Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





meu marido assistiu eu com outro na praia


Oi, meu nome é Flavia, tenho 28 anos, 1.72 altura, 60 kg, cabelos pretos na altura dos ombros, adoro sexo, tenho muitas fantasias, quase todas realizadas, sou casada há dois anos.
Minhas fantasias começaram ainda quando solteira, a maior delas era transar com outro homem e meu noivo na época me assistir transando.
Assistíamos filmes pornôs e aquilo me excitava de mais, comprei um vibrador e sempre que possível me masturbava na presença do meu noivo. Isto foi estigando ele também. Ate que um dia ele me perguntou se aquilo seria sugestão de alguma fantasia minha. Respondi que sim. O clima estava quente e propicio para revelar minha fantasia, não sabia qual seria sua reação, mas mesmo assim contei a ele.
Ficou em silencio por alguns segundos, mas acabou conversando a respeito.
O tempo passou e foi no ano passado que aconteceu:
Viajamos para o litoral, estávamos de férias. Passamos vários dias na baixada e lógico fizemos varias amizades.
Conhecemos nosso vizinho do andar de baixo o Paulo, um rapaz simpático e não tão jovem, deveria ter seus 38 anos. Meu marido também é um homem de 38 anos atualmente.
Nossa amizade ficou forte, praticamente todas as noites saiamos para dar uma volta no centro da cidade. E foi no retorno de uma destas voltas que aconteceu.
Chegamos em casa por volta das onze horas, no elevador rolou um convite para continuarmos a conversa no apartamento que estávamos hospedado, Paulo aceitou.
No decorrer do dia havíamos passado juntos na praia, não consegui esconder minha atração por ele e meu marido notara, o convite partiu do meu marido.
Continuamos nossa conversa no Ap.
Sentados no sofá meu marido acariciava minhas pernas e o Paulo olhava disfarçadamente. A mão do Rogério cada vez subia mais, deixando minhas coxas à amostra.
Senti que fazia aquilo para provocar o Paulo. Foi quando Paulo olhou para minhas pernas, praticamente minha calcinha aparecia, Rogério fez a pergunta à Paulo:
- Gostosa né?
Paulo ficou meio encabulado em responder, apenas fez sinal com a cabeça. Eu simplesmente soltei um sorriso, meio que sem graça. Mas estava excitadíssima com aquilo.
Paulo ficou meio que sem jeito.
Rogério levantou-se e foi ate a cozinha.
Paulo olhava pra mim fixamente.
Quando Rogério nos deixou minha saia ficou levantada, deixando minhas coxas à mostra.
Paulo se aproximou, pos a mão em minhas pernas e me beijou. Senti um vulcão dentro de mim.
Quando Rogério voltou estávamos aos beijos, a mão do Paulo já estava entre minhas pernas acariciando minha buceta por sobre a calcinha, havia posto meus peitos pra fora e já tinha mamado neles. Sua rola estava dura eu alisava por cima da bermuda.
Rogério sentou-se no lado oposto a nós para nos observar.
Olhei pra ele. Ele sorriu, mandou-me um beijo. Senti-me à-vontade, percebi que ele queria ver-me transando com o Paulo.
Minhas roupas foram tiradas. O Paulo ficou pelado. Seu pau era grosso, não muito grande, mas grosso, minha mão quase não o cobria.
Ficou em pé na minha frente, segurei a rola dele e levei a boca, era difícil de abocanhar devido à grossura, chupava seu pau pelas laterais e colocava só a cabeça na boca, nunca tinha visto um pau grosso daquele jeito. Bati uma punheta pra ele, admirava seu pau e imaginava aquilo entrando em mim.
Segurava a rola dele com uma mão enquanto alisava minha buceta com a outra, chupei por um bom tempo, saia um liquido viscoso do pau dele, era meio doce e salgado ao mesmo tempo.
Os pelos da minha buceta estavam molhados, minha excitação escorria a ponto de eu poder passar por todos os pelos. Minha buceta é peluda, os pelos descem pela boca dela.
Pedi pro Paulo se sentar, fui até o quarto e voltei com uma camisinha. Deu um pouco de trabalho para colocá-la. Antes de colocar a camisinha chupei mais um pouco, deixando molhado de saliva.
Deitei-me no sofá, abri as pernas e pedi para ele me foder. Paulo se deitou entre minhas pernas, segurei aquela rola grossa na entra da minha buceta, senti quando ele empurrou. Minha buceta foi se abrindo, sentia-a ser preenchida, chegou a doer um pouco, ele foi carinhoso, sabia que seu pau era groso demais.
Depois que aquele cacete entrou em mim o tesão ficou enorme, me concentrava na minha buceta, sentia o quanto estava aberta. Passei a mão a rola dele, tinha deixado minha buceta com a boca arregaçada.
Rogério olhava admirando-nos. Tirou o pau pra fora e se masturbava lentamente. Sentou-se ao meu lado e me beijava, acariciava meus peitos. Sussurrava no meu ouvido, mandando-me foder bem gostoso, me mandava sentir a rola do Paulo.
Segurei o pau do Rogério, estava duro e molhado de tesão.
Depois de ser fodida um bom tempo nesta posição, o Paulo sentou-se, eu sentei encima dele, segurei seu cacete e passei na buceta, parei com ele na boca dela e soltei o peso, fazendo aquela maravilha entrar em mim, me movimentava devagar, assim podia sentir melhor a grossura do pau dele, sentia os lábios da minha buceta acompanhando o entra e sai da rola.
Rogério acariciava e beijava minhas costas.
Tinha espasmos de tesão, acariciava meu clitóris e sentia a rola entrando e saindo.
Enquanto me fodia passava o deu pelo meu cú, a sensação era inexplicável.
Rogério ficou ao meu lado, passou a rola na minha boca, seu pau estava todo babado. Lambi aquela baba, me deu mais tesão ainda.
Paulo me disse que iria gozar. Queria vê-lo gozando.
Tirei a rola da minha buceta, ajoelhei na sua frente, tirei a camisinha e comecei a lamber o pau dele.
Segurei o pau do Rogério também.
Abri bem a boca, queria a porra dos dois jorrando sobre mim.
Não demorou muito, a rola do Paulo pulsava enquanto a porra quente jorrava. Foram vários espasmos, a porra esguichava por todo meu roso, fechei os olhos só sentia o liquido quente caindo sobre mim.
Depois foi o Rogério, sua porra saiu com força, caindo dentro da minha boca, no fundo da garganta.
Ficamos um tempo no sofá relaxando, estávamos sem controle dos movimentos.
Passamos mais quatro dias juntos.
Toda noite transávamos. Foi na ultima note juntos que fiz minha primeira dupla penetração.
As férias acabaram-se, não vimos mais o Paulo, mora no Paraná, estava aqui só de passeio.
Outras aventuras aconteceram, todas maravilhosas, conto em outra oportunidade.

beijos


Ficha do Conto

Escritor:
flavia

Nome do conto:
meu marido assistiu eu com outro na praia

Codigo do conto:
6102

Categoria:
Fantasias

Data do Envio:
06/10/2005

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
7328 carnaval alucinante Grupal e Orgias 0
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA