Contos Eroticos
Adicionar em seus Favoritos RSS conto Erotico Torne o Conto Erotico a pagina principal de seu navegador
O mais excitante site de Contos Eróticos da Lingua Portuguesa.
Username: Senha:
Esqueci minha senha | Quero ser usúario
Principal   Publicar Contos   Painel de controle   Últimos Contos   Mensagens/Scrap   Blog Erótico   Entrar em contato  
Contos Eroticos
   Contos por intervalo
   Por categoria
   Últimos Contos
   Melhores Contos
   Contos com foto
   Publicar Contos
   Publicar Com fotos
   Buscar (Search)

Quadrinhos Eróticos
   Quadrinhos eróticos
   Enviar Quadrinhos

OPÇÕES
   Painel de Controle
   Meu Album de fotos
   Cadastro usuário
   Mensagens (Scraps)
   RSS
   Entre em contato
   Ajuda (Duvidas)

SITES PARCEIROS
   Blog Erótico
   Irotica Videos
   Videos Eroticos
   Relatos Espanhol
   Galaxia Gay
   Videos de Famosas
   Piadas Web

REDES SOCIAIS
   Twitter
 
 
 
 





virgensinha


Fazia pouco tempo a minha visinha da frente havia se mudado e eu fiquei na espectativa de saber quem era o visinho novo como era, curiosidade.duas semanas se passaram e eu só havia visto ela uma unica vez, era uma loira linda gostosa mas porém, toda misteriosa. Cheguei a tocar varias punhetas pensando nela. O tempo foi se passando e em um dia como todos os outros eu estava com meus amigos na rua quando uma pipa caiu na casa dela eu adorava soltar pipa e acabei indo até a casa dela pra pedir, fui sózinho já q nenhum dos meus amigos gostam de pipa... até hoje agradesso muito por eles não gostarem.
Fui até a casa dela, chamei e logo fui atendido por aquelo descomunalmente gostosa, logo pedi para entrar e ela permitiu sem saber o motivo, eu estranhei mas acreditava na politica do bom visinho. Ficamos parados ali por um tempo logo nossos olhares me deram um tesão me lembrava das punhetas que bati pra ela então me descontrolei na minha cabeça só pasava imagens eróticas derrepente espludindo de tesão segurei-a pelo braço ela fazia cara de espanto então eu à disse que ela seria minha e ela não me respondeu arrastei-a para dentro da casa rosando meu pau duro na sua grande bunda ordenei q ela ficase de juelhos e ela ficou botei meu pau pra fora do short e enfiei na boca dela, eu sentia o fundo da garganta dela ultrapassando a cabeça do meu pau ela chupava muito gostoso gosei dentro da garganta dela mandei que ela tirasse a roupa e ela não tirou então rasguei debruçei ela na cama pincelei meu pau e depois empurrei de uma só vez ela deu um grito muito alto mas eu não parei contenuei a socar nequela bucetinha apertadinha ela não parava de gritar eu gosei dentro dela, quando tirei meu pau dela vi que estava sangrando ela sem jeito me dise que era virgem fiquei espantado estava indo embora mas ela disse que eu voutase para terminar o trabalho ficou de quatro e apontou o seu cuzinho, eu voutei e sem dó cravei meu pau naquele cú virgem fiz de tudo para ela sentir muita dor ela gritava, se esperniava seu cú estava vermelho gozei na bunda dela toda nunca vi tanta porra saindo de dentro do meu pau, fui embora e todos os dias eu dava um jeito de ir pegar uma pipa na casa dela.   


Ficha do Conto

Escritor:
keketão

Nome do conto:
virgensinha

Codigo do conto:
7252

Categoria:
Fantasias

Data do Envio:
21/02/2006

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0

Compartilhe
Tweet esse conto! Digg esse conto! Adicionar esse conto no del.icio.us



Clique aqui para enviar uma mensagem (scrap) para o autor desse conto.

Gostou desse conto? Nao deixe de compartilhar com seus amigos no twitter. Tweet esse conto!






Escreva o seu Comentário

Importante:Comentário com número de telefone serão apagados.


Para fazer um comentario a respeito desse conto ou mandar um scrap para o autor. Voce precisa logar em nosso site.

Contos enviados pelo mesmo autor
Codigo Nome do Conto Categoria Ranking
© Copyright 2000-2014 www.contoerotico.com - Todos os direitos reservados
Web Design/Hosting - Dynamic Web Solutions Corp - USA