                              


Ficha do Conto

Escritor:
Juninho

Nome do conto:
Minha Mãe Tarada

Codigo do conto:
4728

Categoria:
Incesto

Data do Envio:
10/05/2005

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA