Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Entrar em contato   Bate Papo
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato

SITES PARCEIROS
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web
   Videos Porno
   Porno Tube

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





Comi a crente casada


Oi meu nome é Paulo (ficticio), tenho 26 anos, e a história que vou contar é veridica, aconteceu comigo semana passada. Eu trabalho em um négocio de rental com um amigo meu.
Geralmente fazemos revesamento na empresa assim, ninguem fica estressado com o trabalho, so que um dia desses meu amigo pediu para que uma amiga da esposa dele viesse até minha casa me pedir para ficar na empresa para ele aquele dia já que eu tinha desligado o celular e tirado meu telefone da tomada, ele então pediu para essa amiga da mulher dele me passar o recado, bem vou chama-la de Maria.
Maria é uma mulher de seus 31 anos, não é bonita mas tem uma bunda enorme, bem apetitosa quando eu a vejo na casa do meu amigo ja me imaginava comedo seu cú, ficava me punhetando pensando nisso, bem mas voltando ao conto batem no meu portão e eu vou atender e é a Maria, ela me diz o Jaime (ficticio) pediu para você ir lá na empresa hoje por que ele não esta se sentindo bem e a esposa dela vai sair pra resolver problemas pessoais, então ele pediu para trocar o turno com você, nessa hora meu cachorro avança para Maria e eu digo pra ela tomar cuidado com o cachorro ai ela responde, ué ponha o cachorro pra lá.
Até esse momento não havia me ocorrido nada mas ai eu disse vc quer entrar, ela fala pra que. eu respondo, ora pra nada só entrar. ela aceita o convite, talvez sem saber o que eu quisesse, ela entra e eu estou com o pc ligado, nesse momento eu digo é ai como andam as coisas na sua casa tudo joia, ela responde que sim, dai eu coloco uma musica no pc e digo e ai ta afim de dançar, ela fala que nao sabe dançar direito, eu então falo. Aaaaa que isso vamos la so pra brincar. Eu a puco pela mão e ela vem meio a contra gosto então eu começo a esfregar meu pau que ja estava mais que duro nas pernas dela, ela nao fala nada dai eu entao giro por trás dela e encosto o meu cacete naquele cú que tanto eu asceiava comer, ela meio que tenta sair do rumo mas eu não deixo, ai eu começo a falar caramba vc dança muito bem, e ela responde danço né sei, vc ta brincando comigo eu falo que não que eu a acho uma mulher e tanto, dai ela diz, se eu não fosse casada talvez agente namorasse. Dai eu digo pra ela ué não tem pro nenhum vc ser casada, ta casada mas não ta morta, ela ri e diz ta doido é eu sou crente, crente não traí, eu rio tambem e digo, vamos testar sua fidelidade, ela diz como, ora façamos assim nos proximos dez minutos, eu vou te provocar de todo jeito se vc nao quiser me dar eu vou acreditar ela flw , vc ta doido é logico que eu nao vou te dar ja disse que sou casada, eu provoquei entao vamos la vc nao tem nada a temer ora, ela fica meio que defenciva ma eu provoco mais ainda ora vamos la vc nao é fiel nao e crente e tudo mais vamos testa vc, ela continua defensiva, eu digo e entao, eu vou começar ela fica parada eu eu mordo a orelha dela bem de levinho , e ela nada eu falei não pode se mexer ein, sao so 10 min mas eu posso fazer tudo viu tudo mesmo, se se passarem os 10 min eu desisto e sua fidelidade vence, ai ela responde, tudo bem então mas so dez minutos.
dai eu começo a morder seu pescoço, dou um chupão puxo ela pela cintura colocando sua bunda bem encostada do meu pau, ela ri e diz nossa mas sua barraca ta mais do que armada ein, ai eu responde fica frio daqui a pouco o pau da minha barraca vai ta todo enviado na sua caverna ela ri e diz duvido, eu falo a é, dai eu puxo a blusa dela pra cima e começo a chupar os peitos dela, ela tenta sair dizendo que eu to doido mas dai eu digo que faz parte do trato e ta dentro dos dez minutos ai ela deixa, eu continuou chupando os peitos e puxo ela pro sofa, ela senta no meu colo e eu enfio a mao na sua saia ela tenta impedir mas eu insisto enfio a mao na sua calcinha e os dedos na sua chana que tava muito quentinha e molhada, ela começa a falar não ai não ai por favor tira os dedos da minha buceta por favor eu sou casada, eu rapidamente deixo ela sentada no sofa e começo a chupar a buceta dela nisso ja tinham ido os dez minutos a muito tempo, mas eu chupava a buceta dela e ela dia que nao para eu parar que ela tava traindo o marido dela, eu entao falei vc ainda nao tava traindo seu marido nao agora vc ta e baixei meu calção e mas que depressa enfiei meu pau na sua buceta de uma so vez o tesao era tao grande que eu bombei umas dez vezes e gozei dentro dela como um louco eu ainda dizia, puta gostosa que buceta gostosa ela tambem havia gozado e ficava so gemendo de prazer, fiquei dentro dela uns 5 min, dai entao eu tirei e olhei pra ela e ela riu e disse tu é doido tu acabou me comendo, eu sou casada, tenho 2 filhos como é que eu vou olhar pro meu marido agora, eu disse ue como sempre olhou ele é seu marido eu sou seu macho, somos bem diferentes. dai ela riu e disse como se fosse tao facil assim né. eu falei mas é, mas eu tava olhando pro peitos dela e meu pau endureceu denovo, entao eu disse tu sabe que de agora em diante eu vou te comer sempre né, ela riu e disse ta doido é vamos ver como fica depois agente ve eu falei não senhora sua buceta e minha seu marido e socio minoritario hehe, ela falou poxa tem respeito com ele, eu entao disse eu tenho por isso vou sempre te comer bem comida por puro respeito dai eu falei agora vou comer seu cu pra ficar tudo ok, ela levantou quase que pulando e disse nemmm o cu eu nunca dei e nunca vou dar e proibido é pecado dai eu disse vai dar sim e vai gostar tanto que nunca mais vai parar de dar, ela flw de jeito nenhum no meu cu pau nenhum entra não, eu falei vai entrar sim dai eu peguei ela e disse vou chupar seu anel se vc achar que nao quer mq dar o cu eu paro ela disse nao vou dar nao esquece dai eu coloquei ela de quatro e comecei a chupança ela falava para bicho porco, ficar chupando cu que nojeira eu falei ta achando ruim é ,ela riu e disse não é bom mas comer vc nao vai comer não, eu entao forcei o corpo dela contra o sofa e fui a força mesmo e forcei o pau no cu dela ela dizia nao e pecado, para ai ta doendo, tira por favor entao depois que o pau tava todo dentro dela eu fiquei em cima dela ate ela acostumar com a dor, fiquei uns 6 min dentro dela, dai comecei a mexer bem de leve e ela dizendo que era pecado, eu eu falei mas ta bom né, ela dizia ai tira vai come minha buceta, eu te dou, eu disse nao vai aprender a dar o cu vc agora vai ser um puta, mas vai ser so minha e continuei a fazer os movimentos bem devagar passado um tempo e eu me controlando pra nao gozar ela diz ta começando a ficar bom e eu riu e digo, ta né ela fala ta sim, eu continuo ate ela começar a rebolar a bunda, ela fala ai, que coisa boa, como é bom nossa, não sabia que era tão bom se soubesse que dar o cu era assim já teria dado a muito tempo, eu digo, fica tranquila vou comer seu cu sempre de agora em diante. Nesse momento eu enfio a mão na buceta dela batendo uma siririca pra ela enquanto eu aumento os movimentos das bombadas e digo goza logo que eu vou gozar no seu cu. e aumento bem rapido e ela diz to gozando, to gozando eu e tb ja estava gozando e diga que cu gostoso ,q ue cu gostoso, e gozo feito um cavalo nequele cu, parecia que eu tava gozando a primeira vez na minha vida, que cu gostoso bem justinho, virgem foi uma maravilha dai ficamos deitados no sofa da sala bem agarradinhos e ela falando safado comeu meu cu , tarado seu tarado comedor de cu, e rindo dai eu disse agora vc e um puta minha puta, naquele dia comi ela mais duas vezes, cu e buceta, e comi no dia seguinte e no outro inclusive hoje ja to comendo ela até na casa dela outro dia comi ela no tanque lavando roupa. mas essa fica pra outro dia o importante é que é s´´o o corno sair pra trabalhar eu vou trabalhar os buracos da mulher dele, afinal o que seria do mundo sem os cornos, e o que seria dos ricardões se não houvesse cornos, por que vamos ser sinceros mulher dos outros é sempre melhor né...


Ficha do Conto

Escritor:
Como casada

Nome do conto:
Comi a crente casada

Codigo do conto:
6345

Categoria:
Traição/Corno

Data do Envio:
12/11/2005

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA